Demandas e a preparação para a graduação

Por volta do momento em que suas vidas na academia chegariam ao fim, os graduados começaram a limpar os quartos que usaram por cinco anos.

Havia graduados no segundo e terceiro ano também, e nesse momento, os dormitórios da escola estariam uma completa bagunça. Havia estudantes que chamariam servos de suas casas, e outros que iriam obrigar seus novatos a limpar.

De forma parecida, Rudel começou a limpar sua bagagem que aumentou em relação à quando ele chegou na academia.

Ele tinha poucos pertences quando chegou, mas ao longo de cinco anos, ele adquiriu muitas coisas.

(Rudel): “Este livro é… eu vou guardar ele”

O livro que ele tinha em mãos era o livro infantil ilustrado que apresentava os Dragoons. Ele era algo que Rudel deu a Sakuya e algo que ele deixou em seu quarto. Rudel o leu quando era uma criança, imaginando sua própria imagem no futuro e, depois disso, ele se tornou uma lembrança que ele deu a Sakuya.

Fora isso, havia outras peças de recordações no local.

A espada que ele usou em sua juventude que, mesmo quebrada, ele ainda guardava com cuidado. Ele tentou joga-la fora, mas ele não conseguiu se obrigar a fazer isso. Assim, sem mais nenhum uso para ela, ele estava com problemas sobre o que fazer.

(Rudel): “Hah, isso se transformou em uma quantidade surpreendente. Minhas roupas são as mesmas, não tem jeito de eu…”

Enquanto os pertences de Rudel estavam do lado escasso, como ele não sabia a situação dos outros estudantes, ele achava que tinha muitas coisas. Luecke estava refletindo sobre suas montanhas de livros, enquanto Eunius estava com problemas para lidar com todos os presentes que ele não deu para as garotas.

O maior de todos os problemas era Aleist.

Era certo que ele iria ter ao menos cinco noivas, e as garotas tinham entregado muitos presentes de suas casas. Itens dignos de Aleist, e Fina também enviou muitos presentes sob a desculpa de estar celebrando.

Fina estava mirando ele desta vez, conduzindo assédio com a desculpa de estar celebrando a colocação dele com os Defensores.

Ela escolheu os itens mais volumosos que ela poderia encontrar e os enviava para dificultar a vida dele. Mas por isso, houve rumores de que Fina estava interessada em Aleist.

Era um desastre para Aleist, mas depois que ela se autodestruiu, Fina ficou bem mais dócil. Ela percebeu que ela estava precisando de mais compostura.

Mas uma outra Princesa, Aileen, permanecia com sua compostura aos trapos.

Como tanto Rudel quanto Aleist iriam deixar a academia, o palácio ficou com medo de que o balanço de poder entre as forças iria ruir. Os nomes Cavaleiros Branco e Negro possuíam significado especial em |Courtois|.

Por isso, Fritz seria transferido para o curso de três anos e seria obrigado a estrear como Capitão da Guarda Real. Foi um resultado escolhido por Aileen e seus seguidores ao concluírem que seria tarde demais para Fritz se tornar Capitão depois de dois anos inteiros.

Depois de tanto tempo, Aileen não poderia mais ignorar os Defensores que Fina criou.

Rudel se tornou um Dragoon, mas o nome de Aleist ainda estava na lista de candidatos para noivos de Aileen. Se ele conseguisse algumas conquistas nos Defensores, isso seria usado como uma razão para prosseguirem com as conversas sobre casamento.

Para Aileen, ela estava consideravelmente encurralada.

Mas era a cara de Aileen não sentir medo observando a situação de uma perspectiva de guerra.


(Fina): “Hah, Rudel-sama”

Olhando para fora da janela da sala de aula, Fina murmurou. Se ela murmurasse o nome de Rudel tão amorosamente, os rumores iriam se espalhar por conta própria.

Na verdade, já tinha se tornado conhecido o fato de que o amor dela por Aleist despertou. Assim que isso chegasse ao palácio, não haveria como reagir. A Rainha faria uma comoção com essa notícia, agilizando um casamento entre Aleist e Fina.

(Colega A): “Ela não acabou de dizer Rudel-sama?”

(Colega B): “Eh? Mas Fina-sama e Aleist-sama estão…”

(Colega C): “Pelos Deuses, um triângulo amoroso!”

Na sala de aula, suas colegas estavam fazendo um alvoroço. A maioria delas era de nobres, mas havia algumas plebeias entre elas, bisbilhotando com intriga.

[Fina]: (“Tsk, é mesmo desagradável que esses rumores estranhos estejam se espalhando. Se eu me tornar um rumor com Aleist, não terei mesmo nenhum retorno. No pior caso, a mãe vai me forçar a me casar com Aleist e empurrar o mestre para a minha irmã. E pensar que minha irmã que não enfrentou qualquer problema seria a maior de todas as barreiras para o meu fofuraíso”)

Mesmo Fina estando irritada por dentro, em primeiro lugar, Aileen sempre odiou Demi-Humanos. No momento em que a paciência de Fina acabasse, elas estavam destinadas a se enfrentarem algum dia.

Nos documentos preparados em seus cadernos, os Defensores e a Guarda Real… os nomes dos recrutas de cada brigada de Cavaleiros estavam listados.

[Fina]: (“Cinco Altos Cavaleiros este ano e nove Dragoons… não há o que fazer com os Dragoons, mas parece que os Altos Cavaleiros estão a ponto de desaparecerem. Eu queria esmaga-los antes daquela Cabelo Preto entrar! A fronteira é a mesma de sempre…”)

Os Altos Cavaleiros resistiram e ela não foi capaz de desmantelar o grupo como ela queria. Do ponto de vista de Fina, isso não era algo tão importante, então ela instantaneamente mudou sua linha de raciocínio.

Ela investigou quem quer que intrigasse ela e prestou atenção especial para os movimentos da Guarda Real. Escolhendo Aileen ao invés dela, muitos nobres jovens já tinham se infiltrado na facção dela.

Vendo os movimentos da força inimiga, isso era mesmo o fim.

[Fina]: (“Então essa casa também não é boa. Essa casa também está se juntando a minha irmã? Oy, oy, esse é um número bem grande”)

Incapaz de deter sua risada interna, Fina planejou usar esta oportunidade e diminuir o poder dos nobres. Se sangue fosse escorrer, ela também iria ir até o fim.

Essa era Fina Courtois.

Isso foi algo que foi decidido no momento que sua irmã Aileen escolheu priorizar seus assuntos pessoais ao invés do país. Mas Aileen era estranhamente abençoada pela sorte. Para Fina, esse era um problema sério.

A formação da Guarda Real estava na mesma situação. Era quase como se ela fosse amada pelos céus.

[Fina]: (“Bem, é impossível que eu veja um paraíso além do meu fofuraíso. Mas mesmo assim… por que minha irmã tem uma facção tão grande? É impossível que eu fique ao lado dela. O risco é grande demais. Poderia ser que algo está ajudando ela? Hah, sem chances, sem chances”)

O fato de que ela tinha um enorme apoiador chamado “enredo” era algo que até Fina não tinha formas de saber.


(Rudel): “Uma festa de graduação? Nós vamos ter uma este ano também?”

No salão de jantar do dormitório masculino, Rudel e os membros de sempre estavam tendo suas refeições. Esse era um raro dia onde Aleist estava na mesma mesa, participando da conversa.

(Eunius): “Isso mesmo! Desta vez nós vamos ser as estrelas, não é? Então não faz sentido não aproveitarmos”

Eunius estava encantado. Apesar de suas notas serem terríveis, ele conseguiu manter as notas mínimas para se graduar. Ele estava encantado por finalmente se livrar dos livros.

(Luecke): “Mesmo que você diga para aproveitarmos, comida e apresentações ao vivo… o que mais há? Se a academia colocar dinheiro demais nisso, o Palácio vai ficar barulhento”

De um ponto de vista financeiro, eles não seriam capazes de fazer nada tão grande, era o que Luecke estava dizendo. Aleist terminou sua sobremesa antes de se juntar a conversa.

(Aleist): “Uma festa, eh… como um baile de máscaras?”

(Eunius): “O que é isso?”

Assim que Aleist falou de um baile de máscaras, Eunius se interessou. Talvez Rudel não tivesse nenhum interesse, pois ele estava ocupado com sua bebida.

(Aleist): “Não, bem, você participa da festa disfarçado. Como eu devo explicar isso? Como uma fantasia ou… algo que você normalmente não usaria. Você pode se vestir como um enorme animal de pelúcia? Não, eu acho que isso é um pouco diferente”

Enquanto ele explicava isso, Aleist foi incapaz de transmitir uma imagem clara.

(Luecke): “O que você normalmente não veste? Os homens vão usar vestidos ou algo do tipo? Isso parece um pouco repugnante”

Com a impressão de Luecke, Eunius sorriu.

(Eunius): “Isso parece interessante”

(Aleist): “Hah?”

(Luecke): “Você…”

(Rudel): “O que você normalmente não veste…”

Enquanto os três suspiravam, Eunius explodiu em uma gargalhada. Imaginando um homem vestindo um vestido em público, ele ficou só um pouco enjoado.

(Eunius): “Idiota, é melhor ter várias ideias, não é? É como eu pensei, não é como se eles fossem aceitar isso, então vamos rever algumas coisas e enviar alguns pedidos interessantes. Parece que os outros já estão enviando pedidos para a academia”

Sabendo que a festa aconteceria de novo este ano, os estudantes estavam entregando pedidos para a academia. Havia muitos alunos nobres com muita experiência em festas e eles enviaram muitos pedidos.

(Aleist): “Com certeza… é isso! Então eu quero um concurso de beleza!!”

Aleist embarcou na ideia de Eunius, pegando algo para escrever e listando suas ideias. Os três, que não sabiam o que era um concurso de beleza, estavam buscando explicações disso com Aleist.

(Luecke): “Que tipo de coisa é essa? Bem, se é beleza, provavelmente tem algo a ver com as garotas…”

Enquanto Luecke pensava, Aleist explicou com um sorriso. Esse tipo de eventos festivos pré-escolares, em sua vida passada, eram coisas que ele não participaria mesmo se ele quisesse.

(Aleist): “Entre as garotas participando do concurso, você escolhe a mais bonita de todas. É melhor se tivermos mais participantes e podemos deixar outras estudantes participarem também. Hey, é só uma sugestão… então vamos apenas pedir uma competição de trajes de banho”

(Rudel): “Beleza? Então Izumi tem o meu voto! Não, espere. Beleza… Sakuya pode participar? Se ela puder, então será uma escolha difícil”

Rudel mostrou algum interesse e, como esperado, tinha a ver com Izumi. Pela forma como ele se referiu a beleza de Sakuya, parecia que para Rudel, Izumi era tão preciosa quanto um Dragão.

Mas os outros três homens não notaram isso.

(Eunius): “Não, isso não vai acontecer”

(Luecke): “Rudel, um Dragão é…”

(Aleist): “Você quer que um Dragão vista um traje de banho? Yeah, não”

Assim que Aleist organizou sua ideia, Luecke foi o próximo. Pensando na festa anterior, ele se lembrou de como Aleist causou uma confusão.

Aleist, que despreocupadamente acumulava eventos românticos, não tinha falta de assunto quanto se tratava desses tópicos.

(Luecke): “O último ano foi interessante. Vocês sabem, quando Aleist foi atacado por uma mulher[1]. Dessa vez, devemos ter uma confissão no salão?”

(Aleist): “… até quando vocês vão ficar fazendo essa piada?”

(Eunius): “Que pena para você. Contanto que estejamos vivos, eu vou dizer isso para todos que eu conhecer”

Assim que Eunius falou isso com uma cara séria, Rudel impôs o golpe final.

(Rudel): “Essa confissão no torneio foi igual[2], mas isso também foi consideravelmente famoso. Uma confissão na sala da enfermaria[3], e uma em um espaço isolado[4]… ah, eu estou falando sobre os lugares em que você seduziu suas esposas. Agora mesmo, eles se tornaram locais populares”

(Aleist): “Por que você tem que atacar meu coração!?!? A maioria deles foi erros e mal-entendidos! Mesmo que eu me gradue, eu vou deixar meu nome de uma forma estranha!”

(Rudel): “O que você está dizendo? Você já deixou. Os pontos das confissões de Aleist, o Deus do Amor, se tornaram rumores por toda a academia. Ou foi o que eu escutei de Izumi”

Ele atualizou o harém, algo que era algo considerado impossível e, mesmo assim, Aleist continuava se confessando. Ele estava agora sendo chamado de Deus do Amor da academia.

(Luecke): “Sua fonte de informação normalmente é Izumi”

Se Rudel escutou isso de Izumi, Luecke tinha certeza que não havia engano. Izumi era popular entre as garotas. Ela escutou sobre esses locais de suas novatas e foi confirma-los. O palpite de Luecke atingiu o alvo, ele não estava errado.

O fato de Izumi ser capaz de formar conexões com suas novatas era mesmo algo bom.

Se tornar a Chefe do dormitório feminino foi uma bela oportunidade para ela expandir sua esfera de influência.

(Eunius): “Então vamos adicionar uma confissão pública. Muito bem, Deus do Amor, escreva isso no formulário”

Exagerando nas coisas, Eunius fez Aleist preencher um papel pedindo uma confissão pública. Depois de tudo isso, Rudel era o único que não tinha sugerido uma ideia.

(Luecke): “Você tem algum pedido Rudel?”

Assim que Luecke perguntou sobre o pedido de Rudel, Rudel ficou com uma cara um pouco preocupada.

(Rudel): “Eu? Eu não participei de muitas festas. Eu não sei o que seria bom”

(Aleist): “Nada? Apenas diga qualquer coisa. Nós só estamos sugerindo ideias, não é como se eles fossem aceitar todas elas”

Aleist escreveu algumas ideais e Rudel selecionou uma delas.


(Funcionário A): “Os eventos da festa de graduação deste ano já foram decididos, então deixem-me compartilha-los”

Os funcionários e professores estavam reunidos para uma conversa sobre a festa de graduação. Eles se sentiam aliviados pelas batalhas interclasses do curso fundamental terem acabado sem nenhum incidente.

Mas havia alguns problemas com a festa de graduação. Isso era algo que eles começaram no último ano e agora que os jovens nobres começaram a tomar nota, o conteúdo da festa se tornou um problema.

Começando com a comida e bebidas, eles receberam todos os tipos de pedido por produtos de alta qualidade. Além disso, “Chamem algumas beldades e façam elas fazerem um show”, houve alguns pedidos parecidos com esse.

Entre eles, havia bem poucos que poderiam realmente ser feitos. Era a esperança dos funcionários e professores que o status dos estudantes que fizeram os pedidos não causasse insatisfação para os outros alunos.

(Funcionário A): “É impossível adquirir alimentos de alta qualidade para todos os estudantes, então aqui, nós estaremos enfatizando o conteúdo da festa em si”

Eles não poderiam usar muito dinheiro, mas do jeito que as coisas estavam, eles teriam que fazer a festa ser divertida. Esse era o desafio.

(Funcionário A): “Primeiramente, nós reconhecemos o pedido para os participantes usarem fantasias e, em seguida, uma competição de trajes de banho entre as estudantes… isso parece frio. Vamos fazer algo a respeito com magia. E pulando a confissão pública, vamos dar uma chance para o jogo do rei[5]

Todas as propostas do grupo de Rudel foram aceitas. A maior razão para isso era que eles julgaram todas plausíveis na frente econômica.

(Professora A): “Não há mesmo nenhum problema com o concurso de beleza?”

Uma professora falou com um tom um pouco severo, mas do ponto de vista dos homens, eles tinham o desejo de assistir isso. Mas do que tudo, seria um desperdício se eles não fizessem nada para ocupar o tempo.

(Professor A): “A participação não é obrigatória. É totalmente possível que não tenhamos nenhuma participante”

Suavemente fugindo da pergunta da professora, eles seguiram para a confissão pública. Havia estudantes cuja posição causaria problemas em casos de se confessar ou receber uma confissão, então isso seria um problema.

(Professor B): “Confissão pública… isso não é ir longe demais?”

(Professor C): “Yeah, eu sinto o mesmo. Alguns podem deixar as bebidas os guiarem, mas alguém vai mesmo se confessar diante de centenas de pessoas? No máximo, alguém irá fazer isso como um pequeno show”

O funcionário que atuava como presidente da reunião começou a explicar a última sugestão.

(Funcionário A): “Por fim, temos o jogo do rei. Neste aqui, nós escolhemos um ‘rei’ entre os participantes e fazemos os outros escolherem um número. Sem saber desses números, o rei dá uma ordem”

(Diretor): “Bem, esse aí é uma brincadeira, então não devemos ter problemas”

O diretor estava certo de que o último jogo seria bem menos problemático do que as três primeiras sugestões. As pessoas ao redor estavam discutindo um pouco sobre como o concurso de beleza era ir longe demais.

Mas do conhecimento que Aleist trouxe com ele, ninguém notou.

O Diretor estava recepcionando a graduação da geração de muitas crianças problema e ele estava tomado de alívio e solidão. Ao invés de se preocupar com a festa, ele estava feliz com o fato de que eles conseguiram se graduar.

Assim, ninguém notou. Que o jogo do rei era o mais perigoso de todos…


[1] Luecke está se referindo ao primeiro encontro de Aleist e Nate, no capítulo 070, durante a festa de despedida dos veteranos do ano anterior.

[2] Essa confissão aconteceu no capítulo 085, durante a partida entre Aleist e Millia.

[3] Essa confissão aconteceu no capítulo 065, quando Yunia foi visitar Aleist na sala da enfermaria e o entregou uma carta com uma confissão.

[4] Essa confissão aconteceu no capítulo 068, quando Aleist estava se preparando para se confessar para Millia, mas quem apareceu foi a primeiranista Lux.

[5] Jogo do Rei consiste em seguir as ordens de um participante previamente escolhido, ou sorteado, como “Rei”. As ordens, na teoria, podem ser qualquer coisa, mas geralmente são ações simples, com um possível tom cômico.