A voracidade de Malina

Eu não sei o que aconteceu.

Quando Malina subitamente perdeu o controle e capturou Stella, ela pegou um tufo de grama de algum lugar e estava brincando com Stella.

(Ichinojo): “Malina é minha companheira, mas o que você quer dizer com ela ser o demônio, Stella?”

Eu percebi que seria mais rápido perguntar para Stella ao invés de Malina. Enquanto brincava com o tufo de grama, Stella tinha uma expressão dócil. Mesmo ela tendo essa expressão, ela continuou brincando com a grama.

(Stella): “Quase um ano atrás, duas humanas que se diziam ser Mascates apareceram em nossa vila nya”

Stella disse isso. Essas duas provavelmente eram Malina e Kannon. Malina era inicialmente Marina com sua máscara, em outras palavras, ela estava conversando “normalmente” como Marina, mas logo depois que um Cait Sith removeu sua máscara, ela ficou fora de controle. Depois de realizar todos e cada um dos métodos de incapacitar os Cait Siths na vila, ela continuou a falar com os Cait Siths imobilizados durante três dias e três noites.

Kannon tentou, mas falhou em detê-la. Ela continuou falando até ficar sem energia e Kannon carregou Malina para longe.

Contudo, os Cait Siths com que Malina brincou não conseguiram se mover direito pelos próximos dois dias, assim, ela se tornou conhecida como o demônio.

Depois de falar até aqui, Stella ficou incapaz de continuar falando. Ela continuou a brincar com o tufo de grama até não ter mais forças para falar. A partir daí Malina começou a tagarelar.

(Malina): “Faz tanto tempo Stella-san. Nem um dia se passou sem que eu deixasse de pensar em Stella-chan e nos outros. Eu pensava nas roupas que iriam combinar com Stella-san quando ia para uma loja de roupas ou que bebida Stella-san provavelmente gostaria. Ah. É claro, não apenas Stella-san, eu também pensei nos outros e pensei em todos os Cait Siths. Como por exemplo, um chapéu de palha que combinasse com Foyon-san que tem sua fazenda para cuidar, ou uma vara de pescar para Piri-san que ama peixes.

Mas, como companheiras mulheres, eu ainda penso mais em Stella-san. Eu juntei coragem e pedi para Kannon. Para que nós viajássemos para a vila dos Cait Siths de novo. Mas Kannon se recusou com firmeza com uma expressão incomodada. Você não acha que ela é horrível? No mês passado nós estávamos por perto e eu propus que passássemos aqui, mas ela me ignorou e não fez isso. Mesmo que eu estivesse pensando tanto em todos vocês.

Ah. Mas Stella-san é mesmo fofa. Stella-san, você gosta de vinho da [Vinha de Prata], não gosta? Ah. Eu teria preparado um pouco se soubesse que iria me encontrar com Stella-san, que pena. Mas isso seria pedir demais, não é? Já que foi uma dádiva divina poder encontrar Stella-san. Eh? Stella-chan cresceu? Uns três milímetros. Eu prefiro os menores, mas Stela-san ainda está em sua fase de crescimento, então é bom que você esteja ficando mais alta. Mesmo que eu prefira a pequena Stella-san, mesmo se você ficar maior, isso não vai tirar o seu charme.

Ah. É verdade. Há uma loja que vende pratos feitos com peixe que são deliciosos em |Ferruit|. Talvez nós possamos ir jantar lá na próxima vez? Não se preocupe, eu vou pagar. Eu vou me certificar de que Stella-san vai ficar satisfeita. Mas é uma pena que eles só tenham peixes de água doce. Mas esses peixes de água doce são cozidos com sal do mar, que é um item raro nesta região. É por isso que eles ficam extremamente deliciosos com a doçura da salinidade, sabia? Eles são um pouco caros por causa disso.

Ah. Com certeza não é porque eu quero que Stella-san fique me devendo um favor. Eu estou satisfeita apenas por conversar com Stella-san deste jeito. Ah. Stella-san, Stella-san, Stella-san, Stella-san, Stella-san, Stella-san, Stella-san, Stella-san, fufufu. Eu estou feliz apenas por poder dizer o nome de Stella-san. A propósito, você…”

Não é… esta não é a Malina de sempre. Quem é esta? Stella estava parecendo ter desmaiado pelo severo fluxo de palavras. Ela estava falando ainda mais do que quando estava com Pionia. Agora que eu penso nisso, quando estava conversando com Pionia, ela mencionou que seus companheiros de conversa eram apenas bonecas ou gatos de estimação que ela tinha.

Em outras palavras, Malina falou com Stella como se estivesse falando com seu gato. Um gato reagiria de forma diferente quando comparado com uma boneca, então ela provavelmente se sentia mais estimulada a falar. Mas era mais como um monólogo do que uma conversa.

(Haru): “Mestre…”

(Ichinojo): “Ah. Er. Malina, posso ter um momento?”

(Malina): “E quer saber, foi incrível. Ichino-san lançou uma magia na horda de monstros e fez uma enorme explosão…”

É inútil. Parece que Malina não pretende falar comigo. É verdade. Stella disse que Malina ficou esquisita depois que sua máscara foi removida. Então Marina deve resolver o problema.

A máscara de Malina estava pendurada no bolso de sua saia.

Eu peguei a máscara e a coloquei em Malina.

(Marina): “… eu mostrei meu lado vergonhoso”

Mesmo com a máscara cobrindo seu rosto, Marina parecia estar envergonhada enquanto ela se curvava.

(Ichinojo): “Você se acalmou?”

(Marina): “Yeah. Parece que eu fiquei um pouco fora de controle depois de ver um rosto nostálgico. Para mim, Stella é uma amiga extremamente próxima. Ela demostrou interesse no vinho de ameixa que eu tinha e (como manda o carma[1]) seu interesse despertou ao ponto de faze-la mudar seu emprego para se tornar uma vinicultora[2] de [Vinha de Prata]

Eu preferia que ela parasse de acrescentar palavras estranhas aqui e ali, mas eu entendi. A parte onde ela vendeu sua alma para o demônio que As Seis Estrelas Nyanto falaram era, provavelmente, porque ela foi tentada por Marina a se tornar uma vinicultora de [Vinha de Prata].

(Marina): “Então, por que Ichino está junto de Stella?”

(Ichinojo): “Ah. Sobre isso…”

Eu expliquei a situação. Sobre como nós recebemos o pedido dela. Sobre como o pedido tinha informações inadequadas. Sobre o perigo que estaria envolvido assim que nós encarássemos o Dragão e, consequentemente, sobre a minha decisão de cancelar o pedido.

Eu disse tudo a ela. E então…

(Marina): “Ichino. Isto não é algo que eu deveria me intrometer, mas você poderia aceitar o pedido dela? Eu não posso ignorar uma amiga em necessidade”

(Ichinojo): “Marina, por favor, seja mais sensível”

Haru disse isso…

(Haru):Dragões são inimigos poderosos. Até o Pochi-san que Suzuki-san monta é um Sub-Dragão, uma raça inferior à dos Dragões. Em outras palavras, Dragões possuem uma força muito maior do que a de Pochi-san, especialmente o Rei Dragão. Até mesmo o Lorde Demônio-sama evitava lutar contra ele. Até mesmo se aproximar seria perigoso. O conteúdo do pedido era para colher a [Vinha de Prata] com o objetivo de fazer vinho. A menos que a vida de uma pessoa esteja em risco, não é um pedido que devemos completar independentemente da situação”

Haru falou com Marina com a cabeça fria. Marina não poderia dizer nada contra o argumento de Haru.

(Haru): “Todos nós queremos voltar para |Ferruit| e comer alguns pratos deliciosos, não é?”

(Ichinojo): “Isso mesmo. Talvez possamos ir no restaurante que faz sopa de peixe de água doce que Malina mencionou”

Marina falou enquanto olhava para baixo com um leve sorriso.

(Marina): “Nós temos tanto ouro, mas nós vamos gasta-lo de forma tão modesta. Nós também não pensamos em luxo. Mas eu ocasionalmente gostaria de me descontrair e gastar uma boa quantia de dinheiro”

Então, eu respondi com um sorriso.

(Ichinojo): “Você não acha que os materiais do Dragão podem ser vendidos por um alto valor?”

Marina levantou sua cabeça ao ouvir minhas palavras. Assim, Stella, que tinha acabado de se recuperar um pouco, também entendeu o significado disso.

(Stella): “Você vai continuar com o pedido nya?”

(Ichinojo): “Eu iria cancelar se Stella fosse uma cliente comum. Mas já que você é amiga de Marina, eu quero fazer o máximo que eu puder”

Eu também pensei que essa era uma característica negativa…

(Ichinojo): “Eu vou dizer isso primeiro. Nós vamos decidir depois de ver o Dragão. Se ele for um oponente que não podemos derrotar, não importa o quanto tentemos, não, se for um oponente que nos causaria ferimentos sérios, nós vamos nos retirar sem hesitação. Eu vou deixar essa decisão para Haru. Está tudo bem?”

(Stella): “É claro nya”

(Ichinojo): “Haru, você está bem com isso?”

(Haru): “Eu vou seguir as palavras do mestre”

Haru disse isso em um tom submisso. Eu abracei Haru e carinhosamente acariciei sua cabeça.

(Ichinojo): “Desculpe Haru. Você ficou com uma tarefa indesejável por minha culpa”

(Haru): “Essas palavras são desperdiçadas comigo”

Haru disse isso enquanto sua cauda lentamente balançava de um lado para o outro.

Muito bem, devemos ir obter o título de Matador de Dragões?

Antes disso… eu ainda tenho uma sensação desconfortável, então precisamos encontrar um lugar para aumentar nossos Levels.


[1] No hinduísmo e no budismo, carma é a lei que afirma a sujeição humana à causalidade moral, de tal forma que toda ação (boa ou má) gera uma reação que retorna com a mesma qualidade e intensidade a quem a realizou, nesta ou em encarnação futura.

[2] A Vinicultura engloba todas as etapas de produção, preservação, o processo de embalar o produto final e a comercialização do vinho no mercado.