Outra história 12: Naminissa e a poça

Ponto de vista da Naminissa

Eu terminei minha rotina diária de treinos e voltei para o quarto para descansar. Não é como se o treinamento de Wazu-sama fosse tão difícil que você não poderia se mover depois de acabar, mas não seria bom se eu não descansasse corretamente.

Eu deitei indefesa na cama e fiquei olhando para o teto. Sempre que eu tenho momentos como esse, eu sempre penso na mesma coisa.

A história sobre Aria.

Desde que Wazu-sama nos disse sobre sua intenção de ir até Aria, eu sempre fico pensando que eu conheço a personalidade dela já que sou sua amiga e mesmo que o mundo a chame de Mulher Sagrada, na verdade, ela não poderia estar mais distante deste título…

Mesmo assim, eu não consigo acreditar que Aria iria trair Wazu-sama. Se ela tivesse mesmo traído ele, ela não estaria procurando por ele. Ela deve estar procurando ele por todo este tempo para dizer que ela nunca traiu ele… ou talvez isso seja apenas o que eu quero imaginar…

Mas também há essa história com o Herói… por que ela ainda está com o Herói até agora? Não consigo parar de pensar nessas coisas… fuuuuu

Eu suspirei e levantei meu corpo. Eu percebi que na minha frente estava Wazu-sama.

(Wazu): “Oops. Eu acordei você?”

Parece que ele está pensando que eu estava dormindo e como eu me levantei de repente, ele pensou que tinha me acordado.

(Naminissa): “Não, eu não estava dormindo, eu só estava deitada”

Quando eu neguei isso, Wazu-sama bateu em seu peito aliviado.

Você não precisa se preocupar assim. Mesmo que você tivesse vindo me acordar, eu nunca ficaria nervosa com você. Pelo contrário, eu quero que você me acorde com um beijo doce…

(Naminissa): “E a que eu devo o prazer de sua visita em nosso quarto? Oh! Já sei. Você veio aqui para me agarrar. Então você precisa me dar algum tempo para me arrumar…”

(Wazu): “Não, você não sabe!! Sua resposta está errada!! Por que essa foi a primeira coisa que você pensou ao me ver vindo aqui!?”

(Naminissa): “Não é isso?”

(Wazu): “Não é!!”

Que pena.

(Naminissa): “Qual o motivo então, você está procurando alguém?”

(Wazu): “Eu estou fazendo equipamento para todas e para que eles sirvam direito em vocês, estou pedindo as medidas de todas”

(Naminissa): “Eu entendo. Como eles vão ser personalizados, você precisa dos tamanhos detalhados de cada uma de nós. Então, por favor, tire minhas medidas”

Eu abri meus braços convidando ele para me medir o quanto ele desejasse.

(Wazu): “… por que eu preciso tirar suas medidas?”

(Naminissa): “Porque eu quero”

(Wazu): “… você pode apenas me dizer elas”

(Naminissa): “As medidas que eu conheço estão desatualizadas. As pessoas crescem todos os dias, sabia? Agora mesmo eu não sei minhas medidas exatas. Portanto eu te peço que por favor tire minhas medidas”

(Wazu): “Eu tenho mesmo que fazer isso?”

(Naminissa): “Eu espero que você faça”

Vendo que eu não iria recuar, não importa o que ele fizesse, Wazu-sama respirou e mostrou um rosto decidido.

(Wazu): “Entendido. Eu vou tirar suas medidas… você não vai ficar zangada?”

(Naminissa): “Por que eu ficaria nervosa quando sou eu quem estou pedindo por isso? Ah! Eu devo tirar minhas roupas? Ou você prefere me despir?”

(Wazu): “Está tudo bem!! Você está bem assim!! Continue vestida, por favor!!”

Depois disso, Wazu-sama tirou minhas medidas com cuidado. De tempos em tempos, eu movia meu corpo de propósito só para ver a reação de Wazu-sama.

Que momento de alegria.

Alguns dias mais tarde, eu recebi meu equipamento de Wazu-sama quando estava sozinha em nosso quarto. Era um cajado que fortalecia minha ‖Barreira Mágica‖ igual ao de Tata e um pequeno escuto que encaixava em meu braço, então ele não atrapalhava na minha mobilidade.

O equipamento de proteção era dividido em dois. A parte de cima era uma armadura e a parte de baixo era um vestido de várias camadas, então eu o chamei de armadura vestido.

Os materiais usados foram Orichalcum e escamas de Dragão e eles tinham vários tons de vermelho que combinavam com o meu cabelo. Eu coloquei meu equipamento de uma forma que eu pudesse contempla-lo. Este é o equipamento que Wazu-sama fez só para mim…

(Naminissa): “Fufu…”

Eu sorri feliz. Eu me deitei na cama e encarei meu equipamento perdida em pensamentos. Eu caí no sono desse jeito…

Enquanto eu estava dormindo, eu senti uma sensação desconfortável na parte de baixo do meu corpo que me fez acordar.

(Naminissa): “… mmm…”

A primeira coisa que eu fiz após acordar, foi investigar o que era essa sensação estranha em meu corpo.

] splash [

mh? Splash?

… minha mão está molhada…

Está molhada!!

Eu acordei completamente, me levantei e olhei para a metade de baixo do meu corpo.

Havia uma poça lá…

Eeeeehhh!!

Qual o significado disto!? Não é possível que isso… não, não, não, nããão, não pode ser!! De jeito nenhum eu faria algo tão irresponsável sendo uma ex-princesa… mas na minha frente existe uma prova disso… não, não existe!! Isto não é prova!!

Tenho certeza que durante meu sono, eu derrubei um vaso de flor ou um copo com água!! E de fato o vaso de flor que estava decorando a cama está caído no chão… tenho certeza que ele é o culpado!! Se não, isto é um sonho!! O meu eu verdadeiro ainda está dormindo em segurança!! Não, mas… uuhh

… eu não devo aceitar isto… eu não devo…

Hahh… no momento, parece que eu fiz isso… vamos destruir as evidências.

Eu me levantei da cama e tirei os lençóis. Primeiro, eu vou secar a cama molhada com a ‖Magia Quotidiana‖. Sim, ela desapareceu! Agora eu vou ativar minha ‖Barreira Mágica‖ na forma de uma Nodachi[1] e vou estender o lençol para seca-lo.

Eu respirei um pouco. Agora que eu fiz isto, eu posso pensar com calma no que aconteceu.

Enquanto eu dormia, eu me mexi e derrubei o pedestal onde o vaso de flor estava e a água do vaso voou e se espalhou na metade de baixo de meu corpo. E no piso há um espesso carpete estirado, tenho certeza que ele abafou o som do vaso caindo. E eu acabei demorando para acordar… sim, de maneira nenhuma eu iria… ] tosse [… em mim mesma.

Ainda assim, foi bom eu ter pensado em estender o lençol para secar a poça antes mesmo de começar a analisar a situação…

Subitamente, eu senti a presença de alguém na entrada do quarto, então eu me virei.

Na minha frente estava Wazu-sama….

Wazu-sama abriu bem seus olhos e ficou perplexo. Ele então olhou para a poça no lençol atrás de mim… eh? Não está parecendo que eu fiz isso, está?

(Wazu): “Sinto muito!! Eu não vi nada!! Eu realmente não vi nada!!”

Haaa!!

Wazu-sama girou em seus calcanhares e tentou sair do quarto. N-nããão!! Eu não posso permitir que ele saia assim!! Eu não posso permitir nenhuma testemunha!!

(Naminissa): “{ ‘Bloqueie o caminho do meu inimigo!’ }” (Falando super-rápido).

Eu perdi meu controle e usei toda a minha força mágica para ativar uma ‖Barreira Mágica‖ para bloquear a porta do quarto, selando a rota de fuga de Wazu-sama.

(Wazu): “Gya!”

Wazu-sama bateu seu rosto na parede criada por minha ‖Barreira Mágica‖ e soltou um grito. Eu usei todo o meu poder mágico nela.

(Naminissa): “Haa… haa…”

Fufufu… e-eu estava certa em gastar toda a minha ‖Magia‖… de alguma maneira eu fui capaz de evitar que Wazu-sama escapasse deste lugar… agora o que eu preciso fazer é…

(Wazu): “Im-impossível!! Eu não usei toda a minha força, mas como pode ter uma parede invisível bloqueando meu caminho?”

(Naminissa): “Fu, fu, fu… Wazu-sama… onde você está indo? Você não pode estar pensando em deixar este lugar assim…”

(Wazu): “Hii!!”

Graças à exaustão por ter drenado toda a minha ‖Magia‖, eu me arrastei pelo chão e me aproximei de Wazu-sama.

(Wazu): “Eu-eu realmente não vi nada!! Nada mesmo!! Eu não vi a poça misteriosa nos lençóis!!”

(Naminissa): “Fufufufuf…”

Depois disso, eu tive uma longa CON-VER-SA com Wazu-sama para resolver o mal-entendido.

Por Deus… eu não sei se Wazu-sama tem um bom timing ou um bem ruim… haa… eu estou completamente exausta… minha garganta também está seca. Eu vou beber um pouco de água e então vou para a cama…


[1] Nodachi é uma longa espada japonesa de duas mãos e tem uma tradução parecida com “espada de campo de batalha”.