Os 〈Minotauros〉 do 24º andar

Dois pares de passos ressoavam em curtos intervalos no 22º andar do |Labirinto|.

Passos meus e de Haru.

Sem encontrar um único monstro, nós corremos a toda a velocidade.

Encontrando as escadas para o 23º andar, nós descemos.

(Haru): “Nós estamos nos aproximando do cheiro. Parece que Carol-san ainda está com Oregeru-sama”

(Ichinojo): “… há uma grande possibilidade de que Carol e os outros já estejam no 24º andar”

(Haru): “Além disso mestre, é fraco, mas eu sinto cheiro de sangue… eu temo que Sebastan-sama deve estar ferido”

Sebastan é aquele velho cavalheiro que está no Lv49 do Mordomo de Combate, huh.

Diferente de caçadas solitárias, se ele tem que proteger Oregeru enquanto luta, não é surpresa nenhuma que ele esteja ferido.

Contudo, mesmo Sebastan, seu único protetor, estando ferido, Oregeru não se retirou?

Não posso dizer que esse é um julgamento normal.

(Ichinojo): “Oregeru é um Nobre, não é? Eu escutei que muitos deles podem usar ‖Magia de Cura‖, mas ele não pode?”

(Haru): “Eu nunca vi ele usando isso antes nem ouvi se ele possuía esta habilidade”

(Ichinojo): “Entendo…”

Com Sebastan, o guardião deles ferido, não podemos nos dar ao luxo de perder tempo.

Nós precisamos rapidamente encontrar as escadas que levam para o 24º andar.

O 24º andar é cinco vezes maior do que o 23º andar e dizem que os monstros que aparecem aqui têm uma taxa 20 vezes maior do que a velocidade normal, mas o sistema possui um limite para o número de monstros que podem aparecer depois que certa quantidade de monstros foi atingida. Isso foi o que Haru escutou na loja de armas ontem.

(Ichinojo): “Lá estão as escadas, vamos… espere!”

Eu encontrei as escadas que continuavam para o 24º andar, mas parei Haru.

Eu senti uma presença no fim das escadas.

Foi graças a habilidade do Caçador, ‖Detecção de Presença‖.

Havia uma única presença e ela estava se aproximando do fim das escadas.

Assim, quando ele atingiu o fim das escadas, ele correu na direção oposta.

Deve ser um monstro.

(Ichinojo): “Por favor, fique aqui Haru. Eu vou perseguir esse monstro em segredo”

(Haru): “Mestre, eu também irei…”

(Ichinojo): “Será complicado se Oregeru ver você. Por favor, volte para a estalagem Haru. Eu vou ficar bem”

Depois de dizer isso, eu desembainhei minha espada de aço e desci as escadas.

Com a força dela e a não-existência de monstros, a vida dela não estará em perigo neste |Labirinto|.

Afinal, este |Labirinto| é chamado de |Labirinto Intermediário|.

Depois que eu cheguei até o 24º andar, eu procurei pela presença anterior e a persegui.

Havia a presença de três pessoas onde o monstro estava seguindo… há uma grande chance de Carol estar lá.

De acordo com essa presença, o monstro acabou de passar por uma curva logo a frente.

Quando eu espiei por essa curva… um homem-vaca gigante estava lá.

Era uma vaca marrom com dois esplêndidos chifres de pé em duas pernas. Além disso, ela vestia armadura que parecia ser feita de couro de vaca e segurava um machado enorme.

Minotauro… Haru disse que esse era o nome do oponente.

Esse era um nome que eu já tinha escutado até quando estava no Japão.

Ele é um monstro metade humano e metade vaca que aparece na mitologia grega.

Além disso, as lendas dizem que um vasto labirinto é usado para confinar o Minotauro de tal forma que ele nunca escape.

Entendi. Pensando bem sobre isso, Minotauros são intrínsecos a |Labirintos|.

Se eu acreditar no que a Deusa disse, Minotauros são originalmente deste mundo e eles foram transmitidos para o meu mundo através da mitologia europeia antiga. Os Minotauros que aparecem na mitologia grega da Terra são monstro com corpos humanos e cabeças de vaca, mas os Minotauros daqui são praticamente vacas.

Bom, essa variação daqui vai ser mais fácil para enfrentar.

Contudo, esse é um monstro que excede a altura de 2,5 metros.

Seus chifres estavam quase arranhando o teto.

O Minotauro não pareceu perceber minha presença enquanto continuava em frente. Pelo caminho, eu vi as escadas que levavam para o 25º andar, mas eu passei direto por elas. Logo o caminho se tornou uma interseção em forma de “T”.

Eu estava a ponto de segui-lo quando outro Minotauro apareceu na minha frente. Parece que é verdade que o número deles é grande.

Eu vi esse Minotauro alcançar a mesma interseção em forma de “T” e seguir o mesmo caminho que o Minotauro anterior. O que eu vi depois de correr para lá… foi um enorme congestionamento de Minotauros.

O que está acontecendo?

Eu escutei uma voz alta logo abaixo assim que eu pensei isso.

(Oregeru): “Eles estão aqui de novo! Sebastan! Mate eles logo!”

Parece que Sebastan está lutando agora.

O número de Minotauros era tão grande que eu não podia ver se tinha mais alguém além dos três, mas pelo menos, Oregeru e Sebastan estavam bem.

Além disso, o fato dos monstros estarem sendo atraídos para cá significa que Carol também está bem.

(Sebastan): “Oregeru-sama, até mesmo eu vou atingir meu limite logo!”

Sebastan gritou com uma voz fraca. Parece que eu preciso ajuda-los rápido.

(Sebastan): “Vamos matar a Escrava! Se fizermos isso, os Minotauros não vão mais aparecer!”

!?!?!?

Sebastan acabou de dizer que eles devem matar Carol?

É verdade que isso iria prevenir que mais monstros aparecessem, mas que pessoa egoísta!

(Ichinojo): “Hey. Estou aqui para ajudar!”

Eu gritei e puxei minha espada da bainha…

(Ichinojo):‖Corte‖!”

… e gritei, liberando uma onda de força da espada. Porém… é duro demais!

O ‖Corte‖ atravessou uns dez centímetros do abdômen do Minotauro, mas não era um ferimento fatal.

O Minotauro que sofreu um enorme ferimento no flanco entendeu que eu era um inimigo e ergueu seu machado enquanto se aproximava.

Já que é assim, eu troquei meus empregos para os especializados em |Ataque Físico: Desempregado → Espadachim → Aprendiz de Espadachim → Pugilista → Caçador.

Meu atual |Ataque Físico se tornou três vezes maior do que o de um Espadachim Lv20, portanto, se existir algum inimigo que eu não possa derrotar, este já não é mais um |Labirinto Intermediário|.

O Minotauro ergueu seu machado em cima de sua cabeça até o teto… e o lançou para baixo.

Porém, esse ataque era claramente lento. O |Labirinto| estreito era um terreno desfavorável para os Minotauros.

Minha espada foi mais rápida do que o machado dele e atravessou seu abdômen.

Desta vez, foi uma ferida fatal e enquanto o Minotauro se ajoelhava, ele se transformou em fumaça.

Uma [Pedra Mágica] e os chifres ficaram para trás, assim como pedaços de carne.

… parece que vamos ter guisado de carne esta noite.

(Ichinojo): “Eu acabei de derrotar um! Eu estou indo ajudar vocês. Aguentem firme!”

(Oregeru): “Oh. Eu não sei quem você é, mas estou em dívida com você! Se apresse e venha me resgatar logo!”

Que garoto mandão!

Eu me senti tentado a esperar até que Oregeru acabasse sendo morto pelos Minotauros, mas esses dois iriam matar Carol antes que isso acontecesse.

(Ichinojo): “Yeah. Espere um momento. Eu vou acabar logo com isto!”

Eu gritei e mirei os Minotauros que sobraram enquanto corria em frente.