Conversa fiada: Sarona

Foi quando nós confrontamos os bandidos que sequestraram Siena na floresta que eu conheci ele.

Enquanto eu esperava por uma chance para resgatar Siena dos bandidos, da direção de um dos bandidos onde eu atirei uma flecha, outro homem apareceu. Ele vestia roupas que pareciam ser peles e couro de monstros. Ele não tinha espada, ou melhor, ele não carregava nenhum tipo de arma. Eu imagino o que ele estava fazendo dentro da floresta… eu não senti nenhuma hostilidade, por isso decidi ignora-lo.

Um dos bandidos começou a andar em direção ao homem, mas em um piscar de olhos, ele apareceu deste lado e resgatou Siena. Usando esta chance eu me livrei dos bandidos com minha magia. Tudo terminou bem. Eu dirigi algumas palavras de gratidão a pessoa que resgatou Siena.

Porém, ele ficou paralisado por algum motivo quando me viu. Por que será? Será que tem alguma coisa no meu rosto?

(Wazu): “Tudo bem! Eu já decidi~~~!!!!”

Eu não entendi sobre o que ele estava falando.

Depois disso, nós descobrimos que o salvador de Siena se chamava Wazu. Ele perguntou sobre a localização da cidade mais próxima, mas ao invés disso, nós o guiamos para a |Vila Élfica|. Eu fui na frente como guia. Atrás de mim, Siena estava agarrada a Wazu-san. Yuyuna e Ruruna estavam falando bastante com ele. Eles parecem estar se divertindo…

A mãe de Siena veio correndo para nós de dentro da vila e elas estão se abraçando. É bom ver que tudo terminou bem…

Aparentemente, Wazu-san ficará na casa de Yuyuna e Ruruna por um tempo. Foram os irmãos que me disseram isso. Sério, isso parece divertido…

(Ruruna): “Você não quer passar a noite aqui?”

Eu recusei quando Ruruna me perguntou. Alguém como eu só vai estragar o clima…

Eu nunca perdi nenhum treino desde criança. Sem perceber, as pessoas ao meu redor passaram a me exaltar como um gênio. Eu realmente trabalhei duro para atender a suas expectativas. Finalmente, eu atingi o auge quando me tornei Morito, mas quando olho para trás, eu sempre estive sozinha. Amigo ou namorado, ninguém estava lá por mim. Entretanto, Yuyuna e Ruruna ainda me tratavam como sempre.

Que vida solitária…

Mas Wazu-san era diferente. Ele sempre conversava comigo. Ele até ia para floresta para pegar ervas e plantas comestíveis. Não era nada demais, mas eu estava feliz.

Duas semanas se passaram desde a chegada de Wazu-san na vila… eu acho que alguma coisa dentro de mim mudou. Eu sempre fico feliz quando Wazu-san fala comigo e então meu coração se acalma. Mas, vendo Wazu-san conversando com outra mulher… eu sinto uma dor em meu peito… é realmente desagradável.

Ruruna… você está perto demais de Wazu-san…

E então, em um certo dia havia uma convocação do chefe da vila. Gazuna me desafiou para um duelo. Além disso, havia uma condição para o perdedor deixar a vila. Gazuna é com certeza uma pessoa desagradável, mas ele ainda é um companheiro da vila. Eu não posso subestimar seu poder. Contudo, eu não me vejo perdendo para ele.

Como ele propôs um duelo, ele deve estar mesmo decidido. Eu me perguntei se deveria ou não aceitar o duelo. Não! Eu devo aceitar. Eu tenho certeza disso. Mas ainda assim, eu não posso clarear minha mente. Graças a isso… meus pés me levaram para Wazu-san. Eu só queria ficar perto dele até recuperar minha determinação.

No dia seguinte, eu enfrentei Gazuna.

Eu estava impressionada pelo poder de sua túnica. Porém, isso não seria o bastante para me derrotar. Mas, subitamente, uma horda de monstro invadiu a vila. Honestamente, eu não sabia o que fazer. Mesmo eles vindo do sopé da montanha, ainda eram no mínimo de rank B com alguns monstros de rank A no meio. São monstros que eu não poderia derrotar sozinha. Meu coração se encheu de frustração.

Eu tentei conjurar uma magia, mas as palavras não saíam. Eu não hesitaria ao usa-la contra bandidos ou monstros, mas Gazuna ainda é um companheiro da vila. Eu detesto ele, mas mesmo assim eu não posso usar minha magia nele…

E então, Wazu-san apareceu na minha frente.

Huh? Wazu-san? Como você pode estar aqui? Quando eu dei uma olhada no que estava atrás de Wazu-san, um grande número de monstros mortos podia ser visto.

(Wazu): “… estou torcendo por você! Boa sorte!”

Huh? O que você acabou de dizer? Você vai acabar com os monstros? É uma brincadeira, certo? Mas, por algum motivo, os monstros estão fugindo da vila…

Ah. Que bom que Wazu-san não está ferido.

A magia de Gazuna parece a ponto de acabar, porém, ele ainda não quer desistir e quer prolongar essa luta. Mas eu vou dar um fim a isso imediatamente.

Gazuna engoliu uma bola vermelha e seu corpo se transformou. Sua aparência não é mais a de um Elfo, ele parece uma criatura diferente, algo parecido com o que chamamos de Demônio que aparecem nas histórias.

Eu foquei meus olhos nele, mas devido a fadiga, meu corpo demorou para reagir. Eu o perfurei com minha faca no último segundo, mas seu ataque não foi impedido. Meu corpo foi lançado contra a ‖Barreira‖. De alguma forma eu ainda mantive minha consciência, mas meu corpo não podia mais se mover. Diante de meus olhos, Gazuna esmagava minha faca favorita com sua mão.

Maldição…

Quando eu vi Wazu-san do outro lado da ‖Barreira‖, eu o pedi para fugir junto com os outros. No entanto, tal preocupação era desnecessária…

] pariiiiiiin!! [

A ‖Barreira‖ se foi. Não. Ela foi destruída. Wazu-san… o que diabos é você?

Wazu-san está cercando o Gazuna transformado. No meio tempo, eu lentamente me levantei e chequei a condição de meu corpo. E então, tais palavras entraram em meus ouvidos.

(Wazu): “…EU GOSTO DA SARONA-SAN!!!”

eeeeeeeeeeeh?

Agora mesmo… o que Wazu-san disse? Gosta? Ele gosta de mim??

Meu rosto… não. Todo o meu corpo de repente ficou quente. Meu coração está batendo tão forte que machuca.

Por que você não olha para mim? Wazu-san…

Finalmente. Wazu-san está se virando e nossos olhos se encontraram. Mas subitamente eu abaixei meu rosto…

O q-que eu devo fazer…

(Sarona): “… bom… é que… sobre as palavras de Wazu-san de antes…”

Meu rosto todo está quente…

(Sarona): “Eu aprecio… seus sentimentos…”

Eu não posso ver o rosto de Wazu-san porque estou olhando para baixo para evitar os olhos dele.

(Sarona): “Eu sinto muito!!!”

Não é isso! Não é isso o que eu quero dizer! Honestamente… o que estou fazendo!

(Sarona): “Mas…”

Eu ergui meu rosto só para ver a figura de Wazu-san correndo em uma velocidade incrível…

Eheeeeeeeeeeh?

Wazu-san. Você é rápido demais… espere por mim… minha confissão… ainda não acabou…

… uma confissão?

Ah. Entendi… eu entendi isso agora…

Eu também gosto de você Wazu-san…

Finalmente, eu percebi meus sentimentos. Estranhamente, meu coração ficou tão leve que eu sorri sem perceber.

(Yuyuna e Ruruna): “… Sarona!”

De repente eu escutei várias vozes. Yuyuna e Ruruna estavam lá me olhando.

(Yuyuna): “Ele se foi… aquele cara!”

(Ruruna): “O herói que salvou a vila e Sarona… eh? Sarona? Não me diga que você…”

Ruruna olhou para minha expressão. Parece que ela percebeu meus sentimentos. Meu rosto é tão fácil de ler? Ughhh… eu cobri minha face depressa. Eu não consigo me entender!

(Ruruna): “Sério? Você… com ele…”

(Sarona): “Não é nada disso”

Eu neguei as palavras de Ruruna, mas em meu coração eu já havia decidido…

Eu vou atrás de Wazu-san e então vou confessar meus sentimentos. Mesmo se até lá já exista alguém com ele, eu não vou perder!!

Primeiramente eu vou abrir mão de ser o Morito… e assim… parece que vai levar algum tempo. Mas eu irei te encontrar com certeza!! Esteja preparado Wazu-san!!

(Yuyuna): “Por enquanto, temos um trabalho para fazer, não é?”

Minha cabeça estava cheia com Wazu-san. Eu olhei para a direção que Yuyuna estava apontando. Gazuna estava naquele lugar.

(Sarona): “Eh? Apenas deixem ele ali! Eu tenho meu futuro para considerar, ou melhor, vamos deixar o chefe da vila cuidar dele. Sinceramente, nesse momento eu não me importo se ele está vivo ou morto… até logo!!”

Eu me virei para partir com um ] pokka [! Yuyuna e Ruruna ficaram com cara de espanto.