Aumentando o rank

Nota do autor (Tanaka Yu):

Nós estamos no capítulo 30 agora. Isto é tudo graças ao apoio de todos; é a minha principal motivação!

Além disso, eu mudei o formato do Status no Capítulo 29 porque estava difícil de ver as melhorias. Eu também revisei o HP de Fran, porque um valor de 20 pontos era baixo, então ele está parecido com a seguinte forma:

 

Nome:FranLevel:6 → 12
HP:80 → 189MP:71 → 115
Força Física:45 → 92Resistência:34 → 74
Agilidade:46 → 82Inteligência:30 → 50
Mágica:36 → 62Destreza:47 → 63

Depois do incidente com os Goblins, nós corremos de volta para |Aressa| e finalmente chegamos. Eu queria consertar o equipamento de proteção de Fran, mas parece que eu tenho que esperar até que nós terminemos os negócios na Guilda.

Eu removi a sujeira e poeira do equipamento com a ‖Magia de Purificação‖ como uma forma de etiqueta, mas sua aparência extremamente danificada não mudou. Porém, nenhum dos Aventureiros que estavam por perto pareceram se incomodar.

(Nell): “Hellbent, como foi?”

(Hellbent): “Ou. Nós precisamos reportar ao Mestre da Guilda

(Nell): “Eu vou notificar ele. Por favor, esperem um momento”

Vendo o rosto sério de Hellbent, o fato da situação estar ruim era evidente. Nell correu com pressa para os fundos.

Vários minutos mais tarde, Nell voltou e chamou Fran e o grupo de Aventureiros.

(Nell): “O Mestre da Guilda está chamando. Por aqui”

Quando entramos no escritório do Mestre da Guilda, ele e Donna estavam presentes.

(Klimt): “Vamos ouvir o relato”

(Hellbent): “Aah. Nós seguimos para o local com Kral, foi onde encontramos Fran”

(Kral): “Nesse ponto a batalha já tinha acabado”

(Klimt): “Entendo. Então eu gostaria de pedir isso para Fran…”

O Mestre da Guilda suspirou brevemente… como se entendesse a natureza taciturna de Fran. “O que devo fazer para ela falar?”, era o que o rosto dele estava dizendo. Bem, eu deveria ajudar aqui? Parece ser uma situação bastante urgente afinal.

(Klimt): “Você pode relatar o que aconteceu?”

(Mestre): “Fran, pegue os [Chifres]

(Fran): “Nn. Isto”

Fran pegou um [Chifre de Hobgoblin] do ‖Armazenamento Dimensional‖ e fingiu o tirar da nossa bolsa de mentira.

(Klimt): “Isto é… um [Chifre de Hobgoblin]!?”

Quando o Mestre da Guilda entendeu o que era isso com o ‖Avaliar‖, ele ficou com uma expressão preocupada.

(Donna): “No meio dos Goblins havia Hobgoblins!? Quantos Goblins havia? E quantos Hobgoblins?”

Donna pegou o chifre e também ficou impressionado.

(Fran): “Muitos”

(Donna): “Er… você pode ser mais específica, por favor”

(Mestre): “Havia por volta de 130 deles”

(Fran): “Uns 130”

(Mestre): “Com quatro Hobgoblins e quase 20 Raças Superiores”

(Fran):Hobgoblins: quatro. Raças Superiores: quase 20”

(Donna): “Impossível!”

Donna se levantou sem perceber.

(Donna): “Isto é definitivamente um sinal de que uma debandada de Goblins está acontecendo!”

(Klimt): “Se acalme Donna”

(Donna): “Me de-desculpe”

(Klimt): “Agora, Fran, uma pergunta. O que aconteceu com os Goblins? Você recuou?”

(Fran): “Derrotei eles”

(Klimt): “Então você não recuou”

(Fran): “Nn. Lutei até o fim”

(Klimt): “Isto é ruim”

O que é ruim?

O Mestre da Guilda explicou que os Goblins que Fran derrotou eram aqueles que foram expulsos do ninho quando o número de bocas para alimentar ficou alto demais. Como a procriação contínua foi ordenada pelo Rei, os Goblins de nível baixo não eram mais capazes de competir com as novas crias, então eles foram enviados para lutar com Fran com a resolução para morrer.

Além disso, o fato de que Hobgoblins e Raças Superiores estavam entre eles só poderia significar que agora o ninho consiste apenas de Hobgoblins.

(Donna): “A debandada de Goblins será enorme”

(Nell): “Nós devemos colocar um aviso de emergência para os Aventureiros imediatamente”

(Donna): “Vamos nos preparar hoje e amanhã e tentar exterminar o ninho depois de amanhã. Será esse tipo de plano?”

(Klimt): “Yeah. O primeiro passo será conseguir Aventureiros com classes do tipo Ladrão para localizar o ninho. Isso deve ser feito como um pedido especial”

(Nell): “Eu vou preparar algumas [Poções]

O lugar ficou bem barulhento. Recepcionistas (excluindo Nell que já estava presente) foram chamadas e receberam várias instruções.

(Klimt): “Muito bem, Hellbent. Eu quero que te atribuir mais trabalho, está tudo bem?”

(Hellbent): “É para investigar o campo de batalha?”

(Klimt): “Sim. Eu gostaria que voltasse para lá com Aventureiros com classes relacionadas a Ladrão

(Hellbent): “Entendido. Esta situação é séria para toda |Aressa|, então eu vou fazer tudo que estiver ao meu alcance”

Com as palavras de Hellbent, os outros Aventureiros concordaram com vigor. Eles também parecem querer continuar com Fran, mas eu não vou permitir.

Nós precisamos arrumar o equipamento de proteção e, depois disso, ela precisa descansar. Eu não vou aceitar isso.

(Klimt): “Fran… por favor, tire o dia de hoje para descansar. Pedir para você trabalhar com seus equipamentos nesse estado seria irresponsabilidade”

(Fran): “… nn”

Fran concordou com pesar. Mestre da Guilda, bom trabalho!

Hellbent concordou com isso também.

(Fran): “Então…”

(Klimt): “Aah. Espere um minuto. Antes de ir, vá até as recepcionistas e peça um aumento de rank para o rank F

(Fran): “??? Não completei cinco pedidos”

(Klimt): “Não há motivos para uma Aventureira que pode cuidar de um exército de Goblins sozinha fazer isso. Também há o fato do rank G não poder participar desta subjugação, então o momento foi conveniente”

(Donna): “Gahahaha! Mesmo só uma Aventureira poderosa a mais fará muita diferença!”

(Klimt): “É um pedido de última hora, então não sabemos quantos Aventureiro irão participar. Levando isso em consideração, qualquer um com poder de combate será valioso”

(Nell): “O pedido da subjugação deverá ser publicado amanhã, então tenha certeza de aceitar ele!”

(Fran): “Nn. Terei”

(Nell): “Estamos salvos”

(Fran): “Então…”

Seguindo o conselho do Mestre da Guilda, nós fizemos o procedimento para aumentar de rank na recepção. Foi simples, então não tivemos nenhum problema. O tempo de duração foi menos de um minuto.  Depois de completo, a letra F apareceu em nosso [Cartão da Guilda].

(Fran): “Aumentou!”

Ela parece feliz. As avaliações dos outros não importam, mas quando o rank aumentou, ela ficou interessada. É como se fossem níveis. Bem, é uma forma de medir a força dela afinal.

(Mestre): “Tudo bem, nossa participação está assegurada. Agora, nós precisamos consertar nosso equipamento. O dinheiro que temos será suficiente?”

(Fran): “Vender armas”

(Mestre): “Para a Guilda?”

Quando nós perguntamos sobre isso, nós recebemos a resposta de que a Guilda não compra nada além de materiais e produtos como [Ervas].

(Mestre): “Bom, vamos levar elas para Gallus”

O problema é se um Ferreiro habilidoso como Gallus irá aceitar essas armas em tão mal estado…

(Mestre): “Não, espere. Há uma outra pessoa, um Mercador que nós conhecemos!”

(Fran): “???”

(Mestre): “Oi, oi… bem, ele não tinha muita presença, então eu acho que faz sentido. É o Randell”

(Fran): “Aah”

Pare com essa reação “Havia uma pessoa com esse nome, não é?”… bom, eu também não conheço ele tão bem assim.

(Mestre): “Ele disse que poderíamos encontra-lo no lado Oeste da rua principal, eu acho…”


Eu estava preocupado se seríamos capazes de encontrar a loja de Randell em uma cidade tão grande como |Aressa|, mas nós a encontramos bem rápido. Ela estava perto da entrada da cidade. Randell podia ser visto de pé na frente da loja.

(Randell): “Oh. Se não é Fran! Por acaso você estava procurando minha loja?”

(Fran): “Nn. Vim vender”

(Randell): “Maravilhoso! Venha, venha. Por aqui”

E assim, Randell nos convidou para a sua loja.

(Mestre): “É bem bagunçado, não é?”

Na pequena loja, as prateleiras estavam amontoadas de produtos. Mel e veneno estavam lado a lado. Armas eram vizinhas de produtos diversos… mas eu não estava me referindo só a isso.

(Fran): “Sujo”

(Mestre): “Oou… mesmo eu preferindo manter o silêncio sobre isso, você foi e disse!”

Quando eu olhei para Randell, eu vi um sorriso sem graça colado em seu rosto.

(Randell): “Haha… você falou bem. Mesmo que eu apenas organize elas pensando no que parece que vai vender…”

Ainda assim, você não tem produtos demais? Bem, eu não sou dono do lugar, então vou guardar isso para mim. Contudo, para uma pessoa comum, este lugar deve ser difícil de se aproximar.

(Fran): “Isto: comprar”

(Randell): “Uwa… você tem uma [Bolsa de Itens], huh!”

(Fran): “Mais ou menos”

Os equipamentos foram retirados um atrás do outro, alguns chamaram a atenção de Randell.

(Randell): “Mesmo assim, isto é… que quantidade incrível!”

(Fran): “Ainda mais. Praticamente o mesmo”

(Randell): “Ehh? Espere um minuto. Me desculpe sobre isso, mas você poderia coloca-las no chão?”

(Fran): “Entendido”

(Randell): “Deve ser de alta qualidade para armazenar tanta coisa… a minha é bem pequena e difícil de usar. Estou com inveja”

Exatamente como um profissional, ele começou a falar de assuntos irrelevantes enquanto analisava as armas. Os olhos dele eram afiados. Era o rosto de um Mercador.

(Randell): “Hmm. A maioria não está em boa condição”

(Fran): “Dos Goblins

(Randell): “Aah. Então foi daí que você conseguiu elas. Algumas são feitas de aço, então elas têm um valor um pouco maior… isso sairá por 13.000 Gorudo, eu acho?”

[Fran]: (“Tudo bem?”)

(Mestre): “Elas devem valer 200 Gorudo em média, huh… olhando para o estado delas, parece um bom preço, não é?”

(Fran): “Entendido. Está bom”

Randell pegou algumas moedas do que deve ser uma [Bolsa de Itens].

(Randell): “Aqui está”

(Fran): “Nn”

Todo o dinheiro foi guardado no ‖Armazenamento Dimensional‖. Como era mais fácil para pegar ele, era um ótimo substituto para uma carteira.

(Randell): “Muito obrigado. E por favor, venha de novo”

Há muito produtos interessantes, então nós provavelmente vamos voltar. Na próxima vez, vamos comprar algo.

Com o dinheiro em mãos, nós seguimos para a loja do velhote Gallus. Mercadores estavam reunidos ao redor da praça como sempre, então nós entramos pela porta dos fundos que usamos no outro dia.

(Fran): “Oláááá”

(Gallus): “Ooh. É você! O que aconteceu? A bainha ainda não está pronta”

(Fran): “Nn. Diferente”

(Mestre): “Eu quero arrumar o equipamento que você nos vendeu mais cedo…”

Mostrando o equipamento de proteção…

(Gallus): “Mas q-que merda…”

… essa foi a reação dele.

(Gallus): “Espere um minuto, só faz um dia… o que diabos aconteceu?”

(Fran): “Luta com Goblins

(Gallus):Goblins?”

(Mestre): “Para ser mais preciso: um enorme exército de Goblins com mais de cem inimigos”

(Fran):Hobgoblins, também”

(Gallus): “Haa? Isso é muito sério!? Uma debandada vai acontecer!”

(Mestre): “Isso já relatado para a Guilda de Aventureiros

(Gallus): “Ah. Já? Bom, está tudo bem então”

(Fran): “Mestre: benevolente”

(Gallus): “Mestre?”

(Mestre): “Esse seria o meu nome”

Isso me lembra que eu não disse meu nome a Gallus, disse? Mas eu tive um péssimo pressentimento…

(Gallus): “Haa? Por que um nome tão estra…”

(Mestre): “Esse não é um ótimo nome? Fran pensou nele!”

Perceba Gallus!

(Gallus): “O-ooh. Esse é… um ótimo nome. Mesmo”

(Mestre): “Não é? Não é mesmo?”

(Gallus): “É o melhor nome! É um nome excelente para uma espada!”

Pheeeew… essa foi por pouco. Gallus continuou elogiando meu nome enquanto olhava para Fran com frequência… isso não é natural.

(Gallus): “Is-isso me lembra que você veio consertar seu equipamento, não é?”

(Mestre): “Isso mesmo! Você pode conserta-lo? Nós precisamos ajudar na subjugação dos Goblins depois de amanhã”

(Gallus): “Sem problemas. Os reparos podem ser feitos imediatamente”

(Fran): “Custo?”

(Gallus): “Certo… 10.000 Gorudo”

(Mestre): “Isso é bem barato”

(Gallus): “Bom, esse é o preço do [Cristal Mágico]

(Mestre):[Cristal Mágico]?”

(Gallus): “Yeah. Diferente de [Pedras Mágicas], [Cristais Mágicos] são extraídos do solo. Depois de acumular poder mágico o bastante, eles podem ser usados como catalisadores”

(Mestre): “Esta é a primeira vez que escuto sobre isso”

(Gallus): “Isso não é necessário para reparos comuns, mas é preciso quando se é um Ferreiro Mágico

(Mestre): “Então você vai consertar o equipamento com magia?”

(Gallus): “Ou. Quer assistir?”

(Mestre): “Não tem problema?”

No fim, eu decidi aceitar a oferta do velhote Gallus e o observei reparando o equipamento de Fran.

Primeiro, ele colocou o equipamento em cima de uma bancada com uma formação mágica desenhada nela. Em seguida ele colocou um [Cristal Mágico] amarelo no que parecia ser um pedestal.

Depois disso ele continuou a lançar um feitiço longo.

(Gallus): “… ‖Reparar‖!”

Com o som da voz de Gallus, a formação mágica brilhou muito. Assim que a luz sumiu por completo, um equipamento de proteção que parecia ser totalmente novo estava em cima da bancada.

(Fran): “Incrível”

(Mestre): “Aah. Eles parecem novos”

(Gallus): “É bem conveniente para esse tipo de equipamento, mas o efeito diminui quando é usado repetidas vezes. Eu consegui com um pequeno [Cristal Mágico] desta vez, mas da próxima vez eu terei que usar um maior. A taxa vai ser 30.000 Gorudo quando isso acontecer”

Se for assim, vai ser mais barato comprar um novo conjunto… eu preciso me lembrar de considerar isso quando o momento chegar.

(Fran): “Obrigado”

(Gallus): “Sem problemas. Eu preciso fazer o meu melhor para que você possa lutar contra os Hobgoblins!”

(Fran): “Deixe comigo”

(Mestre): “Nós vamos derrotar ambos o Rei e a Rainha!”

(Fran): “Nn. Nossa presa”

(Gallus): “Hahahaha! Que confiantes!”