O garoto e o 〈Pássaro〉

No momento em que os estudantes do curso fundamental entraram na floresta, já era quase o quarto dia. Algumas horas passaram desde que eles fugiram de seu inimigo… na floresta, eles abafaram suas respirações. A classe de Rudel olhou para os alunos mais novos e os guardas que eles salvaram enquanto continuavam atentos aos arredores.

Assim, Rudel confirmou seu próprio equipamento enquanto ele olhava para o céu… essa cena deu um mau pressentimento a Izumi. Aquele não era o Rudel de sempre… parecia até que ele estava excitado… quase como se ele estivesse ansiando por uma batalha.

Enquanto isso, os guardas da classe de Rudel olharam para os guardas e estudantes imobilizados, mas… incapazes de descobrir a causa, eles não conseguiram curá-los.

(Guarda A): “Não há veneno e não é hipnose… o que diabos aconteceu para deixá-los neste estado?”

Até os mais capazes dos guardas coçavam suas cabeças quando olhavam para aqueles que estavam impedidos de se mover livremente. Com tudo isso, o líder dos guardas imobilizados deu algumas ordens. Mas ao ouvi-las, os outros ficaram preocupados.

(Líder dos Guardas): “Nós estamos bem. Apenas levem os que ainda podem se mover e tirem a princesa da floresta… ficar aqui é perigoso demais”

(“Esse cara sempre fala desse jeito tão exaltado? Eu preferia que ele não fizesse tanto barulho aborrecendo a todos…”)

Isso foi o que todos desejavam… mas enquanto o Pássaro brutal estava circulando pelos céus procurando por eles, o problema era se eles conseguiriam escapar ou não. E como eles não tinham nenhuma informação sobre o Pássaro, a situação poderia ficar ainda pior.

Quando a princesa foi atacada, no lado de fora da floresta… eles enviaram um relatório para os responsáveis da academia. Mas eles não informaram sobre as habilidades do Pássaro! Em tal situação, o caçador se tornaria a caça… as vítimas só iriam aumentar. E nesta floresta cheia de estudantes… você poderia dizer que o pior cenário possível estava sendo preparado.

(Guarda B): “A classe daquela senhorita Gata Branca foi salva, mas… é só questão de tempo até que o número de vítimas aumente”

A sala de Mii estava se escondendo entre eles. No meio deles, a Elfa… Millia também estava lá.

(Guarda C): “Esta é a pior situação possível”

Os guardas tentaram bolar um plano nesta floresta. Mesmo se a princesa fosse salva, eles seriam acusados por essa bagunça e havia o perigo de eles perderem suas vidas… assim, a ideia surgiu enquanto eles pensavam nas probabilidades.


(Rudel): “Usar uma isca? E isso vai nos salvar?”

Um dos guardas falou com Rudel como um representante. Ele explicou que Rudel e a princesa seriam levados pela unidade de guardas para fugir.

(Guarda): “… isso definitivamente irá salvar vocês”

O rosto do guarda ficou sombrio, ou melhor, ficou tenso. Ele estava escondendo algo. Certo disso, Rudel perguntou ao guarda…

(Rudel): “Isso irá salvar todos nós?”

Com essas palavras, os olhos de todos que estavam prendendo sua respiração foram atraídos. Os guardas balançaram suas cabeças e pela atitude deles, os estudantes sabiam que nem todos sobreviveriam. Havia até alguns que começaram a chorar.

(Guarda): “Nós levaremos aqueles mais velozes para fora da floresta. Nós precisamos levar a informação o quanto antes. É quase meia-noite, então, a probabilidade de sermos encontrados pelo inimigo é baixa”

O guarda se sentiu envergonhado por não ter outra escolha além de mentir. Se o inimigo tivesse visão noturna, eles definitivamente seriam encontrados. E correr a noite pela floresta seria extremamente difícil… o fato de eles precisarem se apressar não importando a situação era devido a Fina, a princesa deste país.

(Fina): “Por favor, não se incomode comigo… vamos encontrar um caminho em que todos irão sobreviver”

[Fina]: (“Você está me dizendo para abandonar a minha gatinha!? Nem pensar! Nem em um milhão de anos! E se eu abandonar meus colegas, que tipo de pessoa eu me tornaria? Eu sou da realeza, então não preciso pensar nos outros? Como se qualquer um de vocês se importassem com isso! No fim, vocês só estão com medo da punição que os aguarda”)

(Rudel): “Entendido… então eu serei a isca”

(Guarda): “O quê!?”

Assim que o guarda demonstrou sua surpresa, Izumi e Fina reagiram da mesma forma. Com a atitude estranha de Rudel, a inquietação de Izumi se provou correta.

(Izumi): “Rudel, do que você está falando!?”

[Fina]: (“Oh. Certo… eu escutei que o mestre era um idiota. Ele pode estudar, mas ele não é do tipo inteligente… apesar de sua técnica para acariciar fofuras estar em um nível de gênio…”)

Naquele ar sombrio, a declaração ultrajante de Rudel mudou completamente o cenário.

(Guarda): “Você escutou alguma coisa até agora!? E como um dos estudantes que temos que proteger, você possui um alto nível de prioridade! Usar tal pessoa como isca? Eu quero que você pare de ficar fazendo piadas! Deixe-nos escolher uma isca entre os guardas… mesmo que eu me sinta mal pelos outros estudantes, eles vão precisar escapar por conta própria…”

Correto. Este plano utilizaria os outros estudantes correndo pelas redondezas para salvar apenas a princesa por todos os meios necessários. Mesmo se os guardas perecessem, enquanto a tentativa de fuga dos outros estudantes atraísse a atenção do monstro, isso seria o suficiente… era este tipo de plano.

E nesse momento, duas novas salas apareceram lideradas por seus guardas. Estudantes que os guardas precisariam proteger a qualquer custo… as classes de Luecke e Eunius dos Três Lordes.

Os estudantes nobres, incapazes de compreender a situação, ergueram suas vozes para gritar…

“Expliquem o que está acontecendo!”

Todos os presentes taparam as bocas desses estudantes explicando a eles com sussurros… mesmo assim, eles não conseguiram entender. Ou melhor, eles não conseguiram acreditar.

Nesta floresta usada para eventos escolares, não havia forma de um monstro tão perigoso existir… esse era o argumento deles.

(Líder dos Guardas): “Quietos! Façam um tumulto e o inimigo nos encontrará… a princesa está aqui também, então por favor, apenas sigam as ordens”

O líder dos guardas explicou desesperadamente em voz baixa, trazendo até a princesa para a conversa. Se essa era a situação, os nobres só poderiam ficar em silêncio… nesta condição, Luecke e Eunius…

(Luecke): “Se há um monstro desses aqui, o perigo é grande demais… isso é um problema onde precisamos pedir ajuda para a Brigada dos Cavaleiros

Diferente do bom senso de Luecke, a reação de Eunius foi beligerante[1].

(Eunius): “Que bem faria apenas fugir? Esta é uma chance para elevarmos nossos nomes… e se nós protegermos a princesa, isso não será um conto de heroísmo?”

Ele murmurou enquanto segurava o punho de sua espada em suas costas… assim, Rudel falou…

(Rudel): “Então, nós três seremos a isca. Como tivemos sorte na aparição de vocês, não tenho objeção em contar com suas forças. Eunius será a vanguarda e Luecke a retaguarda? Eu acho que ficarei bem em qualquer posição, mas…”

(Luecke): “Espere um segundo Arses! Por que você está me arrastando para esta história de isca!?”

Enquanto ele falava em sussurros, a voz de Luecke gradualmente aumentou com a raiva. Rudel só respondeu como se isso fosse algo natural.

(Rudel): “É natural para um nobre proteger o povo. Justo você que sempre está falando sobre obrigações e responsabilidades está querendo fugir?”

(Luecke): “… apesar de termos especialistas aqui, por que nós, amadores, precisamos agir?”

(Rudel): “Para garantir a proteção da princesa enquanto ela foge, eu não quero diminuir o número de guardas a seu lado. Além disso…”

Com a persuasão autoritária de Rudel, as pessoas ao redor ficaram ansiosas. Ações irresponsáveis eram uma das especialidades de Rudel, porém… isto era simplesmente terrível.

Então, outra classe fez sua aparição… a classe de Aleist. Eles estavam terrivelmente esgotados e parecia que ninguém além de Aleist poderia ter alguma utilidade… na verdade, eles pareciam nada mais do que um estorvo.

(Aleist): “Eu escutei a história pelo caminho… minha chance de mostrar algum serviço finalmente apareceu!”

Aleist (o único com energia) olhou para a princesa e falou com confiança… mas suas roupas e equipamentos estavam em mal estado e Fina não acreditou muito em suas palavras.

(Fina): “Você é o filho da Casa Hardie? Eu escutei rumores sobre você…”

[Fina]: (“Oh. É mesmo… umm… esse cara! Senhor veterano que é forte como um monstro e parece realmente legal, mas não consegue uma namorada por algum motivo… eu não gosto de falar sobre os hobbies dos outros, mas o que tem de bom em ficar com outros homens? Você não deveria escolher as fofuras!?”)

Fina parece ter entendido mal Aleist. Mas sem saber disso, Aleist também tinha seus pensamentos.

[Aleist]: (“O que é isto!? Até a Gata Branca Mii está aqui! Se eu me lembro corretamente, essas duas tem uma bela amizade que transcende a diferença de status, não é? Se eu me sair bem aqui, então… tudo bem, não importa que monstro apareça, pode vir!”)

Naquele espaço, agora cheio de tensão, Rudel observou seu equipamento enquanto dava ordens a seus colegas. E olhando para o céu…

(Rudel): “Então Aleist pode se juntar e nós quatro seremos a isca… todos os outros devem fugir da floresta. Izumi, você irá liderar os estudantes das outras classes”

Mesmo assim, Izumi tentou impedir Rudel.

(Izumi): “Desista disso! Não há necessidade de você fazer esse tipo de coisa, não é!?”

Como Rudel ainda não tinha decidido o papel de isca, o sangue subiu à cabeça de um guarda que tentou se aproximar deles. Foi neste momento que…

] GyaGYAaaah!!! [

Junto de um grito sinistro, o Pássaro monstruoso apareceu… como todos ficaram paralisados onde estavam, com sua espada equipada em sua mão direita e a magia concentrada na esquerda, Rudel atacou com extrema rapidez.

Incapaz de reagir a tempo, o Pássaro foi cortado e lançado para longe pela magia… mas ele rapidamente se ergueu, chacoalhando seu corpo com raiva… ele tinha Rudel em sua visão.

(Rudel): “Vão!!! E vocês três, estimadas iscas, decidam se vão ficar ou vão fugir… se eu lutar sozinho, não sei se serei capaz de derrota-lo…”

(Luecke): “Quê? Você planeja derrotar isto!? Este monstro!?”

Luecke estava surpreso. E Aleist estava perplexo. Todos começaram a agir em resposta ao grito de Rudel. Alguns carregaram aqueles que não podiam se mover em suas costas, enquanto outros corriam apavorados… mas mesmo assim, os vários olhos do Pássaro estavam todos em Rudel.

(Izumi): “Eu também vou ficar”

Izumi tentou participar da distração, mas Rudel a rejeitou.

(Rudel): “Isso vai causar problemas para a classe. Com seu senso de direção, as chances de escapar vão aumentar… e se algo terrível acontecer… apenas vá!”

(Izumi): “Kuh! É bom que todos voltem com vida Rudel!”

Izumi também emprestou um ombro para um estudante imobilizado enquanto ela corria. Se preocupando com Rudel até o fim… e dos quatro que restaram, Eunius gargalhou enquanto tomava sua posição com a espada.

(Eunius): “Ótimo… esplêndido Rudel! Você é o melhor… eu reconheço sua coragem para desafiar esta fera! Luecke! Aleist! Se vocês vão fugir, façam isso logo”

(Luecke): “N-não faça piadas! Não há motivo para eu temer um monstro deste nível! Eu vou explodi-lo com minha magia, então você só precisar ficar aí e observar… Rudel, você também vai testemunhar isso! Com este meu poder para…”

Luecke rapidamente começou a preparar sua magia. Apesar de seu longo discurso, a luta já tinha começado, então ele simplesmente foi ignorado. Mas Aleist…

(Aleist): “Po-por que os Três Lordes estão juntos… eles não deveriam se odiar? Além disso, por que vocês estão lutando nesta combinação?”

Ele ainda estava murmurando. Suas preparações para a batalha ainda estavam pendentes…


[1] Beligerante significa quem ou o que faz guerra ou está em guerra; quem ou o que está em luta.