As aventuras de Miri (Parte 09)

Depois de entrar no salão de apostas, Miri murmurou enquanto observava os arredores.

A propósito, não havia uma restrição de idade para entrar no salão de apostas, desta forma, nobres que começaram a jogar no salão de apostas desde que se entendiam por gente podiam ser encontrados. Assim, mesmo que algumas pessoas olhassem para Miri, naturalmente, ninguém apareceu para adverti-la.

(Miri): “Ho. Então este é o salão de apostas de |Belasra|… ele com certeza mudou muito”

Quando ela esteve aqui anteriormente, este era um lugar que apenas tinha jogos de cartas. Ele definitivamente não tinha roletas e maquinas caça-níqueis.

Bom, sua visita anterior foi há mais de mil anos, quando ela apareceu disfarçada, mas ela foi rapidamente banida e proibida de entrar.

(Norm): “Eh? Miri-chan, você esteve aqui antes? Mesmo você parecendo perdida antes?”

(Miri): “Bem… er. Trocar moedas por medalhas para jogar continua igual. Então vamos nos apressar e…”

Miri foi para o balcão onde as trocas aconteciam e colocou uma moeda de ouro (10.000 sense) e cem moedas de prata (mais 10.000 sense) na mesa.

(Miri): “Por favor, troque todas essas por medalhas”

(Recepcionista): “Entendido”

A moça da recepção respeitosamente curvou sua cabeça, coletou as moedas e entregou a Miri cinco medalhas verdes e uma medalha vermelha.

Uma medalha verde valia mil sense; a medalha vermelha valia 10.000 sense, então os outros 5.000 sense foram cobrados como taxa[1].

(Norm): “Ah. Po-por favor, troque esta também”

Ao lado dela, Norm pegou uma moeda de prata.

Ela recebeu cinco medalhas brancas[2] e sete medalhas azuis[3].

(Miri): “Norm, você também vai jogar?”

(Norm): “Yu-yup. Mas estou me sentindo nervosa porque é a primeira vez que venho para este lugar”

(Miri): “Eu… entendo. Então, Norm pode jogar nas máquinas caça-níqueis ali. Aliás, aqui, leia isso enquanto você joga!”

Miri passou a Norm um pedaço de papel e apontou para uma máquina vaga no primeiro andar.

(Norm): “Eh? Mas as máquinas caça-níqueis precisam de medalhas azuis, não é? Se eu for para lá, minhas medalhas vão acabar em um instante…”

(Miri): “Pare de reclamar e vá logo! Se você perder todas as medalhas então apenas dê uma volta até eu voltar!”

(Norm): “Okay. Uuu!”

Norm foi para as máquinas caça-níqueis com lágrimas nos olhos depois de ser repreendida por Miri.

Miri olhou com desdém para a figura rígida de Norm seguindo para os caça-níqueis e continuou observando os arredores.

Havia ferramentas de detecção de poder mágico em todos os lugares. Elas com certeza eram ferramentas que tinham o objetivo de impedir trapaças pelo uso de magia.

[Miri]: (“Bem, mesmo que eu não use magia, de forma alguma eu perderei se for na roleta”)

Quando ela teve esse pensamento, Miri se lembrou da jovem Loba Branca que estava sempre com ela quando ela era o Lorde Demônio.

[Miri]: (“Me pergunto se ela está bem… eu acredito que o Herói não iria voltar atrás em sua promessa”)

Miri estava com um belo sorriso gentil por um momento.

Esse deve ter sido o primeiro sorriso verdadeiro dela desde que ela voltou para este mundo. Contudo, ninguém notou esse sorriso.

Então, quando Miri sentou na mesa da roleta, seus olhos ficaram ferozes.

Foi ao mesmo tempo em que a bola foi jogada.

Ela já tinha apostado uma enorme quantidade de medalhas, mas ela apostou ainda mais depois que a bola foi jogada.

Miri olhou para a bola e apostou suas medalhas no “vermelho 12”.

Os clientes que viram isso avaliaram Miri e sua medalha vermelha.

Como ela ainda era jovem e não parecia ser de uma família nobre, vê-la com uma medalha vermelha e ainda mais apostando tudo em único lugar atraiu a atenção dos outros apostadores.

Mas muitos desses olhares eram de pena.

Pensando sobre isso racionalmente, apostar em um único lugar dificilmente seria benéfico.

A probabilidade era um para 38. Em outras palavras, ela tinha uma probabilidade maior do que 97% de perder sua enorme quantia de dinheiro.

Foi por isso que, no instante seguinte… sim, quando a bola caiu em um buraco, todos ficaram chocados.

(Crupiê): “Ah… vermelho 12”

A plateia ficou louca antes do crupiê anunciar isso.

Três medalhas pretas[4] e seis medalhas vermelhas foram entregues a Miri.

E ela continuou apenas a vencer.

No fim, foi uma derrota imensa.

Naturalmente, para o crupiê.

Dez apostas, dez vitórias. Além disso, foram todas vitórias através de apostas em um único local.

As mãos de Miri envolveram suas 30 medalhas pretas e 51 medalhas vermelhas.

O rosto do crupiê ficou mortalmente pálido.

Isso aconteceu porque, não importava que técnica ele usava, Miri iria precisamente apostar no número correto.

O único lado bom era que os outros apostadores não podiam acompanha-la porque ela fazia suas apostas exatamente no momento em que as apostas eram encerradas.

Houve algumas rodadas em que Miri se atrasou na hora de apostar, mas mesmo assim, a bola iria cair no número que ela queria apostar. Em outras palavras, sua sequência de acertos era muito maior do que apenas dez vezes.

E, naturalmente, a administração do salão de apostas não permitiria que isso continuasse assim e aquele homem a chamou.

(???): “Parece que sua sorte é muito grande”

Ele parecia ter quase 50 anos de idade pela forma engenhosa com que ele se movia, mas ele tinha a aparência de um homem de 30 anos.

(???): “Desculpe pela apresentação tardia. Eu sou o dono deste salão de apostas, Gorsa. Você está se divertindo?”

(Miri): “Prazer em conhece-lo. Estou agradecida por estar em um lugar tão incrível. Já que não preciso me preocupar com trapaças”

(Gorsa): “Isso foi cruel”

Gorsa riu enquanto ele coçava sua testa. Em outras palavras, Miri anunciou que se o salão de apostas não trapaceasse, ela iria vencer em todas as vezes que apostasse e mesmo se eles trapaceassem, ela seria capaz de superar isso. Além disso, ela também estava dizendo que poderia vencer sem trapacear.

(Gorsa): “Se estiver tudo bem, você gostaria de ter uma partida comigo?”

(Miri): “Essa é uma oferta adorável. Eu fiquei cansada de apostar com essas fichinhas vermelhas. Naturalmente, nós seremos capazes de… jogar sem limites, não é?”

(Gorsa): “É claro”

(Miri): “… entendo. Ah. Minha companheira está jogando nos caça-níqueis, então nós podemos ter nossa partida depois que eu me reunir com ela”

Para o sorriso destemido de Miri, Gorsa concordou com a cabeça e sorriu.

Então, os dois foram para as máquinas caça-níqueis e viram outro espetáculo.

(Norm): “Miri-chan, o que eu devo fazer? As medalhas não param de sair!”

As medalhas estavam fluindo constantemente do caça-níquel que estava cuspindo todas as medalhas que ele acumulou até o momento.

(Gorsa): “Parece que sua companheira conseguiu o prêmio máximo”

(Miri): “… sério, essa garota é tão barulhenta, não importa o lugar que vamos”

No fim, Norm ganhou um total equivalente a 14 medalhas pretas… 1,4 milhão de sense.

Gorsa ficou um pouco surpreso enquanto explicava que esse era um valor baixo para um jackpot[5], mas era sem dúvidas a maior vitória registrada para as máquinas caça-níqueis do primeiro andar.


[1] Lembrete: 25% do valor das moedas é cobrado como taxa no salão de apostas.

[2] Cada medalha branca vale um sense.

[3] Cada medalha azul equivale a dez medalhas brancas, ou dez sense.

[4] Uma medalha preta vale dez medalhas vermelhas, ou seja, 100.000 sense.

[5] Um jackpot é um prêmio acumulado em máquinas de cassinos ou em sorteios de loterias onde o valor do prêmio aumenta sucessivamente com cada jogo até o prêmio sair.