O clichê do “nobre idiota” apareceu

Nota do autor (Tanaka Yu):

A respeito do ‖Compartilhar Habilidades‖ e a questão da unificação das habilidades, a explicação pareceu ser insuficiente, resultando em algumas partes que estavam difíceis de se entender.

Como eu recebi algumas indicações dos leitores, eu mudei algumas partes.

Eu publiquei um relatório de atividade detalhado, então por favor, olhem ele para maiores informações.

Para aqueles que acham que consular o relatório é trabalhoso, eu também incluí uma breve explicação no final deste capítulo.


Aquele que invadiu a sala do Mestre da Guilda era um gordo, lento e não saudável homem vestido em uma armadura de prata.

… quem diabos é ele? Eu não vi ele no caminho para cá… eu também não podia sentir a presença dele… ah. Talvez seja um efeito do equipamento dele?

 

Nome:Auguste AlsundIdade:29 anos
Raça:Humano
Classe:SoldadoLevel:30
Condição:Normal
HP:108MP:99
Força Física:52Resistência:53
Agilidade:45Inteligência:50
Mágica:47Destreza:45
Habilidades
‖Atuação‖ Lv1 ‖Canto‖ Lv1 ‖Equitação‖ Lv1 ‖Enganar‖ Lv1 ‖Etiqueta da Corte‖ Lv4 ‖Esgrima‖ Lv1 ‖Aritmética‖ Lv1 ‖Socializar‖ Lv2 ‖Resistência a Veneno‖ Lv1 ‖Conhecimento sobre Venenos‖ Lv2 ‖Herbalismo‖[1] Lv2
Habilidades Únicas
‖Lei das Mentiras‖ Lv5
Títulos
Visconde Vice Comandante da Ordem de Cavaleiros de Aressa
Equipamentos
[Espada Longa de Mithril] [Armadura Completa Resistente de Prata] [Manto do Leão Vermelho] [Anel da Ocultação de Presença]

Ele é bem desbalanceado, não é? Apesar de ser Lv30, os valores do Status dele são baixos… provavelmente algo em torno de um Aventureiro rank E.

Além disso, as habilidades dele são vergonhosas. Coisas como ‖Socializar‖ são altas, então ele provavelmente é algum tipo de nobre, mas algo como ‖Esgrima‖ Lv1… isso não é baixo demais para um Cavaleiro? Mesmo assim, ele tem o título de Vice Comandante?

(Klimt): “O que exatamente você está querendo dizer com isso, Sir Auguste?”

(Auguste): “Exatamente o que era esperado! Uma [Pedra Mágica] de um Demônio? Algo de tanto valor… uma garotinha monopolizando isso é absolutamente inaceitável!”

(Klimt): “Eu pensei que era isso o que você queria dizer, porém… quanto as subjugações, os materiais das Feras Demoníacas derrotadas exclusivamente por um único Aventureiro são garantidos para a pessoa em questão. Ela, tendo derrotado o Demônio, tem os direitos legais sobre a [Pedra Mágica]. Ou melhor, por ter dados os materiais do Demônio para a Guilda apesar de ter esse direito, não há uma única razão para a acusarmos de nada”

(Auguste): “Bobagem! Se fosse algo no nível dos materiais de um Hobgoblin, então você poderia deixa-la ficar com quantas ela quisesse, mas materiais de alto nível como aqueles de um Demônio… só por permitir que uma Aventureira de baixo nível fique com esse tipo de material já é um absurdo!”

No fim, parece que os materiais que nós conseguimos eram ainda mais incríveis do que eu tinha imaginado. Estou me arrependendo um pouco por ter dado aquele corpo, mas…

(Auguste): “Esta garotinha, ela não agiu por conta própria arbitrariamente? Isso é claramente uma violação das ordens! Este tipo de pessoa, ela ao menos tem o direito de receber uma recompensa?”

(Klimt): “Fuu… se vamos mudar para o tópico de ‘violações de ordens’, então acredite em mim quando eu digo que não podemos fazer nada. Quase todos os Aventureiros vão acabar nesse julgamento afinal. De fato, seria estranho se os Aventureiros não agissem de forma autônoma. Se você souber de algum deles que não violou nenhuma ordem ou regra, então por favor, eu gostaria muito de conhecer ele”

(Auguste): “Então vocês são todos um bando de arruaceiros afinal…”

(Klimt): “Bom, comparados com os cavaleiros bem-comportados da Ordem dos Cavaleiros, é natural que nós acabemos parecendo um bando de rufiões[2]

Os olhos do Mestre da Guilda não pareciam felizes enquanto ele falava… você poderia até sentir a sede de sangue sendo emitida. Chegou ao ponto em que eu comecei a admirar esse nobre gordo por não ter percebido isso. Talvez por causa do excesso de gordura em seu rosto, ele acabou se tornando naturalmente um imbecil?

(Auguste): “Hmm. Então deixe-me te dizer algo bom. Esta mocinha está mentindo, entendeu?”

] Gikuuuu [

Ah. É a habilidade única desse cara?

 

‖Lei das Mentiras‖
Permite que o usuário veja as mentiras contadas pelos outros, enquanto faz as mentiras do usuário mais difíceis de serem detectadas. Além disso, as mentiras do usuário serão aceitas com mais facilidade.

É a habilidade ideal para vigaristas, ditadores e líderes de seitas religiosas questionáveis. Como este cara pode ter uma habilidade dessas e ter apenas o título de Vice Capitão em uma Ordem de Cavaleiros local? Pensando no tipo de posição mais odiado pelas pessoas em novels de fantasia, a escala não está pequena demais?

Dependendo do jeito que ele usar isso, é uma habilidade que pode fazer coisas horrendas. Ainda assim…. bem… eu suponho que isso só mostra que não importa o quão excelente seja a habilidade, o poder dela reside em seu usuário.

Parece que fomos encurralados… ou seremos se as próximas palavras dele forem o que eu estou esperando. Mas elas não foram.

(Auguste): “Ela disse que a [Pedra Mágica] foi aniquilada, mas isso definitivamente é uma mentira. Não há dúvidas de que ela está escondendo ela em algum lugar”

Huh? Não, isso não foi uma mentira, sabia? Dizer que “ela foi aniquilada” era verdade.

(Klimt): “… mesmo que seja o caso, ela tem o direito da [Pedra Mágica]

(Auguste): “Não, um relatório falso neste tipo de situação não pode ser tolerado! Além disso, e se ela estiver escondendo mais alguma coisa?”

(Fran): “Realmente aniquilada”

(Auguste): “Você ainda está mentindo?”

Que diabos este cara está dizendo? Ele pode detectar mentiras, então ele deveria saber que o que Fran disse é verdade…

… não, ele só está fazendo isso, não é? É possível que ele saiba muito bem por ter o ‖Direito das Mentiras‖. Nesse caso, se ele falar que alguém está mentindo, então a pessoa automaticamente se torna uma mentirosa. Usando isso, ele está planejando incriminar Fran.

(Fran): “???”

(Mestre): “Fran, não fale mais nada”

[Fran]: (“Entendido”)

Agora, a verdadeira pergunta é “Qual o objetivo dele?”

(Klimt): “Este não é o local para conversas oficiais… ela só veio aqui para uma conversa privada. Mesmo que ela fale alguma mentira, não há nenhum tipo de lei que irá acusa-la nesse caso, estou certo?”

O Mestre da Guilda estava estranhamente nos cobrindo. Talvez ele odeie nobres? Bom, independentemente de seus motivos, estou agradecido. Continue assim, Mestre da Guilda!

(Auguste): “Ela tentou roubar de nobres como eu enquanto não estávamos conscientes da situação: não importa o lugar, isso é um crime!”

(Klimt): “Eu vou dizer isso mais uma vez: eu não sabia que algo como contar uma piada era um crime”

(Auguste): “Ainda assim, esta garota não é confiável! Eu escutei que você nem sabe sobre o local de nascimento dela! Ela pode ser uma espiã estrangeira! Entregue todos os pertences dela para a Ordem de Cavaleiros! Se nós recebermos e inspecionarmos os itens, nada mais será dito sobre a conduta rude dela de hoje”

Haa? Este cara, o que ele acabou de dizer? Entregar os pertences dela? Isso não é apenas extorsão? Ele realmente acha que vamos concordar com isso?

(Klimt): “O que você está dizendo!?”

(Auguste): “Para começo de conversa, vocês desgraçados da Guilda de Aventureiros ignoraram nossa Ordem de Cavaleiros e foram para a Subjugação de Goblins por conta próprio, não é? Vocês detestariam que nossa elite de Cavaleiros roubasse seus ganhos… um comportamento apropriado para Aventureiros vulgares. Se você entregar os materiais do Demônio, nós podemos ignorar este deslize”

(Klimt): “Haa? Nós contatamos a Ordem de Cavaleiros. A data e o horário que planejamos a Subjugação foram corretamente comunicadas”

(Auguste): “Humph. Não minta! Ao menos metade da pilhagem, todos os materiais do Demônio e esta bagagem da garota: entregue tudo!”

(Klimt): “Metade dos ganhos? Todos os materiais do Demônio? Não há motivos para entregarmos esses itens para a Ordem de Cavaleiros que não fez absolutamente nada”

(Auguste): “O que você está dizendo!? Seus Aventureiros malditos… cegos demais pela ganância pelo que está diante de vocês… abandonaram a proteção da cidade e foram até o ninho dos Goblins! Enquanto nós Cavaleiros cuidamos da ordem pública da cidade sozinhos!”

(Klimt): “Então, vocês ficaram com medo e não quiseram participar, assim ignorando nosso pedido…”

(Auguste): “Oi. Você disse alguma coisa?”

(Klimt): “Não. Nada”

Então, foi isso o que aconteceu… a Ordem de Cavaleiros estava com medo dos Hobgoblins, então eles deliberadamente ignoraram o apelo para participar da campanha de subjugação. E assim, os Aventureiros foram sozinhos. Quando eles retornaram, eles não apenas tiveram poucas casualidades, mas também obtiveram um enorme ganho. Agora, os Cavaleiros queriam parte desses ganhos.

Então, quem são os gananciosos aqui mesmo?

(Auguste): “Oi. Garota! Para começarmos, entregue essa espada. Ela parece ser consideravelmente bonita, então, onde foi que você roubou ela? Fale a verdade!”

O nobre de merda gordo se aproximou.

[Fran]: (“Matar?”)

(Mestre): “Espere, vamos observar um pouco mais”

Eu também queria espancar ele até ficar satisfeito, mas nós devemos nos segurar.

(Klimt): “Dentro da Guilda, a Ordem dos Cavaleiros não tem autoridade. Mesmo assim, você ainda insiste em nos dar ordens? Você ainda demanda que entreguemos metade dos ganhos dos Aventureiros que arriscaram as próprias vidas?”

(Auguste): “É nosso direito natural”

Este desgraçado. Ele realmente disse isso. E agora, ainda mais sede de sangue estava escapando do Mestre da Guilda. Uwa. Depois de ficar tão nervoso, ele fez bem em segurar seu desejo para começar uma briga. Ao invés disso, ele estava apenas sorrindo alegremente, na superfície… este Mestre da Guilda é um homem que merece respeito.

(Auguste): “Primeiramente, entregue um contrato assinado. Você, seu maldito, se você escrever seu nome aqui, então a entrega dos materiais vai ser aceita”

(Klimt): “Este é o consenso da Ordem de Cavaleiros? Ou, reformulando a minha pergunta, o Comandante também sabe disto, certo?”

(Auguste): “… é claro”

(Klimt): “Então, está tudo bem se eu confirmar isso?”

(Auguste): “H-huh? É que… não há necessidade para tal…”

(Klimt): “Quem decidi isso sou eu”

Parece que a maré virou.

(Klimt): “Confirmar algo como isso, tem algum problema em fazer isso?”

(Auguste): “Nã-não brinque comigo! Você está dizendo que eu estou mentindo? Ina-inacreditável. Por enquanto, eu vou me retirar!”

Uwaa… ele acertou o alvo, huh. Seja para aumentar sua reputação com seus colegas ou apenas para roubar nossos ganhos, é certo que este cara veio aqui sem permissão.

(Mestre): “Ok. Vamos testar aquilo nele”

Testar o quê? Deve ser a sua pergunta. ‖Tomar Habilidade‖, é claro. Ele até tem uma Habilidade Única preparada especialmente para nós.

[Fran]: (“Eu quero tentar também”)

(Mestre): “Mh. Primeiro, eu vou fazer o teste”

O alvo, obviamente, é a Habilidade Única. Pensando nisso, esta habilidade deve ser bem difícil de usar em um oponente se você não tiver o ‖Avaliar‖, huh

Estou mencionando isso porque o Demônio não tinha o ‖Avaliar‖. O Mestre do Calabouço disse que ganhou o Demônio em algum tipo de loteria de monstros, então talvez as habilidades dele fossem estranhas por causa disso? Ou talvez todas as Feras Demoníacas sorteadas nos primeiros estágios de um |Calabouço| têm habilidades aleatórias? Ou quem sabe o Mestre do Calabouço simplesmente esqueceu de adicionar o ‖Avaliar‖ a suas habilidades?

Yeah. A última opção me parece a mais provável.

(Auguste): “Eu vou voltar!”

Oops. O bundão está indo embora.

(Mestre):‖Tomar Habilidade‖!”

… sucesso. A melhor parte desta habilidade é que não há efeitos visíveis, permitindo que você roube habilidades em segredo. É realmente algo vil.

‖Lei das Mentiras‖ Lv5 adquirida! Com isto, nós verificamos que Habilidades Únicas podem ser roubadas. Além disso, parece que o verdadeiro perigo dessa habilidade é que as habilidades que são roubadas continuam no mesmo Level de quando foram tomadas. Se uma habilidade de alto nível for roubada, você pode subitamente virar um especialista.

A desvantagem é que a Habilidade Única que eu ganhei não pode ser colocada como uma Habilidade Ativa. Se isso é bom ou ruim, eu não sei dizer, mas ela está registrada como minha habilidade e eu não posso compartilha-la com Fran. O oposto também deve acontecer. No futuro, nós teremos que escolher o que roubar dependendo da situação.

(Fran):‖Tomar Habilidade‖

Me imitando, Fran murmurou isso. Naturalmente, isto também foi um sucesso. A próxima habilidade de mais alto nível, ‖Etiqueta da Corte‖ Lv4, foi roubada.

Kukukuku. Vai ser bem interessante quando ele notar que suas preciosas habilidades estão ausentes!

[Fran]: (“Mestre. Consegui”)

(Mestre): “Ou. Foi um enorme sucesso”

[Fran]: (“Agora: matar?”)

(Mestre): “Posso matar ele, posso matar ele… por que você quer tanto dar um fim nele?”

[Fran]: (“Odeio ele”)

Eu tenho um pressentimento de que esta criança está aos poucos se tornando perigosa… é verdade, ela não deveria ficar mais elegante e refinada agora que a ‖Etiqueta da Corte‖ foi obtida? Não? É impossível afinal, huh

(Klimt): “Haa… eu sinto muito sobre isso”

(Fran): “Quem era esse?”

(Klimt): “Um novato filho de um grande nobre e também o Vice Capitão da Ordem de Cavaleiros de Aressa. Ele é um esnobe que comprou sua posição com ouro e graças a sua linhagem, é um desafio lidar com ele. Há quase um ano ele se mudou para cá e desde então ele esteve brandindo sua posição social em todas as oportunidades. Por isso, ele é odiado pela maioria das pessoas na cidade. Entretanto, mostrar um comportamento tão ridículo na Guilda é novidade”

(Fran): “Reclamar com a Ordem de Cavaleiros?”

(Klimt): “Impossível. Para pessoas como ele, seus pais irão conter qualquer queixa. É por isso que ele cresceu e se tornou esse idiota. Além disso, ele possui uma habilidade chamada ‖Lei das Mentiras‖ que pode ver através das mentiras… para ser honesto, eu não posso lidar com ele e ele não pode ser subestimado”

(Fran): “Peixe pequeno, mas Vice Comandante? Com dinheiro: está tudo bem?”

(Klimt): “Você deveria aplicar essas queixas para o próprio país. De qualquer forma, peixe pequeno ou não, o Level dele é razoavelmente alto. É comum que esses nobres formem grupos com Cavaleiros poderosos e cacem Feras Demoníacas para aumentar seus Levels, então é provável que esse seja o caso dele”

Então é esse tipo de aumento de Level, huh. Se for assim, então não é estranho ver que suas habilidades de combate não tiveram crescimento. No fim, ele apenas tem a aparência de um Cavaleiro Lv30.

(Fran): “Da próxima vez: espanca-lo sem piedade”

(Klimt): “Se possível, por favor, não faça isso. O Vice Comandante é um idiota, mas o Comandante é uma pessoa razoável, então, se eu reportar este evento a ele, o Vice Comandante vai se comportar por algum tempo”

(Fran): “Tudo bem”

(Klimt): “Sério, não faça isso. Se for uma situação onde você começou uma briga, os problemas não vão aparecer apenas para você”

É para o nosso próprio bem então, huh. Bom, para essa pessoa em específico, um relacionamento do tipo dar e receber é provavelmente mais confiável do que uma amizade.

(Klimt): “Mais uma vez, por nos oferecer os materiais do Demônio: muito obrigado. Graças a isso, a Guilda teve um grande lucro”

(Fran): “Nn”

(Klimt): “Então, você realmente está com a [Pedra Mágica]?”

Et tu, Mestre da Guilda!?

(Klimt): “É uma piada”

(Fran): “Perigoso”

(Klimt): “O que foi?”

(Fran): “Quase peguei ela”

(Klimt): “Hahahaha! Isso foi bem assustador! Muito bem, por favor, tome cuidado com ele. Ele abusa de sua habilidade para ver as mentiras e impiedosamente engana os outros”

(Fran): “Está tudo bem”

(Klimt): “Tem certeza? Se você diz isso, então não importa, mas…”

(Fran): “Acabou?”

(Klimt): “Sim, obrigado de novo. Ah. Uma última coisa”

(Fran): “???”

(Klimt): “Por favor, vá para a recepção para aumentar seu rank. Eu já preparei os documentos”

(Fran): “De novo?”

(Klimt): “Sim, de novo. Você conseguiu feitos impressionantes afinal. Uma Aventureira que exterminou um Demônio sozinha… não é possível para tal pessoa continuar no rank F. Por enquanto, seu rank será aumentado para o D

(Fran): “Não E?”

(Klimt): “Eu planejei aumentar para o C, mas, como imaginei, eu não consegui obter o consentimento das outras Guildas

Bem, isso me parece óbvio. Uma garota de 12 anos que acabou de virar uma Aventureira derrotou um Demônio de rank B sozinha? De que tipo de novel de aventura veio essa situação? De fato, conseguir aumentar para o rank D já é um grande salto.

(Fran): “Entendido. Indo para a recepção”

(Klimt): “Por favor, cuide de nós a partir de agora. Sua compensação também será paga quando você for para lá… junto de um bônus”

(Fran): “Nn”

Parece que o rumor de que vamos aumentar de rank na recepção se espalhou, então os outros Aventureiros estavam barulhentos. Aparentemente, este era o aumento de rank mais rápido da história da Guilda. Nós nos registramos há apenas quatro dias afinal.

Isso começou com apostas para descobrir se Fran realmente iria aumentar o rank, mas como nós pulamos um rank, parece que causamos muitas perdas… ou melhor, o tumulto que causamos se tornou maior do que esperávamos.

(Aventureiro A): “Haha! Graças a pequena senhorita eu consegui uma fortuna!”

(Aventureiro B): “Merdaaaa! Que prejuízo….”

(Aventureiro C): “Wahahahaha!”

(Aventureiro D): “Então, que tal? Eu devo pagar uma bebida a você?”

(Aventureiro E): “Idiota, como se uma criança tão pequena pudesse beber álcool!”

(Fran): “Obrigado”

(Aventureiro F): “O-oh! Você pode?”

(Aventureiro G): “Então vamos pedir um suco de maça para você!”

E com isso, o rank de Fran foi para D. Rank D, huh… ela já é uma esplêndida Aventureira “intermediária”.

Pensando nos eventos de hoje, talvez fosse melhor eu me revelar? Podem existir situações mais adequadas como a de mais cedo, mas se for uma Aventureira rank D, ter uma [Espada Mágica] ligeiramente estranha não seria tão esquisito.

Uma espada que fica mais forte ao absorver [Pedras Mágicas]… se isso for revelado, as coisas podem ficar mais fáceis para Fran. Qualquer coisa além disso… e eu não sei. Da próxima vez, vamos pedir algum conselho ao Velhote Gallus.

De qualquer forma, em relação a [Pedra Mágica] do Demônio, a maioria das pessoas parece achar que Fran está escondendo ela, então me revelar não seria um problema. O entendimento deles iria simplesmente mudar de “Ela está escondendo isso” para “A espada dela absorveu isso”. Se for assim, então entregar apenas os materiais do Demônio para Guilda seria o bastante. Também é graças a todo mundo que conseguimos um bônus.

Então… devemos providenciar as bebidas deles hoje? Acumular pequenos favores é importante afinal.

(Fran): “Hoje: por minha conta”

(Aventureiro A): “O que você está dizendo? Como se eu fosse deixar uma criancinha pagar minha conta!”

(Fran): “Está tudo bem. Também consegui um bônus”

(Aventureiro B): “Ohh. Como você é generosa!”

(Fran): “Não sou gorda[3]

(Aventureiro C): “Gahaha, você é divertida pequena senhorita!”

(Aventureiro D): “Então, eu vou recuperar minhas perdas com bebidas”

(Aventureiro E): “Wahahaha!”

No fim, esses alcoólatras nos custaram mais do que 100.000 Gorudo


Nota do autor (Tanaka Yu):

Abaixo, há uma pequena explicação, mas o ponto é que as habilidades compartilháveis do protagonista e da Fran são apenas aquelas obtidas das [Pedras Mágicas] e são chamadas Habilidades Ativas na tabela de Status. Essas habilidades podem ser Normais, Extras ou Únicas. Qualquer outra habilidade não pode ser compartilhada. Contudo, qualquer Habilidade Ativa que sofra uma mudança e se torne uma habilidade Única não pode mais ser compartilhada.

Só para servir de exemplo, ‖Esgrima‖ evoluindo para ‖Esgrima de Mestre‖ não é considerado uma mudança de habilidade do tipo Normal para o tipo Único.


[1] Herbalismo é o uso e estudo das plantas medicinais. Nesta prática usam-se também diversos produtos derivados de fungos e das abelhas, assim como minerais e substâncias de origem animal.

[2] Rufião é uma pessoa que se envolve em brigas com frequência; brigão.

[3] Em japonês, generosa e gorda tem um som parecido (futobbara e futohara respectivamente) por isso Fran achou que tivesse sido chamada de gorda.