A partida para o país do Sul

Isto pode ser repentino, mas é muito bom abraçar Meru. Como ela ainda é jovem, suas escamas não são tão duras. Eu estou apertando um pouco seu corpo.

Como a temperatura corporal dela não muda muito, eu posso dormir confortavelmente enquanto abraço ela. Eu costumo usar ela como um travesseiro de corpo graças a isso…

Mas hoje é um pouco diferente.

Eu estava dormindo enquanto abraçava Meru como sempre, quando notei que o peso dela subitamente desapareceu de meus braços.

Eu tentei procurar por Meru enquanto ainda estava sonolento. Minhas mãos que estavam procurando algo para abraçar encontraram algo muito macio.

Hmm? O que é isto? Meru está diferente do normal… bem, não importa… como isso estava bom, eu abracei ela com um pouco mais de força.

Hmm? É mesmo diferente do habitual… Meru é um pouco mais dura do que isto…

Como eu não queria me levantar ainda, eu chequei seu corpo usando minhas mãos com os olhos fechados. Eu movi minhas mãos um pouco e encontrei algo redondo(?). Eu apertei ele. Eu soltei minha mão assim que eu verifiquei a sensação…

(???): “N-nn…”

Eu acho que acabei de ouvir algo acima de minha cabeça… deve ter sido só minha imaginação.

Mas me pergunto que parte do corpo de Meru tem esta maciez… ] aperta [… em primeiro lugar, havia mesmo essa parte macia no corpo dela? ] aperta [

(???): “A-nn…”

Hmm? Eu pensei que tinha sido só minha imaginação, mas eu podia mesmo ouvir uma voz acima de minha cabeça… ] aperta [eh? Meru podia falar? ] aperta [… parecia a voz de uma mulher… ] aperta-aperta [… é mesmo muito bom abraçar Meru… ] aperta- aperta- aperta- aperta [

(???): “N-nn… a-nn… u-nn… Wa-Wazu-san… intenso…”

Eu abri meus olhos imediatamente porque eu ouvi essas palavras. Roupas leves diante de meus olhos… hmm? O que significa isso? Eu lentamente ergui meu rosto para a direção da voz que eu escutei.

Lá estava Sarona com o rosto vermelho me olhando…

Hmm?

Eu lentamente abaixei meus olhos para evitar o contato visual…

Meus braços estão ao redor da cintura dela enquanto minhas mãos estão apertando sua bunda…

Oh?

Eu organizei a informação dentro de minha cabeça.

Umm… em outras palavras… eu pensei que era Meru, mas de fato, eu estava abraçando Sarona… e apertando sua bunda por algum tempo… não é?

(Wazu): “Waaa-a-a-a-a-a-a!!!!!”

Eu pulei da cama, sentei no chão, abaixei minha cabeça e me desculpei com Sarona.

(Wazu): “Eu sinto muito! Eu sinto muito! Por favor, me perdoe! Por favor, me perdoe!”

(Sarona): “Huh? Por que você está se desculpando? Ao invés disso, eu gostaria de continuar o que estávamos fazendo”

(Wazu): “O quê?”

Umm… do que você está falando Sarona?

(Wazu): “Essas palavras… parece até que você quer ser abraçada”

(Sarona): “A qualquer hora que Wazu-san quiser”

Sarona olhou para mim com uma expressão séria. Oh. Eu entendi!!

(Wazu): “Isto é… um sonho…”

(Sarona): “Esta é a realidade!”

Sarona disse que era a realidade. Não, isso não pode estar acontecendo. Isto é com certeza um sonho. Quer dizer, eu estava apertando a bunda dela, mas ela não ficou brava e disse que queria mais.

Contudo, isso estranhamente parecia real… a atmosfera… a sensação do ar…

Eh? Isto… você está falando sério?

(Wazu): “Umm… é sério?”

(Sarona): “É claro que eu estou falando a verdade. Eu te amo. Eu disse isso no outro dia. Eu quero estar ligada a você, eu realmente quero isso”

Sarona se aproximou um pouco e colocou suas mãos nas minhas.

(Sarona): “Por favor, acredite…”

(Wazu): “Sarona…”

Ela fechou seus olhos e seu rosto lentamente se aproximou do meu.

No entanto, seu avanço foi detido pela mão segurando seu ombro por trás. A dona desta mão é Naminissa e, ao lado dela, estão Tata, Narellina e Haosui.

(Naminissa): “Sarona… queimar a largada não é bom”

(Sarona): “Eu sinto muito por fazer isso. Eu só respondi porque Wazu-san me pediu”

(Tata): “Mesmo?”

Tata está me perguntando com um sorriso, mas fico imaginando porque o sorriso dela está me causando tantos arrepios…

(Wazu): “Eh? Não, é que… eu estava dormindo… quando percebi… Sarona estava… então…”

Quando eu disse isso, Sarona estava sorrindo contente enquanto tocava sua bunda. Parece que todas conseguiram entender o que aconteceu. Elas se aproximaram de mim em um instante…

(Tata): “Wazu-san, por favor, me abrace forte também!!”

(Naminissa): “Wazu-sama, por favor, sussurre palavras de amor em meus ouvidos… gentilmente!!”

(Narellina): “Wazu, meus peitos são grandes, são gostosos de apertar!!”

(Haosui): “Danna-sama… por favor, acaricie minha cabeça!!”

Todas me fizeram seus pedidos de uma vez. Bem, se for só acariciar… eu costumo fazer isso com Meru… eu acho que não teria problema…

Não, isto está errado!! O que há com esta situação?

(Sarona): “Wazu-san, para mim… eu quero continuar o que estávamos fazendo…”

Sarona também se juntou ao grupo e me fez seu pedido.

Espere aí… hmm? Huh?

(Wazu): “Pensando bem, o que está acontecendo aqui? Tenho certeza que todas deviam estar dormindo em outro quarto…”

De fato. Só havia eu e Meru neste quarto quando eu fui para a cama… quando eu disse isso, todas desviaram os olhos de mim relutantes. Oi. Por que vocês não olham para mim?

(Sarona): “Bem, é que… parece que todas pensaram o mesmo que eu…”

(Tata): “Apesar de termos transmitido nossos sentimentos… nós recebemos quartos separados…”

(Naminissa): “De repente eu quis fazer uma reunião com todas…”

(Narellina): “Então decidimos vir e olhar a situação…”

(Haosui): Era uma ótima oportunidade para dormirmos juntos…“

Resumindo, todas se esgueiraram no meu quarto no meio da noite e depois de confirmarem que eu estava dormindo, elas decidiram dormir comigo sem pedir permissão?

(Heroínas): “Seu rosto fofo dormindo foi um banquete!!!!!”

Dizendo isso, todas saíram do meu quarto e se prepararam para a jornada.

Enquanto eu estava impressionado pelo alto nível de habilidade delas, Meru terminou sua caminhada matinal e voltou para o quarto.

Eu vou me certificar de trancar a porta na próxima vez.

Nós terminamos nossas preparações e partimos para o país do Sul enquanto o rei Gio e Marao nos observavam.