Investigando o terceiro andar do |Labirinto|, derrotando Goblins

No segundo andar do |Labirinto|, monstros do tipo morcego apareceram.

Os morcegos do tamanho de um chihuahua eram muito maiores do que os morcegos comuns. Eles eram tão grandes que me faziam pensar em como eles podiam voar. No entanto, Haru usava suas duas espadas para cortas as asas dos morcegos e corria entre eles.

Incrível! Ela não está apenas usando duas espadas, parece mais como se elas fossem extensões de seus braços.

É como se eu estivesse vendo o uso de habilidades chamadas ‖Corte Cruzado ou ‖Corte X‖.

(Haru): “Mestre, por favor, dê o golpe final”

(Ichinojo): “Eh?”

(Haru): “Pontos de experiência só vão para a pessoa que aplica o golpe final”

Só o último ataque… então é um sistema de “último golpe leva tudo”.

Ah. Então é por isso que ela está apenas cortando as asas, para evitar o golpe final.

Essa seria a forma mais correta de se usar Escravos para aumentar seu level e Haru está mostrando sua lealdade.

(Ichinojo): “Não. Haru derrotou esse”

(Haru): “Está tudo bem mesmo?”

(Ichinojo): “Fico feliz por sua atitude, mas Haru deveria receber os pontos de experiência por aqueles que derrotou. Por favor, derrote-os corretamente de agora em diante! Ao invés de se preocupar com meu crescimento, eu prefiro priorizar o resgate de Norm-san”

(Haru): “Entendido”

Haru acenou antes de esfaquear o morcego, que já estava começando a se regenerar, no peito, dissecando-o.

Depois disso, rastreando o cheiro, nós avançamos pelo |Labirinto|.

Os oponentes do segundo andar não eram páreos para ela.

Não precisei me intrometer. Ela esmagou os inimigos do segundo andar.

Mas teria sido legal se ela me deixasse lidar com pelo menos uma criatura…

E assim, nós rapidamente chegamos ao terceiro andar.

(Ichinojo): “Haru, o cheiro continua em frente?”

(Haru): “Sim, o cheiro continua por este caminho. Foi o mesmo no andar que leva para o segundo andar, não há nenhum cheiro novo indo para as escadas. Neste |Labirinto para Iniciantes|, exceto o último andar, só há um único caminho que leva para as escadas, então ela ainda não subiu estas escadas”

No momento, eu estava aliviado por Norm estar bem quando ela desceu, mas eu também estava ansioso porque havia uma grande chance de algo ter acontecido.

Ela foi de fato atacada pelos bandidos que tinham como alvo os iniciantes?

(Ichinojo): “Entendo… aliás, é um pouco tarde para perguntar, mas por que bandidos cometeriam crimes dentro de um |Labirinto|? Como só há uma única entrada e as escadas só levam para baixo, então eles não ficariam incapazes de fugir? Portanto não há nenhum lugar mais inconveniente do que este aqui”

Minha imagem de ladrões e bandidos era daqueles que atacavam carruagens de Mascates e piratas atacando navios de comércio ou de transporte.

(Haru): “Há muitas razões. Se uma pessoa morrer dentro do |Labirinto|, seu corpo será absorvido, então não há necessidade de esconder evidências. Se não há corpo, não há como saber se eles foram mortos por bandidos ou por monstros. Além disso, se eles atacassem Mascates, o Exército de Cavaleiros seria despachado. Porém, se aventureiros morrerem, o Exército de Cavaleiros não será acionado. É porque a Guilda de Aventureiros e o país assinaram um acordo de não-interferência mútua”

(Ichinojo): “Entendi. Então há méritos… contudo, há um rumor se espalhando sobre bandidos que caçam iniciantes”

(Haru): “Provavelmente é porque as armas e armaduras dos supostos aventureiros mortos apareceram no mercado. Porque se eles morressem e fossem absorvidos pelo |Labirinto|, seus equipamentos iriam sumir também”

Eles não pensaram nisso então. Mesmo se eles conseguirem roubar itens valiosos, parece que eles não conseguiram inventar uma boa história para vender os itens e foram rastreados.

Nós seguimos para o final do |Labirinto|. No meio do caminho, encontramos um homenzinho com uma cara feia. Ele estava segurando um porrete.

Eu achei que talvez ele fosse parte de alguma raça diferente, mas Haru preparou suas armas… então parece que ele é um monstro.

Eu detive Haru.

(Ichinojo): “Haru, esse é um Goblin?”

Goblins aparecem com frequência nos jogos. Eles aparecem em muitos mundos de fantasia e em Final Fantasy eles são tratados como os mais fracos dos monstros. Se os jogos foram feitos usando as informações deste mundo, então Goblins devem ser fracos…

Mas parece que os Kobolds são mais fracos ainda.

(Haru): “Sim, o terceiro andar é o covil dos Goblins

(Ichinojo): “Então é isso. Deixe-me tentar algo!”

Eu disse isso e corri para frente enquanto movia minha espada.

(Ichinojo):‖Corte‖!”

Eu liberei meu poder. Uma onda de choque voou da lâmina de minha espada de ferro e perfurou profundamente o tronco do Goblin, jorrando sangue roxo.

No entanto…

(Ichinojo): “Como esperado, eu não pude derrota-lo com um golpe”

O Goblin está segurando sua barriga enquanto se levanta.

(Ichinojo):‖Corte‖! O quê… não sai!”

(Haru): “Você precisa esperar dez segundo antes de usar o ‖Corte‖ de novo!”

(Ichinojo): “Ku. Dez segundos parecem pouco, mas é muito!”

Eu reclamei enquanto parava o porrete com minha espada… foi um golpe pesado, mas eu fui capaz de recebe-lo adequadamente.

E assim, enquanto segurava o porrete, eu chutei as partes importantes do Goblin com toda a minha força.

(Ichinojo): “… que tal? Podemos ser de raças diferentes, mas somos ambos homens! Isso irá… eh. Não teve muito efeito?”

Ele parece machucado, mas não parece tão doloroso para ele pular de dor.

Por causa de meu chute, eu perdi meu equilíbrio e estava a ponto de cair.

(Haru): “Mestre! Esse Goblin é uma fêmea! Ela não tem chifre”

Eh. Não é ele, mas ela!?

Chocado pelas palavras de Haru, perdi totalmente meu equilíbrio e caí de costas com minha espada no chão.

Isso é ruim, o Goblin parece a ponto de dar o golpe final. Ela está segurando seu porrete contra mim.

(Haru): “Mestre, os dez segundos se passaram! Você pode usar o ‖Corte‖ agora. Não com a espada, mas com sua mão”

Entendi…

(Ichinojo):‖Corte‖!”

Eu balancei minha mão direita com toda a minha força.

Esse único ataque perfurou profundamente o ferimento do Goblin… no próximo instante, o corpo do Goblin desapareceu, deixando seu porrete e uma [Pedra Mágica].

Ichinojo subiu de Level

Habilidade de Caçador: ‖Detecção de Presença‖ obtida

 

‖Descrição de Habilidade‖: ‖Detecção de Presença‖ CaçadorLv15
Detecta a presença de organismos vivos nas proximidades
Contudo, não pode detectar indivíduos com habilidades de ocultação

Esta é uma habilidade conveniente.

Aliás, vou confirmar meu status.

 

Nome:IchinojoRaça:Humano
Emprego:Desempregado Lv41 (4↑) Aprendiz de Espadachim Lv17 (4↑) Caçador Lv15 (4↑)
HP:93/94 (20↑)MP:32/36 (6↑)
[10 + 59 + 25][8 + 16 + 12]
Ataque físico:100 (25↑)Defesa física:79 (9↑)
[9 + 60 + 31][7 + 42 + 30]
Ataque mágico:25 (6↑)Defesa mágica:29 (7↑)
[4 + 12 + 9][3 + 14 + 12]
Velocidade:65 (6↑)Sorte:40
[4 + 28 + 41][10 + 10 + 20]
Equipamento
[Roupas de Algodão] ⋯ [Sapato de Couro] ⋯ [Armadura Leve de Ferro] ⋯ [Espada de Ferro]
Habilidades
‖Modificação de Emprego‖Terceiro Emprego‖Arremessar Pedra‖ ‖Equipar Espada‖Corte‖Avaliar Emprego‖Corte Giratório‖Equipar Arco e Flecha‖Desmantelar‖Descrição de Habilidade ‖Detecção de Presença
Títulos adquiridos
Nenhum   
Empregos disponíveis
Plebeu⌋ Lv15 Fazendeiro⌋ Lv1 ⌈Caçador⌋ Lv15 ⌈Lenhador⌋ Lv1 ⌈Aprendiz de Espadachim⌋ Lv17 ⌈Aprendiz de Mago⌋ Lv1 ⌈Mascate⌋ Lv1 ⌈Aprendiz de Lanceiro⌋ Lv1
Bênçãos
Aquisição de 20 vezes mais pontos de experiência
1/20 pontos de experiência necessários

Meu número de habilidades se tornou muito grande.

Os levels do Desempregado, Aprendiz de Espadachim e Caçador aumentaram.

Ugh… entretanto, esta batalha foi dura.

Parece que meu status ultrapassou o do Goblin, mas eu não tenho a experiência de combate necessária.

(Haru): “Estou orgulhosa de você mestre”

(Ichinojo): “Não, foi o aviso de Haru que me salvou. Obrigado”

Eu me levantei, me curvei e a agradeci.

Eu me perguntei se fiquei mais forte do que Haru, mas irá levar muito tempo antes de eu chegar nesse nível.

(Haru): “Mestre, sobre o cheiro de Norm-sama…”

(Ichinojo): “Ah. Diga-me”

(Haru): “… ele continua por este caminho”

Ela apontou para a direita de uma bifurcação.

Localizado nessa direção estava, sem sombra de dúvidas, um beco sem saída.

(Ichinojo): “… o que isso significa? Ela andou até o beco sem saída e depois voltou?”

(Haru): “Não. Não há cheiro indicando que ela voltou. Eu não quero considerar isso, mas a única possibilidade que posso imaginar é que ela parou de respirar ali por alguma razão e foi absorvida pelo |Labirinto|…”

(Ichinojo): “… de jeito nenhum… diga que isso é mentira”

Eu caí sobre meus joelhos e balancei minha cabeça incrédulo.