Um pequeno sparring

Nota do autor (Tanaka Yu):

Eu recebi uma avaliação geral de 30.000 pontos!

Isto é tudo graças ao apoio de vocês!


(Amanda): “Haahhh!”

(Fran): “Fuu!”

(Mestre): “Perigoso! Isto é realmente perigoso!”

O golpe do chicote de Amanda atingiu o local em que Fran estava há pouco.

] DoGOoOoO [

Isso não é o poder de um chicote! É mais como se uma marreta gigante tivesse sido jogada no meio de uma briga, afundando no solo!

(Amanda): “Ahahaha! É assim mesmo Fran!”

(Fran): “!!!”

Nós fomos completamente capturados pelo ritmo de Amanda. Fran foi bloqueada por aquele chicote de qualidade transcendente desde o início, então era impossível nos aproximarmos.

Como esperado de uma Aventureira Rank A. Eu pensei que nós poderíamos ter uma boa luta, mas eu estava subestimando ela.

(Mestre): “Esse chicote com certeza é um problema…”

Apenas movimentos defensivos podiam ser usados para bloquear os ataques, que vinham de todos os ângulos. Os golpes estavam sempre mudando e variavam infinitamente. Algumas vezes, os ataques podiam vir na forma de ataques brutos pesados, algumas vezes eles podiam cortar facilmente através de pedras e, às vezes, nem mesmo o som podia acompanha-los. Falando francamente, era estranho que Fran ainda não tivesse sido derrotada.

(Mestre): “Você está bem?”

[Fran]: “Mestre, interferência: proibido”

(Mestre): “Eu sei”

[Fran]: “Nn! Com certeza vou acertar um ataque”

(Mestre): “Ou. Dê o seu melhor”

Esse pode ser um alvo alto demais… Amanda nem mesmo saiu de sua posição inicial.

Ela já é incomparável quando se trata do chicote, mas devemos manter em mente que o emprego de Amanda é Campeã das Tempestades, o que significa que ela é totalmente capaz de usar a mais alta forma da ‖Magia do Vento‖: ‖Magia da Tempestade‖. Entretanto, ela ainda não usou nenhuma magia. Em outras palavras, ela nem considerou que isso seria necessário.

Mesmo eu observando o fluxo mágico dela usando ‖Feitiçaria‖, não havia mudanças. E, além de não usar nenhuma magia, ela nem usou qualquer ‖Técnica com Chicote‖, transmitindo um ameaçador senso de terror.

Contudo, Fran também não é comum. Gradualmente, ela se acostumou com os movimentos do chicote. A distância entre ela e Amanda estava ficando menor.

(Fran): “Agora!”

(Amanda): “Ingênua!”

(Fran): “Previsto”

(Amanda): “Muuuu! Você conseguiu, huh!”

Talvez a batalha simulada valha a pena. Fran chegou em uma posição onde eu quase poderia alcançar Amanda.

Finalmente, depois de cinco minutos desde o início da batalha, Amanda foi forçada a mover suas pernas. Fran, recebendo uma imensa quantidade de sede de sangue, tomou alguma distância mais uma vez.

(Amanda): “Ah, me perdoe. Parece que a ingênua fui eu”

(Fran): “Nn”

(Amanda): “… sh!”

(Fran): “Bu”

(Amanda): “É a primeira vez depois de um bom tempo que eu precisei desviar em uma luta”

Com seu chicote ondulando como uma serpente, Amanda se atirou contra Fran. Os movimentos dela eram os mesmos de uma cobra. Além disso, a presença de magia era emitida da habilidade que ela iria usar. Provavelmente seria uma ‖Técnica com Chicote‖.

Com isso, a batalha se intensificou ainda mais. Feridas, grandes e pequenas, cobriram o corpo inteiro de Fran conforme o tempo passava. O poder do chicote revestido com poder mágico usando as ‖Técnicas com Chicote‖ era terrível. Mesmo Fran desviando por pouco dos ataques, ela sofreu danos com a pressão do vento.

Ainda assim, eu não estou tão preocupado. No dia que conhecemos Amanda, nós buscamos as informações dela. Logo de cara, nós descobrimos que ela era uma boa pessoa e tinha uma boa personalidade.

Para começo de conversa, Amanda administrou um orfanato por mais de 30 anos. Há aproximadamente 500 pessoas na atual |Aressa| que saíram desse orfanato, fazendo ela ser amada por muitos.

Quando |Cobweb| ainda estava ativa perto de |Aressa| nessa época, Aventureiros prosperavam. Com isso, o número de órfãos que tiveram pais mortos enquanto se aventuravam também aumentou e os guardas não eram exatamente gentis. Com 20 anos de idade, Amanda (ainda uma Rank D nessa época) estendeu sua mão para ajudar essas crianças.

Abrindo mão de seus materiais, ela construiu um orfanato para educar e abrigar qualquer órfão que ela pudesse encontrar. Hoje em dia, há muita ajuda de outras pessoas da cidade e a administração do orfanato é positiva, mas… naquela época, deve ter sido muito difícil sorrir com tudo o que acontecia.

Além disso, a respeito do Título Guardiã das Crianças, para obtê-lo, você não tem apenas que salvar crianças, mas ser amado por elas também. Dizem que esse é um Título que será perdido se a pessoa realizar qualquer comportamento inadequado.

Amanda, possuindo tal Título, obviamente seria uma boa amiga para Fran, que é uma criança.

Quem sabe, contanto que as duas estejam satisfeitas, não haverá nenhuma consequência com os ferimentos infligidos nesta batalha… ou talvez seja porque todos os ferimentos não estão sendo causados com intenções ruins.

(Amanda): “Ha!”

(Fran): “Kuu…”

Mesmo assim, a intensidade desta batalha era preocupante.

Estava aos poucos se tornando uma batalha unilateral, com Fran na defensiva.

huh? Neste ritmo, isto não vai ficar realmente ruim? ‖Anti-Morte‖ previne mortes instantâneas, mas ela não é absoluta. Você poderia morrer “de novo” se você estivesse com as condições Envenenado ou Sangrando.

Eu devo parar elas?

… não, vamos esperar e ver por mais um tempo. Fran quer acertar ao menos um golpe nesta batalha.

(Fran): “Agora!”

Fran se moveu. Contra Amanda, que ativou outra ‖Técnica com Chicote‖, ela pisou em frente com força. Para um espectador, isso poderia parecer desespero, mas eu sabia que esse não era o caso.

(Fran): “Gu…”

O chicote, empurrado para frente, arranhou o lado de Fran. Sangue dançou no ar enquanto escapava da ferida aberta, mas Fran, que era empurrada pela força da ‖Magia do Vento‖, avançou com uma careta.

(Amanda): “Como esperado de você!”

(Fran): “Ha…”

Usando metade de sua |Mágica restante, Fran arremeteu com todo o seu corpo. Não era uma ‖Técnica com Espada‖, mas seu poder ofensivo era provavelmente equivalente a um.

Além disso, não havia tempo para Amanda puxar seu chicote de volta para contra-atacar.

(Amanda):‖Escudo de Vento‖!”

] GYyYyan! [

Com um som estridente, o golpe de Fran usando todo o seu corpo foi… detido. ‖Magia do Vento‖, que Amanda ainda não tinha usado, anulou o golpe. Não é preciso dizer que ela só usou isso porque foi encurralada. Contudo, o objetivo de Fran era acertar um único golpe. Ela não ficaria satisfeita só com isto.

E assim, Fran liberou a magia que ela estava preparando: ‖Rajada de Fogo‖.

Ela foi disparada imediatamente depois da magia defensiva ser usada. Até Amanda não seria capaz de reativar uma medida defensiva a tempo.

(Mestre): “Esplêndido!”

Durante toda a batalha, eu estive entoando Árias[1] com o ‖Pensamento Paralelo‖ para ver em que momento eu poderia desferir um ataque e, na minha opinião, esse foi com certeza o melhor momento.

(Amanda): “Kuu!”

] GaGOOOOON [

Com Amanda sendo atingida diretamente com a ‖Rajada de Fogo‖, uma grande explosão surgiu. Uma nuvem de fumaça cobriu toda a área, como se uma bomba tivesse sido detonada. O chão ao nosso redor derreteu, se tornando algo parecido com lava. Como nos saímos, eu me pergunto.

Ela não está morta, está? Ela é uma Rank A, mas a explosão de agora foi um pouco perigosa… houve um momento em que eu pensei isso.

Que tipo de magia iria permitir que ela permanecesse ilesa? Não apenas isso, ela estava em perfeitas condições! Não importa como você olhe para isso, esta mulher está longe demais do comum! Eu sei que há a ‖Resistência Contra Fogo‖, mas ela chega a esse ponto!?

(Amanda): “Isso foi perigoso…”

(Fran): “Nn… lamentá… vel…”

] Dosa [

Com isso, Fran caiu com um olhar de irritação. Com tamanho sangramento excessivo, não era de se estranhar que ela ficou zonza. E assim, chegando ao limite de sua resistência, Fran ficou inconsciente.

(Mestre): “Que pena… ainda assim, você se saiu bem”

Foi bom termos este monstro como oponente aqui. Além disso, Fran fez isso sem a minha ajuda.

(Amanda): “Fran! Eu sinto muito!”

Amanda se aproximou da desmaiada Fran com pressa e tirou uma [Poção] antes de borrifar o conteúdo em Fran. Sem sombras de dúvidas, era uma [Poção de Vida] de primeira classe.

(Amanda): “Como recompensa por sua perseverança, você deveria ter acertado aquele golpe, mas… a ‖Graça dos Espíritos‖ me protege automaticamente”

Entendo, então foi graças a ‖Graça dos Espíritos‖. Parece ser uma habilidade que automaticamente invalida danos até certo nível. É uma habilidade extremamente forte, mas ela tem a desvantagem de precisar de 24 horas para reutiliza-la.

Fran pode não se convencer, mas eu acho que esse ataque dela definitivamente foi ótimo. Um que invocou a defesa absoluta de sua oponente.

Bem, por enquanto, descanse bem. Quanto a vigilância… os outros podem tomar conta disto. Provavelmente.


[1] Ária é qualquer composição musical escrita para um cantor solista, tendo quase o mesmo significado de canção. Geralmente usa-se o termo ária quando está contida dentro de uma obra maior.