Como eu sou um aventureiro, vamos pegar o primeiro pedido

(Regan): “Você é um rank F que começou ontem!!!!!”

Vozes irritadas ecoaram dentro da sala do mestre da guilda no terceiro andar do prédio da guilda. Graças ao que aconteceu ontem, eu fui chamado pelo careca… quero dizer, pelo mestre da guilda para cá. Neste momento, estou sentado cara a cara em uma mesa com ele.

Como ele queria saber mais sobre mim, eu o falei que eu virei um aventureiro no dia anterior. Esse foi o motivo para a voz irritada de antes. Muito alto. Sua garganta está bem?

(Regan): “Meu Deus do céu! Eu escutei sobre a situação de ontem por Lula e entendi que esses caras estavam errados. Mas um duelo entre rank F e rank A é um pouco… vamos cancelar isto!”

(Wazu): “Eh? Não! Deixe-me fazer isso! Car… mestre da guilda!! Aqueles caras estavam zombando da sua culinária!! Aos berros!! É razão suficiente para mim!! Não se preocupe porque eu não vou perder!!”

Vai ser ruim para mim se você cancelar o duelo agora.

(Regan): “Estou feliz de você elogiar minha culinária… phew… bom, eu não acho que rank significa competência… a propósito, você é diferente do que eu escutei de Lula e Emma. Tão beligerante[1]…”

(Wazu): “Beligerante? Não é isso. Desta vez eu só tenho um pequeno objetivo na minha mente… bem, faz parte das minhas circunstâncias pessoais. Aliás, quem é Emma?”

(Regan): “O quê? Ela não se apresentou? Ela é a recepcionista que fez seu registro na guilda”

(Wazu): “Ah. Aquela mulher com cabelo rosa”

(Regan): “Por falar nisso, ela acabou de se casar, então nada de corteja-la”

(Wazu): “Eu não tenho essa intenção!”

O que é que você pensa de mim?

Eu suspirei e estava a ponto de reclamar, mas, olhando para a expressão séria do care… digo, mestre da guilda…

(Regan): “Você vai mesmo fazer isso?”

(Wazu): “Sim”

(Regan): “… tudo bem. Bom, não faz parte das obrigações da guilda impedir brigas entre os aventureiros. Há algumas coisas sobre comportamento abusivo, mas isso ficou no limite desta vez, então eu vou ignorar o que aconteceu. Porém não vai ter uma segunda vez”

(Wazu): “Eu entendo”

Eu achei que a conversa tinha acabado com isso. Eu me levantei do sofá e estava a ponto de me retirar da sala quando o care… quero dizer, o mestre da guilda falou para mim.

(Regan): “Então boa sorte”

(Wazu): “Eu não preciso que você me diga isso. Bem, com licença mestr… careca”

] bang!! [

(Regan): “Desgraçado!! Você finalmente disse!! Deixe-me dizer uma coisa, eu só costumo raspar minha cabeça!!!”

Eu realmente não me importo.

Eu desci para o primeiro andar com um pouco de pressa.

(Wazu): “Com licença. Eu gostaria de pegar estes pedidos por favor”

(Emma): “Me desculpe, mas não entregue esses documentos para mim”

Eu desci para o primeiro andar e peguei dois documentos de pedidos do quadro de avisos e os levei para Emma-san, a recepcionista… e então tal resposta foi me dada com um sorriso e algumas veias saltando em sua testa. Isso é assustador, Emma-san…

(Emma): “Você me disse que seria cuidadoso… e mesmo assim, isso aconteceu!? Você se lembra do que eu te disse ontem?”

(Wazu): “Eu me lembro. Entretanto, desta vez… bom… muita coisa aconteceu”

(Emma): “Haa… tanto faz. Parece que você já recebeu um sermão do mestre da guilda, então não direi nada desta vez… você quer pegar esses dois pedidos?”

Emma-san confirmou o conteúdo dos pedidos que eu entreguei. Imediatamente eu soltei um longo suspiro.

(Emma): “Você tem um duelo amanhã, então por que quer esses pedidos de caçar Goblins e coletar [Ervas]?”

(Wazu): “Para ser honesto, eu estou sem dinheiro. E como todos os pedidos de rank F precisam de um dia de viagem, só os pedidos de rank E estão disponíveis”

Bem, também havia outro motivo… Emma-san também soltou um longo suspiro.

(Emma): “… entendo. Está confirmado. Por favor, me dê seu [Cartão da Guilda]

Eu entreguei o [Cartão da Guilda]. O pedido que eu recebi será confirmado e registrado no [Cartão da Guilda]. Enquanto isso, Emma-san me falou dos detalhes dos pedidos.

(Emma): “Saindo daqui você deve seguir um pouco na direção Leste. Normalmente você consegue encontrar um Goblin na floresta perto daqui. Como há um ninho de Goblins no interior da floresta, tome cuidado. Como a prova para subjugações de Goblins é a orelha direita, lembre-se de traze-las para mim. Sobre a comissão das [Ervas], nós compramos todas que você nos trouxer. Você tem alguma pergunta?”

(Wazu): “Eu não tenho uma bolsa para colocar as [Ervas] e as orelhas dos Goblins. Posso pegar uma emprestada?”

(Emma): “Sem problemas… muito bem então, seu [Cartão da Guilda] e a bolsa podem ser presos em seu cinto. Por favor, traga a bolsa mais tarde. Se estiver rasgada ou danificada você terá que pagar, então tome cuidado”

(Wazu): “Muito obrigado”

(Emma): “Sim. Se cuide!!”

Eu deixei a guilda e segui para o Vento do Pavilhão da Luz para pagar minhas despesas de hoje, depois disso eu saí da cidade. Em meu caminho, encontrei Orlando e devolvi meu cartão de identidade temporário depois de conversarmos um pouco. Ele já sabia sobre o duelo entre mim e os aventureiros rank A… as informações se espalham rápido huh… parece que ele vai ter um dia de folga amanhã então ele vai ir assistir… você com certeza pode aparecer por lá.

Eu andei um pouco até chegar na floresta do Leste. Não é tão longe assim. Eu andei despreocupado enquanto coletava [Ervas] e, finalmente, três monstros verdes apareceram na minha frente.

Orelhas e nariz pontudo com um corpo robusto e verde. Um monstro chamado Goblin se aproximou de mim enquanto ria com um som de ] geya-geya [. Como armas, eles seguravam uma faca enferrujada, bastão de madeira e as próprias mãos, respectivamente. Cooperação ou não, eles lentamente me cercaram. Fumu. Finalmente eu posso testar uma coisa.

Eu vou testar meu poder com um Goblin. Isso é para aprender a como me segurar. Nesse estado, eu acho que qualquer oponente que eu enfrentar irá morrer. Será melhor se eu conseguir me segurar até certo ponto.

Ou foi isso o que eu pensei, porém…

Diante de meus olhos estavam os corpos de três Goblins sem suas cabeças… em apenas um instante… haaa… como eu pensei.

Talvez seja por causa do rank dos monstros, mas o maior problema, como esperado, é a minha força. Eu achei que desta vez seria capaz de controlar meu poder corretamente porque estava consciente dele, mas mesmo assim não funcionou. Se as coisas continuarem assim, amanhã aqueles caras vão ser mortos. Na verdade, isso não me incomodaria, mas pensando no futuro, eu não posso continuar assim. Primeiro passo, eu preciso me lembrar de pegar leve com os Goblins.

Pensando nisso, eu segui para o ninho dos Goblins.


[1] Aquele que faz guerra ou está em guerra; pessoa que resolve as situações com violência.