Ataque das 〈Lagartas〉

Considerando tudo, o aumento no status do Plebeu é bem ruim.

Mesmo eu tendo ganho 30 Levels, a taxa de crescimento só foi um pouco maior do que quando eu fui do Lv20 até o Lv30. Bem, eu alcancei o Lv70, então estou moderadamente mais forte, porém, eu acho que este é o limite do Plebeu.

Eu organizei meus empregos para uma combinação balanceada com Desempregado, Espadachim, Aprendiz de Médico, Mago e Pugilista.

Dentro do cassino, além dos itens, nós poderíamos trocar comidas e bentos usando as medalhas, então nós usamos algumas medalhas para jantarmos antes de seguirmos para o |Labirinto|.

O cheiro de Oregeru, filho mais velho do barão[1], indicava que ele tinha ido para o Leste, mas ainda não parecia ter retornado. Ele também não parecia estar por perto.

Contudo, graças ao vento indo para Oeste e nós estando contra o vento, não fomos capazes de determinar a localização exata dele.

Bom, se entrarmos no |Labirinto|, mesmo se Oregeru estiver lá também, há muitos lugares em que podemos nos esconder, então nós provavelmente não vamos encontra-lo. Eu pensei nisso enquanto íamos para o Leste, porém…

(Morador A): “Ó meu Deus! Monstros estão vindo para a cidade!”

(Morador B): “É uma horda de Lagartas de Lã! A muralha vai ser destruída, chamem os guardas! Aqueles que podem lutar devem seguir para o Leste!”

Uma horda de monstros!?

Haru e eu nos olhamos e concordamos antes de correr para o Leste.

Ao longo do caminho, nós passamos pelo que parecia ser a escadaria que levava para o |Labirinto|, mas passamos direto por ela e subimos a escada para o muro de pedra.

Lá eu vi muitas centenas de insetos do tamanho de cães de tamanho médio.

Então, essas Lagartas cuspiam fios e criavam caminhos para escalar a muralha.

Múltiplos aventureiros e homens que pareciam ser soldados estavam lutando, mas a situação não parecia boa.

Aventureiros também estavam no topo do muro, perfurando e derrotando as Lagartas que escalavam, mas se isto continuasse, os monstros definitivamente invadiriam a cidade.

Sem hesitar, eu fui até a beirada da muralha e usei um ‖Corte‖ usando minha mão contra duas Lagartas cuspindo fios.

As cabeças das Lagartas explodiram e um muco verde se espalhou pelas cercanias.

Vendo um aventureiro cercado por Lagartas, eu lancei um ‖Fogo Pequeno‖ contra os monstros e desembainhei minha espada de aço na minha cintura. Eu já possuo a habilidade para usar duas armas, mas eu me sinto melhor lutando com uma única espada.

Observando Haru, ela não estava apenas manipulando com maestria a [Presa do Dragão do Fogo] e sua espada curta, ela estava fazendo uso da habilidade especial da [Presa do Dragão do Fogo] para criar chamas usando seu |Ataque Físico, liberando bolas de fogo para lugares distantes com Lagartas que estavam longe o bastante da floresta para não criar nenhum incêndio.

Parece ser uma habilidade incrível julgando pelas técnicas necessárias para usar ‖Magia‖ enquanto luta com duas espadas.

Quem sabe eu deva matar um a um.

Eu derrotei uma porção de Lagartas que cercavam o aventureiro com o ‖Fogo Pequeno‖, mas ainda havia um número enorme delas.

Por enquanto, eu fui até o cerco de Lagartas e usei o ‖Corte Giratório‖. Usando um golpe mais baixo, as Lagartas liberaram os fluídos corporais verdes e caíram. Esses fluídos se espalharam pelo meu rosto também. Para ser honesto, eu estava em um estado mental onde queria entrar em uma banheira imediatamente.

(Aventureiro): “Ma. Jovem mestre”

O aventureiro que eu salvei me chamou. Olhando com mais atenção, ele não é um daqueles caras que tentou roubar a pele do Urso Marrom daquela vez? O pé dele também acabou sendo ferido…

(Ichinojo): “… minha ajuda te machucou”

Eu murmurei isso com honestidade.

(Aventureiro): “Isso não é verdade jovem mestre! De qualquer forma, com o jovem mestre aqui, é como se tivéssemos a força de cem homens!”

(Ichinojo): “Deixando isso de lado, qual a razão para isto estar acontecendo?”

Enquanto eu cortava as Lagartas que nos cercavam, eu perguntei sobre o que estava acontecendo.

(Aventureiro): “Eu não sei, a horda de Lagartas de Lã atacou de repente. Nós estávamos a caminho do |Labirinto|, porém… essas Lagartas são monstros que podem cuspir teias parecidas com fios, elas normalmente não deixam seus ninhos e não atacam pessoas. Nós usamos os ninhos antigos delas para fabricar lã”

Entendi. Então é por isso que elas são chamadas de Lagartas de Lã, huh.

(Ichinojo): “Então você não sabe o motivo para elas… ‖Pedra Pequena‖… para as Lagartas repentinamente ficarem fora de controle?”

Eu atingi as Lagartas que estavam escalando o muro com cascalho feito pela ‖Magia da Terra‖ enquanto eu falava.

Aventureiros e soldados estavam se reunindo no topo da muralha, portanto ela não parecia que seria destruída.

No momento em que eu pensei nisso, os movimentos das Lagartas de Lã pararam e todas fugiram para a floresta ao mesmo tempo.

Elas perceberam que não podiam vencer?

Ichinojo subiu de Level

Habilidade de Aprendiz de Médico: ‖Magia de Cura‖ obtida

Habilidade de Pugilista: ‖Ataque de Soco‖ evoluiu para ‖Ataque de Soco II‖

Oh. Eu aprendi ‖Magia de Cura‖. Aprendiz de Médico Lv7, huh.

A magia que eu adquiri foi ‖Cura Pequena‖hmm. Talvez eu deva fazer um teste.

(Ichinojo): “Hey. Não se mova”

Eu guardei minha espada e me aproximei do homem com o ferimento na perna.

(Ichinojo):‖Cura Pequena‖!”

Eu entoei o feitiço.

Quando eu fiz isso, uma luz suave foi transmitida de minhas mãos.

Quando essa luz tocou a ferida, ela lentamente se fechou e dez segundos depois, o ferimento tinha desaparecido completamente.

‖Cura Pequena‖ não pode ser usada em pessoas que estão longe de mim. A cura foi mais rápida do que a de poções, mas não foi instantânea e eu não posso criar uma área de cura… huh.

Ichinojo subiu de Level

Oops. Deve ser o aviso do Aprendiz de Médico Lv8, huh.

(Aventureiro): “Ama. Incrível. Esta é a primeira vez que eu vejo ‖Magia de Cura‖. Então ela é capaz de mostrar efeitos de maneira tão rápida, huh… espere, deixando isso de lado, jovem mestre, você pode usar ‖Magia de Cura‖!? Não me diga que você é um Nobre-sama!?”

(Ichinojo): “É claro que não… aliás, qual a ligação entre o uso de ‖Magia de Cura‖ com os Nobres?”

(Aventureiro): “Jovem mestre, você não sabe? Há muitas pessoas entre os Nobres que podem usar ‖Magia de Cura‖

Eu não fazia ideia disso.

Bom, Nobres são ricos, então eles podem aumentar o Level do Plebeu mudando de emprego e pagando taxas para se tornarem Aprendizes de Médico. Espere aí! Se uma quantia enorme de dinheiro é necessária para usar a ‖Magia de Cura‖, então o abismo entre ricos e pobres será ainda maior!

Uma sociedade desigual é assustadora.

Falando de nobres, aquele Oregeru deve ter ido mesmo até o |Labirinto|.

Nós não passamos por ele quando estávamos vindo até aqui.

(Haru): “Mestre, você está bem?”

(Ichinojo): “Yeah. Haru?”

(Haru): “Graças ao [Broche do Vento] que o mestre me deu, eu não tenho nem mesmo um único arranhão”

(Ichinojo): “Entendo…”

Mas o cabelo de Haru está bem sujo.

Eu preciso limpar ele depressa.

(Ichinojo): “Hey. Tem baldes usados para guardar água na muralha, não é? Por favor, me empreste um! Eu vou preparar a água por mim mesmo, só me jogue o balde”

Eu pedi para os aventureiro que estavam no muro por um balde de madeira que deviam ser usados para controlar incêndios.

O aventureiro me respondeu na mesma hora e jogou um balde.

(Ichinojo):‖Água Pequena‖

Eu lancei uma massa de água para cima.

Ela foi voando com grande velocidade, mas não conseguiu desafiar a gravidade e começou a cair.

(Ichinojo):‖Fogo Pequeno‖

A água colidiu com o fogo.

Mesmo tendo sido uma bola de fogo de alta temperatura, foi apenas por um instante.  Sem transformar a água em vapor, a massa de água continuou caindo.

Ichinojo subiu de Level

Habilidade de Mago: ‖Magia do Vento‖ evoluiu para ‖ Magia do Vento II‖

Oh. Que sorte! Meu Level aumentou. Parece que eu aprendi a magia ‖Vento‖.

Assim, a água caiu dentro do balde. Apesar de metade dela ter evaporado…

(Ichinojo): “Eu esquentei um pouco, mas isso deve ser melhor do que apenas água… Haru, aqui está a toalha. Limpe o seu cabelo, rosto e onde mais você estiver suja. Eu também vou me limpar”

(Haru): “Obrigado mestre”

Nós limpamos a meleca verde e grudenta de nossos corpos com as toalhas.

Nós vamos precisar cuidar corretamente de nossas armaduras e espadas mais tarde.

(Aventureiro): “Jovem mestre, eu posso me limpar também?”

(Ichinojo): “Você vai ter que esperar até nós acabarmos”

(Aventureiro): “Não me incomodo em ser o último. Obrigado”

Enquanto nós estávamos limpando os fluídos verdes de nossos corpos, os outros aventureiros desceram da muralha e começaram a recuperar os corpos das Lagartas de Lã derrotadas.

Diferente do desmantelamento comum, você precisava remover os fios das Lagartas quando estava cuidando de seus corpos. Esse trabalho normalmente é feito pela Guilda dos Tecelões.

Além do dinheiro por vender as Lagartas de Lã, parece que a cidade vai nos dar uma recompensa também. Nós recebemos uma explicação sobre essa recompensa ser dividida entre as pessoas que participaram da batalha. No entanto, as dez pessoas que desceram até aqui para lutar, incluindo eu e Haru, irão receber uma parcela mais generosa.

Normalmente, em um combate de larga escala como esse, não aventureiros como eu não receberiam a recompensa pelo extermínio dos monstros e só ficariam com o valor em dinheiro dos monstros que caçaram, mas como eu estou em um grupo com Haru, ela recebeu minha parte da recompensa. Parece que o sistema doloroso chamado Desempregado continua atacando com força.

Bem, nesse tipo de situação, pessoas que não sejam aventureiros ou soldados raramente lutam contra monstros, então não deve haver muito descontentamento sobre esse sistema.

Quando eu expliquei que não era um aventureiro, o homem ao meu lado disse: “Eh. O jovem mestre não é um aventureiro? Você é mesmo um Nobre tentando não chamar atenção…”, mas eu ignorei ele.

(Ichinojo): “Deixando isso de lado, me pergunto o motivo para os monstros atacarem…”

Quando eu resmunguei sobre isso, algo improvável veio a minha mente.

(Ichinojo): “Haru! Você consegue detectar o cheiro de Carol?”

(Haru): “… sim!”

Não me diga que Carol foi levada para dentro do |Labirinto|!?

Se isso aconteceu, no instante em que ela entrou, sua habilidade como Tentadora deve ter se ativado e seus feromônios que atraem monstros foram liberados de seu corpo. Os monstros se aproximaram devido a seu cheiro… isso não é uma situação impossível, certo?

Então, os monstros foram embora quando Carol deixou o |Labirinto|, ou ela chegou em um andar profundo o bastante para o cheiro não escapar mais para fora.

Se é a segunda opção, então a mesma coisa vai acontecer quando Carol estiver em seu caminho para sair do |Labirinto|.


Nota do autor (Yousuke Tokino):

A pontuação desta novel ultrapassou o meu primeiro trabalho “Otherworld journey with cheat codes that made me stronkkkk”, se tornando meu trabalho mais bem avaliado.

Estou mesmo agradecido a todos vocês que me favoritaram e me avaliaram. Os comentários e as críticas são muito encorajadores também.

Estarei aos cuidados de vocês a partir de agora.


[1] Barão é um título da nobreza existente em muitas monarquias, sendo imediatamente inferior a Visconde e superior a Senhor.