A partida

Treinar com Orlando… mesmo que eu chame assim, tudo que eu faço é desviar de seus ataques. Se houvesse uma abertura, eu o daria uma tapa leve. Quer dizer, eu não sei nada sobre esgrima… mas há uma coisa que eu entendi depois de repetir essa atividade por tanto tempo. Orlando é um gênio.

Eu não ensinei nada em particular para ele, mas depois de praticar alguns golpes várias vezes, ele dizia de repente…

(Orlando): “Eu entendi!!”

… e definitivamente, algum tempo depois, eu senti que os ataques dele estavam melhorando.

Nós repetimos esta atividade de novo e de novo. Eu acredito que as habilidades dele ultrapassaram a maioria dos aventureiros rank B. Ainda não está no mesmo level do rank A da Chama Negra, mas não é impossível já que a esgrima dele está em um level parecido do deles. Bem, é só a minha impressão.

Orlando está esticado no chão. Como nós passamos uma quantidade considerável de tempo treinando, ele está transpirando bastante e sua respiração está pesada. Por outro lado, eu só estava tran-qui-la-men-te sentado atrás dele.

(Orlando): “Haa… haa… como você consegue… mesmo depois de se mexer… tanto… nem uma única gota de suor…”

(Wazu): “Bom, é porque eu tenho um level de força completamente diferente do seu”

(Orlando): “Haa… para ser honesto… está indo longe demais… haa…”

A maior parte do Sol já estava se pondo. Vamos voltar assim que Orlando recuperar o fôlego. Eu preocupei Meru, Kayla-san e outras pessoas. Eu preciso me desculpar.

(Orlando): “Diga…”

(Wazu): “Hmm?”

(Orlando): “Eu me pergunto se… eu serei forte o bastante para me tornar um Cavaleiro…”

(Wazu): “Por que não iria? Você já está bem forte agora!”

(Orlando): “Entendo…”

Você é forte o suficiente. Ao menos muito melhor do que a maioria dos Cavaleiros por aí.

(Orlando): “… yoshh!! Eu já me decidi!!“

Orlando se levantou e olhou para mim.

(Orlando): “Eu vou para o |Reino Mabondo| para virar um Cavaleiro!!”

(Wazu): “Oh… faça o seu melhor!!”

(Orlando): “É isso mesmo. Se você não se incomodar, você gostaria de ir para o |Reino| comigo?”

|Reino Mabondo|, huh? Certamente, mesmo que eu continue em |Linnic| assim… eu olhei para o céu enquanto pensava sobre isso. Quando olhei para Orlando, ele estava com uma expressão séria. Parece que ele está me pedindo isso com seriedade. Bem, Orlando é um cara legal, ele é um amigo em quem eu posso confiar. “É a nossa despedida então”… eu não poderia simplesmente dizer isso.

Eu encarei Orlando.

(Wazu): “Não é uma má ideia, eu acho. Eu quero ver a imagem de Orlando como um Cavaleiro

(Orlando): “É claro!! Só espere que você irá ver!! Minha figura galante como um Cavaleiro!!”

(Wazu): “Quando você vai partir?”

(Orlando): “Na verdade eu estou pronto para ir a qualquer momento. Só é difícil encontrar a determinação… então eu gostaria de ir o quanto antes possível”

(Wazu): “Está certo. Eu não tenho nada para fazer, exceto me despedir das pessoas que me ajudaram nesta cidade”

(Orlando): “Então, que tal você fazer a sua rodada de despedidas amanhã e nós partimos na manhã depois de amanhã. Que tal isso?”

(Wazu): “Parece bom para mim”

Orlando se levantou…

(Orlando): “Yeah!! Vamos fazer isso!!”

… e gritou.

(Wazu): “Vamos a pé. Nós iremos treinar rigorosamente até chegar ao |Reino|

(Orlando): “O-ouuuu… pode vir…”

Obviamente ele estava inseguro. Mas está tudo bem, pois eu vou te dar uma mão.

Nós voltamos para a cidade para nos prepararmos. Assim que cheguei na estalagem, pra Kayla-san e Lula…

(Wazu): “Está tudo bem agora. Obrigado por sua preocupação”

Eu disse isso enquanto abaixava minha cabeça.

Enquanto batia em meus ombros com ] bashi-bashi [ Kayla-san…

(Kayla): “Eu também passei por muitas coisas quando tinha sua idade”

… disse isso enquanto ria esplendidamente.

Então, quando eu disse a Lula que eu iria deixar a cidade depois de amanhã…

(Lula): “Eu não vou sentir sua falta”

… ela disse enquanto parecia desolada. Elas me disseram que amanhã fariam uma refeição luxuosa para mim.

(Wazu): “Muito obrigado mesmo!”

Eu me curvei e voltei para o meu quarto onde Meru já estava. Eu abaixei minha cabeça e a agradeci da mesma forma, mas por algum motivo isso pareceu engraçado. Espere, você não fez nada… oh… bem…

Depois disso eu disse para ela que iríamos deixar a cidade. Amanhã eu irei me despedir de algumas pessoas e vou fazer as preparações necessárias para a jornada. Por esse motivo, eu pedi a Meru que viesse junto para eu colocar tudo em sua ‖Magia Espaço-Temporal‖ mais tarde.

No dia seguinte, eu cumprimentei todas as pessoas que eu conheci nesta cidade. Nós compramos bastante comida em uma barraca e colocamos tudo na ‖Magia Espaço-Temporal‖. Você pode beliscar a comida, mas por favor, não coma demais… eu vou ter que manter os olhos em Meru.

Assim, eu parei na Guilda de Aventureiros para terminar minhas despedidas. Emma-san e outros funcionários da guilda estavam…

(Funcionário da Guilda): “A valiosa força de combate está…”

… dizendo isso. Huh? É com isso que você estão preocupados? Eu entrei na sala do mestre da guilda para cumprimentar Regan.

(Regan): “Entendo. Você vai embora huh…”

(Wazu): “Yeah. Obrigado por cuidar de mim”

(Regan): “Não ligue para isso. Ao contrário disso, é você quem tem tomado conta de mim, portanto, este é meu presente de despedida”

Regan jogou algo pequeno em mim. Eu o peguei e confirmei que era um pequeno emblema. O vento fluía ao redor de um globo brilhante… o design dava essa sensação.

(Regan): “É um símbolo de todos os membros do meu grupo dos tempos de aventureiro. Mostre isso para o mestre da Sede da Guilda de Aventureiros na capital imperial junto com meu nome e você ganhará algumas vantagens. Provavelmente…”

(Wazu): “Mestre da sede da guilda? É algum conhecido seu?”

(Regan): “É a minha irmã… mas a personalidade dela é a pior”

Regan estava com uma cara irritada quando se lembrou de sua irmã. Então qual o motivo de você tentar me apresentar uma pessoa dessas?

(Regan): “Bem, tenha certeza de visitar esta cidade no futuro”

(Wazu): “Yeah. Mas antes disso… você contou a Orlando sobre minha situação sem permissão. Portanto, deixe-me te bater uma vez”

(Regan): “Guhh…”

Quando ele tentou escapar pela janela, eu o agarrei depressa e acertei um soco leve. Com isso eu posso deixar a cidade sem nenhum assunto pendente. Eu voltei para a estalagem e desfrutei de uma refeição luxuosa como prometido ontem.


No dia seguinte, nos reunimos no portão de manhã cedo. Meru está dormindo na minha cabeça. Neste lugar estão    Regan e Kayla-san, Lula, Emma-san e seu marido, além das pessoas que eu conheci nesta cidade. Também há colegas de trabalho de Orlando e seus amigos. “Obrigado” ou “boa sorte” saíram das bocas de todos. Eles estavam nos encorajando. Debaixo da chuva de encorajamento, nós começamos nossa jornada para a capital imperial do |Reino Mabondo|.