Se segurar é ruim para o corpo?

No dia seguinte, todos tínhamos algo para fazer.

Para começar, eu precisava coletar materiais necessários para as minhas roupas e as armaduras das garotas. Até certo ponto, eu posso fazer algo com os materiais que juntamos enquanto estávamos a caminho daqui e que estão no armazenamento mágico de Meru, mas o problema são os materiais para os núcleos.

Até mesmo eu não poderia fazer eles apareceram do nada, então eu fui até o salão de audiências para perguntar a Ragnil e Megil se eles tinham alguma ideia de onde eu poderia encontrar algum.

A propósito, sempre que as garotas não estão por perto, Ragnil estará fazendo seu dogeza. “Vamos perdoar logo ele”, era o que eu gostaria de dizer, mas eu realmente não quero me envolver com os problemas deles, então eu fiquei calado.

(Megil): “Fumu… cristais que podem se tornar núcleos… só por olhar eu posso dizer que todas as suas esposas são fortes, então usar cristais comuns não será o bastante e todos os cristais que você pode encontrar aqui também não servirão…”

(Wazu): “Como pensei, eles não são o bastante… eu também procurei por cristais em nosso caminho até aqui, mas não encontrei nada… o que eu vou fazer agora?”

(Ragnil): “Wazu, você deveria usar as armas que estão no cofre dos tesouros do castelo. Eu acho que ainda temos muitas lá ”

Ragnil disse isso enquanto continuava seu dogeza.

(Wazu): “Eu agradeço a oferta, mas, está tudo bem?”

(Ragnil): “Sem problemas. Não há ninguém que virá para cá procurando por tesouros. Não teremos problemas mesmo que fiquemos com algumas a menos, além disso, ferramentas foram feitas para serem usadas”

(Wazu): “Eu vou aceitar sua generosidade”

(Ragnil): “Umu. Em troca, desista de Meru”

(Megil): “Essa decisão não cabe a você. O mais importante são os sentimentos de Meru. Eu vou puni-lo por dizer coisas impertinentes com mais um dia de dogeza”

(Ragnil): “Grr…”

Yup. Eu não estou errado. Eu acho que Ragnil está apenas se autodestruindo.

Depois disso, Megil me mostrou o caminho para o cofre dos tesouros e me deu a chave para abri-lo. Eu a agradeci e deixei o salão de audiências.

O cofre dos tesouros é protegido por portas enormes que permitem até que Ragnil entre. Eu inseri a chave na fechadura que estava a uma distância em que eu precisava esticar um pouco meu braço e a girei.

Depois disso, inúmeros círculos mágicos apareceram e, como se eles estivessem se cancelando, eles começaram a desaparecer. Em seguida, eu escutei um alto clique e a porta para o cofre dos tesouros se abriu. Eu cuidadosamente empurrei a porta aberta e entrei.

O cofre dos tesouros era tão grande que não batia com o tamanho do castelo. Você poderia dizer que ele tinha sido expandido com a ajuda de magia. E dentro dessa sala havia coisas cheias de brilho como joias, prata, ouro e armaduras que te obrigavam a ficar com seus olhos semicerrados.

(Wazu): “… é grande demais. Eu vou ter procurar em todo esse lugar?”

Enquanto eu olhava para a quantidade imensa de tesouros que encheu meu campo de visão ao ponto de me deixar zonzo. Eu peguei uma espada próxima que era deslumbrantemente decorada por joias.

(Wazu): “… eu não faço ideia de como isso foi forjado, nem que materiais foram usados… e eu só peguei isso sem pensar direito, mas, se isto tiver alguma maldição ou algo do tipo, eu terei sérios problemas… mhh…”

Haa… não tem jeito… quando estou em apuros, é hora da ‖Divindade‖. Ao invés de pegar as armas erradas ou algo que possa ferir as garotas, é melhor usar a ‖Divindade‖ para procurar por algo ao custo da minha porcentagem de humanidade. A segurança das garotas é muito mais importante do que algo como a porcentagem da minha raça

Eu ativei a ‖Divindade‖ e olhei para os itens no cofre dos tesouros. Como imaginei, nesta forma eu posso saber com apenas um olhar se algo é bom ou ruim ou se está amaldiçoado ou não. E mesmo que eu não posso saber do que elas são feitas ou para que servem, eu posso ao menos procurar por materiais que vão combinar com as garotas.

Desse jeito, eu terminei de selecionar os materiais que iria precisar para todas as armaduras. Enquanto eu estava me perguntando como eu iria fazer para carregar tudo isso, Meru entrou no cofre dos tesouros.

(Meru): “Kyui, kyuiiiii!”

Oh. Bem na hora! Eu só preciso coloca-los no armazenamento mágico de Meru.

Meru veio voando para a minha cabeça e eu percebi que ela estava carregando um papel em sua pata. Eu peguei o papel ao mesmo tempo em que ela aterrissou em minha cabeça. Parece ser uma mensagem direcionada para mim.

“Por favor, tome conta de Meru por todos os anos que estão por vir – Meral”

mh… agora… estas palavras podem ser entendidas de uma maneira diferente. Bom, para ser honesto, eu sempre irei cuidar de Meru, não importa o que aconteça. Eu respondi Meru com “Por favor, tome conta de mim também” e ela acariciou minha cabeça e me respondeu com um “Kyui!”

E assim, eu pedi a Meru para carregar os materiais que escolhi em seu armazenamento mágico, deixei o cofre dos tesouros e fechei a porta com a chave. Ao contrário de quando eu abri a porta, quando ela se fechou, os círculos mágicos começaram a se formar de novo e com um clique, a porta se trancou.

E dessa forma, eu fui trabalhar em uma sala que me foi emprestada e era diferente do quarto onde dormia. Com a ‖Divindade‖ ainda ativada, eu comecei a trabalhar. Eu pedi que Meru descarregasse os materiais estocados que eu vou precisar e comecei a forja.

Se eu estivesse usando a ‖Magia Especial: Deus, com certeza eu seria capaz de fazer tudo em pouco tempo, mas, desta vez, eu quero mesmo sentir que estou fazendo tudo por conta própria, então isso vai levar algum tempo.

Bom, graças a ‖Divindade‖, eu vou saber o que e como devo fazer tudo. E quando eu estava em um certo ponto do trabalho, eu percebi algo. Eu esqueci algo fundamental.

Eu não sei as medidas de várias partes dos corpos das garotas.

Estou encrencado… eu não posso fazer tudo só pelo olho e ir arrumando aos poucos… vai ser definitivamente melhor se eu perguntar a elas para confirmar primeiro… haa

Eu parei meu trabalho por um momento. Se eu for pedir para as garotas que me deixem tirar suas medidas, normalmente elas deveriam ser contra, mas tenho certeza que elas vão me forçar dizendo “Por favor, me toque mais!”… é claro que eu não vou fazer nada além de tirar as medidas delas, porém… meu raciocínio definitivamente irá sofrer.

Nesse dia eu fiquei mentalmente exausto só por tirar as medidas delas.

Depois de confirmar as medidas de todas, eu levei Meru para nosso quarto e fui dormir.


Nota do autor (Nahaato)

As medidas das garotas irão aparecer em uma conversa em um futuro distante!!