A mente por trás disso é…

Como aqueles caras ainda estão escondidos na floresta… eu acho que a situação ainda não foi resolvida.

Naminissa, Navirio e Narellina-sama estão se aproximando de mim. Ainda me sinto estranho quando eles me agradecem. Quero dizer, eles são da família real.

(Wazu): “Naminissa, Navirio, Narellina-sama. Por favor, ergam suas cabeças!!!”

(Narellina): “Espere um minuto!! Você está falando o nome dos meus irmãos sem honoríficos, mas por que eu sou a única que está sendo tratada diferente?”

Narellina-sama veio me pressionar. As pessoas dizem que uma bela mulher fica assustadora quando está zangada. Mas eu estou com medo porque ela não é apenas uma linda mulher, mas também uma bem poderosa. Eu fiz algo que a ofendeu?

(Wazu): “Bem, é que… é porque esses dois me disseram para chama-los sem honoríficos…”

(Narellina): “Hoho… eu posso entender isso de Aniue[1], mas até Naminissa huh…”

Quando Narellina olhou para Naminissa, ela desviou seu olhar por algum motivo. Parece que ela tentou assobiar, mas o que saiu de sua boca foi só ] huu huu [ . Isso pareceu fofo. Depois de ver esse comportamento de Naminissa, Narellina-sama dirigiu seu olhar para mim.

(Narellina): “Então eu também vou permitir que você me chame apenas de Narellina!!”

(Wazu): “En-entendido”

Eu não podia recusar!! Quer dizer, ela estava usando uma pressão assustadora. Como a própria pessoa queria isso, não havia motivos para recusar. Além disso, por que Naminissa estava me olhando com olhos cheios de rancor?

(Leria): “Fufufu… Você se saiu bem!! Eu nunca pensei que veria um mero aventureiro salvando a família real por conta própria”

Leria-san se aproximou de mim enquanto ria feliz. Então ela bateu nas minhas costas com ] banban [ .

Mesmo assim, eu podia sentir a tensão ao redor dela. Eu não queria dizer isso neste clima de alegria, mas…

(Wazu): “Umm… ainda não acabou, não é?”

Com as minhas palavras, Orlando, Naminissa, Navirio, Narellina e Leria-san voltaram suas atenções para mim.

(Naminissa): “Wazu-sama, o que você quer dizer com ainda não acabou?”

Naminissa estava me perguntando.

(Wazu): “Eu posso sentir os olhares de muitas pessoas dentro da floresta logo ali. Talvez ele esteja lá… a pessoa que manipulou Navirio e Narellina com as ferramentas amaldiçoadas…”

Olhando para Navirio e Narellina, os dois estava observando Naminissa. A lembrança da pessoa que os deu as ferramentas amaldiçoadas ainda deve estar em suas memórias… primeiramente, para ser capaz de dar coisas tão suspeitas para esses dois, eu pensei que esta pessoa deveria ser alguém com uma posição considerável e bastante próxima deles.

Primeiro, Naminissa está excluída desta suspeita. Seu mordomo pessoal e sua camareira pareciam realmente felizes quando os dois voltaram ao normal, então eu também os excluí. Leria-san é a colaboradora de Naminissa neste caso… a pessoa que é próxima desses dois e atualmente não está aqui… ele é o único que vem a minha mente, como suspeitei…

(Wazu): “Denoga, certo?”

Eu falei o nome do noivo de Naminissa e confirmei com os dois.

(Navirio): “Yeah… foi Denoga quem me deu o bracelete. Ele me disse que era um amuleto”

(Narellina): “Para mim também. Quando meu irmão começou a agir estranho, ele disse que o colar era para minha proteção…”

Orlando estava com uma expressão de surpresa e Leria-san suspirou para diminuir sua tensão. Talvez, exceto por Naminissa, Leria-san suspeitava de todas as pessoas ao redor dos dois. Provavelmente foi um suspiro de alívio porque ela descobriu que o culpado não estava entre nós.

(Naminissa): “Com isto meu noivado está cancelado… ótimo…”

Enquanto Naminissa murmurava alguma coisa, eu pude sentir que ela emitiu uma aura sombria por algum motivo. Desta vez, Leria-san me perguntou…

(Leria): “Contudo, por que ele faria algo assim?”

(Wazu): “Quem sabe? Mas é realmente tão inesperado? Aquele homem… eu achei que ele seria capaz de qualquer coisa para atingir seus objetivos. Parece que eles estão vindo”

Eu disse e apontei para a floresta. Todos se viraram para essa direção. Lá, havia um grupo com escudos vermelhos seguindo para cá.

Aproximadamente 800 pessoas. Lá está o homem em questão, Denoga, na liderança. Ao seu lado, há um homem enorme armado com soqueiras[2] vermelhas em ambas as mãos.

(Leria): “Aquele cara!!”

(Navirio): “Você conhece ele?”

Leria-san gritou ao ver o homem enorme. Quando Navirio perguntou, Leria-san acenou depois de limpar a garganta enquanto focava seus olhos no homem.

(Leria): “O nome dele é Fluegel Razor. Ele é um aventureiro rank S que é especializado em combate corpo a corpo como você pode ver pelo equipamento dele”

Nas palavras rank S, a tensão ao redor aumentou de uma vez. Finalmente um rank S huh. Eu imagino quão forte ele é…

(Narellina): “Meus Cavaleiros!! Peguem suas espadas!! O inimigo está vindo!!”

A atmosfera de alegria desapareceu com o grito de Narellina e os Cavaleiros se revestiram com seus espíritos de luta em um instante.

Eles são todos bem treinados huh

Navirio também estava dando algumas instruções para seus Cavaleiros. Leria-san está indo explicar a situação para os aventureiros. Os Cavaleiros estão se movendo depressa.

Neste lugar, eu, Orlando, Naminissa, Floyd e Kumia somos os únicos que sobraram. Eu disse para Meru continuar no ar só por precaução.

(Orlando): “Diga… como um homem que aspira se tornar um Cavaleiro, eu deveria fazer algo nesta situação? Apesar de eu não ser capaz de acompanhar o movimento dos Cavaleiros…”

(Wazu): “Oh. Sim. Eu acho que é uma boa ideia… mas eu também não sei como os Cavaleiros vão se movimentar”

Quando Orlando e eu estávamos tendo essa conversa, Navirio e Narellina se aproximaram de nós.

(Navirio): “Esse deve ser um pedido injusto já que o oponente é um rank S, mas eu gostaria de pedir a cooperação de vocês”

(Narellina): “Eu quero pedir sua força emprestada mais uma vez”

Com as palavras deles, Orlando e eu respondemos que iríamos aceitar e seguimos Navirio e Narellina.


[1] Aniue é outra forma de dizer “irmão mais velho”.

[2] Soqueira é o mesmo que soco-inglês, uma arma feita de metal, com quatro orifícios para se encaixar aos dedos como anéis, causando mais danos e ferimentos à vítima atingida pelo soco.