A Deusa Setolance

Deusa da Batalha e da Vitória… sob o espírito dominante de Setolance-sama, todos nós abaixamos nossas cabeças.

Graças a armadura de biquíni que a Deusa-sama estava vestindo, eu tive problemas em encontrar um lugar para colocar meus olhos, então eu estava realmente grato por me curvar.

E, mesmo que eu sempre tenha me encontrado com as Deusas-samas sozinho, pode se dizer que desta vez eu não era o único presente aqui.

Haru, Suzuki, Jofre, Elise, Julio, Sutchino, Milky e até Centauro estavam aqui.

(Suzuki): “Há quanto tempo, Setolance-sama”

Suzuki foi o primeiro a falar.

Suzuki se encontrou com Setolance-sama antes?

(Setolance): “Já faz muito tempo, Herói Kota. E bravos guerreiros, eu agradeço vocês pelo seu trabalho duro. Graças a suas ações, damas e cavalheiros, dois países foram salvos. Eu os agradeço como uma representante das Deusas”

Setolance abaixou sua cabeça.

(Jofre): “Não se preocupe com isso. Nós devemos nos ajudar nessas horas, não é?”

(Elise): “Isso mesmo. Além disso, nós somos um Herói e uma Mestra de Monstros, então é natural para nós salvarmos o mundo”

Jofre e Elise disseram isso sem ler a atmosfera.

(Jofre): “Ah. Mas eu perdi a espada que liberava meu poder heroico, então talvez eu tenha voltado a ser um Espadachim

(Elise): “Eeh. Então eu também voltei a ser uma Usuária de Monstros?”

Primeiramente, vocês nunca foram um Herói e uma Mestra de Monstros!

Além disso, vocês nem são um Espadachim e uma Usuária de Monstros, e sim um Aprendiz de Espadachim e uma Usuária de Chicote!

Bem, com essa sequência de batalhas, o Level do Aprendiz de Espadachim de Jofre deve ter aumentado e ele deve ter conseguido chegar no Level necessário para virar um Espadachim.

Elise também é uma Usuária de Chicote Lv23, então ela deve ser capaz de mudar de emprego para Usuária de Monstros.

(Suzuki): “Erm. Como nós fizemos a estátua da Deusa Setolance-sama voltar ao normal? Eu realmente não entendi”

Suzuki perguntou isso.

É verdade. Eu também não entendi o que aconteceu.

Primeiramente, por que tudo foi resolvido com a conta de vidro que Sutchino estava carregando?

(Setolance): “A batalha desta vez foi um esquema do Vampiro Valf para destruir os dois países, |Dakyat| e |Korat|. Pessoas que não concordavam com esse plano ofereceram a Sutchino uma conta imbuída com a magia para destruir o ritual de Valf”

Entendo. Mas isso levanta uma nova questão.

(Suzuki): “Mas por que essa conta mágica foi confiada a ele?”

A dúvida de Suzuki era razoável. Se um item tão importante como esse deveria ser concedido a alguém, não teríamos alguns indivíduos mais adequados?

Por exemplo, alguém como este Suzuki aqui.

A pessoa que recebeu a conta, Sutchino, também concordou com vigor.

(Setolance):Lorde Demônio Familis… eu acredito que isso foi feito de acordo com alguns registros que ela deixou para trás graças a habilidade que ela possui para prever o futuro. Mesmo depois da morte dela, ainda há muitos que continuam sobre sua influência neste mundo”

(Suzuki): “… Lorde Demônio Familis? O Exército do Lorde Demônio e o Lorde Demônio Familis tem uma relação hostil?”

Suzuki fez uma expressão misteriosa.

Eu também escutei de Haru que o Lorde Demônio Familis não era um mero vilão, então eu também não poderia dizer nada sobre isso.

(Setolance): “Muito bem. Damas e cavalheiros, eu chamei vocês aqui para presenteá-los com isto”

Habilidade Especial: ‖Bênção de Setolance‖ adquirida

Parece que, incluindo a mim, todos adquiriram a mesma habilidade.

Eles tinham expressões levemente surpresas.

(Setolance): “Esta habilidade aumenta o |HP e o |Ataque Físico em 30% sempre que os seus inimigos estiverem em maior número. De toda forma, eu espero que vocês a utilizem de forma efetiva”

(Ichinojo): “Erm… nesta batalha, nós não fomos os únicos envolvidos. Minhas companheiras que estão do lado de fora também tiveram um papel importante, então as duas poderiam receber esta habilidade também?”

(Suzuki): “Eu também. Deusa Setolance, eu gostaria de pedir que minhas companheiras recebessem a mesma habilidade”

(Setolance): “Tudo bem. Eu vou conceder a habilidade a elas quando elas visitarem minha estátua”

Ouvindo essas palavras, Suzuki e eu ficamos aliviados.

(Setolance): “Muito bem. Finalmente, eu vou dar a todos vocês habilidades especiais ou itens. Eu espero ansiosa para encontrar vocês de novo”

Quando Setolance-sama disse isso, nós voltamos para a frente da estátua da Deusa. Assim…

Título: Conquistador do Labirinto III evoluiu para Conquistador do Labirinto IV

⟦ Habilidade de Recompensa: ‖Magia Quotidiana II‖ evoluiu para ‖Magia Quotidiana III‖

… de novo isto.

A recompensa está viciada demais.

Bom, é melhor do que o que eles receberam.

(Julio): “Uwa. É um esfregão”

(Sutchino): “Por que só nós dois!?”

Julio e Sutchino ganharam esfregões. Ah. Eu não quero ser como eles.

(Milky): “Uma caneta-tinteiro[1] que não precisa de tinha… Deusa-sama, obrigada”

Milky parecia satisfeita.

(Jofre): “Olhe Elise! É uma espada nova!”

(Elise): “Parabéns Jofre! Ah. Eu consegui a habilidade ‖Coletar Gato‖!”

(Jofre):‖Coletar Gato‖, huh! Parabéns Elise!”

(Elise): “Obrigado Jofre!”

Parece que esses dois vão ficar felizes não importa o que recebam.

Quanto a Centauro… eu não sei o que ele recebeu. Para começo de conversa, eu nem sei se é possível para ele receber alguma coisa.

Por último, Haru…

(Ichinojo): “… Haru?”

Eu tentei balançar minhas mãos na frente dela.

Não houve reação.

Ela desmaiou enquanto estava de pé depois de ficar frente a frente com a Deusa-sama em que ela tinha fé.


(Carol): “Ichino-sama, eu espero que ele esteja seguro”

Nos céus acima do |Labirinto|, Carol disse isso como se estivesse rezando enquanto estava montada no Wyvern.

(Marina): “Ichino é um indivíduo que possui ótimas bênçãos de duas das seis Deusas. Mesmo que ele encontre o Apóstolo do Deusa das Trevas, ele não seria facilmente ferido e não há forma de ele ser convidado para os campos de Valhalla[2]

(Carol): “… Marina-san realmente fala palavras que eu não posso entender quando ela está preocupada”

Carol viu através do discurso chuunibyou de Marina como uma forma para ela se livrar de sua preocupação.

Nesse momento…

A luz da Lua subitamente desapareceu.

Você poderia pensar que as nuvens cobriram a Lua, mas esse não era o caso.

Muito acima da altitude de quase cem metros onde o Wyvern estava planando, uma enorme criatura estava voando no céu.

Com apenas sua barriga e asas visíveis, sua cor não podia ser reconhecida devido à noite escura, mas parece que Carol descobriu sua identidade.

(Carol): “Não… pode ser”

(Marina): “Meu poder selado despertou e um enorme Dragão apareceu em resposta a isso. Isso deve ser…”

(Carol): “Não, você está enganada Marina-san. Esse é provavelmente o Rei Dragão

(Marina):Rei Dragão? Se ele é o Rei Dragão, então Alefgard[3]…”

(Carol): “O Rei Dragão é o leal amigo do Herói Alessio Magnal, assim como uma criatura lendária que lutou contra o Lorde Demônio Familis Raritei… eu só li sobre isso em livros, mas tenho certeza disso. Ele parece exatamente como as lendas o descrevem”

Olhando para a direção em que a enorme sombra estava seguindo, Carol ficou aliviada.

Essa era a direção de |Ferruit|.

Era como se…


(Ichinojo): “Você pediu reforços para o Herói Alessio?”

Enquanto eu carregava a inconsciente Haru nas minhas costas, nós voltamos pelo caminho pelo qual viemos.

Mesmo que a fonte de monstros tenha sido eliminada, isso não significava que os monstros que já tinham aparecido iriam desaparecer.

Quando eu pensei que precisaríamos nos apressar para voltar para defender |Ferruit|, Suzuki me disse da presença de tropas inesperadas em espera.

(Suzuki): “Yeah. Eu disse a Schreyl que nós lidaríamos com o |Labirinto| de alguma maneira. Como ela também pode usar habilidades de uma Jornalista Mágica, ela pediu por reforços usando o talismã de comunicação. Nós recebemos um pombo correio de Hack-sama dizendo que eles estariam chegando pela noite. Então, tenho certeza que agora…”

Suzuki disse isso com uma risada amarga.

(Suzuki): “Ele provavelmente está se exibindo triunfantemente e dizendo ‘Eu sou forteee’?”


[1] Caneta-tinteiro é uma caneta que contém um reservatório recarregável de tinta.

[2] Na mitologia nórdica, Valhalla é um majestoso e enorme salão com 504 portas, situado em Asgard, dominado pelo deus Odin. Escolhidos por Odin, metade dos que morrem em combate são levados para Valhalla após a morte pelas valquírias, enquanto a outra metade vai para os campos Folkvang, da deusa Freia. Em Valhalla, os mortos se juntam às massas daqueles que morreram em combate conhecida como Einherjar, bem como vários heróis lendários da mitologia germânica, que se preparam para ajudar Odin durante os eventos do Ragnarök.

[3] Alefgard é o nome do continente da série de jogos Dragon Quest.