Epílogo (Volume 03)

Eu aluguei dois quartos de casal na estalagem e Malina e eu estamos em um desses quartos.

Lá, eu pedi que Malina me entregasse sua carta.

“Para minha amada criança desesperada Malina”

Eu ri um pouco com essa súbita descrição apesar de ela ter escrito “amada criança”.

“No momento em que você ler esta carta, eu provavelmente não estarei mais neste mundo”

Eu verifiquei o conteúdo abaixo depois de ver essas palavras que pareciam ser um testamento.

Naturalmente, era uma mentira.

“Você ficaria chocada se eu dissesse isso, não ficaria? Surpresa? A verdade é que eu quero aproveitar uma viagem solitária e tranquila livre das preocupações mundanas. Em outras palavras, eu já estou entrando em |Arundel|. Alguns trabalhos complicados e inesperados apareceram e como são trabalhos que requerem discrição, eu estaria com problemas se Malina estivesse por perto…

Eu decidi te deixar aos cuidados desse homem por um tempo. Não se preocupe, julgando pelo olhar daquelas duas garotas acompanhando ele, com certeza é um ambiente de trabalho com bom tratamento, então relaxe. É claro que se você não gostar disso, você pode procurar o filho do chefe da cidade da fronteira. Ele certamente irá te entreter em todos os sentidos possíveis”

Não deixe ela aos meus cuidados sem falar nada!

E ela não está apenas a ameaçando pedindo para ela ir até o filho do chefe da cidade da fronteira se ela não gostar desta situação?

Ps: As lembranças da minha jornada com você vão ficar para sempre em minha memória. Obrigado”

Pensando que isso provavelmente seria tudo, eu dobrei a carta e a devolvi para Malina.

(Ichinojo): “Malina, o que você vai fazer? Kannon disse isso desse jeito, mas mesmo se você não vier comigo, você provavelmente pode sobreviver como Marina a Artista de Rua neste país. Além disso, por que eu apenas não te liberto aqui? Já que somos do mesmo país, eu vou lhe deixar dinheiro para que você possa passar um mês nesta estalagem”

Malina, que ainda estava chorando com seus olhos vermelhos, balançou a cabeça.

(Malina): “… minha máscara, por favor”

E ela pediu por sua máscara.

Eu devolvi a máscara para Malina.

Malina colocou a máscara e se levantou antes de sentar ao meu lado.

(Marina): “Ichino. Eu vou te dizer uma coisa. Eu sou… Marina é uma ilusão criada por Malina. Algo como transtorno de múltiplas personalidades[1]

(Ichinojo): “Eu sinto que isso é um pouco diferente…”

(Marina): “Não ligue para isso. Nós compartilhamos as mesmas memórias, mas eu amo Malina como se ela fosse minha mãe enquanto eu a protejo como se fosse minha filha. Meu verdadeiro desejo é que ela não precise mais de mim e que eu desapareça”

Marina falou como se estivesse se depreciando.

Pensamentos suicidas… não, é algo diferente, huh?

Desejo para desaparecer…

Então, ela quer que Malina cresça o bastante para que ela não precise mais de Marina e ela possa desaparecer, huh?

É como uma mãe rezando para seu filho deixar o ninho.

(Marina): “Ichino. Portanto, eu realmente não pretendo ficar toda amigável com você. E me despedir aqui seria difícil. Para ser honesta, eu também desenhei uma linha com Kannon. É por isso que ela só escreveu o nome de Malina na carta, enquanto nenhuma mensagem foi deixada para mim”

(Ichinojo): “Agora que você mencionou isso, parece ser esse o caso”

(Marina): “Assim, eu não vou me apaixonar por você. Eu sou uma heroína que é impossível de se capturar”

(Ichinojo): “Eu nunca pensei em você como uma heroína”

(Marina): “Mesmo eu sendo uma beldade mais velha?”

(Ichinojo): “Eu também nunca pensei em você como uma pessoa mais velha”

(Marina): “Contanto que você pense em mim como uma beldade, já é o suficiente”

(Ichinojo): “Merda. Então esse era o ponto que você queria chegar…”

Eu murmurei e então deitei na cama e ri.

Haru e Carol são boas pessoas e elas são existências mais preciosas do que a minha própria vida.

Mas só é possível ter uma conversa tão idiota assim com Marina.

(Marina): “Ichino, eu tenho um pedido”

Marina falou comigo enquanto eu estava deitado na cama.

(Ichinojo): “O que foi?”

(Marina): “Eu vou estar aos seus cuidados a partir de agora também”

(Ichinojo): “… ah. Meus mais sinceros cumprimentos”

Eu disse isso e coloquei meu braço para frente enquanto estava deitado na cama.

Marina apertou com força a minha mão.

Eu anunciei para Haru e Carol que Marina iria mais uma vez continuar conosco em nossa aventura e nós quatro aproveitamos o jantar juntos.

Os pratos feitos com a faca de cozinha mágica eram extremamente saborosos e eles acabaram com a fadiga do acampamento do dia anterior.

Assim, a noite de |Dakyat| surgiu.


História secundária: Prelúdio para a destruição de |Dakyat|

(Suzuki):‖Corte‖! ‖Grande Corte‖! ‖Rugido do Leão‖!”

As técnicas de Suzuki acertaram a horda de monstros diretamente.

Mas o número de monstros não mostrava sinais de diminuir.

(Kyanshi): “A situação só vai piorar se isto continuar. ‖Corte‖… tch. Meu |MP… isto vai ficar ruim logo. Miles, por favor”

Depois que Kyanshi usou o ‖Corte‖, ela subitamente se sentiu zonza. Ela estava a ponto de ficar sem |MP.

Ela pediu que Miles recarregasse seu |MP.

(Miles):‖Carregar Mana‖!”

Miles dobrou seu próprio |MP e o enviou para Kyanshi.

Era um de seus trunfos que ela obteve como um bônus por conquistar um |Labirinto|.

Contudo, Miles também era uma Aprendiz de Médica, mas seu |MP definitivamente não era muito. E ela só tinha três [Poções de Mana] sobrando.

As palavras de Kyanshi sobre a situação ficar cada vez pior estavam totalmente corretas.

(Schreyl):‖Maldição dos Espinhos‖

Com a voz de Schreyl, arbustos com espinhos aparecerem na entrada do |Labirinto|.

Os arbustos prenderam os pés dos monstros e os impediram de sair do |Labirinto|.

Mas a horda de monstros passou por cima daqueles que não podiam mais se mover por estarem com seus pés presos e escaparam da caverna.

Eles estavam claramente se movendo em direção a Sudeste… indo em direção de |Ferruit|.

(Suzuki): “Kyanshi, monte em Pochi e informe a cidade sobre o perigo”

(Kyanshi): “Mas…”

(Suzuki): “Por favor! Nós vamos tentar segura-los aqui até o último minuto antes de escaparmos”

(Kyanshi): “… eu entendo”

A ‖Maldição dos Espinhos‖ de Schreyl era efetiva para segurar os monstros e Miles era necessária para a recuperação de |MP.

Kyanshi entendeu que ela era a menos necessária nesta batalha.

Isso foi extremamente humilhante, mas ela sabia que alguém deveria ir avisar a cidade.

Ela montou no Wyvern[2] chamado Pochi, que estava atrás deles, e voou em direção ao céu noturno.


Nota do Autor (Yousuke Tokino)

Marina que fez parte do título deste volume inesperadamente anunciou que é uma heroína impossível de se capturar. E eu consegui terminar os desenvolvimentos perigosos em três capítulos das Histórias Secundárias.

Ainda assim, eu quero permitir que o protagonista continue com sua jornada despreocupada.

Eu peço desculpas pelo ligeiro aumento no número de personagens, mas eu vou postar a Lista de Personagens logo e vou iniciar o Volume 04 amanhã.


Status final do Volume 03

 

Nome:IchinojoRaça:Humano
Emprego:Desempregado Lv79 (8↑) Aprendiz de Ferreiro Lv12 (11↑) Aprendiz de Alquimista Lv37 (29↑) Alquimista Lv29 Mago Lv32 (19↑)
HP:267/267 (244↓)MP:513/513 (403↑)
[10 + 41 + 59 + 72 + 61] (x1.1)[8 + 50 + 61 + 84 + 52] (x1.1)
Ataque físico:307 (513↓)Defesa física:266 (320↓)
[9 + 46 + 69 + 81 + 63] (x1.2)[7 + 46 + 69 + 81 + 63] (x1.1)
Ataque mágico:605 (468↑)Defesa mágica:586 (440↑)
[4 + 21 + 141 + 164 + 204] (x1.1)[3 + 21 + 141 + 164 + 204] (x1.1)
Velocidade:224 (471↓)Sorte:55 (11↓)
[4 + 29 + 52 + 64 + 55] (x1.1)[10 + 10 + 10 + 10 + 10] (x1.1)
Equipamento
[Roupas de Algodão] ⋯ [Sapato de Couro] ⋯ [Armadura Leve de Ferro] ⋯ [Espada de Aço]
Habilidades
‖Equipar Espada II‖Corte II‖Corte Giratório II‖Fortalecimento de Esgrima (Médio) ‖Equipar Duas Armas
Títulos adquiridos
Caçador de Raridades Maníaco por Habilidades Maníaco por Empregos Conquistador do Labirinto III Ápice do Aprendiz de Espadachim Ápice do Aprendiz de Mago Ápice do Caçador
Empregos disponíveis
Desempregado⌋ Lv79 Plebeu⌋ Lv73 Fazendeiro⌋ Lv1 ⌈Caçador⌋ Lv60⌈Lenhador⌋ Lv14 ⌈Aprendiz de Espadachim⌋ Lv40⌈Aprendiz de Mago⌋ Lv40⌈Mascate⌋ Lv6 ⌈Aprendiz de Lanceiro⌋ Lv1 ⌈Espadachim⌋ Lv34 ⌈Arqueiro⌋ Lv1 ⌈Usuário de Machado⌋ Lv1 ⌈Usuário de Martelo⌋ Lv10 ⌈Aprendiz de Alquimista⌋ Lv37 ⌈Mago⌋ Lv32 ⌈Pugilista⌋ Lv34 ⌈Mulherengo⌋ Lv16 ⌈Jornalista Mágico⌋ Lv1 ⌈Aprendiz de Médico⌋ Lv25 ⌈Desmantelador⌋ Lv16 ⌈Aprendiz de Ferreiro⌋ Lv12 ⌈Espadachim Mágico⌋ Lv1 ⋯  ⌈Alquimista⌋ Lv29 ⌈Médico⌋ Lv1 ⌈Músico⌋ Lv1 ⌈Cantor⌋ Lv1 ⌈Dançarino⌋ Lv1 ⌈Artista⌋ Lv1
Bênçãos
Aquisição de 20 vezes mais pontos de experiência
1/20 pontos de experiência necessários
Habilidades Organizadas
Aumento no Status
‖Fortalecimento no HP (Menor)‖Fortalecimento no MP (Menor) ‖Fortalecimento no Ataque Físico (Pequeno)‖Fortalecimento na Defesa Física (Menor)‖Fortalecimento na Velocidade (Menor)‖Correção na Precisão (Menor)‖Fortalecimento na sorte (Menor) ‖Aumento na Destreza (Menor)
Equipar Armas
‖Equipar Arco e Flecha‖Equipar Cajado II ‖Equipar Machado ‖Equipar Flauta ‖Equipar Carta ‖Equipar Martelo ‖Equipar Maça
Habilidades Mágicas
‖Magia do Fogo II‖Magia da Água II ‖Magia da Terra II ‖Magia do Vento II‖Magia do Relâmpago II ‖Magia do Gelo II ‖Magia da Escuridão ‖Magia da Luz ‖Magia de Cura II ‖Magia Quotidiana II ‖Magia de Defesa
Habilidades de Combate
‖Arremesso‖Detecção de Presença II‖Ataque de Soco II ‖Golpe Concussivo
Habilidades de Suporte
‖Curar II ‖Aumento no Poder Mágico
Habilidades de Produção
‖Desmatamento II‖Desmantelar III ‖Alquimia II ‖Ferraria ‖Fusão de Metal II ‖Fusão de Metal Mágico ‖Desmontar ‖Inscrição
Habilidades de Avaliação
‖Descrição de Habilidade‖Avaliar Emprego II‖Avaliar Comida, Minerais, Metais e Materiais de Monstros
Outras
‖Quinto Emprego‖Modificar Emprego‖Organizar Habilidades‖Segundo Emprego II‖Prevenção da Deterioração da Espada‖Compreensão da Linguagem Comum‖ ‖Organizar Empregos ‖Olhos de Falcão

[1] O transtorno dissociativo de identidade (TDI), originalmente denominado transtorno de múltiplas personalidades, conhecido popularmente como dupla personalidade, é uma condição mental em que um único indivíduo demonstra características de duas ou mais personalidades ou identidades distintas, cada uma com sua maneira de perceber e interagir com o meio. O pressuposto é que ao menos duas personalidades podem rotineiramente tomar o controle do comportamento do indivíduo.

[2] Serpe, também conhecida pela designação inglesa wyvern, é todo réptil alado semelhante a um dragão, mas de dimensões distintas, muito encontrado na arte medieval.