Veneno é delicioso

Eu disse a Regan e aos outros que eu talvez pudesse lidar com isso de alguma maneira e voltei para o pântano veneno. Mesmo que ele me perguntasse como, eu dei uma desculpa qualquer já que não poso dizer o método que vou usar. Ele não pensou muito nisso já que se der certo, eles não vão precisar queimar a floresta.

Eu o disse para colocar a ‖Barreira‖ só para o caso de eu falhar. Talvez, mas vamos torcer para dar tudo certo. Eu posso ver a ‖Barreira‖ se espalhando enquanto me aproximo do pântano venenoso. Uma enorme ‖Barreira‖ em forma de domo cobriu a floresta. Eu foquei minha atenção no pântano venenoso.

Eu não gosto disto!

Pensando bem, eu acho que deveria parar aqui.

Mas assim, a floresta irá… yosh. Eu já me decidi.

Eu enfiei minha cara no pântano venenoso.

] gulp-gulp [puhaa!!

Delicioso!! Que diabos é isso!?!?

Este rico sabor… é um sabor de suco cítrico. Não há aquele gostinho amargo. Ele desceu suavemente por minha garganta. Yeah. Eu posso fazer isto. Não há nada errado com meu corpo… eu imagino se posso beber tudo isso… eu vou dar o meu melhor…

 

O protagonista Wazu bebendo o pântano de veneno

Este foi o método que eu pensei. Eu sou o único capaz de fazer isso. Utilizando a habilidade ‖Canibalismo Extremo para beber todo o pântano venenoso. Mesmo que tenha sido cedo, eu só queria testar essa habilidade, mas o pântano venenoso tem um gosto delicioso. Eu sinto que posso beber tudo, não importa o quanto tenha aqui.

Gulp… estou quase chegando ao meu limite… mas eu posso continuar… no entanto, não importa o quão delicioso seja, veneno é veneno. Porém, isso não vai me afetar por causa do ‖Condições Anormais Inválidas, então eu escolhi este método. Não haverá perigo para a natureza deste jeito.

Gulpgulpgulpgulp

Gulp… eu ainda posso continuar!! Gulp

Gulphoohoo… é meio… gulp

Gulpha ha ha ha… eu ainda não terminei…

Gulp… estou enjoando deste sabor… gulp

Gulp!!

Ha ha ha. Eu consegui… eu finalmente bebi até a última gota. O pântano não pode mais ser visto e o miasma está desaparecendo. Enquanto esfregava minha barriga inchada, eu pude sentir uma sensação de conquista e satisfação. Eu só preciso falar para Regan e os outros… ] ugh [ … que deve estar tudo bem agora. Não é preciso queimar a floresta.

Enquanto eu estava me sentindo aliviado, repentinamente, uma luz surgiu do chão. Ela me envolveu antes de desaparecer. Mesmo assim eu tomei uma postura defensiva por reflexo, mas não havia nenhuma intenção maligna nela. A luz quente desapareceu como se se fundisse em meu corpo.

Eu fiquei nessa posição por um tempo. Meu estômago, que estava inchado depois de beber o pântano venenoso, estranhamente voltou a seu tamanho normal.

(Wazu): “Oh! Me sinto renovado”

As partículas de luz que se moviam rapidamente enquanto desapareciam no ar e em mim… o que será que era isso?

Depois disso, eu voltei para o lugar onde Regan estava sem problemas. Como o veneno estava fraco, ele estava indo checar o lugar junto com alguns aventureiros. Eu confiei neles para continuar com a investigação. Eu estava feliz que isso acabou sem a necessidade de queimar a floresta.

Incluindo Regan, todos me perguntaram o que eu fiz em uma atmosfera animada. Eu disse a eles que isso era insignificante e eles não entenderiam mesmo se eu explicasse porque eu sou o único que poderia fazer isso. Quero dizer, eu bebi o pântano venenoso.

Pro inferno que eu diria isso!!


Alguns meses depois, um aventureiro novato foi para a floresta para coletar [Ervas] e descobriu que uma fonte termal apareceu no lugar onde o pântano venenoso estava. No início, ninguém se atreveu a se aproximar do local até que o corajoso careca se aventurou nele. Desde então, este lugar foi frequentemente usado pelos cidadãos de |Linnic|. Usando o nome da pessoa que salvou este lugar, ele foi chamado de “Fonte Termal do Wazu”. Quando Wazu visitou a cidade de novo, ele pediu para trocarem esse nome porque era muito constrangedor, mas os cidadãos nunca nem tentaram mudar o nome.


Deixando o processo de limpeza para os aventureiros, eu, Regan e Emma-san voltamos para a guilda. Emma-san voltou para a mesa da recepção enquanto eu e Regan relaxamos nossos corpos na sala do mestre da guilda.

(Regan): “Contudo, isto é… recente. Um incidente atrás do outro. Dragão na montanha, Majins vindo para a cidade e por último, um pântano venenoso aparecendo na floresta… o que em nome de Deus é isto?”

O incidente com o Dragão foi só uma briga de casal, mas achei melhor não dizer isso. Eu me lembrei da [Bola Vermelha] de antes. Pensando sobre isso, aquela bola parecia exatamente a mesma que eu vi na |Vila Élfica|… um cara que a engoliu virou um monstro… isso me lembra… eu acho que esse monstro e os Majins eram parecidos…

… hmm? Espere um segundo. Será que os caras da Chama Negra viraram Majins por causa disso… Regan disse antes que não havia um Reservatório Mágico ao redor da cidade.

Além disso, a coisa parecida com uma fera que eu encontrei no pântano… algo parecido com uma bola vermelha saiu dela assim que a derrotei… a [Bola Vermelha] causou tudo isso? Se for verdade, o que diabos é isso? Está ficando cada vez mais complicado pensar nisso.  Será que eu devo falar para Regan sobre minhas suspeitas… vai ser constrangedor se os fatos forem diferentes da minha suposição. Se a [Bola Vermelha] não tivesse desaparecido antes de eu poder dar uma olhada nela… ] suspiro [

Eu me levantei do sofá depois de descansar o bastante. Foi um descanso bom e confortável.

(Wazu): “Então eu vou voltar para a estalagem agora”

(Regan): “Ou! Mais uma vez, obrigado pelo bom trabalho!! Eu ainda não preparei uma recompensa porque foi um pedido emergencial, então venha aqui mais tarde”

(Wazu): “Entendido. Bom, eu vou indo”

Eu voltei para a estalagem, mas, junto de Meru, eu tive que participar de uma palestra complementar sobre o Caminho da Estalagem de Lula. Por favor, me dê um tempo. Estou cansado, por favor, me deixe descansar.