Os ⌈Cavaleiros⌋ de |Mabondo|

Depois de descer a |Montanha|, nós entramos na floresta em sua base.

Pelo caminho, muitos monstros apareceram, mas todos foram derrotados pelas garotas e eu fui incapaz de fazer qualquer coisa.

Haosui estava na frente porque ela era originalmente a mais forte e, graças a meu treinamento e ainda mais devido ao equipamento de rank Lendário que eu fiz, ela ficou ainda mais forte, então não tivemos nenhum problema.

As outras garotas também usaram os monstros para testar seus novos equipamentos. Houve casos onde elas testaram o poder de defesa recebendo os ataques dos monstros, e quando eu vi isso, eu senti calafrios correndo por minha espinha.

Como as garotas me pediram para não me envolver e Floyd, que não participou de nenhuma batalha, estava responsável por me segurar, eu realmente não fui capaz de fazer nada…

Não importava a certeza que eu tinha que elas ficariam bem, isso não era algo que eu queria ver.

Aquela que estava se esforçando mais nas batalhas era Tata. Será que o conselho da Deusa da Guerra era tão efetivo? Ela entrava nas lutas energicamente e tentava confirmar sua própria força.

Bem, para ser franco, neste grupo, a mais fraca com certeza é Tata, mas pelo que eu pude ver da força dela, ela chegou em um ponto onde nem um aventureiro rank A seria capaz de machuca-la. Eu sempre pensei que ela fosse a mais forte mentalmente, mas ela se tornou mais forte fisicamente também.

E enquanto nós avançávamos exterminando os monstros, nós encontramos um grupo armado de pessoas dentro da floresta. Nós imediatamente nos escondemos e parece que eles não nos notaram. Nós descobrimos a identidade deles por suas armaduras. Eles eram uma Ordem de Cavaleiros de algum lugar ou é o que parecia.

O que eles estão fazendo dentro da floresta?

Pelo estado dessa Ordem de Cavaleiros, nós entendemos duas coisas. Eles eram um grupo de 30 pessoas, algumas tinham removido suas armaduras e preparavam suas comidas agitando uma panela, algumas estavam treinando com espadas de madeira e os três que pareciam ser os mais graduados por suas armaduras e mantos, estavam tendo uma reunião.

E também, graças aos restos de fogueiras no meio do acampamento deles, os sacos de dormir espalhados pelo lugar e suas armaduras sujas e opacas, eles estavam acampando por aqui já há alguns dias.

Enquanto olhávamos para eles, Naminissa e Narellina vieram até mim e falaram comigo em voz baixa.

(Naminissa): “… Wazu-sama, posso ter um momento de seu tempo?”

(Wazu): “Mh? O que foi? Não me diga que você quer fazer algo por conta própria. Isso seria um pouco…”

(Naminissa): “Não, está errado. Na verdade, eu reconheço alguém desse grupo”

(Narellina): “Ahh. Eu posso confirmar isso também, não há dúvidas… essa Ordem de Cavaleiros é a Ordem de Cavaleiros de Mabondo

eh? |Mabondo|? Se eu me lembro corretamente, essa é a terra natal de Naminissa e Narellina, não é? Em outras palavras, esses Cavaleiros são os Cavaleiros que trabalham no país delas.

(Wazu): “Eh? Mas por que os Cavaleiros do país de vocês está aqui? E ainda por cima neste estado deplorável… o |Reino Mabondo| não é muito rico?”

(Naminissa): “… sobre isso…”

(Narellina): “… na verdade, não há mais |Reino Mabondo|

(Wazu): “Eh?”

E eu escutei a história de Naminissa e Narellina.

Logo após elas terem decidido me perseguir e deixar seu país, seus pais também decidiram deixar o país com seus Cavaleiros e seu povo e, o que originalmente era o |Reino Mabondo|, se tornou parte do |Reino Flebondo|.

Depois de ouvir isso, eu pensei que o rei era mesmo uma pessoa animada e era por isso que seus Cavaleiros e seu povo escolheram segui-lo.

Mas antes, eles tentaram estuprar Naminissa e Narellina[1]? Yeah. Vamos destruir a Casa Flebondo. Vamos fazer isso.

(Wazu): “E então, esses Cavaleiros…”

(Naminissa): “É provável que por algum motivo, eles foram deixados para trás no país, mas desistiram do |Reino Flebondo| e partiram… e sem saber para onde ir, eles decidiram parar aqui e agora estão procurando por uma solução para o problema deles…”

fumu… ouvindo a explicação das princesas, isso parece ser o que aconteceu.

(Wazu): “Mas não é como se pudéssemos provar isso e nada vai ser resolvido apenas com essa conversa… vocês disseram que conhecem alguém desses Cavaleiros, correto? Então por que não tentamos conversar com ele?”

(Naminissa): “Você tem razão”

(Narellina): “Vamos fazer isso”

(Wazu): “… mas não sabemos sobre as circunstâncias deles, então vamos permanecer vigilantes…”

Assim, nós saímos das árvores enquanto permanecíamos em vigilância já que não sabíamos como eles iriam agir.

Quando eles nos viram, os Cavaleiros levantaram suas armas e apontaram elas para nós. Os três mais graduados vieram também com seus mantos.

(???): “Quem são vocês… dependendo de sua resposta nós iremos…”

Aquele que falou era uma pessoa no meio dos três. Um homem em seus cinquenta anos com características masculinas, uma barba por fazer e aparência de magro. Ele estendeu sua mão para a guarda de sua espada.

(Naminissa): “Já faz um tempo Runo-sama”

(Narellina): “Há quanto tempo mestre Runo”

De nosso lado, Naminissa e Narellina foram para minha frente e falaram com ele. Eu fiquei em uma posição onde poderia agir em qualquer momento.

(Runo): “… princesa Narellina. Princesa Naminissa”

O homem chamado Runo se ajoelhou na frente de Naminissa e Narellina no momento em que percebeu quem elas eram. Os outros Cavaleiros imediatamente se ajoelharam imitando Runo-san.

(Runo): “Estou feliz por ver que as duas estão bem, princesa Narellina, princesa Naminissa”

(Naminissa): “Fufu… não há mais uma Família Real Mabondo, você esqueceu?”

(Narellina): “Então vocês não precisam se ajoelhar e nos chamar de princesas”

(Runo): “… mesmo que não exista mais um país nem uma família real, eu não me importo. Para mim, vocês são as princesas”

Naminissa e Narellina parecia incomodadas com as palavras de Runo-san, mas sorrisos alegres também apareceram em seus rostos.

Depois disso, nos juntamos com os Cavaleiros em suas preparações para nos receber. Sarona, Haosui e Kagane foram coletar lenha por perto. Tata e Mao foram ajudar a cozinhar. Naminissa e Narellina foram discutir algo com Runo-san.

Como a situação ficou assim, Floyd e eu fomos deixados sem nada para fazer, então nós fomos ajudar a organizar o local onde íamos comer. Meru, como sempre, estava no topo de minha cabeça bocejando despreocupada.


[1] Esses eventos foram narrados no capítulo 080.