A noite do retorno

(Amanda): “Então, kanpai[1]!”

(Fran): “Kanpai”

(Nell): “Kanpai!”

Na noite após nós terminarmos a exploração do |Calabouço|.

Fran estava no bar. Amanda e Nell também estavam lá. Escutando que Fran estava deixando |Aressa|, elas decidiram fazer uma festa de despedida.

(Amanda): “Aah! Fran-chan está me deixando! Despedidas são tão tristes!”

(Nell): “Eu também! Você tem mesmo que ir!?”

(Fran): “Nn. Indo para o |Calabouço|

(Amanda): “O |Calabouço| é mais importante do que eu!?”

(Nell): “Isso mesmo! É só um |Calabouço|! Você não acabou de conhecer Amanda, quando nós já somos amigas por quase um mês, não somos?”

(Amanda): “Mou! Não é sobre a quantidade de tempo! Eu fiquei amiga de Fran-chan em uma festa do pijama!”

Elas continuaram falando, sobre como Clad e o Rugido do Dragão falharam no exame, como Donna foi dispensado por uma mulher, tudo isso enquanto bebiam mais e mais.

As duas gradualmente ficaram bêbadas e o contato físico aumentou. Urushi eventualmente recuou para a sombra de Fran depois de ser acariciado demais.

(Amanda): “Eu também estou preocupada com Fran-chaaaan”

(Fran): “O orfanato?”

(Amanda): “Ara? Fran-chan sabia? Mas vai ficar tudo bem. Não há problema se eu deixar as crianças com o diretor, não é? Não é melhor eu sair e ganhar muito dinheiro para o orfanato? Portanto, eu vou mergulhar no |Calabouço| com Fran!”

(Fran): “Nn. Eu não ligo”

(Amanda): “E? Sério? Yahoo!”

(Nell): “Isso não é bom!”

(Amanda): “Eeh? Por que Nell?”

(Nell): “Você… você esqueceu do contrato?”

(Amanda): “Ah, aquele. Ngh, eu assinei um bem complicado!”

(Nell): “Você é fraca com as palavras suaves do Mestre da Guilda, não é?”

(Amanda): “Uuuuh…”

(Fran): “Contrato?”

(Amanda): “Isso mesmo! Eu não posso deixar |Aressa|

(Fran): “Por quê?”

(Amanda): “Ehm, entenda…”

(Nell): “Hey, Amanda! Há muitas pessoas aqui!”

(Amanda): “Ah, certo… Silêncio!”

Amanda ergueu uma barreira para bloquear o som. É uma ótima magia para contarmos segredos, mas talvez por ela estar um pouco bêbada, seu controle não foi tão bom.

Não apenas nossa própria mesa foi afetada, mas várias mesas ao redor também foram afetadas. Subitamente, o som desapareceu e eu podia ver um cliente com um olhar confuso em seu rosto.

(Amanda): “Nós não entramos em um |Calabouço|? Isso é bem importante por lá. Afinal, é um lugar onde podemos produzir [Minério Mágico] em massa. É um lugar que pode se tornar mais estável que uma mina, certo?”

Isso é verdade. Observando de um ponto de vista militar, isso seria bem importante. Deve ser natural esconder a existência disso usando Juramento Mágico.

(Amanda): “Mas o |Calabouço| está sob a jurisdição da Guilda, não está? Mesmo para um país, isso não é algo que pode ser obtido facilmente. Porém, o país quer o |Calabouço| em |Aressa| não importa como!”

(Fran): “Nn”

(Amanda): “E |Aressa| é bem próxima da fronteira com o |Reino Raidos|, não é?”

(Fran): “É mesmo?”

(Amanda): “Sim. Nossa relação com |Raidos| é bem ruim. Esse país está se expandindo de forma bem agressiva. Na pior das hipóteses, há a possibilidade de |Aressa| se tornar um alvo”

(Nell): “É impossível manter o [Minério Mágico] um segredo para sempre. Algum dia, isso se tornará conhecido”

(Amanda): “E o país está tentando obter a jurisdição do |Calabouço| com base neste fato!”

(Nell): “Contudo, eu não quero que a Guilda de |Aressa| perca a jurisdição para o país! Porque não há mais nada ao redor |Aressa| além desse |Calabouço|, então se ele for tomado, o faturamento de |Aressa| vai cair drasticamente, correto?”

(Amanda): “E nossos salários serão cortados também!!”

(Nell): “Então, a Guilda precisa garantir que há força o suficiente para proteger |Aressa| mesmo se formos atacados por um país vizinho. Ao fazer Aventureiros Rank A se tornarem residentes”

Então essa é a razão para Amanda não poder deixar |Aressa|, huh?

(Amanda): “Como o país está de olho em nós, a Ordem dos Cavaleiros daqui é fraca. O Comandante Urs é um graduado de |Aressa|, então ele se recusou a ir embora. Os Cavaleiros costumavam ser muito mais sérios no passado!”

Não era só por causa dos subornos, mas também por motivos como Auguste se tornando Vice Comandante, e talvez também houvesse um elemento de intimidação.

(Amanda): “E assim, é por isso que eu não posso deixar esta cidadeeee”

(Fran): “Entendo”

(Amanda): “Mesmo eu querendo tomar conta de Fran-chaaaan!”

(Nell): “Eu falei, isso é impossível!!”

(Amanda): “Muito bem, eu vou ao menos apreciar o dia de hoje!”

(Nell): “Yay. Com certeza Amanda!”

(Amanda): “Ara, não você, Nell. Só Fran-chaaaan”

(Nell): “Mesquinhaaaa!”

(Amanda): “Bons tempos! Fran-chaaaan! Não me esqueça mesmo quando você partir!!”

(Fran): “Nn! Não esquecerei”

Bem, ela foi espancada várias vezes. É claro que ela não esqueceria disso.

(??? A): “Quê!? Fran, você está deixando |Aressa|!?”

(??? B): “O qu-que você disse!?”

Por algum motivo, parecia que os Aventureiros ao redor estavam escutando tudo. Parecia que os efeitos do Silêncio terminaram sem que eu notasse.

Era um Anão. Sentado lá com uma enorme caneca de cerveja, isso certamente combinava com a atmosfera de um Anão.

Quem é ele? Eu sinto como se tivesse visto ele em algum lugar, mas…. ah! Ele era um dos Aventureiros Rank D que apareceram depois da nossa primeira batalha com o exército de Goblins! Eu acho que o nome dele era Hellbent.

(Aventureiro A): “Hey, é sério!?”

(Aventureiro B): “Merda, e nós queríamos deixa-la entrar na nossa equipe”

(Aventureiro C): “Quê!? Nós íamos convidar ela!?”

(Aventureiro D): “Fran-chaaan!!”

(Aventureiro E): “Hey, não tentem furar a fila!”

Heyhey, de onde todos esses caras saíram!? De alguma forma, parecia como se todos nas mesas ao redor eram Aventureiros. Além disso, ainda mais Aventureiros se reuniram!

(Frion): “Fran-chan, eu estou feliz por ter conhecido você!”

(Clad): “Droga! Eu ainda não paguei o favor, cê sabeeee!”

Frion e Clad também estavam lá. Parecia que eles também estavam bebendo no local.

(Aventureiro A): “Para onde você está indo?”

(Fran):|Urmut|

(Aventureiro B): “Oh! Um |Calabouço|, huh!”

(Aventureiro C): “Legal! Algum dia nós iremos também!”

(Aventureiro D): “Espere um segundo! Você deve primeiro aumentar seu Rank!”

(Aventureiro E): “Yoosh! Um brinde ao futuro da jovem senhorita!”

(Aventureiro F): “Uooohh!!”

(Aventureiro G): “Saúde!!”

(Aventureiro H): “Kanpai!!”

(Aventureiro I): “Kampai!!”

(Aventureiro J): “Tragam mais bebidas!”

(Aventureiro K): “Tragam um barril inteiro!”

(Aventureiro L): “Gahahahaha!!”

(Aventureiro M): “Beba! Beba!”

(Aventureiro N): “Outra! Outra!”

Era mesmo uma bagunça no estilo Don-chan[2]. Eles até queriam que Fran bebesse!

(Amanda): “Não vai beber, Fran-chan?”

(Fran): “Nn”

(Amanda): “Isto não é suco! É algo bem melhoooor”

(Nell): “Hey, Amanda! O que diabos você está fazendo ela beber!”

(Amanda): “Isso é… isso é só suco de trigo!”

(Fran): “Eu vou beber”

(Nell): “Não!”

(Amanda): “Eeeeee! Mesquinha! Só um pouco!”

(Fran): “Mesquinha”

(Nell): “Não significa NÃO! Eu vou ficar com isso!”

(Amanda): “Ooooh! Nell está bebendo tão rápido!”

(Nell): “Isso é quente!”

(Amanda): “Isto é divertido Fran-chaaaan!”

(Fran): “Nn”

Bem, Fran parecia estar se divertindo, então eu achei que estava tudo bem.

No fim, todos beberam até caírem. Fran e eu acabamos indo para casa no meio da noite. Parecia que Urushi estava dormindo na sombra de Fran a maior parte do tempo.

(Mestre): “Você está bem?”

(Fran): “Nn”

Embora eu não pudesse beber, eu realmente aproveitei a atmosfera. Talvez eu tenha ficado um pouco bêbado só com isso. Parece que a Resistência a Veneno não nega totalmente o efeito do álcool.

(Fran): “Eu estou bem”

(Mestre): “É mesmo?”

(Fran): “Nn”

(Mestre): “Você está com fome agora?”

Se ela estiver com fome, eu só vou retirar algo.

(Fran): “Um pouco de fome. Curry?”

(Mestre): “Desta vez não é curry. Só um momento! Yosh, a data mudou!”

Esta estalagem tem relógios em todos os quartos. Na verdade, isso parece ser uma ferramenta mágica bem barata, por isso ela é comum.

A maioria dos lugares tem um relógio na parede para mostrar o tempo. Contudo, eu nunca vi um relógio de pulso, então talvez seja difícil reduzir o tamanho dele.

E há calendários. Cada mês tem 30 dias, mas há um dia especial a cada três meses. Ele é escrito como um Dia de Festa. Parece que as quatro estações são oficialmente separadas por este dia.

Então, um ano termina com 364 dias. A propósito, hoje é 18 de março.

(Mestre): “Pois bem, experimente isto”

(Fran): “??? O que é isto? Cheira doce…”

(Mestre): “É panqueca. Na verdade, eu queria fazer um bolo decorado, mas eu estava sem materiais e tempo. Assim, eu decidi por isto”

(Fran): “Por quê? Alguma celebração?”

(Mestre): “Yupp! Hoje faz um mês desde que nós nos conhecemos. Como eu poderia ficar sem fazer alguma coisa?”

Na verdade, isso foi bem difícil. Eu tive que ser criativo para não ser notado. A Criação de Fissão ainda está no Lv1, então ela só podia ser usada cinco minutos por dia.

Mesmo que você diminua bastante o Status do seu alter ego e continue colocando |Poder Mágico excessivamente com a Feitiçaria, o limite máximo de atividade seria 15 minutos.

Eu só podia enviar meu Sósia secretamente quando Fran estava dormindo. Mas já que nós recebemos permissão para usar a cozinha fora do horário de funcionamento, seria um desperdício não usa-la, não é?

Eu escondi os materiais sorrateiramente durante nossas compras e então avancei a preparação por 15 minutos todas as noites; fazendo o creme com o leite; cortando frutas para decoração; foi um trabalho difícil.

Eu terminei o primeiro protótipo poucos dias antes de irmos para o |Calabouço|. Eu estudei como cozinhar com apenas 15 minutos para tudo funcionar todas as noites; foi um desafio feroz!

Além disso, como meu Sósia era muito fraco, o Level da Culinária afundou para o Lv1!! Foi realmente um desafio fazer pratos decentes desse jeito!

Eu experimentei uma vez, mas graças a qualidade do meu Sósia, seu paladar era realmente inútil. Para acrescentar, ele parecia usar |Poder Mágico para digerir as coisas que ele comia, o que se tornava um círculo vicioso que fazia o limite da ativação ficar menor!

Aliás, quando as pessoas me viam durante o trabalho, eu não podia explicar o que eu estava fazendo, também por culpa da qualidade do meu Sósia.

Bom, como as coisas não funcionaram bem, eu acabei cozinhando enquanto carregava meu corpo principal. Quanto mais você usava uma habilidade, mais você tendia a confiar na sensação dela.

(Fran): “Este bolo é para mim?”

(Mestre): “Ou!”

Parece que Fran não notou nada, surpresa bem-sucedida!!

(Mestre): “Por favor, vá em frente!”

(Fran): “Nn. Eu vou comer”

Acima da camada feita de duas panquecas, eu coloquei bastante creme fresco, calda e fruta. Fran cortou a panqueca com um garfo e começou a comer.

] Mogyu, Mogyu… [

(Mestre): “Como está?”

(Fran): “Gostoso. Super gostoso”

] Mogyu, Mogyu, Mogyu, Mogyu… [

Bom! Parece que ela gostou disso. Fran estava comendo energeticamente em silêncio.

(Mestre): “Hey, sua boca está toda suja”

(Fran): “Nn”

(Mestre): “Yosh, assim é melhor”

(Fran): “Obrigado”

] Mogyu, Mogyu… [

(Mestre): “Oi, você ficou suja de novo!”

(Fran): “Porque o bolo é bom”

(Mestre): “Sim, siiiim”

Fran ficou em silêncio de novo. Ela não iria dizer outra palavra e só continuou comendo a panqueca.

(Fran): “Obrigado pela comida”

(Mestre): “Não foi nada”

(Fran): “Ne, Mestre?”

(Mestre): “Hmm?”

(Fran): “Obrigado”

(Mestre): “Ou!”

Esse sorriso é recompensa mais que suficiente.


[1] A palavra kanpai (também escrita kampai) é uma expressão japonesa usada para brindar taças equivalente a “saúde” em português. Essa palavra também pode ser usada como o verbo brindar ou beber um brinde.

[2] Don-chan é uma bateria yokai da série de jogos musicais Taiko no Tatsujin.