O fim da Chama Negra⟧

Com as palavras de Regan, eu me lembrei dos três caras da Chama Negra… como eram seus rostos mesmo? Eu só prestei atenção a cor do cabelo deles, então não consigo me lembrar. Bom, se Regan disse que são eles, então é verdade.

(Regan): “A origem deles é a de aventureiros rank A. Para piorar, atualmente não há ninguém capaz de lidar com o poder aumentado deles nesta cidade. Nossas mãos estão atadas apenas por tentar segurar eles aqui, mas…”

Regan estava olhando para a minha cara.

(Regan): “Para ser franco, eu não achei que você fosse voltar tão cedo. Você ouviu as notícias e decidiu abandonar seu pedido de investigação na montanha?”

(Wazu): “Não seja tolo, eu já terminei ela. Mas quando voltei, a cidade já estava neste estado”

(Regan): “Haa? Leva alguns dias para viajar da cidade para a montanha… você está falando sério?”

(Wazu): “Você me ouviu. A evidência é o 〈Dragão em cima de minha cabeça. A propósito, não haverá nenhum perigo na montanha”

(Regan): “… absurdo… eu preciso parar de usar o senso comum com você… seu poder é…”

Oii. Isso faz parecer que eu não tenho senso comum. Que rude!

(Regan): “Conte-me os detalhes mais tarde… você escutou?”

(Wazu): “Sem problemas. Eu me pergunto se Kayla-san e Lula ainda estão na cidade porque eu estarei aos cuidados delas de novo. Eu quero descansar logo”

Regan acenou uma vez para o meu sorriso intrépido. Ele me julgou como um aventureiro forte.

(Regan): “Vocês aí!! Abram caminho!! Nós vamos acabar com isso rápido!!”

Os aventureiros olharam para trás ao ouvir a voz irritada de Regan. Depois de confirmar minha aparência, eles abriram caminho. Esta deveria ser a primeira vez que eu vejo um Majin, mas…

Senti um déjà vu[1] ao ver a figura deles. Eu acho que já vi isso em algum lugar antes. Eles já não são nada parecidos com humanos. Os olhos vermelhos, o rosto rachado como se estivesse quebrado, membros compridos com garras afiadas e estendidas.

… é isso. Eles parecem com o cara que eu enfrentei na |Vila Élfica|… na verdade, ele tinha uma aparência melhor do que esses três.

(Wazu): “Apenas para ter certeza. Não há mesmo nenhuma forma de faze-los voltar ao normal?”

(Regan): “Bem… pelo menos não faça eles sofrerem…”

Eu não consegui dar nenhuma reposta ao rosto severo de Regan.

(Chama Negra): “… aaa… gaa…”

Eles parecem não ter mais seu ego[2]. Quando os seis olhos vermelhos me notaram bloqueando seu caminho, eles lançaram suas grandes garras contra mim juntos.

(Chama Negra): “Gaaaaaaaa!!!!!!!!!!!”

Como Regan me pediu. No fim, eu vou acabar com o sofrimento deles com meu poder. Eu acabei com os três com um único golpe…

(Wazu): “Adeus Chama Negra!”

Eu disse em voz baixa…


Alguns dias se passaram desde a confusão dos Majins e a cidade já está recuperando seu vigor. Porém, eu só queria descansar na estalagem. Todos os dias, os aventureiros que estavam neste lugar sempre falavam sobre a minha luta contra os Majins de manhã até a noite. Sobre a forma como eu os derrotei com um único golpe etc. Honestamente, isso é vergonhoso, eu não posso comer tranquilamente.

Meru foi reconhecida como meu ‖Familiar‖. Eles estavam surpresos no começo, mas logo Meru foi aceita pelo povo. Aventureiros estavam espalhando rumores sobre como eu derrotei os Majins e salvei a cidade. Graças a isso, as pessoas estavam se referindo a mim como um Herói. Eu acho que esse fato foi bem importante para as pessoas aceitarem mais facilmente Meru.

Quando eu estava caminhando pela estrada, as crianças paravam e tentavam dar doces para Meru. Mesmo os adultos que cuidavam de suas bancas me davam presentes. Eu pedi para Kayla-san preparar uma refeição para Meru na estalagem. Mesmo Lula tentando alimentar Meru, toda vez ela se recusava e só queria comer da minha mão. Por favor, desista porque eu acho que é impossível.

Eu falei para Regan que eu me livrei do 〈Dragão na montanha. Eu disse isso porque eles provavelmente não estão mais lá. Como havia um 〈Orthos também, eu avisei ele sobre isso. E assim, o relatório da investigação foi finalizado e eu recebi 30 moedas de ouro. Uhahaha. Eu guardei algumas moedas de ouro comigo e guardei o resto dentro da magia espacial de Meru.

Eu não tenho nada especial para fazer, então passei meu tempo livre falando com Orlando ou ouvindo, relutantemente, a professora Lula falando sore o caminho da estalagem, ou brincando com Meru etc. Ah. Fui chamado por Regan de novo? O que será desta vez?

Como sempre, Emma-san me levou até a sala do mestre da guilda. Ao entrar na sala, Regan já estava esperando com um sorriso no rosto. Eu não fiquei feliz em ver um careca de meia-idade sorrindo para mim. Aliás, Meru estava dormindo na minha cabeça.

(Regan): “Ou. Você veio! Por favor sente-se’

(Wazu): “… obrigado”

Nos sentamos frente a frente como de praxe e então, Regan colocou uma bolsa que fez um barulho de ] thud [ devido a seu peso.

(Wazu): “O que é isso? Este é o motivo de ter me chamado?”

(Regan): “Yeah! Bem, há outra coisa também. Apenas tente abrir a bolsa primeiro”

Quando eu abri a bolsa para olhar seu conteúdo, uma enorme quantidade de ouro entrou no meu campo de visão. Uwaaa

(Regan): “São 300 moedas de ouro no total. É tudo seu”

(Wazu): “… huh?”

(Regan): “É a recompensa pela subjugação dos Majins. 100 moedas de ouro para cada corpo. A compensação é alta porque eles eram aventureiros rank A

(Wazu): “Entendo”

Regan é o único além de mim que sabe sobre a identidade daqueles caras. Há muitos sentimentos diferentes em meu coração agora… eu não posso simplesmente aceitar isso com alegria. Mas Regan me entregou as moedas de ouro enquanto dizia para não me preocupar demais. Eu recebi isso e coloquei a bolsa perto de mim.

(Regan): “Mesmo assim é realmente estranho… não deveria haver nenhum Reservatório Mágico por aqui… será que isso apareceu recentemente?”

(Wazu): “Mesmo que você me pergunte… eu nunca vi essa coisa antes”

(Regan): “Eu imaginei… bom, eu vou colocar um pedido de investigação mais tarde sobre isso. E então…”

Regan chegou mais perto de mim com um sorriso animado que eu nunca vi antes.

Pare com isso, você está me assustando demais. Eu senti vontade de acerta-lo inconscientemente.

(Regan): “Você está livre agora?”

(Wazu): “… eu não tenho nenhum plano em particular”

(Regan): “Isso é ótimo. Eu vou leva-lo a um excelente lugar agora”


[1] Forma de ilusão da memória que leva o indivíduo a crer já ter visto alguma coisa ou situação de fato desconhecida ou nova para si.

[2] Ego é o núcleo da personalidade de uma pessoa; sua consciência.