Não é como se eu tivesse esquecido

Eu expliquei sobre o meu status e circunstâncias para Mao. Meru continua em minha cabeça. Se eu me lembro corretamente, hoje pela manhã temos a reconstrução da cidade e a tarde é hora do treinamento das garotas.

Eu preparei minhas coisas e deixei meu quarto. Haa. Trabalho braçal é tão divertido. Treinar é tão divertido. Entusiasmado com mais um dia produtivo, eu comecei a caminhar. E por acaso, eu encontrei a figura do rei Grave e suas esposas. Ele estava falando sobre algo com a esposa mercadora, a esposa camareira e a esposa aventureira que eu conheci no país dos Homens-Fera. Assim que eu fiquei diante da família real, eu os cumprimentei.

(Wazu): “Bom dia rei Grave”

(Grave): “Oh. Bom dia!! Mh? Wazu, você não precisa ir para algum lugar? Quanto tempo você planeja ficar neste país? Eu não estou reclamando, mas…”

Isso não está certo!!

Assim, eu apressadamente reuni todos em um quarto do castelo. Parece que a reunião vai acontecer em uma mesa redonda comigo e Meru em minha cabeça, Sarona, Tata, Naminissa, Narellina, Haosui, Kagane, Mao, Floyd, o rei Grave e suas esposas. E eu fiz uma pergunta para o rei Grave.

(Wazu): “Bem, rei Grave…”

(Grave): “Espere um momento. Isso já está me incomodando a algum tempo, mas você poderia parar com esse negócio de ‘rei’? Isso parece meio distante… nós não somos amigos?”

(Wazu): “Eu sei! Eu também me sinto estranho com esse tratamento. A partir de agora, eu vou te chamar de rei Grave em assuntos oficiais, mas fora disso, eu vou falar com você da forma que sempre falei”

(Grave): “Por favor, faça isso!!”

Grave-san estava mesmo se sentindo incomodado com isso. Eu mostrei um sorriso radiante enquanto eu começava a falar de novo.

(Wazu): “Então, Grave-san, está tudo bem para nós partimos agora mesmo?”

(Grave): “Yeah. Não tem problema. Bem, o tempo que vai levar para reconstruir a cidade vai aumentar, mas vocês já ajudaram muito até agora. O período mais crítico já passou, então a partir de agora, está tudo nas mãos do povo deste país”

Grave-san olhou ao redor para suas esposas.

(Grave): “Além disso, eu tenho minhas amadas esposas e mais delas já estão chegando. E também, o povo do país dos Homens-Fera virão nos ajudar, então já estamos em uma ótima situação. Eu vou te mostrar que eu posso erguer um país com um nome que irá ecoar por todo o mundo”

Grave-san disse isso e mostrou um olhar de determinação para nos deixar aliviados. Eu também respondi isso com um sorriso.

(Wazu): “Entendido. Então nós também vamos preparar nossas coisas o quanto antes para continuar nossa jornada. Todas estão bem com isso?”

Quando eu pedi a confirmação das garotas, elas concordaram sorrindo.

(Naminissa): “Nossas ações são baseadas no que você decidir, Wazu-sama. Se alguma objeção surgir, nós vamos falar na mesma hora, então você pode fazer o que julgar o melhor que não iremos reclamar”

(Wazu): “Obrigado”

Eu agradeci as palavras de Naminissa. Eu percebi os mesmos sentimentos pelas expressões de todas. Eu olhei para todas elas com um sorriso para retribuir isso.

(Grave): “Muito bem. Você deve resolver logo esse problema para se casar com todas e dar um pouco de paz a elas”

Grave-san me atirou algumas provocações que deixaram as garotas inquietas e elas olharam para mim com olhos cheios de expectativa… tenho absoluta certeza que ele sabia que isso aconteceria quando disse isso… haa

(Wazu): “Eu sei. Eu não esqueci disso. Eu vou responder aos sentimentos de todas corretamente”

Assim que eu disse isso, eu vi todas sorrindo enquanto seguravam suas mãos.

(Grave): “E você vai seguir para o seu destino assim que sair do país?”

(Wazu): “Mhh… sobre isso… eu estava pensando em ir para outro lugar primeiro”

(Grave): “Então é isso. Não se esqueça de explicar direito para suas esposas”

(Wazu): “Sim, eu planejo partir depois de amanhã”

(Grave): “Entendo… fui eu quem te trouxe para cá em primeiro lugar, mas eu vou ficar solitário aqui… mas de novo, no futuro, vocês podem sempre escolher se mudarem para cá, sabia?”

(Wazu): “Eu vou pensar sobre isso”

(Grave): “Por favor, faça isso! Eu vou sair para que você possa falar com suas esposas agora. Você pode usar este quarto”

(Wazu): “Muito obrigado”

Depois de dizer isso, Grave-san e suas esposas deixaram o quarto. Tenho certeza que eles ainda têm muito o que fazer, então eu os agradeço do fundo do meu coração. Vou me certificar de agradece-los corretamente antes de partirmos.

Enquanto eu estava pensando nisso, Kagane me chamou.

(Kagane): “Então Onii-chan, para onde você está planejando ir antes de seguirmos para a |Capital Imperial|?”

As garotas, e Floyd que estava atrás, olharam para mim.

(Wazu): “Oh. Estou planejando ir para a |Montanha|. Nós vamos para a capital através da |Montanha|

(Heroínas): “… a |Montanha|!?”

(Wazu): “Yup. A |Montanha Central|

Todas ficaram sem fala com as minhas palavras. Só Floyd concordou com um “Fumu”. Bem, eu não tinha dúvidas de que elas ficariam assustadas se eu subitamente mencionasse a |Montanha|.

(Sarona): “Por que você quer ir para a |Montanha|?”

(Tata): “Eu escutei que a |Montanha Central| não é um lugar onde alguém poderia sobreviver”

(Naminissa): “O que você quer dizer?”

(Narellina): “Tem algo lá?”

(Haosui): “… caminhada?”

(Kagane): “Esse é um lugar perigoso, sabia?”

(Mao): “É para treinar?”

Todas me deram suas opiniões.

(Wazu): “Ah. Eu vou explicar melhor o motivo para ir até lá. Primeiro, eu quero ver os pais de Meru. Os pais dela vivem no topo da |Montanha|, eles são um casal divertido de Dragões

Quando eu falei o primeiro motivo, Meru gritou e acariciou minha cabeça. Mas eu tenho a impressão que o sangue desapareceu do rosto de todas depois de escutarem isso. Enquanto eu estava me perguntando o porquê, Sarona falou comigo para confirmar algo.

(Sarona): “Te-tem algo que eu quero perguntar. Quando você diz os pais de Meru, você está falando sobre os Dragões que vivem na |Montanha Central|, correto?”

(Wazu): “Isso mesmo”

(Sarona): “E quando você fala sobre esses Dragões que vivem na |Montanha Central|… você se refere ao líder dos Dragões que só aparece nas lendas, o Rei Dragão, certo?”

(Wazu): “Eh? Ragnil é famoso?”

(Sarona): “Então você conhece ele… agora que eu me lembro, a primeira vez que eu te encontrei, você estava descendo aquela montanha”

Ah. É verdade. Quando eu conheci Sarona, eu certamente estava descendo a |Montanha|. No entanto, Ragnil é um ser de lendas? Da minha perspectiva, ele era um marido que não podia enfrentar sua sogra. Enquanto eu estava me lembrando de Ragnil, Narellina falou comigo para tirar uma dúvida.

(Narellina): “Em outras palavras, o que você está dizendo é que Meru é a descendente do lendário Rei Dragão, certo?”

(Wazu): “Yeah. Bem, eu não sei nada sobre uma lenda, mas ela é a filha do Rei Dragão sem dúvida nenhuma”

Com a minha confirmação, as garotas deram um olhar nervoso para Meru. Por outro lado, Meru devolveu os olhares inclinando a cabeça. Eu também inclinei minha cabeça. Isso é razão para ficarem tão nervosas?

Ahh… eu não devo me usar como referência. Eu já me encontrei com eles inúmeras vezes, então é normal para mim, mas para as garotas, Ragnil é um ser lendário.

E com isso, eu falei sobre Ragnil e sua esposa. Sobre Meru e a razão para eu estar tomando conta dela até ela crescer. Mas acima disso tudo, eu disse a elas que se as coisas ficassem difíceis, eu iria protege-las, então elas se acalmaram. Depois de ouvir minha história, Kagane fez uma observação impressionante.

(Kagane): “… você faz um ser lendário parecer tão mundano…”

Eu não poderia dizer algo tão correto.

(Naminissa): “Então, você disse o primeiro motivo, mas qual a outra razão para querer ir para essa montanha?”

Naminissa me pressionou a dizer a outra razão para ir para lá além de Meru. As roupas que eu vestia foram feitas originalmente de recursos das feras mágicas que vivem nessa montanha.

Há partes que estão rasgadas agora, então eu quero fazer roupas novas. Ao mesmo tempo, eu disse a elas que eu estava pensando em fazer novas armas e equipamentos defensivos para as garotas.

Eu poderia conseguir alguns equipamentos neste país ou na capital, mas para fazer armamentos de acordo com o poder delas, eu acho que fazer os equipamentos por conta própria com os monstros que eu posso caçar na |Montanha| será melhor.

Eu fui avisado no meu status anterior da |Destreza que não deveria fazer nada descuidadamente, mas, pelo menos para minhas esposas, eu acho que não teria problemas. E no pior caso, eu posso pedir para Ragnil me mostrar seu cofre de tesouros. Com certeza ele deve estar cheio de coisas úteis.

Quando eu terminei de explicar, por algum motivo, eu vi que todas estavam sorrindo com alegria. Quando eu perguntei o porquê, elas me disseram que ficaram felizes por saber que iriam usar equipamentos feitos por mim. Finalmente, Tata também falou.

(Tata): “Ir para as montanhas foi aprovado, mas como nós iremos para lá? Eu escutei que essa montanha não é um lugar onde você pode simplesmente chegar andando”

(Wazu): “Não teremos problemas. A sua ‖Barreira Mágica‖, a de Naminissa e a de Kagane se tornaram mais fortes, então eu acho que nossa defesa está ótima. E se for preciso, eu posso usar a ‖Divindade‖ e levar todas vocês para lá”

Com a minha resposta, todas ficaram convencidas. Está decidido então?

(Wazu): “Okay. Assim que nós estivermos prontos, vamos começar nossa jornada”

(Heroínas): “Sim!!”

E mais uma vez, nós começamos nossas preparações para uma nova partida.