Subjugando 〈Goblins〉: O estopim da guerra

Nota do autor (Tanaka Yu):

Sexto lugar no ranking diário?

Quando eu olhei pela segunda vez, eu descobri que era o quinto lugar.

Ontem eu disse que meu objetivo era o 50º lugar, mas parece que isso já foi alcançado.

Além disso, as marcações de favorito passaram de mil.

Eu nem sei mais o que está acontecendo…

Eu estou chorando, é sério!

Obrigado!


(???): “É um Goblin!”

O vigia gritou.

Usando os materiais que trouxemos, nós deveríamos estar no meio da construção de uma base rudimentar na frente do |Calabouço| agora.

Contudo, da entrada do |Calabouço|, um Goblin parecia surgir. Nós lidamos com os Goblins que patrulhavam a vizinhança para prevenir um súbito tumulto, mas parece que nosso planejamento foi prejudicado por isso.

(Fran): “Mestre, ali”

(Mestre): “Oi. A construção da base ainda não está acabada. Ah… isso virou uma luta corporal, huh…”

Os Aventureiros e Hobgoblins estavam lutando todos emaranhados. Em tal estado, usar feitiços de fogo de larga escala no meio deles estava fora de questão. Os Aventureiros do outro lado pareciam estar lutando com Donna no centro.

(Fran): “Estou indo”

(Mestre): “Ok. Mas antes de invadir o |Calabouço|, nós devemos diminuir o número dos que estão aqui fora. Se os Aventureiros forem aniquilados, eu não serei capaz de dormir à noite”

(Fran): “Mestre não dorme”

(Mestre): “Foi uma metáfora, uma metáfora!”

Fran me desembainhou e começou a correr. Primeiro, ela seguiu para aqueles que estavam em crise: os novatos. Sem parar sua corrida, ela cortou seus oponentes alegremente. Quanto aos ataques surpresas pela retaguarda, só houve um.

(Fran): “Fraco”

(Mestre): “Mesmo eles sendo Hobgoblins, eles não são tão fortes”

Por enquanto, o status dos espécimes que derrotamos eram mais ou menos assim:

 

Raça:Hobgoblin Espadachim
Espécie:Fera Maligna Fera Demoníaca Lv5
HP:69MP:38
Força Física:34Resistência:33
Agilidade:25Inteligência:23
Mágica:19Destreza:19
Habilidades
‖Coerção‖ Lv1 ‖Evasão‖ Lv1 ‖Técnica com Espada‖ Lv1 ‖Esgrima‖ Lv3 ‖Liderança‖ Lv1 ‖Movimento Instantâneo‖ Lv2 ‖Cooperação‖ Lv2 ‖Manipulação de Vigor‖ Lv1

Eles eram quase o mesmo de um Rei Goblin, mas com um status ligeiramente mais fraco. Quanto as habilidades, os Reis ricos em experiência são mais versáteis, mas esses Hobgoblins tinham a habilidade ‖Cooperação‖. Lutar com um grupo grande seria de fato complicado.

Como prova disto, os Mercenários lixos que tentaram brigar com Fran antes da partida já estavam mortos no chão. Ficando ansiosos por suas conquistas, eles parecem ter ido muito longe, conseguindo ferimentos que cobriam seus corpos inteiros. Mesmo com apenas um olhar, era óbvio que eles não podiam ser salvos. Contra inimigos com ‖Cooperação‖, mesmo se eles forem moscas, tentar disparar na frente sozinho obviamente acabaria desse jeito.

Fran não parecia ter notado eles, ou, se eles fossem mesmo desafortunados, ela deve simplesmente já ter se esquecido deles.

(Fran): “Haaaa!”

(Mestre): “É tudo o que vocês vão comer!”

Enquanto Fran me balançava, eu lancei ataques invisíveis com a ‖Aura da Lâmina‖ nos arredores, cortando Hobgoblins enquanto tentava não atrair atenção para nós.

(Aventureiro A): “O-obrigado!”

(Aventureiro B): “Sério, esta garotinha fofa é…”

(Aventureiro C): “Eh? Quem…”

(Aventureiro D): “Sem chances!”

Oh. O garoto de antes ainda está aqui. Sem se forçar demais, ele estava lutando continuamente. Agora, como ele estava surpreso com a imagem de Fran, ele tropeçou e ficou em um aperto. Porém, ele foi salvo por um veterano.

Os outros Aventureiros rank C e D estavam desesperadamente segurando a entrada da caverna, então Aventureiros com força insuficiente estavam perto da base. Além disso, a atenção dos Hobgoblins estava naturalmente direcionada para o ser insuperável: Fran.

(Fran): “Grande caça”

(Mestre): “Eles continuam vindo pelos lados, huh. É bom que estamos aliviando o peso dos outros Aventureiros, porém…”

Quanto a mim, eu preciso me controlar para não absorver as [Pedras Mágicas] daqui. Se ficarem sabendo que as [Pedras Mágicas] dos Hobgoblins que Fran derrotou estão faltando, vários problemas podem surgir.

Além disso, estou verificando as habilidades uma por uma com a ‖Avaliação‖ e só absorvo as [Pedras Mágicas] dos inimigos que tem as que eu absolutamente desejo.

(Mestre): “Agora devemos ficar bem, certo? Rápido, vamos invadir o |Calabouço|

(Fran): “Nn”

Se for dentro do |Calabouço|, eu poderei absorver as [Pedras Mágicas] sem me importar com pessoas ao nosso redor. Eu posso apenas esconder as evidências ao me livrar dos corpos dos inimigos.

Fran se moveu em direção ao |Calabouço|. Na entrada, pessoas e Goblins estavam lutando, todos muito apertados no espaço estreito.

De acordo com os relatórios: |Tipo Caverna|

|Calabouços| tem várias categorias, incluindo o |Tipo Labirinto|, o |Tipo Caverna| e o |Tipo Natural|. O |Tipo Caverna| é visto com frequência em |Calabouços| recém-criados. Armadilhas são praticamente inexistentes, mas em troca, há muitas estruturas complexas… lembrando bastante um formigueiro.

De acordo com os Invocadores que usaram ‖Familiares‖ descartáveis para investigar, não há nada que pareça uma armadilha lá dentro. Como a quantidade de Goblins indo e vindo era enorme, armadilhas seriam um grande obstáculo.

Também não houve nenhuma conversa sobre salas especiais. Sobre essas “Salas Especiais”, elas parecem áreas com efeitos peculiares tais como: selar ‖Transferência‖, selar ‖Recuperação‖ ou absorver |Poder Mágico. Se alguém entrar sem perceber as diferenças entre elas e as salas comuns, há um alto risco de aniquilação total. As pessoas que pareciam capazes de detectar essas diferenças concluíram que não há esse tipo de sala neste local.

Para nós, estas eram ótimas notícias. Sem se incomodar com qualquer tipo de armadilha, poder focar totalmente na batalha era excelente.

(Mestre): “Em frente!”

(Fran): “Nn”

(Mestre): “Yahooooo!”

Fran atravessou o muro estabelecido na entrada da caverna pelos Aventureiros correndo pelo ar. Donna, que assistiu esse espetáculo, ficou impressionado. Com olhos esbugalhados, ele olhou para ela. Oi oi. Se Fran estivesse de saia eu não iria perdoa-lo!

(Donna): “Isso foi… ‖Pulo Aéreo‖!? Essa não deveria ser uma habilidade única dos Cavaleiros do Céu!?”

Ha? Isto é… algo ruim?

(Mestre):Cavaleiros do Céu? Julgando pelo nome, parece ser uma classe de rank bem alto…”

Cavaleiro do Céu, huh… eu me pergunto o quão alto é o rank dessa ocupação. Dependendo da resposta, o uso do ‖Pulo Aéreo‖ vai precisar ser revogado na frente dos outros. Neste ritmo, se relacionar com o “Céu” parece ser algo de alto nível.

(Fran): “Mestre, tarde demais”

(Mestre): “Mu… então é assim?”

Bom, Fran tem um ponto… ou melhor, a partir de agora, esse tipo de coisa vai acontecer de tempos em tempos, então esconder tudo pode acabar não fazendo sentido no fim. Se for esse o caso, talvez seja melhor “acidentalmente” usar isso enquanto ficamos sérios.

(Fran): “Fora isso: Goblins

(Mestre): “Oops. Tem razão”

(Fran): “Mestre, use magia. Depois de aterrissar, eu acabarei com eles”

(Mestre): “Entendido”

Fran usou ‖Flutuar‖, subindo ainda mais no céu. Assim que ela fez isso, eu invoquei a ‖Explosão Tripla‖.

] DOdoDOon! [

A multidão de Hobgoblins na vizinhança da entrada da caverna foi toda lançada para longe. A explosão acabou criando uma cortina de fumaça na frente de Donna, mas mesmo com isso, com Hobgoblins como seus oponentes, ele tinha poder para matar eles com apenas um golpe. Fran aterrissou e sem perder tempo, atacou os inimigos atordoados.

(Fran):‖Onda Sônica‖!”

‖Esgrima‖ Lv5: ‖Onda Sônica‖. É uma técnica que libera uma onda de choque, então era uma boa escolha para nocautear o grupo de Hobgoblins.

(Fran): “Oportunidade”

Com o número de Goblins na entrada da caverna diminuindo, Fran correu com um ] woosh [.

(Aventureiro E): “Es-espere! Apenas Aventureiros rank D para cima devem entrar no |Calabouço|!”

É claro que nós sabemos disso. Contudo, com o objetivo de que ninguém nos impeça de entrar, nós agimos antes que eles pudessem dar as ordens. Afinal, Donna e os outros ainda estavam lutando contra os Hobgoblins.

(Aventureiro E): “Merdaaaa! Vão, atrás da pequena senhorita!”

(Aventureiro F): “Ah. Você tem razão. Normalmente seria ‘você colhe o que planta’, mas permitir que uma garota tão pequena morra não parece correto”

(Aventureiro E): “Seu idiota! Não é isso o que eu quis dizer!”

(Aventureiro F): “Ha?”

(Aventureiro E): “Se deixarmos ela sozinha, a pequena dama vai ficar com toda a glória!”

(Aventureiro F): “Sem chances. Aquela garotinha consegue fazer isso?”

(Aventureiro E): “Aquele ‖Pulo Aéreo‖ de antes e até a magia que ela acabou de lançar… quando você pensar sobre essa senhorita, ignore a aparência externa dela… pense nela como uma Aventureira extremamente habilidosa vestindo a pele de uma criança!”

Apesar dos materiais depois da luta serem todos coletados, a Guilda iria os dividir igualmente entre todos os Aventureiros envolvidos (depois de pegar uma parte para ela mesma, é claro). Entretanto, você tinha permissão para manter os espólios com você se você derrotasse algo sozinho e colocasse o corpo dentro de sua [Bolsa de Itens].

Em outras palavras, quanto mais você derrotasse, mais você ganharia. Parecia ser uma medida posta para aumentar a motivação dos Aventureiros, mas, dependendo da situação, eu acho que isso poderia causar conflitos internos e análises irresponsáveis… da mesma forma como nós seguimos para o |Calabouço| para nossa própria conveniência.

(Fran): “Mestre”

(Mestre): “Isto é… um belo amontoado de pontos de experiência!”

Dentro do |Calabouço|, os Hobgoblins estavam embalados como sardinhas.

(Fran): “Por favor”

(Mestre): “Ou! ‖Rajada de Chamas‖!”

‖Magia das Chamas‖ Lv1: ‖Rajada de Chamas‖. É uma magia onde uma onda de calor é formada por chamas convergentes. Seu alcance não é particularmente amplo, mas é muito mais poderosa do que a ‖Magia do Fogo‖.

] KyUUUinnnnBoBoBoBoBoOn! [

O raio de calor perfurou os Goblins e a onda de choque estraçalhou os restantes. Quando se usa esta magia em um espaço estreito como uma caverna, seu poder é devastador.

Mais uma vez, Fran correu em frente.

(Mestre): “Nós trouxemos uma [Pena de Transferência] usando o dinheiro que tínhamos disponível, então vamos o mais longe que pudermos!”