Novos companheiros e superiores

Cedo pela manhã, um enorme número de Cavaleirosse reuniu no palácio.

Eles eram todos disciplinados e nem os sons de vozes podiam ser ouvidos.

No país de |Courtois|, a cerimônia de nomeação de suas elites (os Altos Cavaleiros, Dragoons… e a Guarda Real) acontecia em abril. Esta era uma tradição permanente e o início imutável do ano para todos os Cavaleiros.

Aqueles com notas excelentes na academia, aqueles cujos esforços como Cavaleiros foram reconhecidos e aqueles que acumularam conquistas foram escolhidos como elites e receberam o direito de participar da cerimônia.

Aqui, os novos Cavaleirosque representariam |Courtois| estavam alinhados.

Rudel estava corajosamente alinhado ombro a ombro com eles. Diferente de seu tempo como um estudante, seus braços atravessavam as mangas dos trajes formais de um Cavaleiro Dragoon oficial.

Se algo estava diferente, era o fato de que ele era de uma casa de um Arquiduque. Alinhado na linha da frente, suas roupas formais de Cavaleiro eram feitas de um material branco valioso. Do tecido até as decorações em ouro, mesmo entre as roupas de Cavaleiro que os artesãos prepararam para as elites, a dele certamente era a com o melhor acabamento.

Ele estava ao lado de Aleist, que estava participando como uma exceção, e eles com certeza se destacavam.

O alistamento de Aleist nos Defensores estava decidido. Mas não havia forma de eles deixarem o Cavaleiro Negro (uma figura chave na fundação da nação) de fora da cerimônia.

Como se fosse para contrastar com Rudel, ele usava lindos trajes de Cavaleiro com preto como cor base e ornamentos prateados.

Talvez ele estivesse nervoso pois seu rosto estava realmente sério.

Desde suas graduações na academia, começando com Rudel, Luecke, Eunius, Aleist, Izumi… e Fritz, receberam trajes extravagantes de Cavaleiros para apontar seus postos.

Era raro para graduados se alinharem na cerimônia no mesmo ano e, tirando o grupo de Rudel, os outros eram aqueles que estavam há alguns anos trabalhando como Cavaleiros e tiveram seus esforços ou conquistas reconhecidas.

Mas não era inédito que recém-graduados da academia se posicionassem entre eles.

Chamada de gênio, Cattleya participou de sua cerimônia quando ela tinha apenas dezessete anos.

Além disso, isso aconteceu depois que ela foi forçada a se graduar como Fritz. Quando Cattleya obteve seu Dragão Vermelho, os Dragoons eram uma maioria de Dragões Cinzas com muito poucos selvagens.

Para a brigada de Cavaleirosdos Dragoons, que se orgulhava de seus contratos com Dragões, pensando dessa forma, uma falta de Dragões naturais contratados iria levantar dúvidas de que a organização estava enfraquecendo.

Isso aconteceu em uma hora ruim e Cattleya foi exaltada como um gênio.

Naquele salão de recepção onde Rudel e os outros estavam de pé em filas, o alto teto era sustentado por enormes pilares. Preparado para o dia da cerimônia, o carpete era completamente novo.

O ar da manhã era, no máximo, fresco em suas peles e os Cavaleiros alinhados sentiram que isso transmitia exatamente o sentimento correto. Rudel podia sentir que ele próprio estava ficando tenso.

Em tal salão, a orquestra os informou da chegada do Rei.

Havia outras autoridades caminhando atrás dele enquanto ele aparecia diante dos Cavaleiros.

Sem o menor sinal, esses Cavaleiros de elite simultaneamente se ajoelharam e abaixaram suas cabeças em sinal de devoção. O Rei estava satisfeito com esses movimentos esplêndidos.

Movendo apenas seus olhos, o Rei olhou para Rudel em seus brilhantes trajes de Cavaleiro.

(Albach): (“Então ele finalmente chegou até aqui. Ele parece ser do tipo bem teimoso, mas isso só deixa as coisas melhores”)

Vendo Rudel, que não desistiu até o fim e se tornou um Dragoon, o Rei se alegrou sem mudar sua expressão. Rudel enviou uma carta dizendo que ele iria salvar muito mais pessoas como um Dragoondo que como um Arquiduque[1].

O próprio Rei estava envolvido na Guarda Real, o que iria quebrar essa promessa. Mas com os acordos secretos de sua filha, esses planos falharam miseravelmente e ele se tornou um Dragoon.

Assim que uma das autoridades sinalizou o início da cerimônia, os procedimentos seguiram solenemente.


Depois da cerimônia, os novos recrutas foram reunidos nas salas atribuídas para cada brigada de Cavaleiros.

Por seus status, Luecke e Eunius tinham posições especiais e, tratando isso como um treinamento, os dois passariam alguns anos no palácio. Luecke era um oficial civil e Eunius era um oficial militar, eles seriam destacados para brigadas normais de Cavaleiros.

Mas os dois eram futuros Arquiduques. Apesar de serem novatos, a eles foram garantidas posições consideráveis.

Rudel sentou na sala de reunião dos Dragoonsjunto com os outros novos recrutas enquanto ele aguardava a chegada do Capitão. Este ano, houve uma mudança no Capitão e foi decidido que eles usariam esta oportunidade para reorganizar sua formação.

Os Dragoons novatos calmamente esperaram a chegada do Capitão e Vice Capitão. Foi então que a porta dessa sala de reunião foi aberta com força.

Antes que todos pudessem ficar surpresos, eles se levantaram de seus assentos e corrigiram suas posturas.

(???): “Oh! Essa foi uma bela reação. Parece que eu posso contar com os novatos deste ano”

Um homem de meia idade com uma barba bem-feita olhou os rostos dos novos recrutas e acenou com a cabeça concordando. Seu cabelo era prateado, todo penteado para trás, enquanto seu rosto era imaculado.

Ele era menor em estatura do que o Vice Capitão, mas ele tinha um corpo musculoso.

Por outro lado, o Vice Capitão tinha uma cicatriz em seu rosto. Seu cabelo longo ondulado e laranja estava amarrado para trás e, alto em estatura, ele transmitia a imagem de um guerreiro experiente.

Um Capitão suave e um Vice Capitão confiável… essa foi a impressão que os novatos tiveram.

(Vice Capitão): “Capitão, diga a eles logo sobre nosso cronograma daqui para frente. Eu tenho trabalho a fazer”

Para esse Vice Capitão, cuja intensidade até chegava a sua voz, esse Capitão deu alguns tapas em seu ombro como se informasse que ele deveria prosseguir em seu próprio ritmo.

(Capitão): “Não seja tão rígido Alejandro. Aprofundar nossa amizade com esses garotos está incluído na descrição de nosso trabalho! Sua filha está aqui também e se você não falar para os homens não colocarem as mãos nela, ela será devorada em um instante”

(Alejandro): “Oldart, não é você quem deveria fazer alguma coisa sobre essa sua personalidade frouxa?”

Com o rosto irritado do Vice Capitão, o Capitão se virou para os novos recrutas. Exibindo seus dentes brancos, ele começou sua apresentação.

(Oldart): “Eu sou Oldart Billums, o todo poderoso Capitão da brigada dos Dragoons. Eu sou um encanto em seu auge completando 48 este ano, é melhor vocês se lembrarem disso. A propósito, meu parceiro é um Dragão Cinza

Assim que ele terminou sua rápida apresentação, Oldart olhou para seu Vice Capitão.

(Alejandro): “… Alejandro Campbell. Meu parceiro é um Dragão do Vento

Assim que ele terminou sua apresentação simples, Alejandro entregou os documentos que ele trouxe para um dos novos recrutas. Esse novato que estava por perto pegou sua parte antes de entregar o resto dos papéis para os outros.

Seus olhos se concentraram em uma Cavaleira, mas as pessoas ao redor não prestaram muita atenção a isso. Só Oldart estava dirigindo a ele uma risada detestável.

Depois de fazer uma cara descontente, Alejandro deu uma explicação simples sobre o que estava por vir.

(Alejandro): “Durante o treinamento de novos recrutas, a antiga geração de Capitão e Vice Capitão vão atuar como instrutores e vão guiar vocês. Haverá outros membros ativos atuando como instrutores e eles vão ensinar os fundamentos de ser um Dragoon a vocês até a metade do próximo ano”

Oldart cruzou seus braços, concordando enquanto ele acrescentava informação na explicação.

(Oldart): “Em meio ano, nós iremos revela-los ao público. Apesar de que nós apenas voaremos ao redor do palácio em formação. Até lá, vocês irão fazer trabalhos irritantes por três meses! E nos três meses restantes, vocês vão dominar o voo em formação. A propósito! Eu me garanti de que todos os Dragoons em atividade os instruindo fossem principalmente homens!”

Os novos recrutas reagiram fracamente com essas palavras. Rudel simplesmente se perguntou se havia uma razão para ele não escolher uma mulher como instrutora.

(Oldart): “Este ano, nós temos um futuro Arquiduque participando e os superiores nos disseram para deixar nossas beldades o ensinarem… isso me deixaria com muita inveja, então eu decidi abusar um pouco de vocês”

Assim que Oldart confessou seus verdadeiros sentimentos com um sorriso, Alejandro lutou contra a necessidade de suspirar.

(Alejandro): “Este ano foi uma sequência de eventos inéditos. Eu duvido que as coisas aconteçam como em todos os anos, então vocês devem manter esse fato em suas cabeças. Fiquem calmos até a chegada do instrutor. Estamos indo Capitão”

(Oldart): “Já? Tanto faz. Muito bem novos recrutas, nos encontraremos de novo logo”

Depois que Oldart deixou a sala rindo, o antissocial Alejandro seguiu atrás dele.

Assim que os passos do Capitão e do Vice Capitão ficaram distantes, um único jovem afrouxou o colarinho de sua roupa de Cavaleiro enquanto se sentava. Com seu cabelo castanho, ele passava a impressão de ser um jovem amigável.

(Recruta A): “Esse Vice Capitão tem alguma intensidade… apesar de eu ter a impressão de que o Capitão é um pouco relaxado demais”

Assim que o jovem revelou sua impressão dos dois, uma Cavaleira próxima se sentou e começou a falar sobre o Capitão.

(Recruta B): “Com certeza. Ter um Dragão Cinza como Capitão e um Dragão do Vento como Vice Capitão é uma história peculiar”

Os nove novatos na sala de conferência se sentaram em suas cadeiras com tranquilidade e, como se fosse para passar o tempo, eles começaram a conversar.

(Recruta C): “E nós até mesmo temos um futuro Arquiduque entrando este ano. Você é Rudel, não é?”

Um Cavaleirocom cabelo cinza e olhar afiado em seu rosto observou Rudel, assumindo uma atitude provocadora. Os Cavaleiros ao redor estavam surpresos com seu comportamento, mas Rudel não hesitou.

(Rudel): “Yeah, eu sou Rudel. E daí?”

(Recruta C): “Não seja tão frio. A partir de agora, nós vamos ser companheiros Dragoons, não é? Eu odeio toda essa seriedade, entende? E nós temos outra pessoa interessante conosco este ano”

Os afiados olhos do Cavaleiro se dirigiram para a Cavaleira com longos cabelos ondulados e laranja.

(Recruta C): “Você é Enora Campbell, não é? Ver ambos pai e filha se tornando Dragoonsé incrível”

(Enora): “… isso não tem nada demais”

Assim que o Cavaleiro com olhos atentos chamou o nome dela, Enora reagiu sem nenhuma mudança particular em sua reação. Embora aqueles reunidos ali fossem todos Cavaleiros de elite, eles eram apenas um pouco idiossincráticos[2].

Rudel sabia sobre a Casa Campbell e ele tinha algum interesse no nome que criava Dragoons geração após geração.

(Rudel): “A Casa Campbell é famosa por criar muitos Dragoons. Eles fizeram você fazer algo especial?”

(Recruta A): “Ah, isso parece interessante”

O Cavaleiro que foi o primeiro a abrir a boca endossou a pergunta de Rudel, inclinando seu tronco sobre a mesa da sala de reunião. Enora tinha peitos abundantes e belos traços.

Mesmo que ela vestisse o mesmo uniforme, por suas medidas, parecia quase como se ela vestisse um completamente diferente das outras Cavaleiras. Ainda assim, sua cintura era fina e seus membros eram esguios.

Tal garota sorriu enquanto ela respondia todos os Cavaleiros na sala que olhavam para ela.

(Enora): “Isso é um segredo”

(Rudel): “Isso é uma pena”

Rudel encolheu seus ombros, mas não era como se ele estivesse esperando que ela contasse algo. Ele apenas queria conversar com os outros Dragoons que se tornariam seus colegas.

Os outros Cavaleiros também ficaram só um pouco decepcionados com as palavras dela. Não havia ninguém que queria se intrometer demais.

Como esperado daqueles escolhidos como Cavaleiros de elite, eles eram todos calmos e controlados. E dessa forma, o tempo de descanso acabou com algumas conversas tranquilas e algumas apresentações.


(Cattleya): “Eu não posso aceitar isso! Por que eu não fui escolhida!?”

A pessoa que capturou o Capitão e o Vice Capitão enquanto eles desciam o corredor era Cattleya. Tendo retornado da fronteira e sendo oficialmente nomeada como Líder de um pelotão, ela tinha as qualificações para treinar novos recrutas.

Ela pessoalmente se voluntariou para ajudar no treino dos novatos.

O fato de que Rudel fazia parte era um dos motivos, mas treinar novos membros era um pré-requisito para promoções. Se ela quisesse subir mais alto do que uma Tenente[3], Cattleya teria que cuidar da educação dos novatos.

Dentro da brigada, Cattleya ganhou força e se destacava e Oldart lidou com ela com um sorriso.

(Oldart): “Não, bem… é isso! Aconteceu isso e aquilo entre você e Rudel, então nós levamos isso em consideração. Quero dizer, quando vocês foram formalmente noivos, o outro lado desfez o noivado, não é? Cara, o Capitão tem mesmo que ler as entrelinhas neste tipo de coisa, sabia?”

Cattleya foi uma candidata a noiva de Rudel. Depois que ela criou um problema, as conversas foram encerradas pela Casa Arses[4].

(Cattleya): “Ah, isso já foi resolvido. Ou você acha que eu quero me vingar?”

Com as palavras de Cattleya, Oldart riu por dentro.

[Oldart]: (“Não, é exatamente porque eu penso isso que você foi removida. Você se esqueceu do que aconteceu há alguns anos?”)

Pela confusão causada por Cattleya, a brigada dos Dragoons passou por um período de turbulência. Alguns anos atrás, Oldart liderava um batalhão.

Ele tinha memórias da considerável disputa que ele passou com as reuniões de contramedidas e com os recursos humanos.

Desta vez, Alejandro advertiu Cattleya com uma expressão cansada.

(Alejandro): “Desta vez, os superiores nos disseram para tratar nosso Arquiduque com cuidado. Eu acredito que os Cavaleiros que selecionamos como instrutores são bem sensíveis. Você ainda é jovem. Você pode tentar de novo a posição de instrutora no próximo ano”

Mas a verdadeira razão para Cattleya não se tornar uma instrutora não era Rudel. Alejandro usou Rudel como desculpa para persuadir Oldart, mas o verdadeiro motivo era a juventude de Cattleya e sua filha Enora.

Exaltada como um gênio, Cattleya era sem dúvidas um talento notável, mesmo entre os Dragoons.

Em termos de idade, ela ainda tinha 23 e era ainda mais nova do que alguns dos novos recrutas deste ano. Rudel era o recruta mais jovem, mas, tirando ele, muitos dos outros tinham mais do que 25 anos. E Cattleya tinha a mesma idade de Enora.

Se tornando uma Dragoon aos 17 anos, ela foi posta em um período de seis anos de serviço. Mais do que tudo, ela era capaz de usar sua [Espada Demoníaca]. Em mais alguns poucos anos, Alejandro estava certo que ela iria superar até mesmo ele.

Quanto a seu Dragão, ela contratou um macho jovem e poderoso e, como uma Dragoon, o valor de Cattleya era excessivamente alto.

Enquanto Alejandro olhava para Cattleya, ele sentiu um pouco de pânico. Embora ele tivesse um nome famoso que criava Dragoonsgeração após geração, sua filha estava no limite de seu talento.

Mesmo quando ele voltava para casa, ele não poderia fazer nada além de ver uma comparação desfavorável. Esses sentimentos iriam aparecer na atitude dele e isso frequentemente iria terminar com ele mencionando o nome de Cattleya para Enora.

[Alejandro]: (“Mesmo que seja minha responsabilidade, não podemos continuar assim”)

Ele planejava criar ela para ser uma Dragoon digna, mas Alejandro notou a escuridão no coração de Enora. Embora ela normalmente parecesse meiga, Enora guardava um extraordinário senso de hostilidade contra Cattleya.

Desta vez, Rudel (que tinha relações com Cattleya) também foi nomeado como um Dragoon.

(Oldart): “Entendeu? Isso é só como as coisas são neste momento. Bem, se você quiser fazer isso não importa o que seja preciso, você poderia ajudar esse charmoso capitão em seu auge com o treinamento de suas habilidades de voo noturno…”

(Cattleya): “Eu recuso”

(Oldart): “… mesmo que eu soubesse que isso não fosse funcionar, receber uma resposta imediata como essas é doloroso. Tente ser um pouco mais cortês. Eu sou um homem delicado”

(Cattleya): “Um homem delicado não diria esse tipo de coisa indecente”

Entre os Dragoons, voo noturno era exatamente o tipo de insinuação que parecia ser.

(Oldart): “… é por isso que você nunca consegue um namorado”

(Cattleya): “Oy, mesmo para um Capitão, há coisas que você deve e não deve dizer. Você quer que eu explique certas coisas para sua esposa de novo?”

(Oldart): “H-hey! De jeito nenhum! Isso é exatamente o tipo de coisa que você não deve dizer!!”

(Cattleya): “É somente porque sua conduta é muito ruim que você ficaria com problemas com esse tipo de coisa, charmoso em seu auge”

(Oldart): “Então é melhor que eu fique atento. Eu não gostaria de ser enviado para a fronteira como você, gênio”

Os dois se encararam, continuando a comédia rotineira deles.

Enquanto Alejandro estava especulando sobre sua filha, Oldart e Cattleya começaram tal discussão. Alejandro olhou com inveja para a habilidade dele de reunir as fortes personalidades dos Dragoons.


[1] Rudel enviou essa carta no capítulo 030, quando ele estava sendo pressionado pelo próprio Rei a se tornar um Arquiduque e desistir de seu sonho como Dragoon.

[2] Idiossincrásico é um adjetivo que se refere à idiossincrasia, que é a maneira de ver, de sentir e de reagir, própria de cada pessoa. É uma forma incomum de se portar perante a sociedade.

[3] Na maioria dos exércitos, marinhas e forças aéreas do mundo, utiliza-se a denominação Tenente para designar as patentes de oficiais com status inferior ao Capitão.

[4] O problema causado por Cattleya foi o relato que ela fez no capítulo 021 sobre o ataque do Pássaro negro, onde apenas Aleist terminou de pé no fim da luta e vários boatos culparam Rudel pelo incidente.