Urushi e Fran

(Fran): “Isto é um cão?”

(Mestre): “Cão?”

(Urushi): “Wuu…”

Como esperado, deve ser vergonhoso ser considerado como um mero cão.

(Mestre): “Ele é algo que eu invoquei”

(Amanda): “Eu fiquei surpresa quando ele apareceu tão de repenteeee”

(Mestre): “Fran, este é Urushi. Ele é um Lobo da Escuridão que, como eu disse, apareceu com as minhas invocações”

(Fran): “Urushi?”

(Urushi): “Kuun”

(Fran): “Bom garoto”

Quando Fran acariciou a cabeça dele, Urushi soltou uma voz alegre.

(Fran): “Aqui, aqui”

(Urushi): “Whuu”

… este cara é um Lobo, não é? Ele está agindo como um grande cachorro agiria…

(Fran): “Nn”

(Urushi): “Hah, hah, hah”

(Amanda): “Fofo”

Enquanto sua nuca, seu focinho e seu queixo eram esfregados, Urushi fechou seus olhos com o prazer e lambeu o rosto de Fran. Hey, hey, você não acabou de comer uma aranha gigante? Você provavelmente deve limpar seu rosto Fran…

Bom, tirando isso, Fran está segura, então como devemos prosseguir? Eu acho que primeiro devemos nos encontrar com o resto dos Aventureiros. Eu fui um pouco impaciente, então eu não me preocupei com isso antes, mas este |Calabouço| é perigoso para Clad e Frion, certo? Se eles acabarem morrendo eu teria problemas para dormir à noite.

(Amanda): “Hey, vocês, levantem”

(Aventureiro A): “Uu… nnh…”

(Aventureiro B): “Huh? Onde?”

(Amanda): “Em pânico, vocês ativaram uma Armadilha de Transição e foram pegos no efeito dela”

(Aventureiro A): “Ah, verdade, a garotinha tava lá também!”

(Aventureiro B): “Ela tá bem?”

Parece que depois que eles ficaram incapazes de lutar após a transferência, esses dois apagaram devido ao veneno e o sangramento. Contudo, enquanto estavam no estado de tontura, eles viram lampejos de Fran derrotando as aranhas.

(Aventureiro A): “Cê nos salvou”

(Aventureiro B): “Obrigado”

Oh-ho. O fato de eles curvarem suas cabeças é motivo de elogio, considerando que eles são companheiros de Clad. Se eles agissem com arrogância contra seus salvadores, eu teria que puni-los um pouco.

(Urushi): “Ohn”

(Aventureiro A): “Uwo! O que é aquilo!?”

(Aventureiro B): “Lo-lo-lo-lobo!! É uma Fera Demoníaca!”

Eles não reagiram muito bem, huh. Eles acharam difícil até mesmo ficar de pé… ou eu deveria dizer que eles estavam completamente paralisados com o choque? Eles só ficaram sentados olhando para Urushi com expressões de desespero.

(Aventureiro A): “A-A-Amanda! Por favor, nos salve!”

(Urushi): “Oou?”

(Aventureiro B): “Hii! A língua dele! A língua dele está…”

(Fran): “Urushi, não”

(Urushi): “KUUuuu…”

Quando Amanda explicou que Urushi era companheiro de Fran, os dois conseguiram se acalmar.

(Aventureiro A): “Fazê de uma Fera Demoníaca de alto nível sua companheira…”

(Aventureiro B): “É a primeira vez que eu vejo uma [Arma de Fera Demoníaca]!”

Depois de dizer isso, os olhos deles ficaram cheios de respeito por Fran mais uma vez. Eles estavam completamente cativados por Fran. Parecia que eles iriam começar a chamar ela de Aneki[1] a qualquer momento.

(Aventureiro A): “Ah, de qualquer forma, o que devemos fazer agora?”

(Aventureiro B): “Yeah, onde tão os outros?”

(Amanda): “Eles foram procurar por vocês”

Como devemos ir procurar pelos outros?

(Fran): “Urushi: procurar por humanos?”

(Urushi): “Oon!”

Com isso, Urushi se deitou e encarou Fran.

(Fran): “Montar?”

(Urushi): “On, Oon!”

(Fran): “Nn. Obrigado”

(Amanda): “Minha nossa, ele é bem inteligente, não é?”

As costas de Urushi eram bem altas mesmo quando ele estava deitado, então Fran simplesmente o escalou.

(Fran): “Macio…”

(Urushi): “Aun!”

Fran se segurou na nuca de Urushi e eu ajeitei ela no lugar usando a Telecinésia. Desta forma, ela não seria derrubada.

Mas o que devemos fazer com o Aventureiro A e B? Eles não seriam capazes de nos acompanhar a pé, mas seria perigoso se nós deixássemos eles aqui. Devemos pedir a Amanda para os escoltar?

(Fran): “Urushi: carregar?”

(Urushi): “Onn”

Urushi gentilmente olhou para Fran e deu a ela um pequeno aceno com a cabeça concordando.

(Fran): “Gosta de cães?”

(Aventureiro A): “Huh? Iss’é meio repentino, pequena senhorita… cães… bom, eu acho que gosto de cães, mas…”

(Fran): “Tudo bem”

(Aventureiro A): “Eh? Uooooo!”

Urushi levantou o Aventureiro A pelo cangote de sua armadura de couro com sua boca, exatamente como um gato pai faria para carregar seus filhotes.

(Mestre): “Você está bem dando uma carona para eles?”

[Urushi]: (“Wafuun!”)

Bom, tudo bem, mas não pegue Fran desse jeito.

(Amanda): “Então, eu irei carregar você”

(Aventureiro B): “Eh? Amanda vai?”

(Amanda): “Isso mesmo, então comporte-se, tudo bem?”

(Aventureiro B): “Uwaa!”

Amanda ergueu o Aventureiro B e o colocou sob seu braço apesar de ele claramente ser maior do que ela. Que cena esquisita de se contemplar.

(Fran): “Então, vamos”

(Urushi): “Hwoooon!”

Com isso, Urushi começou a correr. A propósito, eu fui embainhado e assumi minha posição usual nas costas de Fran. Eu selei a rachadura na minha lâmina enquanto estava nisso, mas devo esperar até deixarmos o |Calabouço| para uma recuperação completa. Até lá, eu só preciso pacientemente me contentar com reparos de emergência.

(Fran): “Urushi: incrível. Correndo pelo céu”

(Mestre): “Isso é graças ao Pulo Aéreo Lv8″

Diferente do Pulo Aéreo Lv1 que nós possuíamos, com efeitos parecidos com um pulo de várias etapas, Lv8 permite a Urushi correr perfeitamente pelo ar. Isso parecia uma experiência bastante agradável para Fran.

(Amanda): “Aranhas a frente”

Cinco Aranhas Ardis podiam ser vistas seguindo na nossa direção.

(Fran): “Vá”

(Urushi): “Hhwoon!”

Oi, oi, Urushi, mesmo que você não planeje diminuir a velocidade, não há motivo para ir mais rápido, não é? Até os gritos vergonhosos dos Aventureiros estavam sendo ignorados.

(Urushi): “Huhoon!”

Invocados pelo rugido de Urushi, lanças completamente negras choveram sobre as aranhas. Além disso, as aranhas na esquerda e na direita foram despedaçadas assim que Urushi entrou na passagem seguinte. Era quase como se Urushi estivesse fazendo isso com suas patas dianteiras enquanto se movia na velocidade da luz.

(Mestre): “… Rajada de Fogo!”

(Fran): “… Flecha de Fogo

(Amanda): “… Cortador de Vento!”

Na passagem em forma de ninhos, magia foi atirada em rápida sucessão para criar um caminho. Mesmo que a força de suas teias fosse considerável, elas foram incapazes de resistir a artilharia contínua. Dessa forma, nós corremos pela caverna sem parar enquanto eliminávamos qualquer aranha pelo caminho.

(Amanda): “Não há resposta”

(Aventureiro A): “Hii… hii…”

(Aventureiro B): “Ha… hah…”

Amanda murmurou isso com uma expressão serena, enquanto os dois Aventureiros pareciam que mal estavam mantendo suas consciências.

Depois de corrermos por um tempo, nós chegamos na frente de uma passagem especialmente larga. Lá dentro havia um enorme número de aranhas. Graças as numerosas teias preparadas na vizinhança, era difícil enxergar, mas sério, o número de aranhas no local era incrível. Entretanto, a presença de humanos também podia ser sentida. Muito provavelmente, essas presenças pertenciam a Cruz e os outros. Como eles conseguiram chegar até este ponto? Talvez haja uma entrada alternativa?

Bem, de qualquer forma, nós não seremos detidos por algo deste nível. Disparando magia rapidamente, nós atravessamos a passagem e chegamos em um tipo de grande salão. Ele tinha quase o dobro do tamanho da sala onde enfrentamos os Besouros Soldados no ninho dos Goblins.

Aranhas se sacudiam nesta sala. Não apenas no chão, ninhos foram preparados por todo o teto e paredes, contando mais do que 50 no total. Dentro do salão cheio de aranhas estava Cruz, assim como os outros. Não é excessivamente perigoso desafiar esta sala com o potencial de luta deles? Comprovando isso, eles estavam encurralados contra uma parede. Alguns deles tinham Status anormais.

(Clad): “Merda, mesmo que eu corte e despedace elas…”

(Cruz): “Se o caminho de fuga não estivesse bloqueado…”

Parece que eles foram longe demais e terminaram encurralados.

No meio das aranhas estava uma aranha notavelmente maior. Pelos roxos com aparência de serem venenosos cresciam por todo o seu corpo, despertando um sentimento de desconforto.

 

Raça:Aranha Trapaceira
Espécie:Inseto Demoníaco Fera Demoníaca Lv13
HP:196MP:110
Força Física:71Resistência:89
Agilidade:103Inteligência:61
Mágica:45Destreza:108
Habilidades
‖Audição Aguçada‖ Lv5 ‖Reprodução Acústica‖ Lv3 ‖Salto‖ Lv1 ‖Spray de Veneno‖ Lv3 ‖Laço‖ Lv4 ‖Reestruturação de Armadilha‖ Lv7 ‖Percepção de Armadilha‖ Lv6 ‖Criação de Armadilha‖ Lv6 ‖Geração de Veneno da Confusão‖Presa da Confusão‖Fortalecimento de Carapaça‖Visão de Infravermelho‖Ecdise[2] Aprimorada Geração de Veneno da Paralisia Presa da Paralisia‖Geração de Veneno Mortal‖Presa do Veneno Mortal
Descrição
Uma Raça Superior da espécie da Aranhas Ardis, esta Fera Demoníaca faz uso de armadilhas quando caça. Sua habilidade para modificar armadilhas com a Habilidade Reestruturação de Armadilha nos |Calabouços| é particularmente problemática, sendo a transformação de simples Armadilhas de Spray de Veneno em armadilhas fatais, ou redesenhar Armadilhas de Transição para levar as presas para seus próprios ninho, os exemplos mais notáveis. Suas habilidades físicas são baixas, a tornando fraca em combate a curta distância.

Nível de Ameaça: C.

Localização da Pedra Mágica⌉: Cabeça

Então ela estava presente no |Calabouço| afinal. Uma Aranha Trapaceira. Seu Status supera em muito as outras aranhas.

Ela é a chefe das aranhas que causou a Fran uma experiência terrível!

(Mestre): “Tudo bem, vamos ter nossa vingança!”

(Fran): “Nn”

(Urushi): “OOooon!”


[1] Aneki é um termo informal para “irmã mais velha”. Esse termo é muito usado entre membros de gangues.

[2] Na zoologia chama-se ecdise, ou muda, o processo de mudança do exoesqueleto nos animais que apresentam este modo de crescimento. A capacidade de mudar o exoesqueleto é uma estratégia evolutiva com várias vantagens, principalmente para animais pequenos que vivem na água ou que voam.