Vamos alugar ⌈Escravos⌋

A loja de Matthias ficava na rua principal. Era uma construção imponente. Quero dizer, era algo esmagadoramente maior comparado com as lojas vizinhas.

Por acaso isso não é uma estalagem? Ah. Não. Se há tantos Escravos aqui, isso explicaria esse tamanho todo.

Já que a loja dele estava orgulhosamente exibida nesse local, parece mesmo que a escravidão é abertamente reconhecida pelo público geral.

(???): “Bem-vindo, a ⟦Fonte do Lobo Branco

Um empregado segurou seu chapéu em suas mãos e se curvou.

Ele parecia ter 30 anos e tinha um colar.

… entendo. Então este é o [Colar de Escravo].

Eu li sobre isso no livro de Daijiro. Uma vez que ele é posto, o Escravo terá obediência absoluta as ordens do dono. Huh.

Mesmo assim, o homem na minha frente não parecia estar doente ou ter qualquer ferimento aparente. Ele era um homem bem limpo.

Hmm. Mas ele está aqui para recepcionar os clientes, então eu acho que não colocariam um homem com má aparência aqui.

(Matthias): “Ele é meu cliente. Muito bem, Ichinojo-sama, este é o caminho”

Indicado por Matthias, eu segui para a sala detrás.

A sala detrás era grande com um sofá e uma mesa.

Olhando para a pena e a tinta colocadas na mesa, eu imaginei que era aqui onde os contratos eram assinados.

Entretanto, o espaço à frente da mesa era bastante amplo.

Ah. Eu posso imaginar o motivo. Eu acho que é aqui que os Escravos são exibidos para o comprador escolher.

(Matthias): “Ichinojo-sama, aqui. Este é um serviço da minha loja”

(Ichinojo): “Obr… obrigado”

Matthias pegou uma xícara que parecia bastante cara e a encheu com um chá vermelho antes de passá-la para mim.

Não havia açúcar, mas tinha uma fatia de limão flutuando no chá.

(Matthias): “Muito bem. Eu vou trazer os Escravos que possuem o [Certificado de Aventureiro] para cá. Por favor, aguarde um momento”

Depois de ver Matthias saindo, eu tomei um gole do chá vermelho e ele estava na temperatura ideal.

Mesmo assim, eu estou pagando apenas cinco sense para alugar um Escravo, eu posso mesmo receber esse tipo de tratamento? É difícil de acreditar.

Bom, parece que não importa o mundo em que você está, empresas sempre estão atrás de novos clientes.

Mesmo sendo apenas cinco sense por dia, alugando cinco vezes por mês serão 24 sense. Em um ano isso dará 300 sense ou três moedas de prata, uma receita considerável de 30.000 ienes.

Se for assim, então isso é apenas um investimento inicial para Matthias.

E depois de esperar por algum tempo, Matthias retornou.

… e pela primeira vez desde que eu nasci, eu fiquei impressionado pela beleza dos cabelos de uma pessoa.

Havia uma pessoa com cabelos brancos que poderiam fazer você acreditar que o próprio cabelo estava brilhando.

Mais do que bonita, ela era mais como uma linda mulher. Com pele branca imaculada, mesmo as modelos que eu via no Japão não poderiam competir com ela.

Eu percebi que ela não era da mesma raça que a minha devido a suas orelhas.

Ela tinha orelhas de cachorro.

(Matthias): “Ela é Haurvatat. Por favor, chame-a de Haruwa. Como você deve ter percebido, ela pertence a raça dos Lobos Brancos

O primeiro encontro entre o protagonista Ichinosuke e a heroína Haurvatat

 

Lobo BrancoAh. O lobo branco no nome dessa loja?

Parecem mais com orelhas de lobo do que cachorro. Felizmente eu não comentei isso em voz alta.

(Matthias): “Por ela, como mencionado antes, você irá pagar cinco sense por uma hora. Mas, como essa é a primeira vez de Ichinojo-sama usando nossos serviços, você irá pagar cinco sense por dez horas de serviços para nós”

(Ichinojo): “… dez horas… mas eu só quero que ela troque meus Coelhos na Guilda de Aventureiros

(Matthias): “Se você achar que não precisa mais dela, basta trazê-la de volta antes desse prazo de tempo acabar”

Entendo. É a mesma estratégia de quando você aluga um DVD por um preço por três dias e duas noites ou aluga o mesmo DVD por uma semana inteira pelo mesmo preço. As pessoas vão automaticamente escolher o aluguel para a semana inteira. Está tudo bem apenas devolvê-la quando eu não precisar mais dela de qualquer forma.

Eu paguei os cinco sense.

(Matthias): “Muito bem, eu lhe darei o contrato de dez horas”

Depois de dizer isso, Matthias colocou um dedo no colar de Haurvatat e recitou algum tipo de encantamento. E então, ele me disse para toca o colar dela e eu fiz como ele me pediu.

Fazendo isso, dez bolas de luz se acenderam sobre o colar.

(Matthias): “Isso completa o contrato. Uma luz irá se apagar a cada hora, quando as dez horas acabarem e todas as luzes desaparecerem, o contrato de Ichinojo-sama será desfeito e eu vou voltar a ser o dono dela. Além disso, você está apenas alugando, então por favor, não use nenhum comportamento violento. Se ela for machucada, você será o responsável pelos custos do tratamento”

 (Ichinojo): “Entendido”

Eu repeti isso várias vezes. Eu estou apenas indo para a Guilda de Aventureiros, então ela não será exposta a nenhum perigo.

(Haurvatat): “Estou a seus cuidados mestre”

Com uma linda e respeitosa voz, Haurvatat se curvou.

Mestre… o som disso causou um arrepio nas minhas costas pelo constrangimento. Muito parecido com a primeira vez em que eu entrei em um Maid Café[1].

Além disso, eu só entrei nesse tipo de lugar uma vez. Miri ficou furiosa depois que ela descobriu o recibo, então eu não pude voltar nunca mais.

Eu me senti instigado a comprar uma Escrava tão bonita quanto ela, mas eu não teria estômago para comprar uma mulher com dinheiro.

Além do mais, eu ainda continuo um Desempregado.

Eu não posso nem mesmo manter uma família, quanto mais um escravo.

Tais pensamentos podem ser postos de lado até eu conseguir uma fonte de receita estável.

(Ichinojo): “A propósito, Haurvatat-san, qual é o seu emprego? Embora eu já saiba que você é uma aventureira”

(Haurvatat): “Eu sou uma Espadachim. Além disso, chame-me de Haruwa. Haru também estaria bem”

(Ichinojo): “Desculpe-me, eu irei lhe chamar de Haru-san então. Espadachim… é um emprego que você adquire a partir do Aprendiz de Espadachim?”

(Haru): “Haru está bom. É isso mesmo, quando um Aprendiz de Espadachim atinge o Lv20, eles podem mudar de emprego para Espadachim. Além do mais, a habilidade ‖Fortalecimento no Manejo da Espada que é adquirida no Lv25 do Aprendiz de Espadachim é útil e muitas pessoas só trocam de emprego depois de adquiri-la”

(Ichinojo):Espadachim huh. É um emprego admirável”

As pessoas costumam pensar em espadas e magia quando falamos sobre mundos alternativos.

Talvez eu deva trocar meu ‖Segundo Emprego‖ para Aprendiz de Espadachim.

Ficará tudo bem mudar meu emprego de volta para Plebeu quando eu precisar pagar alguma taxa.

Ah. Mas voltar ao Lv1 vai baixar meu status, não é?

Eu vou testar isso mais tarde.

(Haru): “Se este é o caso, que tal o mestre se tornar um Espadachim também? Felizmente, nesta |Cidade do Labirinto|, se você se confinar no labirinto por três anos você se tornará um Espadachim

(Ichinojo): “Levaria três anos huh…”

Então eu precisaria de uns três dias?

(Ichinojo): “Me desculpe, devido a certas razões, eu não posso mudar meu emprego agora. Entretanto, eu gostaria de visitar o |Labirinto|

(Haru): “Se é assim, por favor, conte comigo. Eu estou familiarizada com o |Labirinto|

Haru estava me encarando… com sua cauda abanando excitadamente.

Uwah. A aura de querer ir ao |Labirinto| estava emanando desta garota.

Mesmo ela agindo com seriedade, eu posso dizer seu humor a partir dos movimentos de sua causa. É isso o que as pessoas chamam de Gap Moe[2]?

Como ela está demonstrando seu desejo com tanta vontade eu quero leva-la ao |Labirinto|, mas…

(Ichinojo): “Desculpe. Matthias-san me disse para não machucar você”

(Haru): “Então é isso… não, eu sinto muito por lhe pedir o impossível”

A cauda e as orelhas ficaram caídas.

Eu fui atacado por um terrível senso de culpa.

Mas, não tem jeito.

Assim, nós chegamos na Guilda de Aventureiros e eu passei para ela os três Coelhos na entrada.

(Haru): “Dois Coelhos brancos e um Coelho Negro. Eu irei voltar em um instante

 (Ichinojo): “Está tudo bem eu não te acompanhar?”

(Haru): “Mesmo a guilda tolerando isso, escolher um representante sem ser um membro oficial de seu grupo não é bem visto pela guilda. Os futuros negócios do mestre com a Guilda de Aventureiros podem ser prejudicados. Por exemplo, mesmo que você não se torne um aventureiro, qualquer pessoa pode colocar um pedido na guilda”

 Isso com certeza é verdade.

Katyusha-san pediu para Matthias não fazer seus negócios dentro da guilda.

Bem, se uma garota usando um [Colar de Escravo] aparecer para vender os Coelhos que eu tentei vender, nove entre dez pessoas vão suspeitar que ela está agindo no meu lugar, mas com a probabilidade de 10% de ser outra pessoa, a guilda não poderá ter certeza absoluta.

Como esse é o caso, eu vou deixar tudo para Haru.

(Ichinojo): “Eu não estou com pressa então, por favor, tente vender tudo por um bom preço”

 (Haru): “Entendido”

 Haru se curvou e entrou na guilda segurando os três Coelhos.

Eu imagino quanto ela vai ser capaz de conseguir.

eh?

Pensando nisso, ela parece estar levando bastante tempo.

Será que a guilda está lotada?

Bom, vou esperar mais um pouco.

… tão devagar. Logo vai se passar uma hora.

… não me diga que ela fugiu com os meus Coelhos?

Não. Não. Estava escrito no livro de Daijiro-san que um escravo usando um [Colar de Escravo] é completamente fiel a seu dono.

Ah. Mas a pessoa que fez o contrato no [Colar de Escravo] foi Matthias, então é possível que eles sejam cúmplices?

Se for esse o caso, então é bem provável de acontecer.

Não. Não. Não. Eu não consigo imaginar Haru mentindo…

(Haru): “Obrigado por esperar mestre”

(Ichinojo): “Ha… Haru?”

(Haru): “Sim”

(Ichinojo): “Ah… erm… isso levou bastante tempo”

(Haru): “Sim. O mestre disse que estaria tudo bem demorar o quanto fosse preciso contanto que eu conseguisse vender por um bom preço, então eu aluguei a bancada de desmantelamento da guilda e desmantelei os Coelhos

(Ichinojo): “… ah. Então foi por isso que levou tanto tempo?”

(Haru): “Esta é a quantia total”

Ela me deu uma moeda de prata… 100 sense.

Eh? O preço de Mercado era dez sense por Coelho… isso é dez vezes mais?

(Haru): “Eu consegui vender o Coelho Negro por dez vezes mais o preço de um Coelho comum”

(Ichinojo): “… contudo, dez vezes a mais huh. Desmantelar é incrível… erm. Haru…”

(Haru): “Sim, qual é o problema mestre?”

(Ichinojo): “Eu sinto muito!”

Eu me curvei para me desculpar por duvidar de Haru. Haru manteve sua expressão serena, mas sua cauda estava balançando em pânico.

Depois de me desculpar, nós voltamos para a loja de Matthias.


Nota do autor (Yousuke Tokino):

A aparição da sexta heroína, Haru.

A primeira heroína é a irmã Yandere[3]: Miri.

A segunda heroína é a deusa orc que pode operar o sistema livremente.

A terceira heroína é a deusa criança que é mais velha que o personagem principal.

A quarta heroína é a Onee-san guarda do portão especializada em ataques desarmados quando comparada com seus ataques usando espadas.

A quinta heroína na verdade é um cara, o dono da loja de roupas.

Parando pra pensar… yup. Haru-san não tem muita personalidade. Eu me pergunto se está tudo bem coloca-la no patamar das outras heroínas.

Na verdade, ao invés de um lobo, transformá-la em um cachorro seria…

… eu estou dizendo coisas sem sentido.

Haru é a primeira heroína. Entretanto, ela não se tornará uma companheira imediatamente.

Como eu pensei… a primeira heroína deveria ser um cão leal… ou não. Um lobo está bom também. Eu já quero abandonar essa ideia.

A próxima atualização será depois do amanhecer.


[1] Maid Café é um estabelecimento onde as funcionárias vestem-se com uniformes de empregada e tratam seus clientes como “mestres” de uma mansão.

[2] Gap Moe é uma expressão usada para descrever a contradição entre a aparência de um personagem e suas ações. No caso, Haru está tentando esconder sua vontade de ir ao labirinto enquanto sua cauda está entregando seus verdadeiros sentimentos.

[3] Yandere é uma expressão para descrever um personagem obcecado por alguém e que não permite o contato de outras pessoas com esse alguém. O uso de violência e mortes são bastante comuns para esse tipo de personagem.