O Centauro que deseja comer cenouras

Eu corri enquanto carregava Carol.

Meus passos ressoavam pelo |Labirinto|.

(Carol): “Olhar… o status… de Carol?”

(Ichinojo): “Yeah. Dê uma olhada”

(Carol): “Mas, o status de Carol está…”

(Ichinojo): “Não importa, só dê uma olhada!”

Eu pressionei com a minha voz e Carol relutantemente murmurou “Abrir status”.

Eu não tenho olhos na parte de trás da minha cabeça. Por isso não fazia ideia de que expressão ela tinha no rosto.

Porém, as mãos ao redor do meu pescoço enfraqueceram momentaneamente, então e usei minha mão esquerda para segurar sua bunda e agarrei suas mãos com a minha mão direita. Definitivamente não foi com a intenção de apalpar ela. Foram medidas de emergência.

Eu definitivamente não estou aproveitando a sensação da bunda dela… os olhares públicos com certeza diriam que eu estou inventando desculpas e me chamariam de lolicon. Eu não me sinto muito bem, mas eu tenho que dizer de antemão que isto é absolutamente uma medida de emergência.

(Ichinojo): “Carol, se segure direito!”

(Carol): “Ah. Sim!”

(Ichinojo): “Eu acredito que você entendeu depois de ver isso, mas você perdeu todos os seus poderes como uma Tentadora, então há uma chance de que nós seremos atacados pelos Minotauros

(Carol): “… erm. Por que meu emprego mudou para Plebeia?”

(Ichinojo): “É a bênção da Deusa”

Eu menti com um sorriso. Ou melhor, o motivo pelo qual eu descobri sobre o segredo das habilidades do Desempregado foram as Bênçãos que eu recebi das duas Deusas, então não era uma mentira completa.

(Ichinojo): “Agora há pouco, quando eu rezei para a Deusa Torerul-sama, eu me encontrei com ela. Eu discuti sobre o emprego de Carol e ela me disse que iria fazer seu emprego voltar a ser Plebeia depois de 15 minutos”

Já que eu cheguei até aqui, eu posso mentir sem me preocupar sobre essa parte. Apesar de eu ter vivido acreditando que devíamos ser teimosamente honestos e viver sempre no caminho da sinceridade quando eu estava no Japão…

(Carol): “… eh? Com Torerul-sama!?”

(Ichinojo): “Yeah. Agradeça corretamente a estátua dela na praça depois de voltarmos para a cidade”

Eu prontamente concedi minha conquista para a Deusa-sama.

(Ichinojo): “Carol! O que você quer ser?”

(Carol): “Eh?”

(Ichinojo): “O que você quer ser? Que emprego você almeja? Você pode mudar de empregos agora que se tornou uma Plebeia

(Carol): “… Carol… quer ser uma Mascate! Como papai e mamãe! Então, eu quero me tornar uma Mercadora de primeira exatamente como papai e mamãe queriam ser!”

(Ichinojo): “Isso é ótimo! Eu acho que isso pode acontecer!”

(Carol): “Eu posso?”

(Ichinojo): “Você pode! Eu (que continuo um Desempregado) estou dizendo isso! Sem dúvida nenhum!”

Dentro do meu coração, eu me dei um sermão: “Você é o único que não tem o direito de dizer essas palavras”

Bem, eu não escapei do desemprego até agora.

(Ichinojo): “Se é esse o caso, nós precisamos aumentar o seu Level de Plebeia até o Lv10! Se segure com firmeza!”

Eu disse isso enquanto fazia uma curva.

Na frente de nossos olhos estava um Minotauro de costas para nós.

(Ichinojo): “Eu vou mandar Minotauros para o ar com meus chutes até chegarmos as escadas!”

Eu aumentei ainda mais minha corrida. O Minotauro estava na nossa frente.

Enquanto eu chutava o Minotauro, eu disse a Carol…

(Ichinojo): “Carol! Viva! Viva e encontre a felicidade! Eu também ficarei feliz!”

Eu senti isso… Carol fez um pequeno aceno atrás de mim.


Quando chegamos no 23º andar, eu já tinha derrotado três Minotauros e a Plebeia de Carol chegou ao Lv10.

Será difícil usar a desculpa da Deusa-sama se o emprego dela mudar para Mascate aqui.

Assim, quando nós voltamos para as escadas que levavam para o 23º andar e subimos elas, Haru e os outros estavam esperando por nós.

(Haru): “Mestre, estou feliz por ver você em segurança”

(Ichinojo): “Bom, foi fácil. Primeiramente, eu vou dizer isso para todos, graças a bênção de Torerul-sama, o emprego de Carol mudou para Plebeia há pouco. Ao mesmo tempo, a habilidade única dela desapareceu, então não precisamos nos preocupar com os monstros se juntando de novo”

Eu lancei mais uma mentira como se fosse algo natural.

Todos pareceram acreditar nas palavras “bênção da Deusa”, mas Haru foi a única que notou a verdade.

(Ichinojo): “Deixando isso de lado, vamos voltar logo para a cidade. Nós precisamos tratar Sebastan depressa… nós vamos usar o repelente de monstros para voltarmos”

Eu acendi o incenso repelente de monstros e subi pelo |Labirinto|.

Carol também desmontou de minhas costas.

(Ichinojo): “… Haru, qual o problema? Você não parece bem. A habilidade da roleta é o motivo?”

(Haru): “N-não. A habilidade que eu obtive foi o ‖Avaliar Falsificação‖ que me permite identificar se um item é falso ou genuíno”

Entendo… pode não ser muito atraente para Haru, mas é uma habilidade bastante útil.

Então, a razão para Haru estar tão estranha é outra coisa?

O que exatamente?

(Haru): “… mestre tirou a Tentadora de Carol depois que o mestre subiu até o 24º andar, correto?”

(Ichinojo): “Yeah. Foi isso mesmo”

(Haru): “Aquele incenso repelente de monstros também é um item genuíno…”

(Ichinojo): “Yeah. Ele parece genuíno”

(Haru): “… então, por que aquele Centauro-san não foi atraído pela habilidade de Carol-san? Além disso, não parece que ele se incomoda com o repelente de monstros. Centauro-san é um burro lento… eles se dão bem com humanos, mas eles ainda são listados como monstros”

… agora que ela mencionou, isso parece ser verdade.

Centauro foi o único que não se aproximou de Carol.

Por isso aconteceu exatamente?

Eu olhei para Centauro e…

(Jofre): “Oi. Centauro, não é por aí!”

(Elise): “Não Centauro, você não pode ficar comendo grama”

Centauro estava ignorando as direções de Jofre e Elise e estava calorosamente comendo a grama que crescia dentro do |Labirinto|.

Suas ações fazem jus ao “M” na palavra “misterioso”.

(Ichinojo): “Será que não é porque o nariz dele está entupido?”

(Haru): “… pode ser isso”

Nós paramos de pensar em Centauro depois disso.

Não teremos problemas mesmo se deixarmos isso para lá.

Não. Nenhuma quantidade de tempo será suficiente se deixarmos ele vagar por conta própria.

Eu peguei um [Cajado de Goblin], uma linha e uma cenoura da minha [Bolsa de Itens] e fiz um pouco de artesanato. O produto final era um cajado que se estendia na frente da cabeça de Centauro com uma cenoura presa. Era fácil mexer o cajado da esquerda para a direita.

Centauro começou a se mover para a frente na tentativa de comer a cenoura que estava pendurada na sua frente.

Ótimo. Foi um sucesso.

Com certeza absoluta, isto não é crueldade com os animais. É perigoso permanecer no |Labirinto|, então esta é uma medida de emergência.

Enquanto eu pensava em desculpas para as organizações de defesa da vida animal, nós começamos a deixar o |Labirinto|.