Subitamente eu entendi isso

Eu desci até a sala de jantar no primeiro andar com Meru em cima de minha cabeça depois de trocar de roupa e guardar meu [Cartão da Guilda]. Eu acabei encontrando Kayla-san no meio da limpeza de uma mesa, então eu perguntei sobre a forma como eu voltei ontem.

Ela me contou que Regan me trouxe em uma carruagem que ele normalmente aluga. De acordo com a história de Regan, eu continuei dormindo todo o caminho e não acordei não importava o que fizessem comigo.

Regan me deixou uma mensagem para ir até a mansão de Garret-san e avisar que eu acordei, assim ela me perguntou o que eu iria fazer depois disso.

Eu terminei de almoçar com Meru na estalagem e avisei Kayla-san que iria até a mansão de Garret-san.

(Lula): “Por Deus! É por isso que os homens são…”

Lula estava me olhando com reprovação enquanto dizia isso. Não é o que você está pensando, ou melhor, onde você aprendeu essas coisas? Eu quero reclamar com a pessoa que te ensinou isso.

Eu escapei de Lula e segui para a mansão de Garret-san.

Eu cheguei na mansão, mas parece que Garret-san não está. Como sempre, como se a história já tivesse sido explicada, eu fui guiado para o mesmo quarto de antes e esperei por Tata-san. Ela parecia estar ocupada, então eu tive que esperar um pouco como ontem.

Diferente de ontem, eu estou em perfeito estado e não irei desmaiar de repente. Eu esperei enquanto bebia uma xícara de chá que estava na sala. Eu posso ouvir o som de alguém correndo no corredor. Ele parou em frente a essa sala. E então a porta foi aberta com força.

(Tata): “Wazu-san!! Você está aí!?”

(Wazu): “…”

Eu fiquei sem palavras com a aparência de Tata-san. Quer dizer… ela só está usando uma toalha de banho…

Eeeh? Espere um pouco!!! Eeeh? O que está acontecendo!?

O estímulo é forte demais e está fazendo meu corpo tremer. O chá está escorrendo pela minha mão, mas de alguma forma eu consegui manter um pouco da minha sanidade e não derrubei a xícara. Eu cobri meus olhos com a mão livre e gritei.

(Wazu): “Espere!! Tata-san!! Roupas!! Por favor, coloque suas roupas primeiro!!”

(Tata): “Eh? Po-por favor, me dê licença!!”

Depois disso a porta foi fechada depressa com um ] batan [. Eu lentamente abri meus olhos e olhei ao redor. Depois de confirmar que Tata-san não estava aqui, eu coloquei a xícara na mesa e respirei aliviado.

Isso foi perigoso… meu coração ainda está acelerado. O que você espera ao ver a mulher que você ama desse jeito… huh? A mulher que você ama?

Entendo… eu amo Tata-san huh. Eu não sei quando isso aconteceu, mas não é nenhuma surpresa já que ela é uma pessoa tão atraente. No entanto, estranhamente meu coração ficou mais leve quando eu fiquei consciente deste sentimento.

Aaa… eu amo ela. Só de pensar nisso meu coração fica cheio de alegria. Eu espero que Tata-san também me ame…

Eu decidi ser honesto com meus sentimentos. Meu coração estava descontrolado quando eu vi Tata-san espreitando pela porta e entrando lentamente na sala. Desta vez ela estava vestindo suas roupas, mas meu coração ainda estava batendo forte sempre que eu olhava para ela. Eu lentamente abaixei minha cabeça quando Tata-san se aproximou de mim.

(Tata): “Obrigado por esperar. Aliás, me perdoe por antes”

(Wazu): “Se-sem problemas…”

(Tata): “Você também me salvou daquela vez, então muito obrigado”

(Wazu): “Não. Era só algo natural para se fazer”

Ugh. Meu rosto está quente. Tata-san ergueu seu rosto e sorriu. Droga, isso é muito lindo. Tudo parece diferente de antes, eu me pergunto se é porque eu me dei conta de meus sentimentos. Parece que meu coração está sendo arrancado. Eu espero que meu coração sobreviva a hoje…

(Tata): “Eu fiquei surpresa ontem. Quando você veio, eu pensei que você estava dormindo, mas pelo seu rosto parecia que você estava com dor. Você está bem agora?”

(Wazu): “Estou bem. Eu voltei ao normal”

(Tata): “Entendi… então…”

Oh? O que é isto? De alguma maneira sua aura calorosa mudou…

(Tata): “Sente em Seiza por favor!”


(Wazu): “Huh? Sei-za? O que é Seiza?”

(Tata): “É uma postura onde você se ajoelha e senta em seus pés com a ponta dos dedos apontada para trás”

(Wazu): “Umm… por que eu deveria sentar assim?”

(Tata): “Eu escutei de um cliente que esta posição é uma forma de punição no reino do sul. Eu pensei que nós deveríamos fazer isso”

(Wazu): “Eh… uma punição?”

(Tata): “Esta é sua punição por me deixar tão preocupada até agora”

Eu não posso reclamar se esse é o motivo. É fato que eu deixei ela preocupada todo esse tempo. Eu sentei na posição de Seiza enquanto era repreendido por Tata-san com um sorriso sombrio em seu rosto.


O sermão ainda não acabou e parece que ainda vai durar bastante. Meus pés estão ficando dormentes já faz algum tempo…

Hmm? Um terremoto? Só minha imaginação, eu acho…

Eu posso ouvir um barulho alto de fora da sala de novo. Contudo, Tata-san parece muito concentrada em seu sermão e ainda não percebeu.

(???): “Cuidado!”

(???): “Não deixe ele passar”

… e coisas parecidas podiam ser escutadas. O que será que é isso? E então, eu ouvi alguém se aproximando da sala.

A porta abriu com violência. Envolto em roupas que pareciam caras, um monstro com uma barriga saliente entrou no quarto e mostrou um sorriso horroroso quando viu Tata-san. A coisa que capturou meu interesse foram suas asas que cresciam de suas costas e seus olhos pretos com pupilas vermelhas. Tata-san ficou espantada quando viu seu rosto. Oioi. Não pode ser…

(Monstro): “TE ENCONTREI!! TATAAA!!”

(Tata): “Por quê!? Por que você está aqui!!”

(Monstro): “EU VIM PEGAR VOCÊÊÊ!!!”

Eu me levantei e me coloquei na frente de Tata-san em um instante.

(Monstro): “QUEM DIABOS É VOCÊ? SAIA DO MEU CAMINHO!! {EU COMANDO O VENTO QUE CARREGA A MORTE} ”

Depois que o monstro na minha frente terminou de recitar sua magia, várias lâminas afiadas de vento vieram em minha direção. Eu tentei desviar mas perdi meu equilíbrio por estar com as pernas dormentes. Eu recebi o ataque diretamente e fui lançado para fora por uma janela.

Eu recuperei meu equilíbrio no ar e aterrissei no chão. Um som de algo quebrando foi ouvido da mansão. Quando olhei nessa direção, o homem horrível quebrou o teto e voou para longe com Tata-san.

Eu me apressei para voltar para a mansão. Eu posso ver os vestígios de uma intensa batalha na sala de recepção. Há várias pessoas amarradas no centro da sala.

(Garret): “Wazu!! O que aconteceu com Tata?”

Garret-san armado com uma lança se aproximou de mim. Você voltou?

(Wazu): “Ela foi capturada pelo monstro estranho”

(Garret): “Tch. Aquele lorde desgraçado… ele realmente fez isso!! Em pensar que ele viraria um monstro… para onde eles foram?”

Eu disse a Garret-san a direção que o monstro seguiu. Quando eu perguntei se ele sabia de algo, a resposta veio rápido.

(Garret): “Há uma mansão do maldito lorde nesta direção. Parece que ele está indo para lá”

Depois de ouvir os detalhes da mansão, eu comecei a correr em um instante. Eu posso ouvir a voz de Garret-san atrás de mim.

(Garret): “Nós também estamos indo para lá!! Não podemos subestimar os guardas!! Então não seja imprudente, okay!?”

Muito bem, vamos espancar ele logo e salvar Tata-san.