A preocupação da Deusa

Um espaço vazio. Esta é a segunda vez que estou aqui.

Além disso, esta é a segunda vez que eu estou me encontrando com o Orc… não, Koshmar-sama.

(Koshmar): “Que criança rude”

Também fazia algum tempo desde que meu coração era lido dessa forma. Apesar de eu ter me lembrado de me corrigir.

(Ichinojo): “Faz muito tempo Koshmar-sama. Eu estou aproveitando esta segunda vida que Koshmar-sama me deu”

(Koshmar): “Hmph. Então está tudo bem. Minha nossa, ficar me chamando de Orc só por ver minha aparência…”

O gordo… a gordinha Koshmar-sama parece não gostar da voz do meu coração.

(Koshmar): “Para começo de conversa, seu mundo foi inicialmente configurado para que as mulheres mais cheinhas fossem mais bonitas, mas eu baixei minha guarda por 100 anos e de repente, mulheres com aparência de inteligente passaram a ser mais apreciadas. Diferente daqueles que são sensíveis aos meus poderes, os humanos começaram a gostar de pessoas magras”

… então, o fetiche por gordinhas no meu antigo mundo era graças a influência de Koshmar-sama huh. Mais tarde, eu descobri que garotas gordinhas se tornavam modelos, então o poder dela deve ter ficado maior.

(Koshmar): “Aliás, não preciso dizer que sou cheinha porque eu quero ser assim. Eu sou uma Deusa, portanto posso mudar livremente minha forma, entendeu?”

(Ichinojo): “Então é isso?”

(Koshmar): “Isso mesmo… espere. Eu não tive todo esse trabalho te chamando aqui para ter este tipo de conversa. Você sabe porque eu te trouxe aqui?”

Ah. Eu tenho um palpite.

Ou melhor, há apenas uma coisa em que consigo pensar.

(Ichinojo): “É porque eu tenho duas Bênçãos?”

Eu não me lembro de ter enganado elas, mas é verdade que, normalmente, uma pessoa só recebe uma Bênção. Mas eu recebi duas.

Parece que eu não tenho escolha a não ser obedientemente devolver o ‖1/20 pontos de experiência necessários. Ou foi o que eu pensei.

No entanto…

(Koshmar): “… não. Isso não importa mais”

A resposta de Koshmar-sama estava além das minhas expectativas.

(Koshmar): “Esse incidente foi claramente um erro da nossa parte”

(Ichinojo): “… então… sobre o que se trata essa conversa?”

(Koshmar): “É sobre o ⌈Desempregado. As habilidades do ⌈Desempregado

(Ichinojo): “Ah. As habilidades do ⌈Desempregado têm sido de grande ajuda”

(Koshmar): “… o problema é elas serem de grande ajuda para você”

Ela suspirou profundamente e balançou sua cabeça.

O queixo dela balançou com um ] purupuru [… ela disse que é gordinha porque ela gosta, mas eu acho que seria mais fácil se mexer se ela fosse mais magra.

(Koshmar): “A conversa sobre meu corpo já acabou”

Merda. Meu coração estava sendo lido.

Eu fiquei mais atento depois da reprimenda de Koshmar-sama.

(Koshmar): “Em primeiro lugar, eu não me lembro de ter criado uma habilidade para o ⌈Desempregado. Um emprego sem qualquer benefício, esse é o ⌈Desempregado. Ao invés disso, ‖Segundo Emprego‖? ‖Terceiro Emprego‖? Além disso, mudar seu emprego não deveria ser possível sem a intervenção de uma Deusa? Sério, essas não são habilidades que ultrapassam as revelações divinas?”

(Ichinojo): “Eh? Então isto é uma problema técnico?”

(Koshmar): “É lógico. Minha nossa… até mesmo você, o criminoso em questão pode entender a questão. Quantas centenas de anos você acha que é preciso para intervir no sistema?”

Koshmar-sama mudou para o modo de queixas e estava resmungando em voz baixa.

Ah. Parece que não é uma tarefa fácil ser uma Deusa. Mas ela não é capaz de fazer qualquer coisa?

(Koshmar): “De qualquer maneira, você não pode dizer a ninguém sobre as habilidades do ⌈Desempregado. Se essas habilidades forem descobertas, o balanço de poder do mundo definitivamente irá ruir… mas mesmo que eu esteja dizendo isso deste jeito, isso é um pedido, não uma ordem. Já que você terá companheiros com quem irá querer dividir seus segredos”

Koshmar-sama olhou em meus olhos quando disse isso. Ela com certeza já viu no meu coração que não tem jeito de eu manter isso em segredo de Haru para sempre.

(Ichinojo): “… entendido”

Primeiramente, eu nunca planejei espalhar esta informação e seria idiotice fazer a Deusa-sama minha inimiga.

(Koshmar): “Muito bem. O prêmio que irei lhe dar por completar o |Labirinto| será… ele está sendo preparado, então por favor aguarde”

(Ichinojo): “Está sendo preparado?”

(Koshmar): “Yeah. A habilidade é escolhida pela sorte. Roleta, loteria ou dados, qual deles você prefere?”

(Ichinojo): “Ehh? As habilidades são escolhidas desse jeito?”

(Koshmar): “Yeah. Isso foi decidido por Torerul. Seria trabalhoso pensar sobre isso todas as vezes, então achamos apropriado”

Aquela Deusa criança… o que ela acha que as vidas humanas são?

(Koshmar): “A propósito, a roleta e a loteria dão habilidades regulares, enquanto os dardos têm as maiores apostas. O prêmio de consolação é um esfregão”

(Ichinojo): “Esfregão!?”

Olhando para os alvos preparados, há um grande esfregão bem no meio, enquanto os alvos ao redor têm os nomes de várias habilidades e de itens.

Eu achei que o alvo fosse ficar parado, mas parece que ele é um alvo giratório.

Além disso, por alguma razão, está tudo escrito em japonês. Parece até que tudo foi trocado por minha causa.

(Koshmar): “O que você quer? Escolha aquele que você acha que é especial”

(Ichinojo): “Vai ser a Deusa-sama quem vai atirar os dardos?”

(Koshmar): “Isso mesmo. Eu tenho melhorado bastante, parece que sou capaz de acertar algo que não seja o esfregão em duas de três tentativas”

Isso significa que é um esfregão a cada três tentativas?

(Ichinojo): “Eu vou querer o que a Deusa-sama me recomendar”

(Koshmar): “Tão indeciso… então eu vou escolher a roleta. Troque seu emprego de ⌈Espadachim para ⌈Caçador

(Ichinojo): “Eh?”

(Koshmar): “O valor da |Sorte do ⌈Caçador é maior, não é? O valor da |Sorte afeta esse tipo de sorteio também”

Ah. Então é isso.

Eu troquei de ⌈Espadachim para ⌈Caçador como ela disse.

Assim, a Deusa-sama trouxe uma esplêndida roleta que poderia pertencer a qualquer cassino de Las Vegas.

A roleta era preta e vermelha, com dois lugares que eram verdes. No lugar de números, nomes de habilidades estavam na parte preta e nomes de itens na parte vermelha, com “Esfregão” escrito na parte verde.

Tem esfregão aqui também? Então não é diferente de quando você recebe um prêmio de consolação se você perder nos programas do Japão.

(Koshmar): “Eu vou girar a roleta”

A roleta girou e a bola foi atirada… a bola está girando lentamente. Tão irritante. Além do esfregão de consolação, há alguns itens como [Poções] e [Espadas de Ferro] que também seriam considerados prêmios de consolação.

Por favor… eu quero uma habilidade.

Um tempo depois, a bola estava a ponto de cair… vai cair em uma parte verde se continuar desse jeito!

Ou foi o que eu pensei. Porém, ela subitamente caiu e entrou em um buraco preto.

(Ichinojo): “Sim!”

Eu acidentalmente fiz uma pose guts[1]. E então, o nome da habilidade é… hmm?

⟦ ⌈Título: Conquistador do Labirinto adquirido

⟦ Habilidade de Recompensa: ‖Compreensão da Linguagem Comum‖ adquirida

‖Compreensão da Linguagem Comum‖?

(Koshmar):‖Compreensão da Linguagem Comum‖ huh. É uma habilidade que te permite ler e escrever na língua comum deste mundo”

Eu já estava pronto para usar a ‖Descrição de Habilidade‖ para checar ela quando a Deusa-sama me deu essa explicação.

(Ichinojo): “Uwah. Uma habilidade útil deste jeito é conveniente demais”

(Koshmar): “Originalmente, ela é um prêmio de consolação. Com algum esforço, você pode adquiri-la sem esta habilidade. Bem, ela pode ser útil neste mundo que tem pouca literatura. Apenas com a habilidade de escrever palavras, os tipos de trabalhos que você pode fazer irão aumentar”

(Ichinojo): “Eu vou estimar essa habilidade”

(Koshmar): “Muito bem. Está na hora de voltar. Nem um segundo se passou no resto do mundo. Aliás, o |Labirinto| na cidade de |Belasra| no Sul, é gerenciado por Torerul. Vá até lá se estiver tudo bem para você. Se você quiser me encontrar de novo, você pode completar o |Labirinto| na |Montanha Gomaki| ainda mais ao Sul. Você não possui nenhuma conexão com as outras Deusas, então você não deverá ser capaz de se encontrar com elas”

(Ichinojo): “Entendido. Muito obrigado mesmo… erm. Eu tenho uma pergunta. Você pode me dizer se minha irmã está bem?”

(Koshmar): “Irmã?”

Koshmar-sama hesitou por um momento.

(Koshmar): “Eu entendo. Eu vou investigar isso antes de nos encontrarmos de novo”

(Ichinojo): “Obrigado”

Depois de deixar meus agradecimentos, minha consciência mais uma vez foi sugada pela escuridão.

Merda. Eu esqueci de corrigir meu nome.


O rosto de Koshmar ficou pálido depois que Ichinojo desapareceu.

Ela se lembrou que quando eles se encontraram pela primeira vez, ele disse que sua irmã teria que se transferir de escolas se esta situação continuasse.

O coração dele tinha os mesmos pensamentos de antes, mas muitas pessoas que estão desesperadas para voltar a viver costumam se confundir e inventar fatos. O poder da Deusa não era um detector de mentiras nem era onipotente. Foi por isso que Koshmar achou que as palavras de Ichinojo eram apenas uma confusão. O motivo era…

(Koshmar): “… este garoto não deveria ter uma irmã…”

Podia ser apenas a imaginação dela, mas isso devia ser investigado imediatamente. Ela pensou nisso e convocou as outras Deusas.


[1] Guts Ishimatsu é um ex-boxeador Japonês que ficou famoso por suas comemorações onde erguia um braço de cada vez para o alto.