O primeiro round da batalha da ⌈Tentadora⌋

Virar uma Tentadora e aumentar o Level desse emprego…

Para essas palavras e para o significado por trás dessas palavras, Haru e eu nos perguntamos se Carol não estava exagerando.

A única pessoa que não sabia sobre o emprego de Tentadora, Marina, inclinou a cabeça e perguntou.

Ela com certeza está com uma expressão confusa por trás da máscara.

(Marina): “Ichino. O que é Yuuwakushi[1]?”

(Ichinojo): “Hn? Ah. Eu vou te contar outra hora”

O emprego de Tentadora não deve ser nada além de um trauma para Carol.

Eu hesitei sobre falar dos méritos e deméritos desse emprego na frente de Carol.

Contudo, Carol silenciosamente balançou a cabeça.

(Carol): “Não… eu também quero que Marina-san escute. A Tentadora é…”

Carol começou a falar de seu próprio emprego.

Sobre o emprego de Tentadora.

Os benefícios e desvantagens de uma Tentadora.

Sobre o quanto ela foi usada por outras pessoas e sobre as memórias desagradáveis que ela vivenciou.

Para Carol, o maior sofrimento era machucar alguém que não fosse ela mesma por culpa de sua habilidade… por exemplo, seus pais.

Até Marina que normalmente se empolga com qualquer coisa, ouviu a história em silêncio.

Finalmente, ela escondeu o motivo para não ser mais uma Tentadora.

Ela ainda deve se lembrar do pedido que eu fiz, dizendo que seria melhor não mencionar que eu mudei o emprego dela.

(Ichinojo): “Mas por que você subitamente quer aumentar o Level da sua Tentadora?”

(Carol): “Marina-san disse isso antes. Ela ainda não viu o fim das possibilidades do caminho em que ela está. Carol pensa o mesmo. Carol tem ignorado suas habilidades como Tentadora e sempre esteve fugindo. Mesmo assim, quem sabe… se meu Level aumentar, eu posso ser capaz de controlar esta habilidade”

Carol ainda continuou.

(Carol): “Além disso, se Carol um dia encontrar uma criança com o mesmo emprego de Tentadora que o dela, Carol quer deixar algo para trás pelo bem desta criança. Sobre as possibilidades da Tentadora…”

(Ichinojo): “Você tem certeza?”

(Carol): “Sim. Felizmente, estamos no meio desta enorme pradaria. Eu não acho que alguma pessoa vai ser envolvida mesmo se monstros cercarem este lugar e eu não acho que o feromônio vai chegar até os vermes no subsolo”

(Ichinojo): “… Haru, eu sei que isso é egoísmo, mas por favor, empreste o arco mágico para Marina. Assim que o Level dela aumentar, ela poderá adquirir o ‖Equipar Arco‖. A propósito, eu vou trocar o emprego de Carol assim que decidir que a situação ficou perigosa demais”

(Haru): “Entendido”

Haru emprestou seu [Arco do Vento] para Marina e explicou como usá-lo.

Ela pode não ser capaz de usar ele agora nem de equipa-lo, mas… assim que o Level de Caçadora dela aumentar e ela adquirir a habilidade, ela poderá utiliza-lo imediatamente.

(Ichinojo): “Muito bem… então, eu vou mudar seu segundo emprego. Eu vou manter seu primeiro emprego como Colhedora, okay?”

(Carol): “Sim”

(Ichinojo): “Tudo bem. Aqui vamos nós!”

Eu mentalmente mudei o segundo emprego de Carol para Tentadora.

… isso já deve ser o bastante.

Silêncio dominou o campo.

Eu encarei intensamente a direção a favor do vento.

(Marina): “Não tem nada vindo”

Isso foi desapontador. Parecendo querer dizer isso, Marina abaixou o arco que ela segurava mesmo sem poder usá-lo.

Contudo, Haru foi a primeira a perceber.

(Haru): “Mestre, eles estão vindo!”

(Ichinojo): “!!! Eu também estou sentindo! São formigas…”

Eu demorei para vê-las por causa das sombras da grama e por ser de noite.

Formigas Negras… enormes formigas do tamanho de cães selvagens estavam se aproximando em grande número.

(Ichinojo):‖Gelo Pequeno‖! ‖Pedra Pequena‖! ‖Escuridão Pequena‖! ‖Vento Pequeno‖! ‖Água Pequena‖!”

Seria um sério problema se o relâmpago ou o fogo causassem um incêndio no campo, então eu não usei essas magias. ‖Magia da Luz‖ só tem efeito contra mortos-vivos, então eu também não a usei.

Blocos de gelo, rochas de cascalho, esferas negras, lâminas de vento e bolas de água colidiram contra as Formigas que se aproximavam.

(Haru):‖Corte‖!”

(Ichinojo):‖Corte‖!”

Das duas mãos de Haru que seguravam adagas e das minhas duas mãos vazias, um total de quatro ondas de energia atingiram as Formigas.

Mas não parece que o número delas diminuiu.

(Ichinojo): “Carol! Eu vou mudar seu segundo emprego!”

(Carol): “Si-sim!”

Eu mudei o emprego de Carol para Fazendeira.

Mas, não é como se as Formigas fossem desaparecem só por causa disso.

Elas já tinham chegado até aqui…

Eu fui até o meio das Formigas e enquanto estava abaixado…

(Ichinojo):‖Corte Giratório‖!”

… e recitei o nome da habilidade.

Comigo no centro, as Formigas ao redor ficaram em pedaços.

(Haru):‖Corte Giratório‖!”

Haru também me copiou e retalhou as Formigas usando o ‖Corte Giratório‖.

(Ichinojo):‖Corte‖!”

Como dez segundo se passaram, eu mais uma vez derrotei duas Formigas que estavam longe.

Se continuássemos assim seria viável aumentar nossos Levels.

Justo quando eu pensei nisso…

Algo foi expelido da boca de uma das Formigas.

(Ichinojo): “Marina, perigo!”

Eu me atirei na frente de Marina que estava ao lado de Carol.

Um certo líquido foi disparado pela Formiga e acertou minhas costas.

Apesar da minha armadura leve, uma grande dor que eu não estava esperando me atingiu.

(Haru): “Mestre!”

Parece que Haru derrotou a Formiga que cuspiu o ácido em mim. A presença dela desapareceu.

(Carol): “Ichino-sama”

(Ichinojo): “Eu estou bem. ‖Cura Pequena‖!”

Eu usei a ‖Cura Pequena‖ em minhas costas.

Isso tratou a minha dor, mas e quanto a minha armadura?

Essa é a armadura que eu ganhei de Margaret-san, mas ela deve ter derretido.

(Ichinojo):‖Corte‖!”

Eu lancei um ‖Corte‖ na direção de um inimigo.

Depois disso, nós continuamos a lutar até que as Formigas restantes fugissem.


[1] Yuuwakushi é a pronúncia japonesa para “tentadora”.