⟦Rei Dragão⟧, vamos nos desculpar

Eu deixei a caverna e segui para a morada do Rei Dragão que ficava na |Montanha Central|. Eu estava correndo um pouco da caverna, depois de alguma distância, eu comecei a correr com um pouco mais de vontade. O cenário mudou rapidamente. Descendo a montanha; atravessando a estrada; dentro da floresta; subindo a |Montanha|. A mudança climática da |Montanha| já começou. De gélido para escaldante, mas eu estava com pressa e nem percebi isso. Bem, isso é insignificante para mim que já se acostumou com isso. Eu pulei pelo caminho para não perder minha velocidade. Depois de passar pela nuvem que decorava o cume da |Montanha|, o clima se estabilizou e já era hora do Sol se pôr.

Levou algumas horas para chegar até aqui… talvez eu deva passar a noite na casa do Ragnil. Se eu me lembro bem, a casa dele é por esse caminho…

Na frente dos meus olhos estava uma construção gigante. Um castelo branco magnífico com um portão enorme; este lugar é a morada do Rei Dragão. Eu entrei no castelo casualmente. Faz muito tempo desde minha última visita aqui. Daquela vez, eu fui trazido contra minha vontade. Eu segui em frente, pouco depois, eu cheguei na sala do trono do castelo branco onde Ragnil estava.

(Wazu): “Yo!! Há quanto tempo…”

(Ragnil): “… hmm? O que você… oh! É você!! Então você pode falar!!”

Marido e esposa tiveram a mesma reação…

Ragnil é um 〈Dragão Negro com 12 metros de comprimento e corpo musculoso. Olhos e escamas negras brilhantes que cobriam seu corpo como se roubassem a luz. Em sua cabeça, dois chifres enormes e afiados. Mas no momento ele parece meio abatido.

(Wazu): “Wazu é o meu nome. Como me daria muito trabalho vou direto ao ponto, você está traindo sua esposa?”

(Ragnil): “Ugh!! Como você pode? Você lê mentes? Quero dizer… você escutou isso de Meral!? Onde ela está agora??”

Ragnil está em cima de mim. Perto demais… ele está perto demais… se afaste um pouco!!

(Wazu): “O que você pretende fazer quando ver ela?”

(Ragnil): “É claro que irei traze-la de volta!!”

(Wazu): “Como?”

(Ragnil): “Eu sou o Rei Dragão, ela irá escutar minhas palavras e vai voltar”

Haaa.. este cara é um idiota… ele não entendeu a situação… não é sobre o seus status. É um assunto sobre mulheres onde a lógica não funciona. Eu não tenho um amor, eu fui rejeitado por Aria e Sarona, pode ser irracional para o meu eu atual, mas eu não posso falar sobre isso. Além disso, o Rei Dragão é meu amigo. Primeiramente, vamos escutar o lado dele da história.

Aparentemente, as coisas não são como parecem. Como um jovem 〈Dragão Vermelho fêmea persistentemente continuou convidando ele para uma refeição, ele relutantemente aceitou sair com o outro 〈Dragão. Mas quando ele percebeu, eram apenas os dois e, ao mesmo tempo, Meral viu isso.

Você caiu na armadilha. Talvez os outros 〈Dragões ajudaram por trás da cortina. Esse é um sistema bem carnívoro para 〈Dragões. Não, eles já são carnívoros para começo de conversa. O problema real é o 〈Dragão Vermelho Karel. Ela era uma beldade com um belo corpo (na perspectiva de um 〈Dragão), assim Ragnil ficou tentado a olha-la.

(Wazu): “Como homem, eu posso entender seus sentimentos, mas a situação está piorando. De qualquer forma… vamos nos desculpar com Meral”

(Ragnil): “Por que o Rei Dragão deveria se desculpar? Eu não fiz nada de errado!!”

(Wazu): “…”

Esse cara é um inútil.

(Wazu): “Haaa… primeiro, o fato de você ser o Rei Dragão não está relacionado com o problema”

(Ragnil): “???”

Este cara… está na cara dele que ele não entendeu nada. Eu deveria dar umas porradas nele… ah. É isso!

(Wazu): “Que tal nós olharmos a cena de outro ponto de vista? Por exemplo, Meral está almoçando com um jovem 〈Dragão macho, só os dois”

(Ragnil): “O que você disse!!!! Eu vou matar ele!!!!! Diga-me onde ele está!!!!!”

(Wazu): “Calma aí, é só um exemplo… e então você vê essa cena e decide fugir para casa”

(Ragnil): “… eu entendo”

(Wazu): “Então Meral aparece e diz ‘vamos para casa’ sem se desculpar antes. Você iria perdoa-la e voltaria para casa?”

(Ragnil): “… ughh….”

Ragnil estava imaginando isso enquanto colocava suas patas no rosto.

(Ragnil): “Eu nunca iria perdoa-la… ou melhor, eu ficaria furioso”

(Wazu): “Não é? Resumindo, o que você pretende fazer só vai piorar a situação”

(Ragnil): “… você tem razão”

Parece que ele conseguiu entender a situação. Graças a Deus! De alguma maneira, eu consegui explicar a situação.

(Wazu): “E este é o motivo de eu ter vindo até aqui. Amanhã eu vou te levar para falar com Meral. Você vai se desculpar apropriadamente? Quero dizer, você vai se desculpar!!”

(Ragnil): “… eu entendi. Eu não posso suportar nem imaginar isso. Meral deve estar machucada. Eu irei me desculpar. Se ela vai me perdoar…”

Está tudo bem. Ela estava ocupada se preocupando com sua aparência quando eu disse que iria te levar até ela.

(Wazu): “Está tudo bem. Então, o que você vai fazer sobre aquele 〈Dragão Vermelho? Vai ser um problema se o mesmo acontecer de novo algum dia… por exemplo, você poderia apresenta-la para alguém?”

(Ragnil): “Boa ideia… vamos apresenta-la para alguém jovem e promissor que combine com ela”

(Wazu): “Bem, vou deixar esse assunto com você… mais importante, não se esqueça de se desculpar com Meral primeiro, certo?”

(Ragnil): “Eu já sei”

Depois disso nós batemos um papo sobre nossas condições atuais e dormimos.


O 〈Dragão que Ragnil apresentou iria se tornar o novo Rei Dragão e o belo 〈Dragão Vermelho iria estar a seu lado. Sabendo que eles só puderam se conhecer por causa da promessa de um humano, o novo Rei Dragão defenderia um futuro com uma boa relação com a raça humana. Este foi o primeiro passo para a coexistência entre humanos e 〈Dragões. Mas para Wazu e Ragnil, era apenas uma forma de se livrarem do problema chamado 〈Dragão Vermelho.


No dia seguinte, Ragnil estava em cima da minha mão. Eu o levantei e segurei firme.

(Ragnil): “Que tipo de situação é essa… tenho um péssimo pressentimento sobre isso”

(Wazu): “Não se preocupe. Como eu me envolvi no seu problema matrimonial, deixe-me fazer ao menos isso… okay. Aqui vamos nós!!”

Eu disse isso e comecei a correr.

(Ragnil): “Espere! Isso é impossível…”

(Wazu): “Voe alto Ragnil!!”

Eu estava jogando Ragnil contra a montanha em que Meral estava.