A competição de artes marciais de Haru e as outras (Parte 01)

Ichinojo estava desaparecido depois que o círculo de transferência foi ativado.

Mesmo que eles tenham se transferido ao mesmo tempo, apenas Haurvatat e Malina foram enviadas para o círculo de transferência secreto.

Ichinojo não apareceu.

Naturalmente, elas voltaram, mas Stella disse que Ichinojo definitivamente foi transferido também.

O rosto de Haurvatat ficou pálido depois de descobrir do desaparecimento de Ichinojo. O olfato dela também sentia que Ichinojo tinha usado o círculo de transferência, mas Malina, que estava ao lado dela, disse…

(Malina): “Não me diga que foi um defeito… isso certamente acontece em novels de ficção científica, mas círculos de transferência deveria ser itens usados rotineiramente por muito tempo neste mundo… ou talvez tenha sido uma transferência forçada causada por uma forma de vida dimensional superior? Se foi um tipo de transferência de mão única como um buraco negro ou um buraco branco[1], então faz sentido Ichino não poder voltar”

Ela continuou a listar palavras que Haurvatat não podia entender.

Contudo, nesse momento, Haurvatat estapeou as próprias bochechas.

Ela precisava se manter calma.

Esse era o papel que Ichinojo a deu antes. Mesmo se o grupo estivesse em pânico, ele queria que ela se mantivesse sempre calma.

Isso acendeu a chama da razão do coração de Haurvatat.

(Haru): “Abrir Status”

Haru murmurou nervosamente e então suspirou aliviada.

(Haru): “Primeiramente, o mestre está vivo”

Haurvatat olhou para o seu próprio Status e disse isso.

Ichinojo tinha uma habilidade chamada ‖Segundo Emprego II‖, então Haurvatat poderia ter dois empregos.

Haurvatat acreditava que se Ichinojo estivesse morto, esse Status seria rapidamente cancelado.

Ichinojo estava vivo.

Contudo, ela não sabia onde ele estava.

Vendo Haurvatat tão calma, Malina também começou a pensar calmamente.

(Malina): “… se for o Ichino, então ele provavelmente está bem. Carol e Pionia estão com ele. O pior cenário seria ele não saber onde está e onde encontrar comida”

(Haru): “Tem razão, Carol definitivamente irá ajudar o mestre e vai mantê-lo seguro… mas, não temos certeza que o mestre está em um lugar em que ele pode voltar sozinho. Nós precisamos nos preparar para ir até ele a partir daqui”

(Malina): “… é verdade. Primeiramente, Stella, você poderia investigar se incidentes similares aconteceram com este círculo de transferência antes?”

(Stella): “O-okay nya. Eu vou investigar isso imediatamente”

Stella disse isso e correu com suas quatro patas.

(Malina): “Eu vou, por enquanto, me transferir daqui e de lá com o círculo de transferência. Se eu desaparecer, isso irá confirmar a possibilidade de o círculo de transferência estar com defeito”

(Haru): “Por favor, faça isso. Eu vou verificar os arredores. Os círculos de transferência não podem transportar para muito longe, então eu vou buscar pelo cheiro se o mestre não se transferiu para um local próximo”

Assim, Haurvatat e Malina agiram separadamente.

Contudo…

(Malina): “Eu tentei me transferir 500 vezes, mas o círculo de transferência não ficou fora de controle. Amanhã, eu vou tentar me transferir no mesmo horário que Ichino se transferiu, mas eu acho que isso será inútil”

(Stella): “Eu verifiquei, mas não houve nenhum incidente com o círculo de transferência nya”

(Haru): “Nenhum sinal do cheiro do mestre saiu daqui. Mesmo eu sendo capaz de detectar isso em até um quilômetro de distância, mesmo que ele tenha ido em uma direção contra o vento…”

A busca por Ichinojo não trouxe resultados em seu primeiro dia.

(Malina): “O último recurso seria colocar um pedido de busca na Guilda

(Haru): “Se fizermos isso, nós seremos levadas em custódia e a existência deste círculo de transferência seria conhecida pelo público”

O mestre desapareceu, mas as escravas que estavam com ele estavam em segurança. A razão para o desaparecimento dele era um mal funcionamento de um círculo de transferência secreto.

Isso com certeza se tornaria um problema. No pior caso, as duas se tornariam suspeitas de confinar Ichinojo.

E assim, elas seriam apreendidas e não seriam capazes de procurar por ele.

(Stella): “Só há um método sobrando nya”

Stella anunciou.

(Stella): “Na nossa vila, nós temos um tesouro que apenas o Rei tem permissão para usar nya. Dentro dele, há uma ferramenta mágica que pode localizar uma pessoa nya”

(Malina): “Então nós podemos pedir para usar isso”

(Stella): “Como eu acabei de dizer, apenas o Rei pode usar o tesouro nya. Agora, sem um Rei, ninguém é capaz de usar ele nya. Se Maru-onii-chan virar Rei, ele pode usar isso por vocês, mas Mikke definitivamente não faria isso nya”

As mudanças serão drásticas dependendo de quem virar Rei.

Ouvindo essas circunstâncias, Haurvatat se decidiu.

(Haru): “Stella-san, você poderia virar a Rainha?”

(Stella): “Nya? Eu…”

(Haru): “Por favor. Nós iremos ajudar você com as poucas habilidades que temos”

(Stella): “… tudo bem nya. Mas a luta para determinar o Rei é uma partida de cinco contra cinco e todos contra todos[2] nya. Malina não parece tão forte e nós ainda precisamos de mais pessoas”

(Haru): “Podemos pedir a Jofre e aos outros para ajudarem?”

(Stella): “Mikke já registrou eles, então é impossível”

Stella balançou sua cabeça.

Então elas teriam que contar com alguém da vila para lutarem. Pessoas capazes de lutar.

(Haru): “E quanto as Seis Estrelas Nyanto?”

Haurvatat mais uma vez perguntou.

(Stella): “Esses seis já se registraram como um time nya. Um deles vai ser um reserva. Os soldados restantes que são capazes de lutar vão trabalhar como segurança no evento principal e eles provavelmente devem favores a Maru-onii-chan, então eles não lutariam por nós nya”

(Haru): “… se é assim, vamos procurar por lutadores em outro lugar”

(Stella): “O prazo final para se registrar é depois de amanhã, então você não vai conseguir ir para |Ferruit| nya. A cidade de |Korat| seria mais próxima daqui nya. Haru-san deve cruzar com facilidade o vale da fronteira nya”

(Haru): “Stella-san, você poderia me mostrar o caminho? Aliás, Malina, por favor, continue aqui na vila. Como não temos uma carruagem, eu terei que correr com Stella-san nas minhas costas”

(Malina): “Não seja imprudente. Ichino ficará triste se algo acontecer com Haru”

(Haru): “Não se preocupe, eu só vou me esforçar um pouco mais”

Haurvatat disse isso enquanto carregava Stella e corria para fora da vila.

A largura do vale que marcava a fronteira era de quase nove metros, mas mesmo com Stella em suas costas, Haru foi capaz de cruza-lo com um salto.


Assim, as duas chegaram na cidade de |Korat|.

Como |Korat| era um país agrícola, mesmo que fosse uma cidade, ela tinha a peculiar característica de que 90% de sua área era usada para campos.

Além disso, como vacas e cavalos eram tratados como importantes membros da família que ajudavam no trabalho, a maioria dos moradores não comia carne vermelha. As carnes que eles consumiam consistiam apenas de pássaros que comiam a produção dos campos deles. Todas essas informações foram adquiridas de Carol.

(Haru): “Onde a Guilda de Aventureiros está localizada?”

(Stella): “… esta cidade não tem esse tipo de construção nya. Se ela tivesse, eu não teria feito uma viagem por todo o caminho até |Ferruit| para contratar aventureiros nya”

(Haru): “Agora que você mencionou, isso faz sentido”

Se era esse o caso, onde elas encontrariam pessoas fortes?

Isso aconteceu quando ela estava pensando sobre o que fazer.

Ela encontrou um cheiro nostálgico.

(Haru): “Sem chances…”

Haurvatat ponderou se seu nariz estava funcionando corretamente.

Isso se devia ao fato de dois cheiros que não deveriam estar aqui e, além disso, que não deveriam estar juntos foram detectados.

No entanto, Haurvatat rezou por esse milagre e correu na direção deles.

Esse cheiro levou ela até a taverna da cidade.

(Haru): “Elas estão mesmo aqui…”

Duas garotas que ela conhecia.

As duas também estavam surpresas ao verem Haurvatat.

(??? A): “Eh? Por que Haru-san está aqui?”

(??? B): “Há quanto tempo. Apesar de eu dizer isso, só faz três semanas, não é?”

Elas falaram enquanto mostravam surpresa em seus rostos ao verem Haru.

E então, elas estavam… aliviadas por verem Haru.

(Haru): “Já faz muito tempo…”

De pé nesse local estava uma garota do esquadrão de vigilantes de |Florence| que ela conhecia.

(Haru): “Norm-san”

E a atual mestra de Malina.

(Haru): “Kannon-san”

Eram essas duas.

Haurvatat não sabia o porquê Norm, que supostamente deveria estar em |Florence|, e Kannon, que disse que estaria viajando para o Norte, estavam aqui, mas ela disse isso para as duas…

(Haru): “Por favor, me emprestem suas forças”


[1] De acordo com a Teoria da Relatividade Geral, um buraco negro é uma região do espaço da qual nada, nem mesmo partículas que se movem na velocidade da luz, podem escapar. Este é o resultado da deformação do espaço-tempo, causada após o colapso gravitacional de uma estrela, com uma matéria astronomicamente maciça e, ao mesmo tempo, infinitamente compacta e que, logo depois, desaparecerá dando lugar ao que a Física chama de singularidade, o coração de um buraco negro, onde o tempo para e o espaço deixa de existir.

Já o buraco branco é um objeto teórico previsto pela mesma teoria que funciona como um buraco negro de tempo-invertido. Como um buraco negro é uma região no espaço em que nada pode escapar, a versão tempo-invertida do buraco branco é uma região no espaço em que nada pode cair.

[2] Em competições esportivas, sistema de todos contra todos designa todo tipo de torneio em que cada um dos competidores enfrenta todos os demais. Ao final, aquele que obtiver mais pontos é o campeão. No Brasil, este sistema é também conhecido como “sistema de pontos corridos”, pelo fato de a contagem de pontos ser única do início ao final do campeonato.