O fim da vida escolar e uma nova criança problema

(Aleist): “Muito bom, esse foi mesmo um concurso esplêndido”

(Eunius): “Yeah, eu nunca pensei que seria tão extremo”

Um sorridente Aleist e Eunius estavam discutindo o concurso de beleza que tinha acabado de chegar ao fim. Luecke estava indiferentemente concordando com eles.

(Luecke): “Aquelas poses que elas fizeram naquela sessão final de apelo foram ótimas. Eu nunca pensei que Izumi faria uma pose daquelas, mas no fim, Millia venceu com facilidade”

Correto, isso acabou com a vitória esmagadora de Millia.

No fim do fim, a tensão criada por seu constrangimento absoluto fez ela falhar. Durante a sessão de apelo, ela mordeu sua língua e enquanto ela fazia uma pose, ela pisou no longo pano ao redor de sua cintura.

Ao pisar nesse pano, não apenas ele foi removido, a parte de cima de seu biquíni foi levada junto, fazendo a pose dela se tornar uma em que ela cobria seus peitos com suas mãos. Com essa gravidade, ela monopolizou os votos do corpo estudantil masculino e venceu.

A propósito, a segunda colocada foi Fina e, acompanhando ela, Izumi ficou em terceiro.

(Aleist): “Yeah, eu nunca esquecerei essa cena!”

Dentro de sua armadura, Aleist apertou seu punho vitoriosamente. Mas assim que o concurso de beleza acabou, é claro que suas noivas desceram do palco.

Mudando de seus trajes de banho para suas fantasias, as garotas estavam com sorrisos sombrios atrás de Aleist.

Luecke e Eunius decidiram mudar de local juntos, se retirando para procurarem por Rudel e Izumi. Atrás deles, eles podiam escutar os gritos de Aleist.

(Aleist): “Eh? Sem chances! Vocês estavam lá também? … isso foi uma piada! Eu só estou brincando!! Aaaah!!”

Justo quando Aleist gritou, os dois foram capazes de localizar Rudel e Izumi andando lado a lado.


(Apresentador): “Em seguida, é hora da confissão!! Agora que todos nós conseguimos algumas bebidas, todos que quiserem usar esta última chance na academia para se confessarem para aqueles que admiram, levantem suas mãos!!”

O mestre de cerimônia estava animado, mas o salão não entrou na brincadeira. Mesmo que você perguntasse a eles para se confessarem no fim do fim, isso só seria complicado.

Em primeiro lugar, boa parte dos estudantes já tinham parceiras. Se eles fossem nobres, eles teriam noivados e, baseado na pessoa, havia até aqueles que, enquanto eram estudantes, se cercariam com várias mulheres.

Os primeiros na lista eram Aleist e Eunius.

O salão estava envolto em um ar suspeito e havia apenas alguns alunos que participariam, metade por brincadeira. Com tudo isso, alguns alunos plebeus se reuniram em um local separado.

Começando com Fritz, eles eram estudantes do curso de três anos.

Quando foi decidido que Fritz iria se tornar Capitão da Guarda Real, ele convidou alguns de seus amigos mais próximos para entrar para o grupo também. Aqueles que se reuniram eram os seguidores de Fritz.

Naquele salão de dúbio entusiasmo, ele segurava um copo enquanto olhava ao redor.

(Colega A): “Qual o problema Fritz? Você não vai participar?”

Um de seus colegas de classe sugeriu que ele participasse do show. Como Capitão da Guarda Real, com mais influência do que o Capitão de uma brigada de Cavaleiros, Fritz tinha um certo nível de popularidade entre as garotas.

Especialmente as estudantes que queriam deixar de ser plebeias e nobres de baixo nível que iriam frequentemente o chamar para sair. Mas Fritz tinha Aileen, então ele não poderia participar deste tipo de evento.

(Fritz): “Não, eu prefiro não virar um alvo de piadas em uma farsa como esta. Mais importante, esta festa não é de graça. Esses nobres realmente entendem isso?”

Enquanto as pessoas ao redor dele trocavam brincadeiras, só Fritz não leu o clima.

(Colega B): “Yeah, vo-você está certo”

Acompanhando Fritz, os Cavaleirosplebeus que sonhavam com promoções forçaram seus rostos a ficarem sérios. Na verdade, eles ao menos queriam aproveitar seus últimos dias na academia.

Os olhos desse grupo com um ar incerto caíram em Rudel, com sua fantasia, e Izumi.

Eles estavam sorrindo enquanto olhavam para os estudantes se confessando para outros garotos por brincadeira, e os estudantes que recebiam essas confissões não sabiam se eles estavam mesmo brincando.

Fritz instantaneamente acabou com o suco que enchia o copo em suas mãos.

(Fritz): “O nobre por brincadeira que ignorou as ordens do palácio se tornou um Dragoon e a mulher estrangeira que seduziu ele. Está podre, o atual |Reino de Courtois|

À primeira vista, a opinião de Fritz não estava correta, mas ela também não estava errada. Se alguém que não saiba de nada olhasse para Rudel e Izumi, certamente não seria estranho que ela imaginasse que eles estavam em um relacionamento.

Não importava como esses dois pensassem um do outro.

(Colega C): “Hey, Rudel realmente rejeitou sua posição na Guarda Real? Isso é mesmo permitido?”

Assim que um de seus seguidores de fraca vontade murmurou algo que poderia ser considerado como apoio a Rudel, a expressão de Fritz mudou.

(Fritz): “Nós estamos lidando com um nobre e um Arquiduque também! Você deveria saber que não seria estranho para eles fazerem algo desse tipo. Esses nobres podres têm que fazer algo pelo bem deste país”

Com a opinião de Fritz, todos concordaram.

Mesmo que ele tivesse um ambiente para aprender, um ambiente para estudar, se ele apenas olhasse para a informação que ele queria acreditar, ele só poderia fortalecer seu ponto de vista tendencioso.

Rindo(?) com seus amigos, Fritz encarou Rudel. Mas esses dois eram excessivamente parecidos.

Se Rudel não tivesse alguém para acreditar, havia uma possibilidade que ele ficaria fixado em seu tornar um Dragoon e se arruinaria. A diferença era se eles poderiam aceitar os outros ou não.

Rudel, que tinha sonhos com Dragoons, e Fritz, que sonhava com heróis.

Depois de chegar tão longe, a lacuna cresceu tanto que não poderia mais ser preenchida.

(Fritz): “Eu definitivamente vou mudar este país”

Encarando Rudel, que se agarrava a Izumi em sua fantasia, Fritz murmurou.


No salão, fazendo uso da hora das confissões, Sophina se moveu por trás das cortinas.

Obtendo as placas numeradas que iriam ser usadas no jogo do rei, Sophina apareceu diante de Fina. As duas se encontraram às escondidas em um canto do salão, apressadamente prosseguindo com suas preparações.

(Sophina): “Princesa, as preparações estão completas”

(Fina): “Você fez um esplêndido trabalho. Como esperado de uma Alta Cavaleira

(Sophina): “… estou feliz que fui capaz de responder a suas expectativas. (Mesmo que você me elogie por algo assim, isso não me deixa nenhum pouco feliz…)”

Apressadamente se agarrando a um marcador, Fina teve uma noção das características das outras placas numeradas. Mas isso deixou ela ansiosa, então ela dirigiu seu rosto para Sophina.

Encolhendo seus ombros, Sophina silenciosamente concordou.


(Apresentador): “Agora que essas confissões ficaram para trás, finalmente é hora de começar o jogo do rei!! E que nome descortês para um jogo, mas nós temos o selo de aprovação de Fina Courtois-sama, então nós vamos continuar com isso! Não seja careta e se junte a brincadeira. Muito bem, Fina-sama vai participar do primeiro jogo”

Junto dessa entusiasmada apresentação do mestre de cerimônias, Fina reservadamente acenou com sua mão enquanto ela caminhava para o centro do círculo que os alunos fizeram. A seu lado, Sophina a escoltava como uma guarda.

(Fina): “O prazer é meu”

(Apresentador): “E mesmo eu preferindo deixar as posições de lado, não podemos começar sem os nossos futuros Arquiduques!”

Sendo apresentados, Rudel e os outros avançaram também. Como Fina estava participando, ele selecionaram participantes sérios que iriam ler o clima para a primeira rodada.

Enquanto era duvidoso se Rudel poderia ou não ler o clima, não havia mudança no fato de que ele estava sério. Mas Aleist foi excluído dos participantes da primeira rodada.

(Apresentador): “Muito bem, todos vocês vão sortear os números desta caixa! Vamos começar com Fina-sama”

Assim que ele disse isso, o estudante responsável segurou a caixa com as placas numeradas para Fina. Lá havia placas presas em cada vareta e as placas indicavam seus números ou posição de rei.

(Fina): “Então, se vocês me perdoarem. (Fwahahaha!! Eu sou o rei!!)”

Pegando uma das varetas, Fina discretamente encontrou a marca que ela colocou nessa placa. Puxando a placa do rei sem nenhum problema, ela fortaleceu sua determinação.

[Fina]: (“Hmm, isso foi perigoso. Eu sempre perco o foco quando eu chego tão longe e eu estava a um passo de fazer algo louco. Hoje é a minha grande chance de colocar o mestre em minhas mãos! Se eu falhar aqui, vai ser mesmo um saco mais tarde”)

Depois que Eunius e Luecke puxaram seus números, Rudel estava vestindo sua fantasia, então foi consideravelmente difícil para ele segurar uma vareta. Com seus gestos, Fina pensou que ela iria começar a babar.

[Fina]: (“Se acalme Fina! Essa é só uma fofura falsa. Eu tenho que manter meu coração firme… ainda assim, eu deveria me odiar por querer atacar ele!!”)

Vendo Rudel agarrando uma vareta com ambas as mãos e a puxando, Fina lutou contra os impulsos em sua cabeça. Ela pensou que seu coração seria roubado por essa aparência fofa e resistiu.

Mas mesmo assim, ela não baixou sua guarda. Ela enviou um olhar para Sophina, que silenciosamente enviou um sinal para suas subordinadas Altas Cavaleiras. Uma das Altas Cavaleiras posicionada atrás de Rudel confirmou o número de Rudel.

Pelo bem deste dia, ela posicionou aquelas com bons olhos, mesmo entre todas as suas subordinadas. As habilidades dessas talentosas garotas estavam sendo usadas no jogo do rei.

(Apresentador): “Todos estão prontos? Então, quem é o reiiii!?!?”

Assim que o apresentador ergueu sua voz, Fina riu por dentro já que esperava por isso e ela lentamente ergueu sua mão. Só por sua aparência, ela era uma bela garota reservada.

Enquanto ela fazia isso, Fina informou seu número e o número da vareta de Rudel. Cuidadosamente confirmando isso, Fina não poderia deter sua risada interna. Mas assim que ela dirigiu seus olhos para Rudel, ela notou uma certa coisa.

(Fina): “Um, parece que sou eu. (O número do mestre é cinco… então a ordem… ???)”

Conversando simpaticamente com Luecke e Eunius, o traje de Rudel era fofo e não havia nenhum problema com seus gestos. Mas algo estava faltando.

(Luecke): “O tipo de ordem que ela der na primeira rodada decidirá o fluxo do resto do jogo”

(Eunius): “Sério? Então até um beijo é possível, não é?”

(Luecke): “Com a Princesa? Eu acho que isso é completamente impossível, Eunius”

(Eunius): “Não, ela poderia mandar um número beijar o outro. Aleist tem um talento quando se trata desse tipo de coisas”

Luecke elogiou Aleist por propor este jogo. Mas o próprio Aleist estava atualmente recebendo punição por arruinar os humores de suas noivas durante o concurso de beleza.

(Eunius): “Com toda certeza, se isto é um jogo, então eles poderiam usar isso nos estabelecimentos também. Esse cara pode ser um gênio!”

Eunius decidiu começar uma tendência nos estabelecimentos que ele frequentava. E com isso, Aleist deixou outra lenda.

(Rudel): “Eu não tenho talento quando se trata dessas coisas. Eu estou com um pouco de inveja”

Vestindo sua fantasia, Rudel fez um gesto como se estivesse pensando. Mas mesmo se Fina estivesse satisfeita com sua aparência e gestos fofos, ela não estava satisfeita com sua forma de falar.

Se apenas a aparência dele não fosse tão fofa, se apenas suas ações não fossem tão adoráveis.

[Fina]: (“… imperdoável. Essa forma de falar é imperdoável! Se você já foi tão longe, então faça algo sobre a sua forma de falar!! Só mais um pouco. Um pouco mais e isso seria perfeito!!”)

(Apresentador): “Muito bem, Fina-sama, por favor, se você puder dar uma ordem!”

(Sophina): “Princesa, sua ordem por favor. (Hah, me forçando a trabalhar em uma festa de crianças… eu quero ir para casa)”

Ouvindo a voz sem ânimo de Sophina, Fina viu a realização de seu objetivo de beijar Rudel aparecendo diante de seus olhos. Mas no interior de Fina, um novo desejo nasceu.

[Fina]: (“Beijar o mestre… mas é difícil abandonar o pensamento de adicionar ‘woof’ a suas frases. Espere um segundo Fina! Você não pode se abalar aqui!”)

Assim que seu coração entrou em conflito, o anjo em seu coração sussurrou.

(Anjo): “O que você está fazendo!? Cumpra seu objetivo inicial. Use esta oportunidade para obter o mestre!!”

Então, o diabo sussurrou em seus ouvidos.

(Diabo): “Hehe, tem certeza? Se você deixar esta chance escapar, pode não haver uma próxima, sabia? Beijos e selar acordos, você pode fazer todos os tipos de coisas pervertidas que você quiser mais tarde. Sua autoridade existe para ser abusada, não é? Você não tem escolha além de adicionar um ‘woof’ para as palavras dele aqui e agora!”

Com as palavras do diabo, o anjo dentro de Fina expressou sua aprovação.

(Anjo): “Minha nossa, você tem mesmo um ponto. Então, a escolha certa é adicionar ‘woof’ as frases dele! Nossa, isto é esplendidamente excitante!!”

Com o anjo e diabo babando dentro de Fina, sua direção mudou. Fortalecendo sua determinação, Fina ousadamente entregou sua ordem com um rosto inexpressivo.

E nesse momento, Fina estava abalada.


(Rudel): “Erk, ela me disse para adicionar ‘woof’ ao fim de cada frase, woof”

(Izumi): “Isso foi bom? Eu acho que é mais fofo desse jeito”

O jogo do rei continuou, mas levando o número de estudantes em conta, havia poucos que poderiam participar de cada rodada. Rudel deixou o jogo cedo, trocando de lugar com os alunos que esperavam sua vez.

Chegando tão longe, o objetivo de Fina terminou em fracasso. Mas ela estava satisfeita, então talvez isso não fosse um problema.

Rudel (forçado a adicionar “woof” a suas palavras) e Izumi deixaram o local onde o jogo do rei estava sendo feito para aproveitarem um pouco a comida. Luecke e Eunius ainda estavam jogando, então esses dois estavam passando o tempo sozinhos.

Não é preciso dizer que aqueles dois criaram algum tempo para Rudel e Izumi ficarem juntos.

(Rudel): “Mesmo assim, seu traje de banho foi surpreendente, woof”

(Izumi): “Vo-você acha? Eles disseram que as participantes poderiam ficar com os trajes de banho, então eu escolhi aquele que eu gostei… você não gostou daquele traje?”

(Rudel): “De modo algum! Woof. Eu achei que ele era mesmo bonito, woof”

Ainda vestindo sua fantasia de cão, Rudel segurou a mão de Izumi. Izumi parecia feliz por Rudel ter gostado de seu traje.

(Izumi): “Isso é bom. Eu não achei que ele fosse tão extremo, mas estou feliz que escolhi ele”

A pessoa que escolheu o traje de banho foi a própria Izumi e parecia que ela o tinha considerado só um pouco extremo. Rudel foi elogiar a forma dela em seu traje.

(Rudel): “Eu fiquei mesmo animado. Mal havia qualquer pano em suas costas e quase parecia que você não estava vestindo nada, woof! Mas se possível, eu não gostaria que você mostrasse isso para mais ninguém, woof”

(Izumi): “Yeah, eu vou ser cuidadosa”

Rindo, Izumi achou a atitude levemente agitada de Rudel bem agradável.

Então, fugindo de suas noivas, Aleist apareceu buscando ajuda. Ele estava vestindo sua armadura, então quando ele se movia, eles podiam escutar o som de metal se chocando.

Como Aleist estava vestindo algo tão chamativo, ele decidiu usar Rudel, alguém que suas noivas não poderiam se aproximar tão facilmente.

(Aleist): “Me-me salvem, vocês dois! Neste ritmo, eu vou ficar com um buraco no meu estômago[1]

Assim que Aleist apareceu em lamento, desta vez, Luecke e Eunius apareceram. Ambos levaram Aleist com olhos marejados.

(Luecke): “Por que você não lê o clima?”

(Eunius): “Leia o clima, merda”

Para as palavras dos dois que estavam com a mesma impressão, Aleist inclinou sua cabeça. Mas mesmo que ele inclinasse o elmo com chifres dourados de sua armadura negra, isso não pareceria nenhum pouco fofo.


O salão estava ficando cada vez mais bagunçado com o jogo do rei.

Um enorme número de estudantes aguardava sua vez para participar e Izumi foi detida por algumas garotas mais novas, se separando de Rudel.

Os quatro homens estavam reunidos em uma parede, mas Aleist abusou um pouco das bebidas e, com seu cansaço, ele adormeceu contra ela.

(Eunius): “Ele realmente dormiu”

Enquanto Eunius brincava de cutucar Aleist com seu dedo, Luecke suspirava.

(Luecke): “Só deixe ele assim. Depois que elas se agarraram nele daquele jeito, é claro que ele ficaria cansado… por Deus, ele vai ficar com um buraco no estômago algum dia”

(Rudel): “Com certeza, woof”

Como Rudel e os outros disseram, as noivas de Aleist lançaram seus ataques. Eles continham a intensidade de sempre, mas mesmo assim, parecia que elas foram duras com ele.

(Eunius): “Ah, mas os gritos dele durante o mal funcionamento da roupa de Millia foram dolorosos. Ele foi castigado bastante por elas, este cara…”

Eunius estava falando sobre o momento em que Millia perdeu a parte de cima de seu traje. Excitado, Aleist tinha um pouco de álcool no corpo e ele acabou gritando.

Em cima do palco, suas parceiras de noivado estavam todas o observando. Não havia desculpas.

(Luecke): “… bem, do jeito que as coisas estão indo, Millia provavelmente vai noivar com Aleist também. Olhando para os Elfoscomo um todo, este assunto com Millia é um golpe de boa sorte. As conversas devem prosseguir independentemente da intenção dela”

Luecke inclinou seu copo, sacudindo a bebida dentro e observando seu movimento. Assim que a conversa ficou séria, Eunius olhou para o teto.

Apenas Rudel, por culpa de sua fantasia, era incapaz de ficar com um ar sério.

(Eunius): “Hah, virar um adulto significa se tornar uma pessoa chata e infeliz, huh”

Eunius virou o conteúdo do copo em sua mão, ficando com um rosto um pouco solitário.

(Luecke): “Você não pode ser um estudante para sempre. Nós estamos na mesma. Depois disto, nós vamos servir no palácio por um tempo, mas nós temos nossas próprias facções”

Originalmente, elas eram casas que deveriam estar em conflito. Mesmo que Rudel fosse uma história a parte, a Casa Arses ainda tinha uma facção. Ele não poderia continuar irrelevante.

(Eunius): “Que saco”

Com as palavras de Eunius, Luecke não poderia dar nenhuma resposta. Mas antes disso, Rudel tinha algo que ele precisava fazer.

Sua promessa com a névoa negra… talvez você pudesse chamar isso de destino. Se ele não lutasse contra o enorme fluxo, ele nunca iria ser capaz de seguir em frente.

(Rudel): “Eu sou um Dragoon, woof. É costume seguir para a fronteira por um tempo… woof”

(Eunius): “Não, você é especial, então você provavelmente vai servir no palácio, não é? Este cara dormindo está entrando nos Defensores que acabaram de ser criados e ele repentinamente é um candidato a Capitão”

Eunius corrigiu a declaração de Rudel, mas Rudel tinha uma vaga compreensão. Havia uma corrente que ele não poderia fazer nada contra e ele estava sendo dragado por essa correnteza…

Mas ele não tinha desistido de sua luta.

Ele prometeu que lutaria contra isso e essa era uma das razões para ele se tornar um Dragoon. Rudel subitamente sentiu como se a ainda humana Sakuya estive ao lado dele.

[Rudel]: (“Eu definitivamente vou honrar minhas promessas”)

Era quase como se Sakuya estivesse com uma cara triste. Mas a sensação de que ela estava ali logo desapareceu.

(Luecke): “Bem, contanto que Rudel esteja lá, a facção Arses deverá conseguir algum ímpeto. Nós não seremos as duas grandes facções por muito tempo. Rudel, é melhor você se preparar. Mesmo que você seja um Dragoon, você é o Cavaleiro Branco. Não é como se não existisse a possibilidade de você ser o próximo Rei. Não, entre nós, você é quem tem as maiores chances”

Luecke olhou para Aleist apenas uma vez. Mas ele não conseguiria imaginar o homem dormindo apoiado em uma parede se tornando o Rei.

(Luecke): “Se você virar rei, você irá colidir conosco”

Mesmo que Rudel virasse Rei, se suas políticas colidissem, então os Arquiduques iriam se opor. Relações amigáveis dos dias da escola não significariam nada então. Não, as pessoas ao redor deles não permitiriam que isso tivesse significado.

Os três ficaram em silêncio, mas com a aproximação de Izumi, Eunius abriu sua boca.

(Eunius): “Bem, isso foi divertido. Por enquanto, eu acho que isso é o suficiente”

(Luecke): “Com toda certeza”

(Rudel): “É verdade, woof”

Rudel estava fielmente mantendo sua ordem. E isso era algo que Luecke e Eunius não poderiam fazer nada além de rir.

O fato de que eles não poderiam manter a seriedade até o fim fez com que os três rissem.


Na academia onde a cerimônia de graduação foi concluída, o Diretor segurava sua cabeça.

Chegando tão longe, os guardiões dos estudantes apareceram para reclamar sobre o conteúdo da festa sendo extremo demais. O nome do jogo do rei foi aprovado por Fina, então isso não se tornou um problema.

Mas no concurso de beleza, excluindo os garotos, as garotas e seus pais apareceram para se queixarem. Isto era em grande parte por causa de Izumi e Millia.

Enquanto eles não aprovavam o concurso em si, eles também reclamaram que não poderiam aprovar aquelas peças extremas de trajes de banho. Entre elas, havia algumas alunas que tomaram parte, simplesmente por serem más perdedoras.

E enquanto a hora da confissão se tornou um pequeno problema, entre os estudantes, houve alguns garotos que se confessaram brincando uns para os outros, e isso foi elogiado como algo mais engraçado do que uma comédia comum.

Ninguém disse nada em particular sobre as fantasias, mas depois disso, a academia recebeu um considerável número de queixas.

O fato de que eles foram elogiados até certo ponto era a linha prateada em uma nuvem escura[2].

(Diretor): “Depois de chegar tão longe, pensar que minha sensação de alívio iria se provar um tiro pela culatra… eu nunca pensaria que Izumi-kun e Millia-kun iriam…”

Não era como se eles não estivessem atentos a Rudel e companhia, mas o problema veio de um lugar que eles nunca imaginariam, fazendo com que o Diretor segurasse sua cabeça.

(Diretor): “Hah… bem, há apenas mais um ano em meu mandato. Isso serviu como uma boa memória”

Se lembrando de quando Rudel veio para a academia, seu rosto ficou excepcionalmente relaxado. Foi mesmo bastante trabalhoso, mas se lembrando de como isso foi divertido de certa forma, o Diretor continuou com seu processo de reclamações.

… mas graças a criança problema que visitaria a academia dois anos mais tarde, os problemas do diretor continuariam.

Essa criança problema fazendo com que seu mandato fosse estendido era algo que o Diretor não tinha como saber.

(Diretor): “Muito bem, eu tenho que dar o meu melhor no meu último ano”


[1] Ficar com um buraco no estômago pode ser uma referência a gastrite nervosa, uma doença do estômago que, apesar de não causar inflamação no estômago como a gastrite clássica, também provoca sintomas como azia, queimação e sensação de estômago cheio, e surgem devido a questões emocionais, como stress, ansiedade e nervosismo.

[2] Every cloud has a silver lining é um ditado da língua inglesa que equivale ao nosso “Há males que vem para o bem”. A ideia transmitida por esse ditado popular é aquela de que uma nuvem (um problema) pode ser realmente complicado, mas, se olharmos com atenção veremos que há algo de bom por trás daquela nuvem (problema).