Não há escapatória

A batalha acabou. Nosso grupo, as pessoas da facção moderada e as pessoas da facção extremista, todos voltamos para a cidade ou para o castelo. Alguns quartos foram preparados para nós no castelo graças a gentileza de Gio-san. Deizu parece não ter recuperado sua consciência. Ele está recebendo tratamento dentro do castelo.

E agora, todos estão reunidos dentro do quarto reservado para mim.

Por quê!?

Meru, Sarona-san, Yuyuna, Ruruna, Tata-san e sua amiga com orelhas de gato. Naminissa, Narellina, Floyd, Grave-san e Haosui. Me incluindo, há onze pessoas aqui[1].

Ainda assim, o quarto é grande o bastante para comportar todas essas pessoas. A Deusa saiu para algum lugar dizendo que tinha algo para fazer. Ela está voltando para seu lugar de origem? Por favor, não volte mais…

Eu me cobri com um lençol e sentei na cama. Meru está dormindo em cima de mim agora, eu não posso me levantar da cama deste jeito…

(Wazu): “Então… a co-coisa… qu-queriam falar… o qu-que é?”

Eu estou tremendo, mas não é por causa do ar gelado.

(Naminissa): “Vejamos, por onde devemos começar… até que os mal-entendidos com Sarona e Tata sejam resolvidos, não podemos continuar a conversa. Eu acho que é melhor discutir o assunto principal depois disso”

(Wazu): “Ma-mal-entendidos? Assunto pri-principal?”

Mal-entendido… que mal-entendido? Não faço ideia…

Quando Naminissa disse isso, Sarona-san e Tata-san concordaram e então deram um passo à frente.

Ugh. Eu quero me esconder, mas não consigo me mover por causa de Meru dormindo na minha cabeça. Foi Floyd que colocou Meru aqui. Você armou isso!! Floyd!!

A mulher com orelhas de gato daquela vez também foi chamada. As três estão alinhadas na minha frente agora.

Ugh… só por olhar para o rosto dela, a memória daquela vez ressurgiu… eu não quero me lembrar, mas o desespero desse tempo está sendo reproduzido dentro de minha cabeça sem permissão…

Ugh. Por favor, não se aproxime… por favor, me deixe sozinho… por que você veio até aqui… mas… o rosto dela era assim mesmo? Nas minhas memórias, eu sentia que ela tinha um rosto zombeteiro e triunfante… mas ela parece estar a ponto de chorar agora.

A conversa continuou enquanto eu estava desesperadamente lutando para manter minha consciência…

(Sarona): “Primeiro sou eu. Muito obrigado por me salvar daquela vez”

Ugh… eu não posso parar de tremer…

Sarona-san me agradeceu enquanto se curvava… eu fui rejeitado por ela… mas o comportamento dela de agora me deixou chocado… como esperado de Sarona-san, ela é uma pessoa que agradece a ajuda que recebeu… porém… ela veio todo esse caminho apenas para me agradecer?

(Sarona): “Você também disse coisas repentinas naquela vez, então eu acabei cometendo um erro com as primeiras palavras que disse… é por isso que eu vim te ver. Eu gostaria que você escutasse a continuação daquelas palavras, por favor!”

Eh? Continuação? Eh? Quer que eu escute? Agora mesmo? Eu tenho que escutar? Você só pode estar brincando? Você vai me rejeitar mais uma vez aqui? Eu não posso mais aguentar isso… eu não quero escutar…

(Tata): “Eu sou a próxima. Venha Nenya…”

Huh? A próxima? E Sarona-san? Não, eu não quero te escutar me rejeitando de novo…

A mulher com orelhas de gato deu um passo à frente. Ugh. Não posso me mover… por favor, não se aproxime de mim…

A mulher com orelhas de gato abaixou a cabeça com uma expressão dolorosa.

(Nenya): “Eu sinto muito!! Eu sei que isso não vai mudar o que aconteceu, mas por favor, me perdoe!! Eu tirei minhas próprias conclusões e falei sem permissão, por favor, não odeie Tata-san!! Por favor!! Por favor!!”

Desculpe? Sem permissão? Perdão? Do que você está falando? É doloroso me lembrar disso… eu vou acabar enlouquecendo, mas… sem permissão, ela disse. Isso significa que Tata-san vai me dizer isso diretamente desta vez? Huh? Em outras palavras, Tata-san quer me rejeitar de novo igual Sarona-san? Vocês querem tanto assim me rejeitar? Me pergunto se existe algo além de desespero neste mundo… é realmente doloroso estar vivo…

(Naminissa): “Eu sei que é muito repentino e sua cabeça deve estar confusa agora. Para simplificar, Sarona quer responder sua confissão corretamente; Tata-san quer te dizer seus verdadeiros sentimentos e Nenya quer se desculpar. Eu espero que você entenda agora o motivo de todas virem até aqui”

Naminissa me explicou… certo, foi como pensei. Em outras palavras, Sarona-san e Tata-san vieram aqui para me rejeitar corretamente… eu já tive o suficiente… façam o que quiserem… todos estão assistindo… então isto é mesmo uma execução pública… eu não me importo mais…

(Floyd): “Parece que podemos continuar. Naminissa-sama vai dizer algo muito importante agora, então eu gostaria que você escutasse sem perder a consciência. Por favor!”

(Grave): “Hahaha… entendo, então é isso. Não podemos forçar o garoto Wazu contra o canto”

Floyd espiou dentro do lençol para confirmar se eu estava consciente. Grave-san entendeu algo e mostrou um sorriso para mim. Faça o que quiser!!

(Tata): “Considerando a ferida que eu causei, eu sei que é vergonhoso para eu me desculpar. Eu também entendo seu desejo de fugir deste lugar. Mas por favor… por favor, nos escute até o fim. Eu sei que é um pedido egoísta vindo de mim, mas por favor… por favor…”

Tata-san deu um passo a frente e abaixou sua cabeça. Todas a acompanharam e abaixaram suas cabeças. Vocês querem tanto me ver ser rejeitado assim? O que é tão engraçado nisso…

(Haosui): “Aqui é onde Danna-sama deve tomar sua decisão…”

Haosui disse isso enquanto levantava seu polegar.

Certo… eu entendi… eu só preciso escutar, não é? Eu sei que vou ser rejeitado de novo… uma grande rejeição desta vez… eu não ligo… eu só preciso escutar… e estará acabado… vamos acabar rápido com isso…

(Wazu): “Eu… en-entendi…”

Meu corpo não para de tremer… eu estou a ponto de chorar de novo…


[1] Na verdade, há doze pessoas. Não sei se foi um erro da tradução ou o Wazu não está contando um deles de propósito por não considerar ele humano.