O relacionamento com Maorin

Maorin-san separou seus lábios dos meus… em um instante, ela foi levada pelo grupo feminino.

(Wazu): “… bem…”

Eu perdi para a velocidade delas e só podia ficar de pé assistindo de lado. Quer dizer, eu estava surpreso e petrificado onde estava porque Maorin-san me beijou de repente… o que foi aquilo? Eu não me lembro de ter feito nada para fazer ela gostar de mim.

Eu respirei profundamente e fui até elas enquanto coçava minha cabeça.

O grupo feminino estava em um quarto do castelo. Elas estavam cercando Maorin-san como se estivessem bloqueando sua rota de fuga. Seu pai, Deizu, também estava presente dentro do quarto. Ele estava observando a situação com os braços cruzados.

Hey. Você não vai ajudar ela? Pensando nisso, eu fui até Deizu.

(Wazu): “Apesar de ser errado vir de mim, mas você só vai ficar assistindo?”

(Deizu): “É um problema de minha filha, genro”

Hmm?

(Wazu): “… genro? Você está falando de mim?”

(Deizu): “Quem mais está aqui?”

Eu olhei ao redor do quarto. Yeah. Eu sou o único aqui.

(Deizu): “Por favor, tome conta de minha filha!”

Deizu disse e curvou sua cabeça profundamente.

(Wazu): “Não, espere! Por que você já está aceitando isso? Quero dizer, como o pai dela, você está bem comigo? Eu tenho outras esposas ali, você não está vendo?”

(Deizu): “Sem problemas. Além disso, as esposas do meu genro são todas fortes. Minha filha ficará encantada também”

Deizu disse isso e ergueu seu polegar para mim com uma cara de satisfação. Eu suspirei e voltei meus olhos para o grupo feminino. Parece que elas estão no meio de uma discussão.

(Sarona): “Eu ainda não posso perdoar isso… eu ainda não consegui o meu!”

(Tata): “Imperdoável… eu ainda não consegui o meu!”

(Naminissa): “Eu me oponho firmemente… eu ainda não consegui o meu!”

(Narellina): “Calma, calma. Os sentimentos dela parecem ser sérios…”

(Haosui): “… nós somos as esposas tolerantes de Danna-sama”

(Kagane): “São orelhas de animais!! Orelhas de animais!! Fuoooo!! Eu quero tocar e acariciar essas orelhas fofas de animais!! Não tem nenhum problema com a personalidade dela. Não está tudo bem deixa-la se juntar a Aliança de Esposas do Onii-chan?”

(Maorin): “Este sentimento é verdadeiro!! Por favor, me deixem fazer parte da Aliança de Esposas de Wazu-dono!!”

… parece que elas estão divididas em dois grupos opostos por algum motivo estranho. O grupo das mulheres que eu beijei e o grupo que eu não beijei… quer dizer, Kagane é minha irmã, então eu não vou contar ela nisso…

Ou melhor, enquanto eu ouvia a conversa, Sarona, Tata e Naminissa, as três mulheres que eu não beijei, simplesmente não podiam aceitar o fato que Maorin-san me beijou bruscamente… como eu podia ver pelos rostos delas a sede de sangue, eu fiquei mesmo assustado…

Mesmo assim, eu me pergunto se devo ou não interferir…

Olhando para a direção de Deizu, ele está apontando o dedo para o grupo feminino como se estivesse dizendo “Vá até lá genro!”

Eu suspirei profundamente antes de andar até a direção delas. Elas finalmente notaram minha presença assim que eu me aproximei e vieram me cercar na mesma hora.

(Sarona): “O que você vai fazer?”

(Tata): “Você vai recebe-la como sua esposa?”

(Naminissa): “No fim, essa é uma decisão de Wazu-sama…”

(Narellina): “Eu realmente não me importo”

(Haosui): “… tudo depende de Danna-sama”

(Kagane): “Onii-chan, são orelhas de animais! Orelhas de animais!”

(Maorin): “Este sentimento é real. Por favor, me aceite em seu harém…”

(Heroínas): “Por favor, decida!!”

Yeah. Eu sabia…

(Wazu): “Umm… po-por enquanto… Sarona, Tata e Naminissa… seus rostos estão assustadores, por favor, parem com isso…”

(Sarona, Tata e Naminissa): “Mas…”

Ah. Desta vez elas estão a ponto de chorar!! Okay!! Entendi!! Eu entendi!!

(Wazu): “Eu realmente amo todas… quer dizer… eu definitivamente vou fazer ‘aquilo’ com vocês mais tarde… com isso, vocês poderiam por favor voltar a sorrir?”

Me pergunto se minhas palavras fizeram elas se sentirem seguras. Não apenas essas três, mas todas as outras estão sorrindo também. Yup. Elas são todas fofa. Mas eu não vou beijar Kagane, okay?

Maorin-san também está fora de questão, certo?

(Wazu): “Então, sobre Maorin-san… umm… eu posso ter algum tempo? Eu disse a todas antes, mas eu irei responder corretamente os sentimentos delas depois que eu resolver um certo problema meu… eu também vou pensar sobre os sentimentos de Maorin-san no meio tempo… bom, seu pai já deu até seu consentimento…”

Eu dei uma olhada em Deizu. Ele concordou em silêncio com seus braços cruzados. Ele continua mostrando seu polegar erguido para mim…

(Maorin): “Está tudo bem. Minha ação anterior foi para fazê-lo saber de meus sentimentos. Eu também acho que isso é algo para o futuro. Se você tiver tempo para me conhecer, isso é o bastante. Eu pensei até que seria rejeitada, então eu estou honestamente aliviada…”

Maorin-san respondeu enquanto suspirava aliviada. Deizu chamou sua filha.

(Deizu): “Maorin, dê à luz a crianças poderosas!!”

(Maorin): “Sim papai!!”

Longe demais!! Vocês estão pensando longe demais!! Nosso relacionamento ainda não chegou tão longe. Ela só está dizendo para agir junto de mim por um tempo para que possamos nos conhecer, não é? Portanto, por que vocês estão subitamente falando sobre filhos? Vocês estão me assustando!! Estou com medo de sua linha de raciocínio!!

Inspiradas pela frase de Deizu, todas as outras colocaram as mãos em suas barrigas e se perderam em desilusões. Eu ainda não fiz nada!! Não tem nada aí dentro!!

(Wazu): “… en-enfim, todas estão bem com isso? Para que possamos nos conhecer melhor, eu acho que Maorin-san vai viajar conosco a partir de agora!?”

Será que elas já se recuperaram? Quando eu pedi pela confirmação delas, todas voltaram seus olhos para mim e concordaram simultaneamente.

(Heroínas): “Entendido!!”

Yup. Elas ainda estão comigo… por enquanto… ] suspiro [

Maorin-san se apelidou de “Mao” depois disso. Ela me pediu para chamar ela assim e eu concordei. Quanto a mim, ela me pediu para deixa-la me chamar de “Otto-dono”[1].

Eu achei que ainda era muito cedo, mas Deizu já estava até me chamando de genro, então era tarde demais para me opor… eu desisto…


[1] Outra forma de dizer “meu marido”.