A pessoa dentro da mansão

Haosui obteve a informação sobre onde Aria deveria estar com a recepcionista, assim, mais uma vez sob a liderança de Kagane, nós seguimos para a mansão que ficava no fim do Distrito Nobre. Eu caminhei na frente e enquanto seguia Kagane, eu dei de ombros e suspirei.

Eu ainda estou deprimido com o que a recepcionista disse… ela não precisava ir tão longe… para começo de conversa, Meru é de verdade e eu estou totalmente consciente da mediocridade da minha cara… ugh

Eu disse a mim mesmo que não poderia continuar assim, então eu me estapeei duas vezes nas bochechas e mudei meu humor. Nós devemos encontrar Aria em breve. Eu disse as garotas que eu posso acabar fugindo, então eu as pedi que me segurassem se eu tentasse fazer isso.

Mas agora que eu penso nisso, o lugar em que Aria deve estar também é onde o grupo do Herói está, não é? Não quero… eu não quero me encontrar com o Herói-sama… não podemos dar um jeito de eu falar apenas com Aria?

Não importa o quanto eu pense, eu não consigo encontrar uma boa ideia e enquanto pensava sobre isso, nós começamos a ver o lugar que era nosso destino. Enquanto nos aproximávamos, nós demos uma espiada e descobrimos uma mansão de dois andares comum com um pequeno jardim.

Mas mesmo estando no Distrito Nobre, não há ninguém protegendo a entrada. No jardim, a única árvore está murchando e há um monte de ervas daninhas. As janelas estão bloqueadas com tábuas de madeira provavelmente para o interior não ser queimado pelo Sol. Nós não conseguimos olhar o interior.

Não importa a forma como você olhe para isso, esse não é um lugar onde há alguém vivendo. Aria está mesmo aqui?

Enquanto estávamos olhando perplexos para a mansão, nós vimos a porta se abrir um pouco. Tem alguém aí dentro? Entendo, eles devem estar aqui para realizar alguma missão. Se for isso, vamos verificar o interior só por precaução…

Além disso, está tudo bem para nós apenas entrarmos? Enquanto eu pensava nisso…

(Haosui): “… não tem problema, ninguém vive aqui. É só que às vezes você pode ver pessoas aqui dentro, então eles a chamam de mansão mal-assombrada, ou foi o que a pessoa da Guilda me disse. Eu também recebi permissão para entrar”

Haosui me disse isso. Como assim mansão mal-assombrada!? Essa é a primeira vez que eu escuto sobre isso! Espere um minuto… se existirem mesmo fantasmas, nossos ataques vão funcionar neles? Isso está me perturbando… se for preciso, eu vou usar a ‖Divindade‖ e vou apagar eles…

Quando eu me virei para olhar para as garotas, elas todas pareciam calmas. Eh? Vocês não estão com medo? São fantasmas, sabiam? Um fantasma!

Quando eu disse isso para elas, elas me responderam que não estavam com medo… elas são tão fortes… haa… eu pareço um idiota por estar assustado… não, eu não estou com medo!! Se eu disse que não estou com medo, então eu não estou com medo!!

Eu confirmei a situação com elas e todos entramos na mansão.

O interior parecia ser limpo com frequência porque eu não vi poeira se acumulando no piso… Floyd deslizou até a mesa do lado da entrada, esfregou seu dedo pela superfície e disse “… fumu” depois de checar ele. Eu meio que queria perguntar quem ele pensava que era.

Não vai adiantar nada ficarmos de pé aqui, então decidimos explorar o interior da mansão.

(Wazu): “Eu vou olhar o primeiro andar, então vocês…”

(Heroínas): “… vamos com você!”

(Wazu): “… eh?”

Por quê? Isso é ineficiente.

(Sarona): “Foi você quem nos disse Wazu-san…”

(Tata): “Para não te deixar fugir quando encontrasse Aria-san…”

(Naminissa): “Mas se nós nos separarmos…”

(Narellina): “E você subitamente trombar com Aria…”

(Haosui): “… nós não seremos capazes de segurar Danna-sama….”

(Kagane): “Então nós vamos ficar juntos para sempre!”

(Mao): “Sim. Na saúde e na doença”

“Na saúde e na doença” não tem ligação com o que estamos fazendo agora… mas pelos olhares delas, eu posso ver o quão sérias elas estão.

(Wazu): “… deixando de lado a parte da ‘saúde e da doença’… é verdade que se eu encontrar Aria sozinho eu posso acabar fugindo, sem sombra de dúvida… tudo bem. Vamos todos juntos”

Como era evidente que eu fugiria se estivesse sozinho, nós decidimos seguir juntos.

Nós começamos a explorar o primeiro andar.

(Wazu): “Antes de começarmos nossa busca… nosso objetivo vai fracassar se nós nos desencontrarmos de Aria enquanto estamos procurando ela dentro da mansão, então eu acho que alguém deve ficar na entrada só por precaução”

Quando eu disse isso, as garotas me deram um olhar desagradável. Parece que todas querem ir comigo. Estou feliz por vocês desejarem isso e eu também queria encontrar ela com todas vocês, mas eu realmente acho que alguém precisa ficar aqui.

Enquanto eu ponderava sobre o que fazer, uma mão se ergueu atrás das garotas.

(Floyd): “Então eu devo ficar”

Floyd… eu nunca irei te esquecer…

(Floyd): “Wazu-sama, eu ainda estou vivo”

Eu não posso escutar vocêêêêê…

Eu me curvei para Floyd em gratidão por ele ficar aqui e comecei a explorar o primeiro andar com as garotas.

O primeiro andar tinha uma sala de jantar e várias coisas para entreter os convidados, mas depois de olhar por todo o andar, deixando Aria de lado, não encontramos ninguém. Em nossa exploração, nós também verificamos o piso, mas parece que não havia nenhum porão, então nós seguimos para o segundo andar.

Diferente do primeiro andar, o segundo andar era o local onde as pessoas viviam e tinha muitos quartos. As pessoas que viveram aqui parecem gostar de ler, porque havia muitas estantes de livros. Bom, não tem nenhum livro sobrando…

E o único quarto que faltou para investigarmos era o do canto no segundo andar. Se você pensar sobre o dono da mansão, ele deve estar ali… nós não encontramos ninguém até agora, então se há alguém nesta mansão, este é o único lugar em que ele pode estar… ou pode ser que aquela porta da mansão se abriu sozinha…

Eu tomei minha decisão, abri a porta e entrei.

(???): “Ya! Você finalmente apareceu. Eu estava cansado de esperar”

Dentro não havia nenhum móvel, apenas uma mesa e uma pessoa sentada nela nos dando um sorriso inocente.

Esse cara estava vestido todo de negro e estava cobrindo seu rosto com um capuz… era o homem que enviou Meru para a casa de Haosui.