Klimt (História secundária)

] Batida, batida [

(Klimt): “Entre”

(Frion): “Tio, eu preparei o relatório”

(Klimt): “Ah, Frion. Você chegou em boa hora”

Era o meu sobrinho, Frion, que entrou no meu escritório. Recentemente, como há muitas pessoas que entram rudemente na minha sala sem esperarem por uma resposta, eles parecem ter esquecido que eu sou o Mestre da Guilda. Nesse aspecto, Frion é cortês. Aprendendo uma lição com isso, eu gostaria de protestar contra os vários rumores confusos.

(Klimt): “Por favor, sente-se”

(Frion): “Muito obrigado”

(Klimt): “Obrigado por seu árduo trabalho. Parece que aconteceram várias irregularidades desta vez, porém…”

(Frion): “Houve muitas vezes em que eu quase morri”

A aparição da Aranha Trapaceira e a misteriosa pilha de ossos humanos, não é? Esses problemas estavam me dando uma dor de cabeça. Ainda assim, a descoberta de ossos humanos foi muita sorte.

(Frion): “Tio, sobre aqueles ossos…”

(Klimt): “Sim. Eu acredito que parte deles eram os restos de Auguste Alsund”

Na verdade, um dos subordinados de Auguste confessou sobre um certo plano. Isso é, o contrabando de [Minério Mágico] usando [Pedras de Transferência].

[Pedras de Transferência] são ferramentas mágicas compostas de um par de pedras. Quando a pedra A é usada, o portador é transportado para a pedra B. Contudo, como elas só podem ser usadas uma vez, além de serem muito caras, elas normalmente não eram mantidas em grandes quantidades.

O plano de Auguste consistia em colocar uma [Pedra de Transferência] dentro do |Calabouço|, assim, ele retornaria mais tarde sem ser percebido pela Barreira e roubaria o [Minério Mágico].

Se eu não estou enganado, este plano deve ter começado há três meses, quando ele declarou seu interesse em inspecionar o |Calabouço| e entrou a força. É claro que eu não forneci nenhum Aventureiro para algo que ele estava fazendo para sua própria conveniência, assim, apenas com suas forças, seria impossível atravessar todo o |Calabouço|.

Com toda certeza, eles foram incapazes de passar o terceiro andar, sendo obrigados a voltarem. Contudo, como pudemos ver, eles usaram essa ocasião para preparar um [Minério de Transferência] em segredo. Eu conduzi uma investigação pessoal mais tarde, mas nada capturou minha atenção naquela época. Muito provavelmente, foi porque eles prepararam um caro [Minério de Transferência] com uma função de ocultação. Até então, o plano estava seguindo sem problemas. Mais tarde, eu realmente vou ter que reavaliar o sistema de segurança.

De qualquer forma, foi depois desse ponto que as irregularidades começaram a acontecer. As Aranhas Armadilha evoluíram para Aranhas Ardis depois de se predarem umas às outras, e Auguste, que voltou para o terceiro andar, não fazia ideia.

Bem, nós também não sabíamos de nada. Como resultado, os intrusos foram exterminados quando foram transferidos.

Entretanto, eles também levaram novas [Pedras de Transferência] depois de partirem, permitindo assim várias invasões.

Ao fazer isso, vários intrusos foram enviados… mas nenhum retornou. Isto era natural, dado o fato de que eles foram transferidos diretamente para um ninho de aranhas.

Como resultado, uma Aranha Ardil que comeu as ferramentas mágicas, tais como as [Pedras de Transferência] que aqueles que foram transferidos possuíam, sofreu uma evolução ainda maior. Essa é a minha teoria para a Aranha Trapaceira fazer sua aparição no |Calabouço|.

Se eu soubesse o que estava acontecendo dentro do |Calabouço|, eu não teria enviado Aventureiros de baixo nível. Eu tenho que dar a eles uma recompensa generosa.

(Klimt): “Eu também vou dar uma recompensa a vocês pelo perigo que vocês foram expostos”

(Frion): “Por favor, faça isso”

(Klimt): “Deixando isso de lado, seu relatório, por favor”

(Frion): “Sim”

O motivo para eu chamar Frion era devido ao pedido que eu o fiz pessoalmente.

(Klimt): “Então, de acordo com você, como ela se saiu?”

Ele ingressou na missão de investigação do |Calabouço| para observar a Aventureira Rank D Fran, e com isso eu quero dizer averiguar quem ela é.

Ele não é apenas um Aventureiro, mas também um funcionário da Guilda. Ao invés de um Espião, ele seria mais como um examinador secreto.

(Frion): “Um momento por favor. … Tarua”

[Tarua]: (“Hmm. Faz algum tempo Klimt”)

(Klimt): “Você continua esplêndida como sempre”

Nós Elfos somos uma raça que é amada por Espíritos e entre nós há pessoas que nascem possuídas por um Espírito. Algo por volta de uma em cada dez pessoas, eu acho.

Os Espíritos que possuem tais Elfos são conhecidos como Espíritos Guardiões e são capazes de receber treinamento. Além disso, diferente de Espíritos Contratados, Espíritos Guardiões requerem muito menos |Poder Mágico para serem invocados; você pode dizer que eles são uma existência próxima de companheiros.

Muitos Espíritos Guardiões têm afinidades que os Elfos naturalmente recebem, assim, Espíritos da Natureza, do Solo e da Água são numerosos. Por outro lado, o Espírito de Frion é especial.

Ela é do atributo da Alma. Entre os Espíritos, esse atributo é raro. Eu fiz um contrato com um único Espírito da Alma, mas suas habilidades não chegam perto da Tarua de Frion.

Houve vezes em que o Espírito considerava Fran como perversa, mas metade das vezes ele estava errado. Essa era a capacidade do meu Espírito da Alma. Tarua, por outro lado, é muito mais forte, tornando-a muito mais adequada.

[Tarua]: (“Pelo meu julgamento, eu não pude ver um coração maligno na jovem chamada Fran. De fato, fazia tempo desde que eu vi alguém com tão pouca malícia contra os outros”)

(Klimt): “Por exemplo, como ela agia com o Aventureiro chamado Clad?”

[Tarua]: (“Fumu. Esse caso era um pouco curioso”)

(Klimt): “Curioso? Como?”

[Tarua]: (“Umu. Quando a pessoa conhecida como Clad causava uma confusão, os outros reagiam com raiva e irritação… mas esse não era o caso para essa garota. Pelo contrário, sempre que Clad causava problemas, ela achava isso bem interessante”)

O Rugido do Dragão de Clad era um grupo jovem promissor. O ritmo de crescimento deles era alto, considerando que eles foram capazes de chegar ao Rank D em apenas poucos anos. Bom, se você excluir Fran, é claro.

O problema deles, contudo, estava em suas atitudes. Eles causavam problemas e eles faziam muitos inimigos também. No entanto, mesmo com isso eu pude promove-los ao Rank D sem nenhum problema.

Dessa forma, eles foram considerados para a missão desta vez.

Usando eles, eu pude observar como Fran reagiria com pessoas com personalidades ruins. Ao mesmo tempo, ao ter Clad interagindo com alguém com um Status maior, eu planejava faze-lo ficar consciente de sua própria húbris[1], porém…

O efeito foi um pouco mais drástico do que antecipei. Como eles não tinham força suficiente, eu pretendia recusar a promoção deles desde o início, mas quando eles foram notificados disso, eles aceitaram com rostos ligeiramente desapontados e um profundo aceno afirmativo com a cabeça. Eu podia entender o porquê de eles reagirem assim depois de escutar sobre a missão através de Frion.

Ultimamente, os Aventureiros estão pregando sobre o esplendor de Fran.

(Klimt): “Tarua, muito obrigado”

[Tarua]: (“Umu”)

(Frion):Retornar Tarua

(Klimt): “Então, Frion. Que tipo de impressão você tem de Fran?”

(Frion): “Deixe-me pensar… ela é uma criança incrível, eu acho”

(Klimt): “Não é a mesma coisa?”

(Frion): “Sim. Mas não é só a força dela. Como eu posso dizer isso? Eu sinto que as ações dela são consideradas com antecedência. Eu devo dizer que essa é a conclusão que eu cheguei após conversar com a pessoa em questão. Ao invés de se preocupar com uma conspiração, eu acho que ela apenas pensa mais profundamente sobre as coisas que faz. Para ser tão serena nessa idade, chega ao ponto de eu querer aprender com ela”

(Klimt): “Hohou. Isso vai servir como uma referência”

(Frion): “Se você diz, é vantajoso persistir. Mas por que você está tão preocupado com essa garota?”

(Klimt): “Eu pareço estar tão preocupado?”

(Frion): “Sim. Ao ponto de rumores dizendo que você tem um complexo de lolita[2] estão se espalhando”

(Klimt): “Silêncio!”

Foi um erro pensar que ele era cortês. Deixe-me dizer, eu não tenho um complexo de lolita, entendeu?

O motivo para eu estar tão interessado em Fran em particular… um é porque nos falta informação. Como um Mestre da Guilda, eu tenho que prestar atenção para arruaceiros que sempre estão no meio de tumultos. Apesar disto, há surpreendentemente pouca informação sobre ela. Desde que ela foi aprovada por mim como uma integrante da Guilda, esta é uma das minhas obrigações.

Nunca foi um complexo de lolita. Contudo, todos acham que eu tenho um complexo de lolita, complexo de lolita. Oops, meus pensamentos se desviaram um pouco. Nada bom, nada bom.

(Klimt): “Falando sobre o que eu sei, ela tem uma [Espada Mágica] e parece que ela tem Avaliação

(Frion): “Eu sabia sobre a [Espada Mágica], mas Avaliação?”

(Klimt): “Sim. Isso é uma certeza”

Foi uma [Pedra Mágica] que eu entreguei como um adiantamento para esta missão, e eu fiquei convencido quando eu vi ela fazendo sua escolha. Ela escolheu uma das duas [Pedra Mágica] Rank C entre as 20 [Pedras], além disso, ela também escolheu a [Pedra Mágica] que veio de uma Fera Demoníaca que habitava o mar. Era demais para ser uma coincidência.

Ela não apenas possui Avaliação, mas também Ocultar Avaliação. Isto é surpreendentemente vantajoso em uma batalha. Só isso já merece precaução.

(Klimt): “Outra coisa, uma das Habilidades com Armas dela alcançou um Level Avançado. Julgando pelo estilo de combate dela, parece ser a técnica de uma Mestra Espadachim. Para completar, suas Magias são Chamas, Tempestade e Escuridão, e depois ela aprendeu Relâmpago e Cura. Além disso, a |Mágica dela é maior do que 100 pontos”

Pouco tempo atrás, Fran mudou de emprego e retornou. A ocupação escolhida por ela foi Guerreira Mágica, que é uma Classe avançada de uma Espadachim Mágica. Seu crescimento de Status é melhor do que o de um Espadachim Mágico e ele tem a Habilidade Inata Convergência Mágica. As condições para escolher esta Classe é ter um ou mais sistemas de habilidades de combate com espada, machado ou lança alcançando o Level Avançado, ademais, usar dois sistemas de magia avançada significa que a |Mágica é maior do que 100 pontos.

Aliás, na coluna de possíveis escolhas de ocupação, parecia haver Usuária das Artes da Escuridão, Usuária das Artes da Tempestade e Usuária das Artes da Cura.

Neste pequeno período de tempo, me pergunto quanto as Habilidades dela vão crescer. Ela está apenas em sua primeira metade da adolescência. Não há muita convicção para chama-la de gênio. Há a possibilidade de ela possuir várias bênçãos dos Deuses. Honestamente, não posso fazer nada além de sentir medo.

E assim, a segunda razão para eu estar interessado nela.

Embora sua verdadeira natureza seja incerta, ela está crescendo em um ritmo terrível. É impossível não ficar alarmado.

(Klimt): “Bem, eu pensei que mesmo quando ela escolheu aquela [Pedra Mágica], seu lado inocente foi inesperado”

Certamente, eu não pensei que ela iria mesmo mudar de Classe. Se você for para o templo, você pode mudar sua ocupação sem entregar nenhuma informação, mesmo que isso seja bem caro. Ela não está preocupada com a informação sobre o crescimento de suas capacidades e Habilidades sendo reveladas para nós? Ou ela só não pensou nisto?

(Klimt): “A propósito, Amanda gosta dessa garota”

Se eu indiretamente trazer o assunto de Fran, eu acho que ela começaria a falar sobre acompanhar Fran neste pedido… eu fiquei surpreso por ter conseguido ainda mais do que tinha planejado. Talvez ela tenha percebido minhas expectativas. Ela estava bem preocupada com Fran.

(Frion): “A Srta. Amanda tem a habilidade para julgar uma pessoa a esse ponto?”

(Klimt): “Ao invés disso, ela pode ver através de crianças. Por exemplo, embora uma criança seja vista, se ele ou ela for uma espécie de vida longa que meramente cresce lentamente, ela normalmente entra em contato com eles. O uso do título dela é para esses momentos, eu me pergunto?”

Em outras palavras, Fran realmente tem 12 anos de idade. Até hoje, havia algumas dúvidas sobre ela estar se disfarçando como uma Mulher-Fera de vida longa.

(Frion): “Honorável tio, eu não entendo. Me pergunto que tipo de pessoa ela é?”

(Klimt): “Eu também não entendo. Não, é provavelmente quem ela não é?”

(Frion): “O que você quer dizer?”

(Klimt): “Nós estávamos convencidos de que ela estava escondendo alguma coisa. Mas isso é realmente a verdade?”

Naturalmente, como ela trabalha como uma Aventureira nessa idade, eu tenho certeza que ela tem algum tipo de situação especial. Exatamente como muitos outros Aventureiros. Contudo, o tipo de esquemas e conspirações que estavam nos preocupando não existiam. Essa é a conclusão final que nós chegamos depois de reunir as informações.

Ela tem diversas Habilidades e uma [Espada Mágica], é um pouco beligerante[3] e se envolve facilmente em problemas, acompanhada de um Lobo da Escuridão, embora tenha uma história especial, e é, de alguma forma, uma garota de 12 anos de idade.

Não é nada mais, nada menos do que isso. Poderia ser que a figura de Fran que vimos não é tudo? Não, quando eu listar tudo mais uma vez, eu provavelmente vou ficar paranoico de novo. Nada bom, nada bom.

(Klimt): “Não dependa demais do julgamento dos Espíritos, você pode perder os olhos para julgas as pessoas”

Pode ser que Nell, que se deu bem com ela em um piscar de olhos, tenha um olho bem perspicaz.


[1] A húbris, ou hybris, é um conceito grego que pode ser traduzido como “tudo que passa da medida; descomedimento” e que atualmente alude a uma confiança excessiva, um orgulho exagerado, presunção, arrogância ou insolência (originalmente contra os deuses), que com frequência termina sendo punida.

[2] Complexo de lolita é um termo usado no Japão para se referir a pedofilia. Fora do Japão, geralmente é usado quando se refere a animes ou mangás que retratam meninas menores de idade em situações sexuais ou de nudez.

[3] O termo beligerante quando usado pode ter um sentido negativo (uma pessoa agressiva), ou sentido positivo (uma pessoa enérgica, lutadora e decidida). É o contexto que determina o sentido dessa palavra.