A rota da irmã mais nova (Parte 3)

Eu continuei minha revelação e contei a Miri da minha habilidade de livremente mudar meus empregos.

(Ichinojo): “Eu posso mudar o emprego de ⌈Lorde Demônio de Miri, o que você acha?”

(Miri): “Hnnnn, outras pessoas só podem ver o primeiro emprego?”

(Ichinojo): “Hn? Yeah, isso mesmo”

(Miri): “Então, você poderia fazer o primeiro emprego de Miri ser Plebeia e o segundo Lorde Demônio?”

Ah, poderíamos fazer isso também.

Mesmo que nós formemos um grupo com Haru e as outras e demos permissão para elas verem o Status de Miri, o fato de que ela é o Lorde Demônio não será revelado.

De certo modo, a habilidade ‖Falsificação de Status‖ pode esconder a verdade, mas seria possível que alguma habilidade fosse capaz de ver através disso.

(Ichinojo): “Eh? Você tem certeza que não quer que eu coloque a Herbalista?”

(Miri): “Yeah. Minha bênção é o Estudo da Medicina, então eu posso fazer qualquer tipo de remédio contanto que eu tenha os materiais. Onii pode confiar em Miri a qualquer momento se você ficar com alguma doença estranha”

(Ichinojo): “Então você pode fazer [Poções de Mana] se tiver [Erva de Mana]?”

(Miri): “Eu vou precisar de água também, mas sim, eu posso fazer isso. Praticamente uma poção por caule”

Miri declarou isso e esfregou seu peito.

Ser capaz de preparar todos os remédios… isso é mesmo uma habilidade de trapaça.

Além disso, é uma trapaça considerável que pavimenta o caminho para a estrada real do sucesso.

(Miri): “É verdade Onii. Você gostaria de ganhar a vida vendendo remédios comigo? Miri vai fazer as poções e Onii pode vender elas”

(Ichinojo): “Essa é uma sugestão atraente, porém…”

Justo quando eu estava a ponto de dizer que meu objetivo era viajar para |Mallegory|, houve uma batida na porta.

Ou melhor, não foi uma batida, soou mais como uma porrada bem violenta.

(Miri): “Eh? O ‖Quarto do Silêncio‖ de Onii não elimina todos os sons?”

(Ichinojo): “Eu o preparei de tal forma que ele não cobriria a porta. Assim nós notaríamos se alguém batesse na porta”

Eu tive um sério problema antes quando esqueci de fazer isso[1].

Deixando isso de lado, será que tem algo errado?

Nós ainda temos muito tempo de uso sobrando pela sala privada e, em primeiro lugar, os funcionários da Guilda não bateriam com tanta violência.

Eu avisei Miri e desfiz o ‖Quarto do Silêncio‖.

(???): “… favor, por favor, ajude!”

A súplica desesperada que parecia vir de uma jovem garota me fez inconscientemente abrir a porta.

Quando eu fiz isso, uma garota mais jovem do que Miri, com quase cinco anos de idade, entrou na sala e se escondeu atrás de mim.

E perseguindo essa garota estava o recepcionista que cuidou do nosso pedido há pouco tempo.

(Recepcionista): “Eu sinto muito, clientes…”

O recepcionista se curvou e se desculpou conosco.

(Ichinojo): “Está tudo bem, me diga o que está acontecendo”

(Garota): “Onii-san, você é um Aventureiro, certo!? Por favor, salve a minha mãe!”

(Recepcionista): “Essa garota veio para a Guilda de Aventureiros para fazer um pedido de colheita de ervas, mas o alvo de colheita é a [Erva Kiriri]

(Miri):[Erva Kiriri]? A mãe dessa criança está sofrendo com a Doença da Petrificação?”

(Ichinojo): “Doença da Petrificação?”

(Miri): “Uma doença que vai fazer todo o seu corpo se solidificar como pedra. O problema é que, diferente do Status anormal de Petrificação, essa é uma doença genética. É por isso que ela não pode ser tratada usando o ‖Curar‖

Miri me explicou. Aparentemente, no passado, um ‖Herbalista‖ inventou um remédio que permitia que o usuário endurecesse seu corpo e, usando isso, temporariamente, seu corpo ficava tão duro quanto pedra e isso permitiu o nascimento de guerreiros sem iguais em combates corpo a corpo.

Contudo, esse remédio tinha um defeito fatal. Em casos raros, seus filhos ou netos iriam desenvolver uma estranha doença que transformaria seus corpos em pedra e, no fim, eles ficariam imóveis. Depois que isso foi descoberto, o uso desse remédio foi banido, mas mesmo agora, muito raramente, haveria pessoas que desenvolveriam a doença. E assim que a doença da Petrificação se desenvolvia, o paciente não iria se recuperar naturalmente. Se nada fosse feito, tudo o que o aguardava era a morte certa.

[Erva Kiriri] era aparentemente o material para o medicamento milagroso que trata isso.

Apesar de tudo isso, mesmo que houvesse [Erva Kiriri], não havia muitos Herbalistas capazes de produzirem esse medicamento milagroso.

(Recepcionista): “Sim. A [Erva Kiriri] pode ser encontrada dentro de um certo |Labirinto| em uma ilha pequena três horas de barco ao Leste, mas é terrivelmente perigoso e pessoas comuns não podem identificar a erva, então a recompensa para o pedido de colheita tem que ser alto. Contudo, o dinheiro que esta garota tem não chega nem a 10% disso…”

Aparentemente, a jovem garota rejeitada percorreu a Guilda de Aventureiros perguntando a todos os Aventureiros individualmente, mas parece que oferecer pedidos individuais dentro da Guilda não era permitido e ela foi perseguida pelo recepcionista até chegar a sala privada buscando ajuda.

(Ichinojo): “… é proibido oferecer pedidos diretamente a Aventureiros?”

(Recepcionista): “A Guilda de Aventureiros é uma associação onde Aventureiros se ajudam, mas isso não é um serviço voluntário. A Guilda sobrevive com as taxas pelo uso de salas privadas como essa ou com as comissões dos pedidos. Essas comissões não iriam para a Guilda se pedidos pessoais fossem permitidos, não é? Além disso, a Guilda de Aventureiros não irá aceitar pedidos com recompensas abaixo da taxa do mercado. Afinal, a Guilda começou como uma associação para prevenir a queda nos preços de matérias coletados de monstros”

Agora que eu penso nisso, eu me lembro de ter escutado isso em |Florence|.

Mas se ninguém aceitar o pedido dessa garota, tudo o que aguarda a mãe dela será a morte.

(Ichinojo): “Miri…”

(Miri): “Onii, não podemos. O recepcionista está certo e, na verdade, esta é uma ocorrência diária neste mundo. Onii planeja ajudar todos que ele encontrar? O corpo de Onii não vai resistir se você fizer isso”

(Ichinojo): “Isso é verdade, eu não vou viver muito se ajudar todos que encontrar”

Eu sorri sem graça. Ao mesmo tempo, eu separei a mão da garota que se agarrava ao lado das minhas calças.

(Ichinojo): “Mas isso só aconteceria se eu não tivesse a força para fazer isso. Infelizmente, eu tenho a força para ajudar. Além disso, eu não sou um Aventureiro, então não há problemas comigo aceitando este pedido, certo?”

Eu afaguei a cabeça da garota duas vezes.

(Garota): “Você vai aceitar o pedido?”

(Ichinojo): “Yeah. Deixe comigo… está tudo bem, não é?”

Eu perguntei ao recepcionista e ele olhou para baixo e pensou em algo antes de concordar.

(Recepcionista): “Originalmente, neste caso, eu não seria capaz de permitir a sua transferência temporária para o grupo de Miryuu-sama, mas desta vez, a Guilda estava completamente inconsciente deste acordo”

O recepcionista se retraiu. Parece que ele também simpatizou com a garota.

(Miri): “Tudo bem. Eu vou também”

Miri agarrou minha mão enquanto parecia ter desistido.

(Ichinojo): “É verdade, então com todas…”

(Miri): “Onii. Hoje deveria ser o meu encontro com você. Vamos só nós dois”

(Ichinojo): “Mas a recompensa por completar o |Labirinto|…”

(Miri): “Onii. Assim que você colher a [Erva Kiriri], quem vai produzir o remédio?”

uu, é verdade que apenas Miri poderia manipular a [Erva Kiriri].

Como esse é o caso, eu não devo estragar o humor de Miri e nós devemos viajar com apenas nós dois. Além disso, eu prometi a Miri que passearíamos pela cidade juntos, então como eu estou arruinando esse plano, eu tenho que ter certeza de ir completar o |Labirinto| com ela…

(Ichinojo): “Yeah, eu vou me redimir por descumprir a promessa com Miri amanhã ao irmos para o |Labirinto|

Eu disse isso com antecedência.

Sheesh, irmãos com irmãs mais novas realmente sofrem.


[1] Ichinojo está se referindo ao incidente do capítulo 062 em que ele e Haru estavam “testando” o Quarto do Silêncio e foram interrompidos por Carol.