Amigos e a apresentação

Na capital se preparando para a exposição em dois dias, a folia podia ser ouvida mesmo no impopular caminho de volta para o alojamento.

Havia duas mulheres que se encontravam nessa rua, uma Elfa de cabelo verde chorando e uma linda mulher oriental de cabelo preto.

Ela entendia que ela nunca seria capaz de dizer isso abertamente. Ela sabia que isso apenas traria problemas se ela dissesse isso. Para Izumi, Rudel era quase como seu salvador. Então ela não queria causar nenhum problema para ele.

Ainda assim, Millia disse que estava com inveja.

(Millia): “Diga alguma coisa… ria dos meus esforços fúteis. Me ridicularize! Diga que eu sou uma mulher estúpida! Me faça desistir logo!!”

Enquanto Millia penosamente soltava sua voz, Izumi sacudia sua cabeça. Era como se Millia estivesse compartilhando os próprios sentimentos de Izumi, fazendo lágrimas encherem seus olhos. Resistindo ao desejo de chorar, Izumi respirou profundamente antes de lentamente olhar para Millia.

O fato de que ela parecia uma jovem garota tremendo de medo era certamente pelo fato de ela ser uma Elfa. Erguendo sua cabeça, ela se preparou.

(Izumi): “Eu sou o mesmo. Não, eu sou ainda pior. Eu sempre gostei dele. É por isso que eu fiquei ao lado dele. Mas mesmo isso não serviu para nada. Eu não sou boa o bastante para ficar ao lado de Rudel”

Quando ela colocou o que ela entendia em sua boca, ela sentiu vergonha de si mesma. Mas mesmo assim, com um sorriso, Izumi falou com Millia.

(Izumi): “Nós somos parecidas, eu e você. Se apaixonando por uma pessoa que nossas mãos nunca irão alcançar, nós duas somos mulheres estúpidas”

(Millia): “… mas você já chegou tão longe, tão à frente de mim. Eu não tenho nem uma única memória com ele na academia…”

(Izumi): “Mesmo assim, isso não muda em nada o resultado”

Pelo tom de Izumi, não era como se ela estivesse falando com Millia, era como se ela estivesse dizendo isso a ela mesma.


No dia seguinte…

Na praça com a fonte quebrada, sob a vigilância de Cattleya, os Três Lordes e Aleist estavam limpando os escombros.

Os seguidores de Eunius e Luecke que foram forçados a entrar na briga estavam atualmente hospitalizados.

(Eunius): “Por que somos apenas nós? Definitivamente houve outros que participaram da confusão”

(Luecke): “Meus exatos pensamentos. Eu não sou bom em trabalhos físicos. Não podemos deixar isso para os trabalhadores?”

Para os dois que despejavam queixas, Cattleya deu uma poderosa batida com o chicote em suas mãos contra o chão. Esse golpe do chicote fez um som doloroso.

(Cattleya): “Yeah, yeah, vocês dois aí, voltem ao trabalho. De outro modo, nós nunca iremos terminar a tempo para a apresentação de amanhã. (Não apenas desta vez, mas nós nunca tivemos idiotas que destruíram tanta coisa em anos)”

Como os novos recrutas foram postos sob Cattleya, ela tinha que assumir a responsabilidade de manter a vigília nesses quatro. Foi decidido que Cattleya era a única opção viável, mas para dizer a verdade, Oldart empurrou o trabalho para ela por que ela parecia chateada.

[Cattleya]: (“Hah, por que eu estou aqui?”)

Ela dava ordens para os quatro, colocando eles para trabalhar, mas qualquer Cavaleiro normal ficaria amedrontado demais para mandar neles. Com várias coisas que aconteceram no passado, foi decidido que Cattleya não teria problemas.

Ela olhava para os dois fazendo o trabalho um pouco afastados. Eram Aleist e Rudel.

(Aleist): “Huh? Rudel, por que você está sorrindo tanto? Isso é bizarro”

(Rudel): “Yeah, você deve esperar ansioso pela apresentação de amanhã. Eu ainda não posso falar nada, mas tenho certeza que você ficará surpreso”

[Cattleya]: (“O que você está planejando? Bom, aqueles que vão ficar com problemas são o Encantador em seu Auge e o Sr. Sérião, então eu não me importo”)

Assim que Cattleya suspirou, ela começou a pensar que a quantidade de problemas dela aumentou nos últimos tempos. Talvez o estado dela tenha sido testemunhado porque os quatro se reuniram para olhar para Cattleya.

(Eunius): “O que é isto? Sua superior tem alguém de quem ela gosta? Pensando bem, ela foi sua noiva, não é Rudel?”

Enquanto Eunius verificava isso com outro Dragoon, Rudel, o homem em questão, inclinou sua cabeça.

(Rudel): “Eu não sou bom com esse tipo de rumor, porém… eu não acho que ela tem”

[Cattleya]: (“… bom, eu sinto muito por ser solteira. Mesmo assim, eu estou ao menos tentando”)

Com homens mais jovens fofocando sobre a vida amorosa dela, isso subiu a sua cabeça, mas Cattleya se persuadiu a suportar isso.

(Luecke): “Hmm, bem, com essa personalidade, você entende. Ela deve ser assolada por ninguém querer ela. É por isso que mulheres grosseiras são complicadas”

Aleist acompanhou o pensamento frio de Luecke. Assim que Aleist deu algumas olhadas nela, Cattleya ficou irritada.

(Aleist): “N-não, bom! Quanto a aparência, ela é linda, e ela é uma Dragoon, então esse tipo de coisa é…”

(Cattleya): “Bem, me desculpe por ser apenas bonita! Agora voltem ao trabalho”

Quando ela bateu seu chicote contra o chão, três deles voltaram ao trabalho. Eunius trabalhava manualmente, Luecke usava magia para reparar os pontos quebrados, Aleist cuidava de trabalhos diversos.

Mas Rudel…

(Rudel): “Tenente”

(Cattleya): “O que foi?”

Ele foi até Cattleya e depois de se esforçar um pouco pensando no que dizer, ele dirigiu um sorriso a ela. Assim que Cattleya se perguntou se esse sorriso deixaria seu rosto vermelho, Rudel…

(Rudel): “Eu não sei o que aconteceu, mas dê o seu melhor!”

Cattleya se aproximou de Rudel sem nenhuma expressão antes de atingi-lo levemente com seu chicote. Enquanto Rudel parecia confuso, ela gritou bem alto.

(Cattleya): “Isto é culpa suaaaa!”

(Rudel): “Por quê!?”

Vendo o rosto de incompreensão de Rudel, Cattleya gritou um pouco mais.


Fritz vestia o deslumbrante uniforme de Cavaleiro que ele se acostumou no último meio ano enquanto ele fazia uma visita a Aileen.

Como Capitão da Guarda Real, escoltar Aileen era parte de seu trabalho. Esse era um papel pelo qual ele era responsável e, definitivamente, um problema com que ele tinha que lidar, mas não era como se ele não tivesse nenhum subordinado competente para fazer isso em seu lugar.

Originalmente, guardas de grande status e capacidade seriam selecionados.

Mas não fazia muito tempo desde a criação da Guarda Real.

Além disso, Fritz se graduou no curso de três anos da academia. Ele se tornou Capitão sem aprender todas as coisas que ele deveria. Sendo esse o caso, ele tinha problemas quando se tratava de funções relacionadas a documentos. Os executivos da Guarda Real o encarregaram da segurança de Aileen.

Caso contrário, acima do humor de Aileen que ficaria péssimo, o trabalho não seria feito. Mantendo Aileen acompanhada enquanto ela bebia chá no terraço, Fritz começou a se questionar ultimamente. Estava mesmo tudo bem para ele estar ali fazendo isso? Não haveria algo diferente que ele deveria estar fazendo?

Mas ele já tinha se tornado Capitão da Guarda Real e ele não tinha liberdade.

O |Reino de Courtois| tinha até garantido a Fritz um Dragão. Deixar Fritz fazer o que ele quisesse era um pedido impossível.

(Aileen): “Qual é o problema? Esses doces não são do seu agrado? Então eu vou chamar os padeiros”

(Fritz): “N-não. Não é esse o caso”

Enquanto ele tinha que usar palavras que ele não estava acostumado, ele ouviu isso em particular, diante de Aileen, ele iria falar normalmente. A partir de então, a forma de falar dele ficou discrepante. A razão para seu pânico era Aileen.

Se ela não gostasse deles, ela iria imediatamente mudar de padeiros.

Se fosse assim tão fácil, então ele não poderia ser o próximo? Esse pensamento cruzou a mente de Fritz. Ele teve sucesso sem habilidades, então ele não poderia se permitir cair de sua condição atual. A elevação dos padrões de vida dos plebeus que ele queria conduzir, posta nas mãos erradas, ele não seria capaz de dar andamento a isso.

[Fritz]: (“Ainda não é hora. Se eu esperar mais um pouco, eu devo ser capaz de me mover livremente”)

Sorrindo, bebendo chá com Aileen, Fritz tremia ao pensar que o sorriso da linda Princesa teria que ser direcionado a outra pessoa.

[Fritz]: (“Eu quero. Eu quero Aileen”)

Seus cabelos louros eram longos e bonitos, seus olhos azuis pareciam capazes de suga-lo.

Fritz tinha afeição por Aileen, quem o ajudou até agora. Isso era algo que, se visto de fora, seria uma cena fugaz e perigosa para se contemplar.


(Garota): “Pai, que brigada de Cavaleiros é aquela!?”

Uma garotinha segurando um sorvete em sua mão direita perguntou a seu pai, enquanto ele a carregava em seus ombros, sobre os integrantes da brigada de Cavaleiros marchando em fila.

(Pai): “Essa é a Guarda Real. Não há muitos Altos Cavaleiros este ano, então eles devem ser a peça central nos anos por vir”

O pai vivia na capital há muitos anos e ele via as apresentações desde jovem. Enquanto os anos passavam, ele começou a ver elas com olhos rigorosos de um examinador.

A Guarda Real era uma brigada construída às pressas e seus movimentos não poderiam deixar de mostrar sua falta de refinamento.

(Pai): “Eles não estão se movendo bem. Eu escutei que alguns Altos Cavaleiros se transferiram, mas as fileiras deles estão um pouco desalinhadas. Se é assim que vai ser, então mesmo eles estando com poucos números, os Altos Cavaleiros são a melhor visão de todas”

(Garota): “Ah, pai, olhe, olhe! Tem uma pessoa vestindo uma incríííível armadura preta logo ali”

Assim que a garota começou a se contorcer nos ombros de seu pai, “Não derrube o seu sorvete”, ele disse com um sorriso irônico.

(Pai): “Um dos destaques deste ano. Esse é o Cavaleiro Negro

(Garota):Cavaleiro Negro?”

(Pai): “Armadura completa de placas[1] negra e um manto vermelho… esses chifres dourados e ornamentos são maravilhosos. Ele está até mesmo montando um Pesadelo, ele está em um nível diferente dos outros Cavaleiros

Um Pesadelo era um belo monstro cavalo com uma longa e negra crina. Mas como ele possuía inteligência, era possível domestica-lo. O afiado chifre brilhando em sua testa e as linhas vermelhas formando um padrão enquanto elas se espalhavam por seu corpo formavam uma bela cena.

(Garota): “Ah! Tem um Dragão voando no céu! Tem um Dragoon ali?”

(Pai): “Hahaha, com apenas um Dragão, eu não posso dizer se tem um Dragoon ali. Ele está circulando ao redor da Guarda Real, então eu tenho certeza que é o Dragão do Capitão. Mas ele parece solitário voando desse jeito. Quando os novos recrutas e os veteranos realizam suas formações de voo, eles são os destaques em todos os anos”

A Guarda Real passou na frente dos dois, acompanhada pelos novos recrutas de cada brigada de Cavaleiros. Os residentes vivendo na capital olharam para o céu, sabendo que o verdadeiro espetáculo estava para começar.

(Garota): “Meu pescoço dói”

(Pai): “Só aguarde um pouco mais. Tenho certeza que você nunca esquecerá disso”

Então, a garota começou a gritar de alegria. Todos os moradores ao redor olharam para cima para a formação dos Dragões voando pelo céu. Aplausos e assobios. E como se eles não pudessem escutar nada disso, os dois olharam para o céu.

(Garota): “O que foi isso!? O que foi isso!?”

(Pai): “Isso é algum tipo de voo de alto nível. Tem um Dragão do Vento na liderança, então eu tenho certeza que essa pessoa vai se tornar um Cavaleiro incrível entre os Dragoons algum dia. Quando eles os escolheram em menos de um ano, esses movimentos são esplêndidos”

Os Dragões voando no céu se movimentavam de forma a mostrar suas habilidades para os residentes da capital.

A garota encantada acenou sua mão para os Dragões no céu. Mas os Dragões já tinham ido embora.

(Garota): “Eles se foram”

(Pai): “Ainda não acabou. O verdadeiro show começa agora”

Os olhos do pai brilhavam, sem piscar seus olhos, ele olhou para cima, para o céu. A expressão dele era a de alguém que não deixaria o menor dos movimentos passar despercebido, o rosto de uma criança.

Então, uma unidade completamente diferente de Dragões da de antes mostrou seus movimentos enquanto dançavam pelo céu. Com esses movimentos em um outro nível, a garota só poderia gritar, “Incrível, incrível”!

O pai gritou, “Sem chances, uma rotação de aileron[2][3] aqui!? Oy, oy, agora isso é um combo!”, ele disse isso com grande animação. Os olhos experientes dos residentes da capital não tinham nada além de louvor para a formação de voo desse ano…

(Garota): “Pai, isso foi incrível!”

(Pai): “Yeah, mas não há muitos Dragões selvagens este ano. O Capitão tem um Dragão Cinza, então talvez a qualidade dos Dragoons esteja mesmo caindo. Os movimentos deles são ótimos, mas eu queria ver algo mais galante. Eles costumavam voar tão baixo que você quase poderia toca-los, mas eu acho que eles estão pensando na segurança…”

(Garota): “Pai?”

[Pai]: (“Pensando bem, o Cavaleiro Branco não deveria aparecer este ano? Eu acredito… que ele tem um Dragão Gaia, mas eu ainda não o vi. Eles disseram que ele é um futuro Arquiduque, então talvez ele apareça no final”)

O homem checou para ver como a filha em seus ombros estava se saindo. A garota que gostava de festividades comia seu sorvete nos ombros de seu pai enquanto ela olhava para o alto.

Ela olhava para o céu impressionada, esperando para ver se eles apareceriam de novo. Vendo sua filha assim, o homem se lembrou de seu eu do passado.

Ele se lembrou de como ele tinha subido nos ombros de seu pai, agora um avô, olhando para cima para os Dragões desta forma. Nessa época, ele derrubou seu sorvete nas costas de seu pai. Se lembrando de quão irritado ele ficou, o pai deu um sorriso irônico, apenas para sua filha derrubar seu sorvete.

(Pai): “Hey, você tem que segurar direito”

Ele não ficou nervoso como seu pai ficou com ele. Quando lidava com sua própria filha, ele não poderia fazer nada além de suavizar suas palavras. Mas sua filha permaneceu em silêncio olhando para o céu.

Os arredores ficaram em silêncio enquanto todos encaravam. Sentindo desconfiança de sua filha e dos residentes que o cercavam e não diziam nenhuma palavra, ele olhou para o céu também.

(Pai): “O que é isto…”

Ninguém iria responder as palavras do homem. Não, ninguém poderia responder.


[1]A armadura de placas foi uma armadura de grande importância histórica, feita com chapas de ferro ou aço. Apesar de existirem armaduras parecidas já Roma Antiga, como a lorica segmentada, armaduras completas de placas se desenvolveram de fato apenas na parte final da Idade Média, notadamente no contexto da Guerra dos Cem Anos, com um casaco de chapas vestidas sobre uma cota de malha, durante o século XIII. Na Europa, a armadura de placas alcançou seu apogeu entre os séculos XV e XVI, quando os soldados já vestiam armaduras que lhes cobriam o corpo por completo.

[2] Os Ailerons são partes móveis dos bordos de fuga das asas de aeronaves de asa fixa, que servem para controlar o movimento de rolamento da aeronave.

[3] Aileron roll é uma manobra aérea em que a aeronave faz um giro de 360º ao redor do eixo de seu comprimento.