Mesmo que ele seja famoso, eu não sei o que eu deveria saber

O homem continuou a falar enquanto ignorava minha frase. Eh? Quando vamos começar?

Anda logo e venha de uma vez.

(Líder dos bandidos): “Parece que você não sabe quem eu sou?”

(Bandido A): “Oh. Ele não sabe nada sobre o Aniki[1]? Ele deve ter saído do interior do país!!”

(Líder dos bandidos): “Gyahahaha!!”

(Wazu): “???”

Não, eu realmente não sei e não me importo com isso.

(Líder dos bandidos): “Eu vou te dizer já que você não sabe!! Eu sou o irmãozinho do grande líder dos Bandidos dos Irmãos Digondo, Gondo”

(Wazu): “…”

Eu inclinei minha cabeça. Pensando bem… eu ainda não os conheço. Eu nunca ouvi esse nome antes. Os outros bandidos fizeram seus acréscimos a explicação com vozes altas.

(Bandido A): “Não!! É impossível que ele não saiba!!”

(Bandido B): “É do irmão de Digondo que estamos falando!!”

(Bandido C): “Ele faz de tudo. Desde estupros, assassinatos, roubos a outros atos criminosos!!”

(Bandido D): “Há uma recompensa por sua cabeça!!”

(Bandido E): “São 100 moedas de ouro no mínimo!!”

(Bandido F): “Até aventureiros rank B não são páreos para ele!!”

(Bandido G): “E este é Gondo-sama, seu irmão”

(Wazu): “Heee…”

(Bandidos): “Que tipo de reação é essa!!!”

Huh? Isto é surpreendente? São só aventureiros rank B, não é? Não é nada demais. Mas 100 moedas de ouro como recompensa… será que Orlando sabe sobre isso? Espere aí… se o irmão mais novo está aqui, isso significa que Orlando está indo até o irmão mais velho… será que ele vai ficar bem? Eu acho que não será um problema em uma luta um contra um, mas se tiver muitos oponentes, ou se eles usarem os aldeões como reféns…

Yosshi. Eu vou acabar com esses caras rápido e vou salvar a vila.

(Gondo): “Já chega… vocês aí, cuidem dele!! Mas tomem cuidado com o filhote de Dragão na cabeça dele, porque podemos vende-lo a um preço super alto mais tarde!!”

(Bandidos): “Ouu!!!!”

Os outros bandidos estão atacando todos de uma vez. Espadas, facas, machados etc. Eles estão armados com vários tipos diferentes de armas. Eu tentei não derrubar Meru de minha cabeça enquanto desviava de seus ataques. Eu controlei meu poder para um nível em que não mataria e só os deixei inconscientes com um golpe.

(Wazu): “Hoi! Hoi! Hoi!”

Os bandidos que foram derrotados estão juntos em um lugar formando uma montanha de corpos. A montanha está ficando cada vez maior conforme os bandidos ao redor estão diminuindo de número. Notando a situação fora do normal, o resto dos bandidos estão hesitantes em vir em minha direção, então eu fui até eles.

Agora, só há duas pessoas sobrando neste lugar, eu e o irmão mais novo de alguma coisa. Quando eu limpei a poeira do meu ombro, este irmãozinho gritou enquanto tremia.

(Gondo): “Qu-qu-qu-que merda é você!? Para derrotar tantas pessoas tão rápido…”

(Wazu): “Mesmo se você me perguntar isso… ah!! Eu sou só um aventureiro rank F, eu acho…“

Pensando nisso, onde foi que eu coloquei meu [Cartão da Guilda] mesmo? Há muitas coisas para eu me lembrar e eu esqueci completamente disto. Quando eu chegar no |Reino|, eu preciso fazer um teste para aumentar meu rank.

(Gondo): “Is-isso é mentira!! Com tamanha força, é impossível que você seja só um aventureiro rank F!!”

Não, eu estou falando a verdade. Será que eu devo mostrar meu [Cartão da Guilda] para ele? Enquanto eu procurava pelo meu [Cartão da Guilda], o irmãozinho virou e saiu correndo.

(Wazu): “Espere aí!! Eu vou mostrar ele para você!!”

Eu me movi para a frente do irmãozinho em um instante, mas ele me atacou com sua espada enquanto gritava antes que eu pudesse mostrar o meu [Cartão da Guilda].

(Gondo): “Uwaa…a …a …a!!!!”

] pakiiiiin [

Como a espada estava mirando minha cabeça, eu tentei pegá-la com meus dedos para ela não atingir Meru. Mas ela se despedaçou. Por algum motivo, me sinto culpado. O irmãozinho ficou paralisado quando olhou para sua espada quebrada. Eu não queria mais mostrar o meu [Cartão da Guilda], então eu nocauteei ele e o joguei na montanha de bandidos.

Eu estava com um problema ao olhar para a montanha de bandidos. Eu posso deixar eles assim, mas eles podem acordar e fugir. Enquanto eu pensava sobre o que fazer, uma ideia veio a minha mente. Mas primeiro, eu pedi para Meru procurar por aldeões que deveriam estar presos em algum lugar. Enquanto Meru voava pela vila, eu bati levemente no solo ao redor da praça para fazer um buraco para quatro ou cinco pessoas. Eu enterrei os bandidos no buraco enquanto deixava as cabeças deles de fora. Eu fiz buracos parecidos para enterrar os outros bandidos.

Eu repeti a mesma tarefa várias vezes. Finalmente, eu terminei de enterrar o irmãozinho em um buraco para uma pessoa. Quando Meru voltou, eu abri minhas mãos e esperei por ela. Apesar disso, ela aterrissou na minha cara. Depois de um pouco de dificuldade para subir na minha cabeça, ela apontou sua pequena pata em uma direção.

(Wazu): “Eu devo ir para lá?”

(Meru): “Kyui!”

O lugar para o qual Meru apontou era o salão de reuniões da vila. Havia duas pessoas que agiam como guardas. Eu enterrei eles da mesma maneira que os outros bandidos. Havia um grande cadeado preparado pelos bandidos na porta, mas com um ] eii [ eu parti ele em dois.

Havia muitas pessoas lá dentro quando eu abri a porta. A atenção de todos estava em mim.

(Aldeão): “Quem é você? Um dos bandidos?”

Como era um pouco estranho me ver entrando no salão de reuniões sozinho, um homem idoso pediu a minha confirmação. Eu rapidamente expliquei a situação atual e soltei todos. Eles estão transmitindo sua gratidão para mim e eu descobri que esse homem idoso é o chefe da vila. Eu falei para o chefe que meu amigo ainda está lutando com os outros bandidos, então eu preciso me reunir com ele. Eu pedi para alguns aventureiros vigiarem os bandidos que eu enterrei no solo. Eu pedi a Meru para procurar a localização de Orlando por seu cheiro. Eu corri assim que Meru apontou a direção.

Orlando, por favor, esteja seguro…


[1] Aniki é um termo muito utilizado para se referir a membros mais velhos ou com maior posição que a sua em uma gangue.