Outra história 4: O terror que Ruruna sentiu

Esta é uma história de terror que eu senti naquele dia.

Sim, naquele dia. Foi o dia depois que vários dias se passaram desde nosso encontro com Naminissa-sama e Narellina-sama. A família delas decidiu abdicar da linhagem real. Parece que eles irão para o Sul com esses que querem os seguir. Na verdade, nós também conhecemos o rei. Ele era uma pessoa bem desleixada… quero dizer, uma pessoa bem amigável.

Quando as pessoas veem Elfos, a maioria normalmente pensa em como nos capturar e vender. Oh! Também há a escolha de nos transformar em brinquedos, não há? Mas as pessoas da família real não tinham tal atmosfera e interagiam conosco normalmente. Eu estava tão feliz.

Oops. Eu me desviei da história.

Nesses poucos dias, nós ficamos com a família delas. A razão era simples: ajudar Naminissa-sama e Narellina-sama em suas preparações para a viagem. Várias bagagens e itens mágicos foram armazenadas em uma ‖Magia Espaço-Temporal‖ de baixo nível chamada de ‖Bolsa de Itens‖. Nós vamos usar ela para carregar nossas coisas. Esta bolsa pode armazenar mais bagagem do que aparenta. Com isto, nossa jornada será mais fácil. Como esperado da família real, eu acho.

Então, Orlando foi apresentado quando estávamos nos preparando para a jornada. Ele é um Cavaleiro exclusivo do irmão mais velho de Naminissa-sama e Narellina-sama, Navirio. Orlando é um homem que veio da cidade de |Linnic| junto de Wazu-san. Nós estávamos escutando a história sobre Wazu-san na guerra anterior.

Eu fiquei surpresa, mesmo sabendo que Wazu-san era forte. Ele acabou com monstros que vieram para nossa vila apenas com suas mãos. Desta vez, seus oponentes eram monstros, Cavaleiros, um aventureiro rank S… eu quero reclamar de quão forte ele é. Eu ouvi que ele fez um [Cartão da Guilda]. Espero que ele me deixe dar uma olhada nele depois.

A propósito, parece que recentemente Sarona está suspeitando que eu tenho sentimentos especiais por Wazu-san. Eu tenho que dizer mais tarde que tais sentimentos não existem… eu só quero que ele seja meu amigo. Meu homem ideal é alguém legal, rico e com boa aparência como um príncipe. Uma pessoa forte e gentil que irá me valorizar para sempre. Vamos deixar de lado se esse tipo de pessoa realmente existe…

Nosso relacionamento se tornou mais íntimo durante as preparações. Com um conhecido em comum chamado Wazu-san, nós conversamos sobre várias coisas. Eventualmente, chegava o momento onde elas falariam sobre que parte de Wazu-san elas mais gostavam, o que elas queriam transmitir para Wazu-san quando se encontrarem, ou como seria bom passar a noite de núpcias juntas. Eu queria que elas se lembrassem que eu estava ouvindo tudo isso…

Em tais conversas acaloradas, as “aulas noturnas” de Tata-san atraíam mais de nosso interesse. Ela é a única pessoa que possui experiência entre as integrantes do harém de Wazu. Apesar de ser uma experiência dolorosa, por nossa causa e com o objetivo de agradar Wazu-san, ela nos passou seu conhecimento. Eu sinceramente acreditei que teria um momento em que eu precisaria desse conhecimento, então eu também escutava com atenção.

Finalmente, amanhã é o dia. O rei e seus seguidores seguirão para o Sul e nós seguiremos para o Norte para perseguir Wazu-san porque nossas preparações devem acabar ao mesmo tempo.

O dia do terror…

Nós jantamos no salão dentro do castelo para celebrar nossa partida. De acordo com a história do rei, as ordens dos Cavaleiros de Narellina-sama e de Navirio-sama se juntarão e irão acompanhar eles para o Sul. Aproximadamente metade dos Cavaleiros que serviram este país e aproximadamente 70% dos cidadãos parecem estar planejando deixar o país. A sede da Guilda de Aventureiros também está se mudando para outro lugar. Eu entendi muito bem o quanto o rei e sua família eram amados por seus cidadãos.

Ainda de acordo com a história, parece que o primeiro ministro estava em êxtase porque ele iria se tornar o próximo rei. Eu acho que este país está se encaminhando para o seu fim… mas esta é uma história para outra hora. Nós estávamos conversando felizes e aproveitando nosso tempo antes da separação. Mas então, nossa conversa parou quando a porta foi aberta bruscamente.

O terror iria começar logo.

Diante de nossos olhos estava o primeiro ministro que estávamos falando agora pouco. Um magricela careca vestido em roupas adornadas com prata e ouro em péssimo estado. Há um sorriso vulgar em seu rosto. Um grupo de Cavaleiros atrás dele estava nos observando com olhares indiscriminados. Provavelmente, eles são aqueles que se aliaram ao primeiro ministro. Ele está olhando para as pessoas ao redor dentro do salão. Então, ele se curvou de maneira exagerada como se estivesse atuando.

(Zizu): “Saudações a todos. Vocês estão aproveitando a refeição dentro de meu castelo?”

(Narellina): “… você vai se tornar o rei oficialmente depois que partirmos amanhã, entendeu?”

A princesa respondeu sem esconder sua insatisfação contra a declaração do primeiro ministro.

(Zizu): “Não, eu não estou errado. Porque o rei atual vai morrer aqui!!”

Os Cavaleiros ergueram suas espadas sob o comando do primeiro ministro. Quando nós fomos cercados, Orlando-san e outros Cavaleiros de nosso lado deram um passo à frente para nos defender, mantendo nossos oponentes em cheque.

(Zizu): “Fufufu… lutando até o fim huh… que chatice. Eu também vou ensinar aos cidadãos, que são meus escravos, sobre seus devidos lugares”

(Givirio): “Maldito… como se atreve a chamar nossos cidadãos de escravos!?”

(Zizu): “Por que você está tão irritado? Bem, não importa porque você vai morrer aqui!”

Ele disse isso e seus Cavaleiros de moveram em uníssono.

(Givirio): “Desgraçado…”

(Zizu): “Fufufu… isso mesmo, suas filhas se tornarão brinquedos para os Cavaleiros no castelo. Elas irão receber muito amor, então fique tranquilo”

(Cavaleiro A): “Hehehe… meu lorde, por favor, nos deixe ficar com aqueles Elfos também”

(Zizu): “É claro”

Os Cavaleiros estão nos avaliando dos pés à cabeça com olhares cheios de luxúria. Então, o primeiro ministro disse algo que nunca deveria ser dito.

(Zizu): “Depois de cuidar desses lindos rostos, vejamos… o Herói desse país que vocês tanto falam… Wazu não é? Eu irei leva-las até ele e dizer ‘Olhe para este pedaço de lixo que já foi idolatrado pelo povo’… eu irei deixa-lo morrer depois disso”

] estalo!!!!!!!!!!!!! [

O terror começou.

(Sarona): “ { ‘Ó meu inimigo escute o som do vento que clama sua morte!’ }”

As espadas e armaduras dos Cavaleiros foram feitas em pedaços pela magia de Sarona. O sorriso dela congelou. Parece que ela não planejou mata-los com tanta facilidade com sua magia.

Enquanto os Cavaleiros que perderam seus equipamentos estavam apavorados, uma mulher com cabelos vermelhos disparou em frente. Era Narellina-sama. Ela acertou um chute em um Cavaleiro e começou a espancar os Cavaleiros que estavam ao seu redor em fúria.

(Narellina): “Fumu… minhas artes marciais parecem estar um pouco enferrujadas… bom, é porque eu não tenho um parceiro de treinos adequado”

Assim, ela continuou a lutar no corpo a corpo com os Cavaleiros que estavam do lado do primeiro ministro. Orlando e os Cavaleiros do nosso lado também se juntaram a batalha. Eu também me juntei a ação com raiva porque a pessoa que salvou nosso vilarejo foi insultada.

Pensando bem, e o primeiro ministro? Quando olhei ao redor, eu encontrei o primeiro ministro preso entre uma parede transparente e a parede do salão. Hmm? O que diabos está acontecendo!? Quando olhei com mais atenção, eu notei Tata-san e Naminissa-san na frente dele.

(Zizu): “Gugege…”

(Tata): “Entendo. Existe tal forma de se usar a ‖Barreira Mágica‖

(Naminissa): “Yeah. Como isto é um tipo de parede, você também pode usa-la para capturar seu oponente deste jeito”

Elas estavam conversando enquanto sorriam. Porém… um arrepio percorreu minha espinha.

(Zizu): “Eu es-es-estava errado!!! Po-por favor, ajudem-me!!!”

(Tata): “Eu posso aprender isso?”

(Naminissa): “É claro. Eu vou te ensinar mais tarde!!”

Elas não escutaram os apelos do primeiro ministro e continuaram sua conversa calmamente… eu senti um terror crescente dentro de meu coração por algum motivo. Eu prometo a todo o custo nunca as deixar irritadas.

Em um piscar de olhos, o primeiro ministro e seus Cavaleiros perderam e foram confinados no calabouço. No dia seguinte, depois de entregar as chaves para os Cavaleiros que ficaram para trás, nós iniciamos nossas jornadas para nossos respectivos destinos.