A partida

Dois meses se passaram desde que Yue mostrou a Hajime a dignidade de uma pessoa mais velha, e vários avanços foram feitos naquela noite. Quanto a Hajime, que continuou a fortalecer seu corpo e coração contra os monstros no abismo, ele foi derrotado pela investida de Yue. Ele decidiu levar isso a sério e aceitar a situação.

Hajime estava consciente dos sentimentos de Yue, acima disso, ele fez a promessa de levar ela com ele. Os motivos dele para resistir aos avanços dela eram uma decisão para não permitir que algo tomasse sua atenção até que ele alcançasse seus objetivos. Agora ele tinha conquistado o |Calabouço| e estabelecido uma base segura. Seu objetivo foi parcialmente completo quando ele descobriu informações e um plano para voltar para casa. Assim, a mente dele teve permissão para pensar em outras coisas. A frágil razão de Hajime não poderia se opor ao avanço de Yue. Além disso, a razão dele não existia mais.

Os dois fizeram uso total da base. Se alguém visse isso, ele provavelmente gritaria: “Riajuu[1] devem se explodir!!” todos os dias. Longe deste lugar, uma máscara de Hannya flutuava ao redor de uma estudante. A melhor amiga dessa aluna ficou frequentemente apavorada pela situação, mas isso é outra história. Essas foram as preparações para o banho de sangue que aconteceria em um futuro próximo.

(Yue): “… Hajime, isso é bom?”

(Hajime): “Yeah. É ótimo”

(Yue): “Fufu… então, aqui?”

(Hajime): “Ah. Aí é bom também”

(Yue): “Melhor… eu vou fazer você se sentir ainda melhor”

Atualmente, Yue estava dando uma massagem a Hajime. Eles não estavam fazendo nada erótico. Por que eles escolheram uma massagem? Por causa do braço esquerdo de Hajime. A massagem era feita com uma frequência regular para ajudar o corpo dele a se familiarizar com a prótese fixada em seu braço esquerdo.

A prótese em seu braço era um [Artefato] e ela poderia se tornar um braço real com a manipulação direta de magia. O braço tinha um mecanismo pseudo neural que permitia a sensação de toque ao usar magia para enviar sinais elétricos para o cérebro reconhece-los. Quanto a aparência, o braço tinha um brilho prateado com linhas pretas ao redor. Em certas partes do braço, havia formações mágicas e padrões gravados nele.

O braço era equipado com um enorme número de dispositivos. Ele tinha criado eles de forma parecida com os itens na oficina onde Orcus trabalhava, mas Hajime adicionou alguns elementos originais a ele. Muitos minérios especiais feitos com a ‖Magia da Criação‖ foram usados. Se ele aparecesse no mundo, este [Artefato] seria sem dúvidas um artigo de rara beleza que iria se tornar um tesouro nacional. É claro que pessoas comuns não poderiam usá-lo porque precisariam manipular a magia de forma direta para opera-lo.

Em dois meses, as habilidades e equipamentos deles melhoraram; eles não eram nada parecidos com suas formas anteriores. O Status atual de Hajime era…

 

Nome:Nagumo Hajime17 anos de idadeHomem
Classe:Artista da Transmutação (Sinergista)Level:???
Força:10.950 (8.970↑)Vitalidade:13.190 (11.100↑)
Resistência:10.670 (8.600↑)Agilidade:13.450 (11.000↑)
Poder Mágico:14.780 (13.000↑)Resistência Mágica:14.780 (13.000↑)
Habilidades
‖Transmutação‖ [+ Avaliação de Mineral] [+ Transmutação Precisa] [+ Investigação de Mineral] [+ Separação de Mineral] [+ Fusão de Mineral] [+ Replicar Transmutação] [+ Compressão[2] de Transmutação] ‖Manipulação de Magia‖ [+ Emissão de Magia] [+ Compressão de Magia] [+ Controle Remoto] ‖Estômago de Ferro‖Capa do Relâmpago‖Passo Divino‖ [+ Aerodinâmica] [+ Teletransporte] [+ Grande Chute] [+ Velocidade da Luz] ‖Garra Aérea‖Visão Noturna‖Visão de Longo Alcance‖Detecção de Presença[+ Percepção Especial] ‖Detecção de Magia[+ Percepção Especial] ‖Detecção de Calor[+ Percepção Especial] ‖Ocultar Presença[+ Passo Fantasma] ‖Resistência a Veneno‖Resistência a Paralisia‖Resistência a Petrificação‖Resistência ao Pânico ‖Resistência contra Todos os Elementos ‖Previsão ‖Vajra ‖Penetração Mágica‖Grande Braço ‖Coerção‖Telepatia‖Recuperação de Magia de Alta Velocidade ‖Conversão de Magia [+ Vitalidade] [+ Regeneração] ‖Superar Limite ‖Geração de Magia ‖Compreensão da Linguagem

Os Levels mostravam o atual nível de crescimento e o limite era 100 para uma pessoa. Contudo, o corpo dele mudou tanto assim depois de comer a carne das Feras Demoníacas? O Level parou de mudar, mas seus Status continuaram a subir. Finalmente, era exibido “???” para o seu Level.

O crescimento de Hajime depois que ele consumiu a carne dos monstros era muito anormal se você pensasse sobre os valores iniciais e a taxa de crescimento dele. Quando o corpo dele sofreu sua alteração, parece que seu limite de crescimento também aumentou; exatamente como seus Status aumentaram. Ele achou que a [Placa de Status] já não seria mais capaz de medir seus limites.

A propósito, o limite para a classe Herói de Kouki era 1.500 para todos os atributos. Ele poderia temporariamente triplicar seus Status com o ‖Superar Limite‖, mas ainda havia o “???” no Status de Hajime. Além disso, Hajime poderia aumentar em cinco vezes seus Status com suas habilidades e a ‖Manipulação de Magia‖. Você deve ter entendido o quão trapaceiro ele estava agora.

Para comparação, os humanos normais deste mundo tinham um limite de 100 a 200 pontos para seus Status. Se eles possuíssem uma classe, então eles poderiam chegar a 300 a 400 pontos. Os Demônios e Demi-Humanos, dependendo das características de sua tribo, poderiam ter entre 300 a 600 pontos como seus limites. Se um Herói era uma trapaça, então Hajime era praticamente um monstro. Isto não era mesmo um engano já que o corpo e a mente dele mudaram…

Vamos apresentar os novos equipamentos.

Primeiramente, Hajime obteve um dispositivo útil chamado de [Caixa do Tesouro].

Era um [Artefato] em forma de anel que Oscar guardava. Havia uma joia vermelha de um centímetro no anel e esta joia poderia criar um espaço onde se poderia armazenar itens. Resumindo, era como a [Bolsa de Itens] de um Herói. Hajime não sabia o tamanho exato desse espaço, mas era consideravelmente grande. Parecia haver espaço disponível mesmo depois que ele colocou todos os equipamentos, ferramentas e materiais. Qualquer coisa poderia ser depositada ou retirada simplesmente colocando magia na formação no anel. Itens retirados poderiam ser colocados em qualquer lugar dentro do raio de um metro.

Era um [Artefato] extremamente conveniente, especialmente útil para Hajime e suas armas. Se o anel pudesse transportar qualquer coisa para qualquer lugar, então Hajime pensou que ele poderia usar isso para recarregar suas armas. Quando ele testou isso, foi quase um sucesso. Como esperado, ele ainda não tinha a precisão para transferir diretamente as balas dentro do carregador. O limite para a transferência tinha um certo alcance que poderia alinhar as balas. Ele poderia ser capaz de usar isso quando ele ficasse mais habilidoso com a transferência de itens.

Hajime decidiu treinar carregar suas armas com suas habilidades de transferência no ar. O detalhe importante era que ele estava recarregando no ar. [Donner] era um revólver com um cilindro longo. Naturalmente, como a exposição do cilindro era muito pequena, seria preciso uma técnica super-humana para recarrega-la no ar. Ele queria usar isso em um combate real, não apenas como uma exibição, então isso se tornou ainda mais difícil. Hajime pensou em remodelar o estilo da arma, mas decidiu que isso iria tornar a intensidade do seu desafio menor.

Depois de um mês de intensos treinamentos, Hajime dominou seu recarregamento aéreo. Como ele foi capaz de dominar uma técnica super-humana com apenas um mês de treinamento? Seu segredo foi a ‖Velocidade da Luz‖. Esta magia especial tinha a capacidade de aumentar as funções cognitivas do usuário. Com isto, ele era capaz de diminuir a velocidade do mundo em sua mente e o recarregamento aéreo se tornou possível. Havia um grande fardo em seu corpo sempre que ele usava isto, então ele não podia usar esta habilidade por muito tempo. No entanto, era perfeito usa-la para seu recarregamento veloz.

Em seguida, Hajime criou um [Veículo Mágico de Duas Rodas] e um [Veículo Mágico de Quatro Rodas].

Literalmente, eram duas e quatro rodas conduzidas por magia. O de duas rodas era um modelo americano e o de quatro rodas foi feito como um veículo militar do tipo Hummer[3]. Ele usou a resistência do piche no andar em que enfrentou o Tubarão para as rodas devido a sua excelente elasticidade. O [Metal Tauru] foi usado como base para todas as partes. No armazém da oficina estava o [Minério Azantium], pelo menos era assim que o livro de Orcus se referia a ele.

As superfícies das partes foram revestidas com este minério, conhecido como o mais duro do mundo. Mesmo [Donner] com seu poder máximo provavelmente não seria capaz de superar sua durabilidade. Não havia estruturas complexas como motores. O veículo era dirigido pela própria magia de Hajime ou pela magia armazenada no fragmento do [Cristal Divino]. A velocidade era proporcional a quantidade de magia.

Além disso, havia dispositivos instalados embaixo desses dois veículos. Quando |Poder Mágico era colocado nesses dispositivos, eles começariam a nivelar o solo com a ‖Transmutação‖. Isto os permitiria viajar na maioria dos lugares. Aliás, os veículos estavam totalmente equipados como veículos espiões. Hajime era um garoto. Ele era apaixonado por qualquer coisa relacionada ao militarismo. Quando ele ficava muito absorto nisso, Yue ficava irritada. Mas o humor dela melhoraria quando ele mimasse ela de várias formas diferentes.

[Olho Demoníaco] era outra ferramenta que eles criaram.

Hajime perdeu seu olho direito quando enfrentou a Hidra. O olho inteiro dele evaporou pelo calor do ataque da Aurora e ele não poderia traze-lo de volta com a [Água Sagrada] porque ele já o tinha perdido antes de beber isso. Yue estava preocupada com isso, então ela pensou e criou o [Olho Demoníaco].

Mesmo com a ‖Magia da Criação‖, não foi possível fazer um “globo ocular” normal. Contudo, usando a ‖Magia da Criação‖, ela foi capaz de aplicar a ‖Detecção de Magia‖ e a ‖Previsão‖ ao [Cristal Divino]. O [Olho Demoníaco] foi criado com sucesso e ele permitiu uma visão muito incomum, mas especial.

Usando os mesmos pseudo nervos usados no braço artificial, o [Olho Demoníaco] poderia enviar imagens para o cérebro. Esse olho não permitia uma visão normal. Ao invés disso, ele reconhecia o fluxo, a força e o atributo da magia por sua cor. Ele poderia ver o núcleo da magia que estava sendo invocada.

O que era o núcleo da magia? Isso era o que mantinha e operava a magia invocada… em teoria. Depois de invocar a magia, ela era operada pela formação mágica; ele sabia disso. Contudo, ele nunca pensou sobre como a fórmula era ligada com a magia distante. Nenhum dos livros e instrutores tinham mencionado nada sobre isso. Provavelmente, esta era uma nova descoberta. Até Yue, a expert em magia, não sabia nada sobre isso.

A ‖Detecção de Magia‖ normal era o mesmo que a ‖Detecção de Inimigos‖. Elas só eram capazes de perceber uma vaga sensação sobre números e localização. Monstros que podiam esconder suas presenças afetavam a eficiência dessas habilidades. Com o [Olho Demoníaco], ele seria capaz de saber que magia e quão forte ela era ao ver o oponente a usando. Hajime poderia até destruir a magia se ele perfurasse o núcleo da magia. Entretanto, atirar nisso seria o mesmo que fazer uma bala atravessar o buraco de uma agulha; seria necessário muita precisão.

O [Cristal Divino] foi usado porque ele poderia manter essas magias melhor do que outros materiais. Hajime supôs que o motivo era sua habilidade para conter uma grande quantidade de |Poder Mágico. Com o potencial do [Cristal Divino], ele não seria capaz de conceder três ou mais magias. Com o potencial do cristal, eles seriam capazes de instalar mais magias quando ele se tornasse mais habilidoso; era o que Hajime esperava.

Como eles usaram o [Cristal Divino] para o [Olho Demoníaco], ele constantemente tinha uma luz pálida. O olho direito de Hajime constantemente brilhava. Não havia forma para parar o brilho, então Hajime relutantemente colocou uma tapa-olho negro feito de finos tecidos.

Cabelo branco, braço artificial e um tapa-olho. Hajime tinha se tornado completamente um personagem Chuuni[4]. “Acalme-se braço esquerdo”! Sua figura parecia dizer. Quando ele se viu no espelho, ele se desesperou e entrou em um estado orz[5]. Ele ficou na cama por um dia inteiro e Yue tentou conforta-lo de várias formas diferentes… ninguém queria falar sobre isso.

Sobre as novas armas, [Schlagen] foi ressuscitada depois de sua destruição pela Hidra. A arma foi fortalecida com o [Minério Azantium]. Como ele não precisava mais se preocupar em carrega-la, ele aumentou seu cano para três metros. Uma mira foi criada com a ‖Visão de Longo Alcance‖ instalada e foi anexada a arma. Isto aumentava o alcance máximo para dez quilômetros.

Hajime se lembrou da dificuldade que teve quando foi perseguido pela horda de Velociraptors. Ele desenvolveu uma metralhadora com um canhão eletromagnético: [Metsurai]. Ela atirava balas de 30 milímetros a uma taxa de 12.000 balas por minutos dentro de seus seis tambores. Os tambores foram criados com minérios especiais que tinham efeitos de resfriamento instalados com a ajuda da ‖Magia da Criação‖, mas ela ainda não poderia ser usada por mais do que cinco minutos seguidos. Se ela superaquecesse, seria preciso dez minutos para o resfriamento total.

Para sua supremacia na superfície, Hajime desenvolveu um lança-foguetes: [Orca], simplesmente porque ele estava interessado nisso. Ele possuía um carregador com 12 compartimentos rotatórios para atirar continuamente e tinha um cano alongado. Ele também criou vários tipos de foguetes.

Ele até criou outro revólver para fazer par com [Donner]: [Schlag][6]. Hajime poderia usar os dois agora que ele tinha seu braço esquerdo artificial. Usando ambos ao mesmo tempo, Hajime seria capaz de usar o Gun Kata[7] como sua tática básica. Com Yue atuando na retaguarda, ele considerou que o combate a curta distância seria eficiente para cooperar com ela. Contudo, Hajime poderia agir em qualquer situação se ele estivesse com os equipamentos corretos.

Outros vários equipamentos e ferramentas foram desenvolvidos. No entanto, apesar de ele estar totalmente equipado, o [Cristal Divino] finalmente esgotou sua [Água Sagrada]. Talvez. Depois de muitos anos de concentração, ela voltaria a fluir.

Jogar o [Cristal Divino] fora seria um desperdício. Isso salvou a vida dele… era sua pedra da sorte. Boa sorte amontoada em boa sorte; ele estaria morto se ele não tivesse obtido este cristal. Hajime estava extraordinariamente apegado a ele por isso. Solidão era insuportável para um sobrevivente e pintou um rosto em seu pertence. Era quase o mesmo que dar um nome ao cristal e admira-lo.

Hajime usou as habilidades do [Cristal Divino] para conter uma enorme quantidade de magia: ele criou colares, brincos, anéis e outros acessórios com a ‖Transmutação‖. Ele os deu para Yue. Ela era capaz de usar magias muito poderosas. Seus feitiços mais poderosos consumiam muito |Poder Mágico e apenas um disparo a deixaria esgotada. Se ela fosse capaz de armazenar seu |Poder Mágico em uma bateria, ela poderia usar essas magias excepcionais em rápida sucessão e não ficaria magicamente exaurida.

Ele nomeou esse conjunto de acessórios como [Conjunto de Cristais Mágicos] e os deu para Yue. A reação dela nesse momento foi…

(Yue): “… pedido…”

(Hajime): “O que você disse?”

Yue pulou assim que escutou Hajime involuntariamente usando o dialeto de Kansai com seu Tsukkomi[8].

(Hajime): “Isso previne exaustão mágica. Eu pensei que isso certamente protegeria Yue a partir de agora”

(Yue): “… é um pedido”

(Hajime): “Não, você está errada. É só equipamento novo”

(Yue): “… Hajime, tão tímido”

(Hajime): “… ultimamente você não escuta ninguém”

(Yue): “… tímido até na cama”

(Hajime): “Você não vai parar!? Sério, que bobagem!”

(Yue): “Hajime…”

(Hajime): “Ah. O que foi?”

(Yue): “Obrigado… eu amei isso”

(Hajime): “Oh”

Por favor, explodam de uma vez! Esses dois estavam criando seu próprio mundo. Eles estavam prontos para tudo, em vários sentidos diferentes.

Enquanto eles estavam ativando a magia no terceiro andar, Hajime disse a Yue em voz baixa.

(Hajime): “Yue… minhas armas e nossos poderes são heresia na superfície. A Igreja e os países não ficarão em silêncio”

(Yue): “Nn…”

(Hajime): “Eles vão exigir nossas armas e [Artefatos]. Há uma grande possibilidade de eles nos obrigarem a participar de suas guerras”

(Yue): “Nn…”

(Hajime): “Esta pode ser uma viagem perigosa que vai colocar o mundo contra nós. Não importa quantas vidas você tenha, isso ainda pode ser insuficiente”

(Yue): “Agora já é tarde demais…”

Hajime mostrou um sorriso sem graça com as palavras dela. Ele gentilmente acariciou o cabelo dela enquanto ela o encarava.

Yue piscou seus olhos pela sensação agradável. Ele parou por um tempo e encarou esses olhos vermelhos brilhantes. Hajime transformou seu desejo e resolução em palavras, como se ele estivesse gravando isso em sua alma.

(Hajime): “Eu vou proteger Yue, Yue vai me proteger. Então nós seremos os mais fortes. Destruiremos o que for preciso e nós iremos atravessar os mundos”

Com as palavras dele, Yue apertou suas mãos na frente de seu peito com força; quase como um abraço. Seu rosto sem expressões se desfez para revelar um sorriso exuberante. E ela respondeu como sempre fazia…

(Yue): “Nnnn!”


[1] Riajuu é uma pessoa bem-sucedida ou realizada. É uma expressão normalmente usada por Otakus para demonstrar sua inveja ao verem casais.

[2] Compressão física é o resultado da aplicação de uma força de compressão a um material, resultando em uma redução em seu volume, ou, como tratado em resistência dos materiais e engenharia, uma redução de uma de suas dimensões. A compressão tem muitas implicações na resistência dos materiais, na física e na engenharia estrutural, pelo fato da compressão produzir quantidades consideráveis de stress e tensão.

[3] O Hummer é um veículo da AM General e sua marca pertencente à GM. Ele foi desenvolvido a partir do HMMWV, originalmente um veículo de guerra que acabou caindo no gosto dos consumidores americanos e virou sucesso de vendas entre as SUVs (Veículo utilitário esportivo).

[4] Síndrome do oitavo ano, ou chuunibyou, é um termo pejorativo para se referir a uma pessoa com comportamento delirante, especialmente pensando que tem poderes especiais. Originalmente esse termo era usado para referir-se a crianças que gostam de agir como adultos e menosprezar os demais. O termo evoluiu e é usado para descrever o comportamento delirante em geral.

[5] ORZ seria uma pessoa de joelhos e cabeça baixa (o O seria a cabeça o R as mãos encostadas no chão e o Z as pernas dobradas). No Japão, esse um gesto para mostrar constrangimento ou frustração.

[6] Schlag significa “golpe” em alemão.

[7] Gun Kata é uma espécie de arte marcial desenvolvida no filme Equilibrium (filme de ação e ficção científica de 2002 estrelado por Christian Bale), e que considera a arma de fogo como “a arma total”. O principal conceito desse estilo de luta está em diversos estudos que foram feitos para, por estatística, adivinhar as posições do inimigo e a rota do fogo de retorno, para poder acertar o adversário sem ser acertado.

[8] Tsukkomi é um termo relacionado ao Manzai, uma arte de contar piada em dupla, em pé no meio de um palco. Uma pessoa fala uma coisa absurda que não vai fazer sentido, o que se chama de Boke em japonês. Outra pessoa corrige este Boke com senso comum, o que se chama de Tsukkomi.