Desmantelando 〈Ursos〉

Nesta cidade, as casas de apostas e as lojas ficaram concentradas no centro. No Oeste ficava a área residencial e, ainda mais a Oeste, os campos e fazendas da cidade. No Leste, ferreiros e a Guilda de Aventureiros estavam instalados e mais para o Leste se localizava o |Labirinto|.

A dificuldade deste |Labirinto| era abaixo de mediana.

Parece que com nossa força atual, podemos facilmente completar ele.

Avançando para o Leste, os empregos das pessoas indo e vindo variavam entre aquelas que lutavam para sobreviver, como Aprendizes de Espadachim ou Arqueiros, e pessoas com empregos como Ferreiro e Aprendiz de Alquimista. ‖Avaliar emprego‖ é conveniente quando chegamos em uma nova cidade porque eu posso entender as características de cada distrito quando eu a utilizo.

(Ichinojo): “… oh?”

Olhando para o homem vestido com belas roupas que passou por mim, eu olhei para trás.

O emprego desse homem era inesperado.

(Haru): “Aconteceu algo?”

(Ichinojo): “Não. Aquele homem de agora, seu emprego é Mulherengo… eu estava pensando se há pessoas que se tornam Mulherengos só pela diversão”

Apesar de ser estranho para uma pessoa como eu continuar Desempregado, eu não vou assumir isso.

Olhando para a aparência abastada do Mulherengo, eu fiquei imaginando se essa é uma profissão rentável.

(Haru): “Provavelmente ele está indo para as casas de apostas”

(Ichinojo): “Casas de apostas?”

(Haru): “A |Sorte de um Mulherengo é maior do que a dos outros empregos. Normalmente, dinheiro é necessário para mudar seu emprego no templo, então as pessoas que aproveitam seu tempo em casas de apostas não mudam seus empregos só por isso. Mas pessoas ricas como ele fazem isso para desafiar as casas de apostas. Em primeiro lugar, apenas pessoas ricas podem se tornar Mulherengos

Ah. É um emprego que aparece depois de aumentar o Level do Plebeu, mas existe a necessidade de pagar várias taxas enquanto você ainda é um Plebeu.

Portanto, este é o motivo para apenas pessoas com muito dinheiro serem capazes de se tornar Mulherengos.

Plebeus não são adequados para o combate, então é preciso dinheiro para contratar pessoas que se tornarão seu poder de combate.

(Haru): “Mas de novo, pessoas com um valor elevado de |Sorte ganhando mais nas casas de apostas é apenas um mito”

(Ichinojo): “Eu já tinha pensado nisso. Seria muito conveniente, mas as coisas já devem estar organizadas para a casa vencer na maioria das vezes”

No Japão, você deve ser capaz de vencer jogos controlados por computadores como o Pachinko[1] se tiver sorte, mas jogos como a roleta, cartas ou aqueles que usam dados, isso depende da técnica do crupiê[2].

Se for esse o caso, você não poderá competir apenas usando a |Sorte.

(Ichinojo): “Oh. Eu vou querer suco de fruta. Tia, dois copos, por favor”

Eu descobri o suco pela doce fragrância que ele estava soltando, então eu paguei 14 sense e comprei dois copos. Ela retirou ele de um barril, depositou em copos de porcelanas e os passou para nós. Então o alto preço é devido a porcelana.

Parece que o preço seria dois sense se nós tivéssemos nossos próprios copos, portanto, a porcelana custa cinco sense, huh.

(Ichinojo): “Aqui, a parte de Haru”

(Haru): “Muito obrigado mestre”

Nós dois bebemos enquanto andávamos. Era um suco parecido com limonada. Mel foi misturado no lugar do açúcar, então era fácil para beber.

Depois de terminarmos, eu coloquei os copos de porcelana na minha [Bolsa de Itens].

Assim, nós chegamos na Guilda de Aventureiros.

Era uma construção com uma placa com uma espada e um escudo presa em cima de uma porta fechada diferente da que tinha em |Florence|.

Assim que entramos pela porta… a primeira coisa que veio até meu nariz foi o cheiro do álcool.

E então, eu só tinha um comentário: era exatamente como uma taverna.

Não, na verdade, a Guilda dividia seu espaço com a taverna.

Vendo as mulheres carregando álcool ao longo do corredor, eu suspirei.

Este é um lugar que eu não consigo me acostumar. Ainda é de dia, mas eles já estão bebendo álcool.

Seria engraçado se eu dissesse em voz alta, ainda assim, eu vou dizer isso.

… vocês aí, vão trabalhar!

Bom, deve ter pessoas aqui que já terminaram seus trabalhos.

Há um balcão nos fundos, então nós seguimos para lá.

Havia um homem atrás do balcão olhando para alguns documentos, mas ele olhou para cima quando nos aproximamos e, sem qualquer sorriso gentil, ele nos encarou e disse…

(Atendente): “Eu não vi seus rostos antes, mas tem algo que vocês desejam?”

(Ichinojo): “Em nossa jornada, nós caçamos alguns Ursos Marrons. Nós queremos desmantelar os corpos. Podemos alugar um espaço para isso?”

(Atendente): “Os corpos estão lá fora, huh… há um lugar vago nos fundos. Vocês podem usá-lo… a propósito, quantos Ursos Marrons vocês caçaram?”

(Ichinojo): “Dez”

(Atendente): “Entendo… vocês têm a habilidade ‖Desmantelar‖?”

(Ichinojo): “Sim”

(Atendente): “Você tem experiência desmantelando Ursos Marrons?”

(Ichinojo): “Eu desmantelei um no caminho para cá, mas foi a primeira vez”

Por que ele está me perguntando isso?

Enquanto eu pensava nisso…

(Atendente): “Espere um momento”

O homem disse e pegou uma adaga de uma gaveta nos fundos da Guilda.

(Atendente): “É uma faca Kumariki[3]. Eu vou te emprestar esta aqui… se você se interessar nela, você pode comprar uma na loja de armas na vizinhança. O velhote vai ficar feliz”

(Ichinojo): “… obrigado, isso irá ajudar”

Eu tinha várias impressões ruins sobre a Guilda de Aventureiros, mas também havia boas pessoas.

Enquanto eu pensava nisso, eu deixei a Guilda de Aventureiros e segui para os fundos para uma porta traseira no lado de fora.

Sério, tem até pessoas gentis na Guilda de Aventureiros.

Eu tirei os Ursos Marrons da minha [Bolsa de Itens] e comecei a desmantela-los.

Haru desmantelou os Lobos.

É claro que eu mudei o emprego de Haru para Caçadora.

Durante nossa conversa fiada enquanto desmantelávamos os monstros, eu descobri que não era um tabu para a raça dos Lobos Brancos caçar Lobos. Aparentemente, eles não têm um senso de comunidade com esses monstros. Eu pensei que tinha sido um erro deixar Haru matar os Lobos, mas parece que está tudo bem.

Desmantelar os Ursos levou 20 minutos para cada um. Assim, eu levei três horas para terminar de desmantelar os nove Ursos.

Haru podia desmantelar os Lobos em metade do tempo, mas ela também precisou de bastante dedicação.

Mesmo assim, o ‖Desmantelar‖ com certeza é incrível. Se os desmantelássemos normalmente, isso levaria um tempo muito maior.

‖Desmantelar II‖ ⌈Caçador⌋ Lv15

– Permite a pessoa entender o processo de desmantelamento completamente. Técnicas de desmantelamento, fortalecimento muscular, velocidade e sutileza aumentam significantemente

Graças a essa habilidade, nós conseguimos fazer nosso trabalho rapidamente, com cuidado e de forma esplêndida.

Durante esse período, o Level do meu Caçador aumentou em três.

Agora ele está no Lv29. Me pergunto que habilidade será adquirida quando eu chegar no Lv30

Bem, desmantelar nove Ursos me deu um crescimento similar a desmantelar 3.600 Ursos, então eu acho que meu Level iria mesmo aumentar.

Para ser honesto, desmantelar um Urso era mais cansativo do que derrota-lo.

(Ichinojo): “Okay. Nós terminamos de desmantelar. Devemos levar eles de volta?”

No momento em que eu disse isso…

Cinco homens se aproximaram de nós.

(Homem A): “Como eu pensei, eles já acabaram de desmantelar irmãozão”

(Homem B): “Tem razão. Que sorte. Hey. Crianças, eu não direi nada ruim, então vocês vão nos entregar esses Ursos?”

(Homem C): “Vamos lá. Estará tudo bem se você apenas nos entregarem eles de boa vontade. A não ser que vocês queiram passar por uma experiência dolorosa, não é?”

(Homem D): “Nós vamos deixar a carne dos Ursos como agradecimento”

(Homem E): “É importante ter um espírito caridoso”

Roubar o fruto do trabalho duro de uma pessoa em plena luz do dia?

Eles devem ter escutado nossa conversa na Guilda

(Ichinojo): “Vocês não vão se tornar Ladrões se fizerem isso?”

(Homem A): “Hah. As pessoas viram Ladrões quando eles roubam as coisas de outras pessoas ou quando eles deixam alguém com ferimentos sérios. O que nós estamos fazendo está fora do escopo do roubo por um triz, entendeu?”

O homem se gabou orgulhosamente sobre algo que ele não deveria se orgulhar.

… o que eles estão falando? Esses caras são… idiotas?


História secundária acontecendo ao mesmo tempo: Os verdadeiros idiotas?

A estrada principal que conecta |Florence| e |Belasra| tinha uma rota na montanha ao longo do caminho, mas ainda era uma simples estrada em linha reta.

É claro que também existiam rotas na floresta para os Lenhadores carregarem madeira e trilhas de animais naturalmente formadas através da floresta, mas eles não podiam confundir elas com a estrada principal. As pessoas definitivamente nunca se perdiam. Uma pessoa não deveria ser capaz de se perder. Se existem pessoas capazes de se perder neste local, então eles definitivamente serão…

(Jofre): “Oh, cara. |Belasra| com certeza é longe Elise”

(Elise):|Belasra| com certeza é longe Jofre”

Dentro da floresta sem nenhum sinal de animais, sem mencionar a estrada principal, Jofre e Elise estavam avançando.

Em outras palavras, eles estavam completamente perdidos.

Os dois que viveram em |Florence| por tanto tempo entendiam que eram totais amadores quanto se tratava de viajar.

Foi por isso que eles confiaram em alguém.

Alguém que parecia para eles como um profissional em viajar longas distâncias.

(Jofre): “Bom, Centauro parece estar dizendo que deve ser por aqui, então ele não deve estar errado”

(Elise): “Eles disseram que Centauro esteve em |Belasra| incontáveis vezes, certo?”

Centauro… o burro que os dois compraram… parecia mais como se ele não imaginasse que seria o responsável por tal tarefa.

Ele estava meramente procurando por lugares onde havia coisas que ele desejava comer. Através do terreno selvagem onde pessoas nunca pisaram, ele estava sendo um pioneiro… não, ele estava meramente pastando enquanto prosseguia.

Parece que ainda há uma longa estrada diante desses dois até a chegada em |Belasra|.


[1] Pachinko é um jogo de azar praticado em máquinas que se assemelham a uma mistura entre o pinball e o caça-níquel.

[2] Crupiê é o profissional de cassino responsável por “pagar” todos os jogos do salão.

[3] Literalmente “cortadora de ursos”.