O garoto, o espadachim idiota e o mago idiota

Nos dois primeiros anos obrigatórios da academia, o torneio entre as classes era o maior dos eventos. Às vésperas deste evento tão importante, o número de pessoas treinando de manhã aumentava. E no dormitório masculino, duas ou três vezes mais alunos estavam praticando sua esgrima e magia cedo pela manhã.

(Rudel): “Há um monte de gente hoje”

Rudel terminou seu treino e quando olhou ao redor, ele ficou impressionado pelo número anormal de pessoas. Mas Vargas…

(Vargas): “Dê dois ou três dias e o número caíra pela metade. Trabalhar duro apenas durante às vésperas do torneio não te levará a lugar nenhum. Mais importante que isso, a senhorita Basyle está por aqui?”

Basyle estava ensinando ele o uso prático de magia em batalha. Mas ela era péssima com as manhãs. Ela raramente chegava no horário. Mesmo quando ela aparecia, seu cabelo era uma bagunça e suas roupas consistiam em um traje parecido com uma camisa com mangas compridas que não tinha o mesmo apelo de suas roupas usuais… mas mesmo assim, ela era bem popular com os garotos que treinavam pela manhã.

(Rudel): “Parece que ela não está passeando tanto de noite ultimamente, mas ela continua odiando as manhãs”

(Vargas): “Ah… que azar… o balanço de seus peitos naquelas roupas é magnífico!”

Rudel ficou impressionado pelo número de garotos ao redor que concordaram com isso. Nesse ponto ele só podia rir.

(Rudel): “Mais importante ainda! Você deveria dar o seu melhor no torneio. Baseado nos seus resultados, os afiliados das brigadas de Cavaleiros podem pôr seus olhos em você”

Certo, o objetivo do torneio, além de confirmar as qualidades dos estudantes, era ser uma vitrine para pupilos com futuros promissores. Encontra-los o mais cedo possível era a intenção verdadeira.

(Vargas): “Y-yeah!”

Rudel era o tipo de pessoa que colocaria mais esforço do que o normal se isso ajudasse a se aproximar de seu sonho. Mas infelizmente… talvez você possa chamar isso de destino… seu oponente era Aleist, o mais forte do ano.


Para o primeiro dia do torneio, os representantes das classes entraram na arena para a cerimônia de abertura e depois os participantes se retiraram para a sala de espera. A sala estava envolta em um peculiar senso de tensão.

(???): “Oh. O vencedor é da classe com mais plebeus… como pensei, aquela classe de nobres com certeza é uma falha”

A pessoa que falou essas palavras de provocação não era um representante de uma classe de plebeus. Ele era um indivíduo que ninguém poderia questionar, não importava o que ele falasse… Eunius Diade, herdeiro de um dos Três Lordes como Rudel. Exibindo um corpo grande, Eunius tinha sua própria espada grande de madeira sobre suas costas.

Cabelos louros amarrados para trás, seus olhos azuis faziam dele mais um animal feroz do que um nobre… enquanto ele era terrivelmente ruim nas aulas de magia, em esgrima, ele superou até Rudel e tomou o primeiro lugar. Mas como Eunius nunca enfrentou Rudel, ele tinha algumas reclamações sobre o ranking.

(???): “Que barulhento… se você ama tanto os plebeus, então se manda e se torne um deles. Nós não precisamos de nenhum lixo que não pode atender as obrigações da nobreza”

A pessoa que dirigiu essas palavras para Eunius era também da casa dos Três Lordes. Luecke Halbades. Pele pálida quase transparente e olhos vermelhos que espiavam através de seus cabelos lisos louros.

Classificado como o número um em magia… mesmo ele nunca tendo sido comparado com Rudel… assim Luecke tinha algumas reclamações sobre isso.

Ninguém poderia se intrometer na conversa desses dois… ou pelo menos era assim que deveria ser…

(???): “Que tal vocês dois se acalmarem? Nós vamos lutar de qualquer maneira”

Aquele que agiu sem ler o clima era certamente Aleist Hardie. Se Rudel tivesse dito isso, ninguém iria estranhar. Rudel também era dos Três Lordes. E esses dois estavam claramente conscientes dele.

Mas Aleist era chamado de o mais forte da escola naquele ano… e ele estava interessado nesses dois. Então eles continuaram sua conversa.

(Luecke): “O filho mais velho da Casa Hardie, eh… o que você quer dizer se intrometendo na nossa conversa?”

Os frios olhos de Luecke encararam Aleist. Nem Luecke nem Eunius pensavam muito nele. Eles tinham muito a pensar sobre a Casa Hardie que repentinamente estendeu sua influência e cresceu sem que ninguém percebesse. Porém, mas do que qualquer coisa, eles não podiam lidar com o nível anormal de competência de Aleist.

As notas de Aleist não eram as mais altas. Ele tinha pontos descontados devido a sua atitude durante as lições. Mesmo assim, com isso em conta, Aleist conseguiu ficar nas mais altas posições do ranking de alunos… não tem como ele não ser suspeito.

Os dois eram indivíduos que nunca falharam em colocar seus esforços em suas espadas e encantos. E eles tinham talento.

Era exatamente por isso que eles podiam dizer… que ele era evidentemente questionável… ao contrário, aquele que seus instintos os diziam para temer era Rudel. O garoto que aumentara suas notas e alcançara os dois com puro e legítimo esforço.

Os dois sabiam que Rudel era aquele que eles deviam se preocupar.

(Rudel): “Se vocês estão curiosos sobre suas forças, então vocês deveriam lutar. Será muito mais produtivo do que qualquer conflito sem sentido aqui”

(Eunius): “Você diz coisas interessantes! É o tipo de opinião que eu gosto… oy. Arses! O que você acha?”

Eunius de repente incluiu Rudel na conversa. Eunius e Luecke viraram seus rostos para ele e, finalmente, Aleist olhou também. Sentindo que esses três eram poderosos, Rudel sabia que iria ter um grande duelo se lutasse contra eles.

Mas se você perguntar o que ele pensava, seria muito incômodo. Para Rudel, qualquer assunto antes de um duelo seria um empecilho. Agora, ele só queria se concentrar na batalha. E ele sabia que os dois estavam olhando para ele. Ele tinha certeza que essas palavras era apenas para provoca-lo…

(Rudel): “Nada em particular… eu só quero ficar mais forte. Forte o bastante para me tornar um Dragoon

(Luecke): “Entendi. Então você é uma falha como nobre. Você não está cumprindo a obrigação que corresponde a seu status”

Quando ele escutou essas palavras de Luecke de uma das casas dos Três Lordes, Rudel sentiu o peso de seu egoísmo. Normalmente, Rudel não teria a liberdade para desejar se tornar um Dragoon. Era uma ação parecida a abandonar seu povo sofrendo no território Arses.

(Eunius): “Se ser um nobre significa viver livremente, então Arses está certo. Viver livre é seu lema de família depois de tudo!”

Eunius o provocou. Rudel calmamente fechou sua mente. Achando difícil lidar com isso, Izumi tentou chama-lo, mas…

⟦ A próxima partida está para começar! Representantes de classe, por favor, se preparem!

Com a ordem que veio do equipamento de transmissão, Rudel se levantou… aqueles da sala de Aleist também se levantaram, saindo da sala de espera e seguindo para a arena.


Assim que Rudel e os outros deixaram a sala de espera, Luecke e Eunius continuaram a conversar. A Casa Halbades e a Casa Diade não tinham boas relações. Cada uma delas estava no topo de sua própria facção. Mas, nesse momento, eles estavam imersos na conversa sobre Rudel.

(Eunius): “O que você acha?”

Para a vaga pergunta de Eunius, Luecke…

(Luecke): “Honestamente, Aleist é uma anomalia. Mas Rudel também é um monstro”

(Eunius): “Certo… esgrima menor apenas que a minha e habilidades mágicas que passam até as suas… acha que poderia vence-lo se fizesse dele um inimigo?”

(Luecke): “Você quer dizer esgrima que ultrapassa até a sua e magia menor apenas que a minha. Se eu pudesse derrota-lo tão facilmente, nós não estaríamos tendo esta conversa… mas eu não sei se ele pode ou não derrotar Aleist”

Enquanto havia uma disparidade no reconhecimento da situação, suas opiniões estavam alinhadas. Seria muito difícil para Rudel derrotar Alesit. Mas isso só mostrava como Aleist era fora do comum.

(Luecke):Cavaleiro das Runas, ‖Espada das Runas‖… há várias formas de dizer isso, mas a maior vantagem de um Cavaleiro Mágico é sua ‖Espada Mágica‖, um estilo de luta onde eles imbuem magia em sua lâmina. O tempo em que ele pode suprir sua espada de madeira não é muito… mas Rudel está com muitas desvantagens”

(Eunius): “É mesmo tudo isso? Ele só está cobrindo sua espada com magia, certo?”

Eunius escutou a explicação de Luecke cheio de dúvidas.

(Luecke): “Você é um idiota? Se ele cobrir a espada de madeira com fogo ou algo parecido, você será queimado apenas por cruzar espadas com ele. Se ele aumentar a quantidade de magia, Rudel será tostado…”

(Eunius): “… sim, isso é terrível. Mas há uma forma de impedir isso”

(Luecke): “Há mesmo?”

(Eunius): “Acabe com ele antes de ele te acertar… você é um idiota?”

Quem sabe esses dois possam se dar surpreendentemente bem.