Conversa comemorativa: O mundo paralelo?

Meu nome é Wazu. Eu sou um aluno do segundo ano da escola privada “Sono Nochi”. Atualmente, estou correndo com pressa do dormitório dos estudantes.

(Wazu): “Ouch!!”

Eu trombei em um orelhão.

Eu fui descuidado e perdi a hora. Eu pensei que estaria tudo bem dormir um pouco mais porque eu moro no dormitório próximo a escola.

Graças a isso, eu não tive tempo para tomar o café da manhã. Kayla-san, que trabalha no refeitório da escola, faz comidas deliciosas. É uma pena que eu não pude comer…

Eu percebi que iria me atrasar assim que abri meus olhos. Eu vesti meu blazer com pressa e deixei o dormitório.

Eu devo chegar a tempo se eu correr. Parece que vai ser seguro porque eu movi meu corpo bastante nos últimos dias. Eu até recebi um convite do clube de corrida da escola graças a minha velocidade.

Contudo, eu quero ser excluído das atividades de clubes de toda a forma possível. Eu não quero que meu tempo para me divertir depois da escola seja reduzido.

Eu continuei correndo e consegui chegar na escola antes que o sinal tocasse. Eu passei pelos portões da escola onde os membros no comitê disciplinar estavam esperando.

Parece que os membros do comitê disciplinar estão conduzindo uma inspeção surpresa no portão da escola. Eu vou acabar me atrasando com isso, então, eu tentei passar por eles sem chamar atenção.

(Sarona): “Wazu-san, espere um momento!”

Sarona-san, a líder do comitê disciplinar me chamou por alguma razão. Eu relutantemente parei onde estava enquanto mostrava um sorriso sem graça para ela.

(Wazu): “Sinto muito Sarona-san. Eu vou me atrasar para a aula. Você pode me deixar ir?”

(Sarona): “Nada feito”

Sarona-san se aproximou de mim. O cabelo dela tem um bom cheiro. Sarona-san ergueu suas mãos lentamente e agarrou minha gravata solta.

(Sarona): “Por favor, mantenha sua aparência em ordem!”

(Wazu): “Ye-yeah… fazer isso tão cedo pela manhã, parece a rotina de um casal recém-casado”

Eu murmurei a segunda parte, mas parece que Sarona-san ouviu.

O rosto de Sarona-san ficou vermelho. Ela colocou mais força em suas mãos que estavam segurando minha gravata. Eu fui estrangulado.

(Wazu): “Está doendo!”

(Sarona): “M-me desculpe. Você pode ir agora!”

(Wazu): “O-okay!”

Eu fiquei surpreso por ser subitamente enforcado por ela. Eu caminhei lentamente para o prédio da escola enquanto verificava meu pescoço.

Olhando para trás, eu acho que nossos olhos se encontraram, mas ela desviou o olhar de mim com pressa.

Umm. Ela começou a me odiar porque eu disse coisas estranhas?


Estou entrando no prédio da escola. Eu notei que meu dedo está sangrando um pouco quando estava colocando meus sapatos para usar dentro da escola[1].

Parece que eu cortei a ponta de meus dedos em algum lugar sem perceber. Deve ter sido naquele momento em que bati no orelhão.

Estou indo para a enfermaria pegar um band-aid.

Porém, eu vou mesmo chegar atrasado deste jeito… não, tratar os ferimentos é um motivo importante.

Quando entrei na enfermaria, a enfermeira da escola, Tata-san, estava sentada em uma cadeira graciosamente.

(Tata): “Hmm? Qual o problema Wazu-san? Você vai se atrasar. Ou talvez você só queria muito me ver?”

(Wazu): “Por favor, não faça piadas. Parece que eu cortei meus dedos em algum lugar, então em vim aqui pegar um band-aid”

(Tata): “Oh. Isso é ruim!! Mesmo em ferimentos pequenos, bactérias podem entrar. Venha aqui, eu vou desinfetar isso corretamente!!”

Eu sentei frente a frente com Tata-san seguindo suas instruções. Suas mãos gentilmente seguraram minha mão enquanto tratava de minha ferida. É um segredo, mas a temperatura do meu rosto aumentou um pouco com isso.

(Tata): “Não parece ser um grande corte. Isso vai se curar logo”

(Wazu): “Obrigado. Mas segurar mãos nesta posição, parece que eu estou a ponto de fazer uma confissão de amor”

Eu fiz uma brincadeira para esconder meu constrangimento, mas o rosto de Tata-san ficou vermelho por algum motivo.

Hmm? Por que será?

Tata-san freneticamente jogou mais desinfetante do o que o necessário para o meu corte. Uma súbita dor acabou com esses meus pensamentos.

(Wazu): “Está ardendo!!!”

(Tata): “Oh. Desculpe!! Nossa… como Wazu-kun subitamente falou sobre confissões de amor, eu fiquei um pouco feliz…”

Eu não consegui ouvir a segunda parte devido a dor.

Eu deixei a enfermaria da escola depois de pegar um band-aid e segui para a sala de aula. Quando eu fechei a porta da enfermaria, eu vi Tata-san murmurando algo com seu rosto muito vermelho.

Eu cheguei na sala de aula e segui para o meu lugar. Era o segundo assento nos fundos, próximo a janela. Orlando, meu melhor amigo que senta atrás de mim, falou comigo assim que eu me sentei.

(Orlando): “Yoo! Wazu. Você está atrasado de novo. O que aconteceu? Dormiu demais?”

(Wazu): “Orlando, não faça perguntas que você já sabe a resposta!!”

Orlando é claramente um cara bonito. Há muitas garotas que gostam dele. Não apenas nesta escola, mas seu lindo rosto é muito famoso com garotas de outras escolas. Sua personalidade também é boa.

Por Deus. Um homem bonitão com boa personalidade… quão perfeito ele pode ser? Pelo bem ou pelo mal, eu estou preso com este tipo de cara.

Bem, nós temos algum tipo de história do passado, mas, deixando isso de lado, eu espero que ele consiga logo uma ou duas namoradas. Mas por alguma razão, ele estabeleceu como sua prioridade máxima me acompanhar por aí.

A desculpa dele era:

(Orlando): “Não estou interessado nessas coisas agora. É divertido sair com Wazu, além disso, amor é algo que acontece de repente, não é?”

Yup. Quando eu escutei suas palavras, eu pensei que ele deveria se desculpar com todos os homens do mundo que não são populares como ele. Bom, eu o perdoei porque ele é meu melhor amigo…

Assim, enquanto eu e Orlando falamos sobre coisas aleatórias, um cara que senta na minha frente finalmente apareceu.

(Floyd): “Bom dia Wazu-kun”

(Wazu): “Isso não é um pouco… irracional?”

Era Floyd.

(Floyd): “Você acha? Eu acredito que estou muito bem vestido, não?”

(Wazu): “Não, eu sinto que você está no lugar errado. Definitivamente, não temos a mesma idade”

(Orlando): “Do que é que vocês estão falando?”

(Wazu e Floyd): “É o que eu queria saber”

Ele é um cara suspeito como sempre. Não há forma de entender a forma de pensar dele.

Nosso professor, Regan-san, apareceu quando estávamos no meio de nossa conversa.

Yup! Hoje sua careca está esplêndida. Sua cabeça reflete a luz.

Parece que ele está interessado em Kayla-san que trabalha no refeitório. Vamos rezar para que ele não consiga nada com ela.


É hora do almoço. Orlando tinha um compromisso com algumas garotas.

O próprio Orlando não estava muito entusiasmado, mas parecia que um grande número de garotas iria se revoltar se ele continuasse se recusando. Com isso, eu segui para a cafeteria sozinho.

Floyd sempre desaparecia quando era hora do almoço.

Sentando em um lugar vazio, eu coloquei minha refeição na mesa. Pouco depois, outros dois pratos de refeição foram postos na minha frente bruscamente.

Eu olhei para o outro lado da mesa. Diante de mim estavam as famosas gêmeas presidentes do conselho estudantil, Naminissa e Narellina com sorrisos em seus rostos.

(Naminissa): “Você está aqui como imaginei”

(Narellina): “Que tal você aceitar nosso convite desta vez?”

(Wazu): “Um convite para me juntar ao conselho estudantil de novo?”

Essas irmãs sempre me convidam para me juntar ao conselho estudantil quando nos encontramos. Elas até deixam a posição de vice-presidente aberta para mim. Mas eu continuo me recusando porque não acho que isso combina comigo.

(Wazu): “Eu já disse isso várias vezes, mas eu não tenho nenhuma intenção para me juntar ao conselho estudantil”

(Narellina): “Não seja assim. Se você se juntar ao conselho estudantil, você pode comer conosco desse jeito todos os dias. O que você acha?”

(Wazu): “Nós já almoçamos juntos todos os dias, não é?”

(Naminissa): “Is-isso pode ser verdade… então, eu vou adicionar um serviço de ‘Aan!’ como um bônus”

(Wazu): “Vocês também já tem feito isso, não é?”

Isso mesmo. Estas duas pessoas sempre aparecem na hora do almoço para comer juntas de mim. Elas também sempre tentam me alimentar quando ninguém está olhando. Eu realmente não entendo o sentido disso. Mas alguém irá entender isso errado se eles nos verem assim.

(Naminissa): “Tem razão, mas… ugh. Isto é difícil”

(Wazu): “No entanto, por favor, tenham cuidado. As pessoas podem pensar que nós estamos juntos ou algo do tipo se continuarmos fazendo isso todos os dias”

(Naminissa e Narellina): “Eeh?”

Assim que eu disse isso, os rostos das duas garotas na minha frente ficaram vermelhos. Elas estavam murmurando alguma coisa como “De fato… isso não é ruim…”, ou “É um fato já estabelecido…” como se estivessem em seu próprio mundo. Eu não consegui entender nada.

Bem, essas duas tem excelentes notas, então elas devem estar pensando em algo difícil que eu não posso entender.

Enquanto pensava nessas coisas, eu desviei meu olhar para o relógio que estava pendurado dentro da cafeteria. Eu notei que o horário de almoço já estava no fim.

Eu comi o restante da minha comida com pressa. Eu me levantei e chamei as duas que ainda estavam perdidas em pensamentos.

(Wazu): “Com licença. Eu tenho que trocar de roupas para a aula de educação física, então eu estou indo na frente!”

(Naminissa e Narellina): “Eh? O quê!? Espereeeee!!”

Eu rapidamente deixei a cafeteria.


Quando as aulas terminaram, eu esperei sozinho por Orlando e Floyd na frente dos armários para sair junto deles. Na verdade, os dois foram chamados por Regan-sensei. Parece que há algumas coisas que ele queria perguntar para os dois sobre eventos ligados a escola.

Enquanto esperava, uma voz atrás de mim me chamou.

(Haosui): “Wazu-senpai…”

Em resposta a essa voz, eu me virei para trás. Lá estava Haosui, uma aluna mais nova que também era integrante do clube de corrida, se aproximando de mim.

Pelas roupas dela, parece que ela estava indo para as atividades do clube.

(Wazu): “Yoo. Haosui. Você está sempre trabalhando duro nas atividades do clube. Você gosta tanto assim de correr?”

(Haosui): “Eu gosto disso… me sinto bem correndo em frente. Então, quando Wazu-senpai vai se juntar ao clube de corrida?”

(Wazu): “Desculpe, mas eu não tenho intenções para me juntar ao clube”

(Haosui): “Isso é uma pena porque Wazu-senpai é muito bom correndo”

Eu venci uma disputa em curta distância contra Haosui uma vez e, desde então, nós conversamos com frequência. Ela também me convida para o clube de corrida com entusiasmo. Mesmo assim, eu não me sinto com vontade de entrar no clube.

(Wazu): “Você não tem que ir praticar? A competição está chegando, não está?”

(Haosui): “… yeah. Mas eu não tenho motivação suficiente…”

(Wazu): “Então, se você vencer, você pode me pedir qualquer coisa como prêmio. Mas é claro que tem que ser algo que eu possa fazer”

(Haosui): “Entendido… é melhor você se preparar”

(Wazu): “Me preparar?”

Haosui parecia feliz por algum motivo depois de dizer isso. Ela está indo para as atividades do clube com um rosto radiante.

Esteja preparado? Eu devo me preparar para o quê?

Como Orlando e Floyd vieram enquanto eu estava concentrado nesses pensamentos, eu deixei esse assunto de lado e fui dar uma volta com eles.

Esta é a forma como eu passo meu tempo todos os dias.

Eu ainda não tenho uma namorada.

Aah. Eu queria uma namorada…


[1] Os japoneses têm esse hábito de usar calçados diferentes para andar na rua e dentro de prédios ou casas. Eles acreditam que ao retirar os sapatos, eles se libertam de todas as “energias impuras” da rua.