A assassina?

Eu estava dormindo tranquilo dentro do quarto reservado para mim. Devido a exaustão diária de ajudar a reconstruir a cidade e treinar com o grupo feminino, mas…

hmm? Eu posso sentir a presença de alguém dentro do quarto…

… tem alguém aqui além de mim e Meru?

Ontem, tenho certeza que tranquei corretamente a porta da frente para evitar infiltrações como daquela vez. Eu também coloquei uma mesa e alguns armários na frente da porta.

… eu me pergunto se o grupo feminino de alguma maneira conseguiu invadir meu quarto de novo…

Nossa… como diabos elas conseguiram entrar aqui?

Eu lentamente abri meus olhos para checar os arredores do quarto enquanto considerava isso.

Havia uma mulher desconhecida com roupas de camareira dentro do quarto…

Olhos verdes e gentis misturados com a cor castanha de seus cabelos. Ela de fato estava vestida com roupas de camareira. Apesar disso, as roupas faziam seus enormes peitos e bunda ainda mais evidentes.

(Wazu): “E-eeeeeeeh? Qu-quem é você? Como você entrou neste quarto?”

Pensando que ela fosse uma inimiga, eu imediatamente me levantei da cama e me coloquei em posição de combate. Contudo, essa mulher desconhecida se curvou graciosamente depois de confirmar que eu estava acordado.

(???): “Bom dia, Wazu-sama!”

(Wazu): “… bom di… errado!! Umm… quem poderia ser você?”

A mulher desconhecida se apresentou com um sorriso gentil no rosto.

(???): “Este é nosso primeiro encontro. Me perdoe pela apresentação tardia. Eu sou a Deusa da Terra”

Deusa da Terra… Deusa da Terra… Terra… Deusa? A Deusa da Terra!?!?

(Wazu): “Haaaaaah???”

Quando eu gritei, a mulher que se apresentou como a Deusa da Terra colocou ambas as mãos para trás e olhou para mim.

(Deusa da Terra): “… eu vim ♪”

Não me venha com essa!!!

Graças ao grito dentro de minha cabeça, eu me acalmei o bastante para perguntar algo para ela.

(Wazu): “Umm.. você é mesmo a Deusa da Terra-sama?”

(Deusa da Terra): “Isso é prova suficiente?”

Ela está emitindo algum tipo de aura depois de dizer isso. Com certeza eu posso sentir uma aura divina nela. Yeah. Ela é a verdadeira…

(Wazu): “Chega… eu entendi… então, por que a Deusa da Terra-sama está aqui vestida de camareira?”

(Deusa da Terra): “Apesar de ser temporário, eu vim agradecer você porque minha força aumentou significantemente graças a Wazu-sama”

A Deusa da Terra-sama está mostrando um sorriso que iria encantar qualquer um para mim. Hmm? Graças a mim?

(Wazu): “O que você quer dizer?”

(Deusa da Terra): “Hmm, enquanto eu estava absorta em meu papel de escrava… quero dizer, quando eu estava em uma situação onde não podia me mover devido a um certo motivo, eu não sei sobre os detalhes, mas subitamente o poder divino de Wazu-sama que estava usando a ‖Divindade‖ fluiu até mim. Eu gostaria de perguntar pessoalmente. Recentemente, você usou seu poder com algo relacionado a terra? Uma grande quantidade de poder?”

Algo relacionado com a terra? Houve algo desse tipo?

(Deusa da Terra): “Vejamos… por exemplo, pedras rolando ao longo da estrada. Que tal isso agora?”

… pedra? Não, não, não… eh? É sério?

(Wazu): “É que… minérios também estariam incluídos nisso?”

(Deusa da Terra): “Yeah. É claro!”

Yeah. Eu fiz isso. Centenas de Golems feitos de uma grande quantidade de minérios foram aniquilados quando eu estava usando a ‖Divindade‖

(Wazu): “Se for assim, eu tenho algo em mente. Eu aniquilei um grande número de Golems feitos de uma enorme quantidade de minérios usando a ‖Magia Especial: Deus algum tempo atrás”

(Deusa da Terra): “É isso. A força vital está circulando dentro dos seres vivos e dos objetos. Em casos normais, a força vital dentro dos objetos não iria fluir para se tornar poder para o Deus que simboliza isso… quem sabe, o efeito do poder de Wazu-sama tenha permanecido em uma pequena quantidade depois que os Golems foram extinguidos, e isso se tornou uma substância desconhecida para a terra. No processo de renovação, o poder fluiu para mim, a responsável por controlar a terra, em uma tentativa de remover a substância desconhecida… apesar de ter sido uma quantidade pequena, o poder dos Deuses é onipotente”

(Wazu): “Hee!”

Esse tipo de coisa aconteceu, huh

(Deusa da Terra): “Bom, o aumento é temporário porque seu poder irá desaparecer assim que ele for assimilado completamente por mim. Com isso, incluindo o incidente com o pântano venenoso, eu pensei em vir te agradecer pessoalmente”

Não tem problema se for esse o caso… a aniquilação dos Golems não foi feita com essa intenção, mesmo assim…

Mais importante que isso, eu nunca imaginei que a Deusa da Terra fosse alguém assim. Quer dizer, ela passa uma impressão de ser uma mulher madura e gentil. É completamente diferente da impressão que eu tive pelas conversas no [Cartão da Guilda].

(Deusa da Terra): “Eu não poderia expressar minha gratidão só com palavras, então eu pensei em ser a camareira exclusiva de Wazu-sama enquanto eu estiver aqui, assim, eu vesti essa fantasia”

(Wazu): “Não, isso é… eu não poderia fazer algo tão presunçoso como tratar a Deusa da Terra-sama como uma camareira”

Eu me recusei, mas o sorriso em seu rosto não se alterou.

(Deusa da Terra): “Por favor, não se assuste. Para mim, Wazu-sama é como… um ‘mestre’ para quem eu jurei lealdade, então só me trate como uma simples camareira. Você pode fazer o que quiser comigo, sabia?”

(Wazu): “Não, sem chances. Fazer uma Deusa trabalhar como uma camareira é um pouco…”

(Deusa da Terra): “Sim?”

(Wazu): “Eu disse…”

(Deusa da Terra): “Sim?”

Me pergunto por que… uma pressão intensa está ao meu redor… eu sinto que o sorriso da Deusa da Terra-sama está ficando assustador agora…

(Wazu): “En-então… vamos tentar um pouco…”

Não teve jeito!! Havia uma intensa pressão que não iria se desfazer a menos que eu aceitasse! A Deusa da Terra se curvou profundamente e então ela me mostrou um sorriso magnífico.

(Deusa da Terra): “Muito obrigado. Eu sou a camareira do mestre a partir de agora”

Bom, um ou dois copos de chá não são um problema tão grande.

(Deusa da Terra): “Então, vamos começar! Mestre, está na hora de seu próximo compromisso…

– Você vai abusar de mim?

– Você vai me bater com um chicote?

– Você irá me amarrar com um corda?”

hmm? Eu escutei algo errado? Ela acabou de propor algumas coisas esquisitas?

(Deusa da Terra): “Huh? Sem respostas? Isso significa que tem algo te deixando insatisfeito, não é? Oh. Entendi. Um simples vestido de camareira não é interessante, certo? Eu entendi. Então, que tal um vestido de camareira cheio de espinhos? Roupas intimas com uma cinta-liga? Ou talvez minha fantasia de aniversário? Se possível, eu quero que o mestre deixe marcas de cordas e chicotes em meu corpo como uma prova de ser sua propriedade…”

Yup. Eu entendi. Ela é uma dessas, não é? Deusa sem esperanças. Ela também é um caso perdido, mas um pouco diferente da Deusa-sama. Eu vou ter problemas se deixar ela sozinha… eu preciso resolver isso de alguma forma…

Espere… a Deusa da Terra está aqui por causa do poder da minha ‖Divindade‖… se eu pegar esse poder de volta…

Eu ativei a ‖Divindade‖.

A Deusa da Terra caiu em um instante. Huh? Eu ainda não fiz nada para você!

(Deusa da Terra): “Haaa. Haaa. Haaa. Essa aparência é perigosa!! Po-por favor!! Por favor, abuse de mim nesta aparência!!”

(Wazu): “…”

Eu removi a influência do meu poder que estava na Deusa da Terra em silêncio. O corpo da Deusa da Terra lentamente ficou transparente antes de se tornar partículas de luz.

(Deusa da Terra): “Ah!! Não, nada foi feito ainda!! Eu não vou perder!! Eu não vou perder!! Mesmo que eu perca aqui, eu definitivamente vou voltar!! Espere… pensando bem… isso é… até lá… isto é algum tipo de… brincadeira de negligência…”

As partículas de luz se juntaram formando uma bola de luz antes de desaparecerem como se estivessem sendo sugadas pelo meu [Cartão da Guilda]

Eu não quero me encontrar com ela de novo se possível… mas, ela com certeza virá de novo…

Eu respirei profundamente, abracei Meru, que ainda estava dormindo, e voltei a dormir…

Eu estava cansado de várias formas diferentes…