A visita da estrela Libra

(Ichinojo): “… Deusa… sama”

Olhando para a pessoa na minha frente, eu achei que ela fosse a verdadeira.

Ela era a garota que eu achava parecer mais com uma Deusa entre as seis Deusas que eu vi na igreja.

E ela estava diante de meus olhos.

(Libra): “Se você desejar, você pode convidar todas as suas companheiras. Agora mesmo, eu olhei o seu Livro da Criação do Céu e da Terra”

Livro da Criação do Céu e da Terra?

É o nome deste livro?

Eu dei uma olhada no livro caído enquanto escutava o que ela dizia.

(Libra): “Com a permissão, você poderá convidar suas companheiras”

(Ichinojo): “Você… por qual motivo você veio aqui? Eu não posso convidar minhas companheiras sem saber seu objetivo”

Deusa da Ordem e do Equilíbrio, em outras palavras, a Deusa que governa o balanço do mundo.

Apesar da autorização de Koshmar-sama, meu emprego conhecido como Desempregado e suas habilidades são mais que o suficiente para acabar com o equilíbrio deste mundo.

No pior caso, eu vou precisar lutar… não, há uma possibilidade de que eu morra sem nem ser capaz de reagir, então de forma alguma eu vou chamar as três aqui.

(Libra): “Eu não vim aqui para puni-lo. Eu estou trabalhando para descobrir o segredo por trás das habilidades do seu Desempregado que originalmente não deveriam existir. Koshmar-senpai e Torerul têm a mesma opinião. Eu vim para colocar restrições neste seu mundo”

Essas palavras me deixaram aliviado.

(Ichinojo): “Okay. Então…”

Eu mudei meu emprego para os relacionados a magia e criei as permissões depois que o meu |MP aumentou.

As permissões são parecidas com selos. Todas tinham uma marca de “★” desenhadas nelas.

Libra-sama olhou para isso e me explicou que isso provavelmente iria mostrar seu efeito assim que o selo fosse colocado em uma parte do corpo. O que significa que ele não funcionaria se eu o colocasse nas roupas.

Eu criei permissões para três pessoas ao custo de 300 pontos do meu |MP de uma única vez e fui atingido por uma enorme fadiga.

Eu respirei profundamente e ajustei minha respiração.

(Ichinojo): “Muito bem. Te vejo mais tarde”

Eu coloquei minha mão na fissura espacial e voltei para a estalagem.

Voltando para o quarto, parece que as três estavam me esperando pacientemente.

(Ichinojo): “Obrigado por me esperarem. Parece que vocês poderão entrar se vocês colocarem estes selos em qualquer parte do corpo”

Eu passei os selos em forma de estrela que tinha na ponta dos meus dedos para as três.

Haru colou o seu nas costas de sua mão enquanto Carol escolheu o peito de seu pé.

Assim que os selos foram colados, eles se fundiram na pele como selos de tinta.

(Ichinojo): “Se for assim, vocês vão conseguir tirar eles com facilidade?”

(Haru): “Er. Sim. Parece que eu posso tirar ele se eu quiser. Mas ele não vai sair mesmo com movimentos intensos”

Haru mais uma vez colou o selo que ela retirou e balançou sua mão, mas ele não mostrou sinais de que iria cair.

(Ichinojo): “Oi. Marina, por que você está colando o seu selo aí?”

Por algum motivo, essa garota colou o selo em sua bochecha esquerda.

(Marina): “Umu. Na verdade, eu queria um selo desses”

(Ichinojo): “Se sentindo na moda, huh”

Bom, tanto faz. Não é como se o selo fosse causar problemas mesmo se ele ficasse visível.

(Ichinojo): “Então vamos indo. Assim que chegarmos do outro lado, tem uma convidada nos esperando, então a cumprimentem corretamente, okay?”

As três pareciam surpresas com a palavra “convidada” que eu mencionei.


Assim que elas chegaram do outro lado, Haru e Carol deram seus cumprimentos sem falha. Ou melhor, elas estavam praticamente se prostrando.

Elas estavam ajoelhadas com suas cabeças abaixadas.

(Marina): “Hou… interessante. Uma Deusa”

(Ichinojo): “… ei”

Eu falei com uma voz assustada e roubei a máscara de Marina.

Assim que isso aconteceu, o rosto de Malina ficou assustadoramente pálido e ela admiravelmente decidiu se prostrar.

Se eu fosse dar uma nota para ela, seria quase uma nota perfeita.

(Ichinojo): “Essas são as minhas companheiras, Libra-sama”

(Libra): “Obrigado por seu trabalho duro, Ichino-san”

(Ichinojo): “Er… Libra-sama. Isso está me incomodando há algum tempo e eu sei que isso não importa muito já que faz muito tempo que isso aconteceu, mas o meu nome é Ichinosuke e não Ichinojo. Seria possível corrigir isso?”

(Libra): “Não. Seu nome é Ichinojo. É uma questão inesperada, mas isso tem relação com os costumes do seu mundo. Já sei. Por favor, pergunte a Minerva sobre isso. Ela é a expert nessa área”

(Ichinojo): “Minerva?”

(Libra): “A Deusa da Magia, Feitiçaria e Bruxaria

(Ichinojo): “Eu vou ser capaz de me encontrar com ela?”

(Libra): “Vejamos. Há alguns |Labirintos| dela no continente do Sul. Eu vou tomar as providências para que você possa se reunir com ela quando você visitar esses lugares”

Parece que não é um erro meu nome ser Ichinojo ao invés de Ichinosuke.

Ela poderia me dizer a razão do porquê, mas, bom, ultimamente eu realmente tenho pensado que isso não importa, então acho que não tem problema.

(Libra): “Muito bem. Ichinojo-san. E companheiras. É estritamente proibido revelar qualquer coisa que eu disser aqui para outras pessoas. Entendido?”

Nós três demos respostas positivas para a pergunta de Libra-sama.

Malina estava balançando tanto sua cabeça que parecia que ela iria cair a qualquer momento.

(Libra): “Ichino-san, a respeito deste espaço que você fez usando a habilidade chamada ‖Hikikomori‖…”

Malina me encarou assim que ela escutou Libra-sama dizendo isso.

Sim, eu estava tentando evitar isto. Eu menti dizendo que a habilidade se chamava ‖Meu Mundo‖. Sim, eu sou um Hikikomori.

(Libra): “Este espaço é o mesmo que o nosso domínio das Deusas”

Eu não fiquei muito surpreso com essas palavras.

Depois de olhar para o céu e para o espaço branco que se espalhava, bom, eu pensei mesmo que isso me lembrava o mundo das Deusas.

(Libra): “Felizmente, como Ichino-san adicionou uma restrição ao escolher o Criar Estrela imediatamente, o mundo recuperou seu equilíbrio e este espaço foi desconectado do domínio das Deusas. Isso foi algo maravilhoso para mim. Para você e para nós Deusas”

(Ichinojo): “Espere um minuto, eh? Para isto ser o mesmo que o domínio das Deusas, essa não é uma habilidade avançada demais parecida com a ‖Magia Espacial‖ da [Bolsa de Itens]

(Libra): “Ichinojo-san conhece a capacidade de uma [Bolsa de Itens]?”

(Ichinojo): “Nã-não”

(Libra):|Outro Mundo|… ela tem 1% do planeta onde você está”

(Ichinojo): “… eh?”

1% de um planeta? Isso não significa que ela é praticamente infinita?

(Libra): “Mas este mundo… este mundo que você fez não tem limites. É basicamente um novo universo.”

(Ichinojo): “Um… universo?”

(Libra): “Sim. Comparado com este mundo, a capacidade da [Bolsa de Itens] é igual a zero”

O que Libra está tentando dizer é que um dividido pelo infinito e cem trilhões divididos pelo infinito ainda são iguais a zero.

(Haru): “Então, isso significa que o mestre se tornou um Deus?”

Haru perguntou isso com uma expressão tensa. Mas Libra balançou sua cabeça.

(Libra): “Não. A pessoa que criou este mundo não foi Ichinojo-san. Aquele que bagunçou as habilidades do Desempregado e criou a possibilidade para que o Desempregado criasse este mundo foi outra entidade. O que Ichinojo-san fez foi meramente criar a porta. Mesmo esta estrela não é algo criado por Ichinojo-san”

Libra deu um sorriso quando chegou nessa parte.

(Libra): “No entanto, Ichinojo-san, esta estrela já pertence a você. Você pode fazer o que quiser com ela. Usando o meu poder, eu vou criar uma barreira sobre esta estrela não apenas para proteger você do verdadeiro criador deste mundo, mas também para que você possa usar o Livro da Criação do Céu e da Terra como você tem feito até agora. Em troca…”

Ela esticou sua mão. Uma varinha apareceu e a ponta estava mirada para um lugar que não tinha nada.

Quando isso aconteceu, uma construção que parecia um observatório branco apareceu naquele lugar.

(Libra): “Eu vou criar uma base para que eu possa observar este mundo. Eu vou aparecer ocasionalmente, então eu espero que você aceite este meu único pedido”

(Ichinojo): “Entendido. Obrigado”

(Libra): “Não, sou eu quem deveria estar te agradecendo. Obrigado por sua cooperação, Ichinojo-san”

Libra-sama disse isso enquanto ela começava a caminhar para longe. Sua imagem gradualmente se tornou mais transparente e, finalmente, ela desapareceu.

Haru e Carol se levantaram dez segundos depois disso.

Malina… estava inconsciente.


Nota do Autor (Yousuke Tokino)

Construção da base secreta das Deusas completa.