Jean Dovey

(Jean): “Fuhahahahahahaha!! Meu nome é Jean Dovey! O Lorde supremo dos Mortos-Vivos!!”

Era uma pessoa suspeita em uma atmosfera ligeiramente inacessível gritando um monólogo. Se houver um incidente, não há dúvidas de que este cara seria realmente suspeito de causar isso.

 

Nome:Jean DoveyIdade:49 anos 
Raça:Diabo[1] 
Classe:Guru[2] NegroLevel:45 
Condição:Normal 
HP:180MP:616
Força Física:91Resistência:93
Agilidade:119Inteligência:179
Mágica:226Destreza:123
Habilidades 
Resistência a Escuridão‖ Lv6 ‖Encurtar Encantamento‖ Lv4 Avaliação‖ Lv8 Ocultar Avaliação‖ LvMáx Invocar Familiar‖ Lv8 Habilidades com Cajado‖ Lv4 Operação Fantasma‖ Lv8 Magia Fantasma‖ LvMáx Habilidades com Adaga‖ Lv2 Composição‖ Lv7 Resistência a Veneno‖ Lv3 Conhecimento de Venenos‖ Lv7 Magia do Fogo‖ Lv3 Magia do Submundo‖ Lv5 Conhecimento de Ervas Medicinais‖ Lv4 Magia Negra‖ Lv5 Ocultação Absoluta de Sinal Voracidade Fantasma Amigo da Morte ‖Manipulação de Magia‖ Aumento no Poder Mágico 
Habilidades Únicas 
‖Olho da Alma‖ 
Títulos
Escalas de Assassinato Criador de Mortos-Vivos Matador Necromante Rei da Morte
Equipamentos
[Cajado de Osso de Dragão] [Robe do Rei da Morte] [Sapatos do Diabo] [Sapatos do Diabo] [Bracelete Substituto][3]

 

Ocultação Absoluta de Sinal? Certamente, isso explica o porquê eu não o notar.

De qualquer forma, ele é forte. Seus Status físicos não eram tão altos, mas os Status mágicos e as habilidades são consideráveis. Ele é só um pouco mais fraco do que Klimt, o Mestre da Guilda de |Aressa|.

E este cara é um Necromante, huh. Ser capaz de se esconder completamente da detecção significa que ele pode te forçar a lutar apenas contra os Mortos-Vivos dele em batalha. Eu prefiro que nós não tenhamos que lutar com este cara.

(Argen): “Por acaso você é um Diabo?”

A voz de Argen parecia bem terrível.

(Jean): “Hohou! Então você sabe?”

(Argen): “Sim, você pode ver vislumbres de chifres no topo do robe e essas garras e presas. Além disso, pele totalmente branca é outra característica dos Diabos

(Jean): “Você estudou muito bem. Sim! Eu sou de fato um Diabo

(Argen): “Bem, é raro ver um por aqui, então eu fiquei surpreso”

(Jean): “Não há muitos de nós Diabos neste continente, isso é verdade. A maioria de nós vive no continente do Leste”

Um Diabo é um tipo de humano? Eu estava um pouco preocupado, mas poderia ser que o meu senso comum é um pouco esquisito, da mesma forma que eu pensei sobre a Magia Fantasma. De qualquer forma, não parece que todos os Diabos são inimigos dos humanos, pelo menos eu acho que não.

(Jean): “Então, de onde vocês são? Parece que Bernardo trouxe vocês aqui, huh”

(Bernardo): “Sim, eles pareciam estar com um problema”

(Jean): “Hm? Oh, bom, vamos conversar no laboratório por enquanto. Venham comigo”

(Bernardo): “Todos vocês, por favor, por aqui”

Essa cabana é o laboratório? O que devemos fazer? Eu não acho que ele é um inimigo, porém…

Fran e Argen já estavam o seguindo, então eu achei que só teria que prestar atenção.

(Mestre): “Urushi, você também, preste atenção”

(Bernardo): (“On!”)

(Jean): “Hahaha! Bem-vindos ao nosso instituto abissal da escuridão e morte!”

Ele estava agindo de forma extravagante, no entanto, o laboratório… talvez o lado de fora fosse apenas uma camuflagem e o interior fosse uma instituição de última geração com toneladas de equipamento? NÃO!

Era maior do que eu imaginava, mas isso era tudo. Fora isso, era só uma cabana normal na montanha como eu tinha imaginado.

(Fran): “Laboratório?”

Fran parecia ter a mesma dúvida.

(Jean): “Hahaha! Como meus experimentos frequentemente são acompanhados pelo perigo, o corpo principal do laboratório está no subsolo, assim a área ao redor não será danificada. Você quer ver? Fufufu, vamos dizer que a curiosidade matou o Dragão. Kukuku!”

Entendo. Certamente, eu podia sentir o |Poder Mágico do subterrâneo. O que Jean disse era verdade. Por um lado, eu queria ver, por outro, não… é o laboratório de um Necromante. Deve ser como um abatedouro! Corpos, um após o outro.

(Bernardo): “Aqui está”

Bernardo estava organizando xícaras de chá na mesa. Ele estava usando um avental antes que eu percebesse. Ele passava um surpreendente ar humano.

(Fran): “Obrigado?”

Wow, parece venenoso… o líquido nas xícaras de chá era roxo avermelhado. Isso é mesmo chá? Ou ele só parece veneno? Contudo, Jean pegou uma xícara e bebeu tudo de uma vez.

(Jean): “Mm, esta fragrância excelente. Sabor exótico. É realmente o melhor”

Sério? Bem, a Detecção de Crise não estava reagindo e nós também tinham Resistência a Status Anormais.

(Fran): “Está bom”

Fran gentilmente devolveu a xícara na bandeja depois de beber o misterioso chá. Eu vou deixa-la comer algo para tirar esse gosto da boca mais tarde.

(Jean): “Então Bernardo, o que aconteceu?”

(Bernardo): “Bem, o fato é que…”

Bernardo explicou as circunstâncias para Jean. Uwaaaaa, ele está olhado para cá.

(Jean): “Entendo. Há muita [Erva Fantasma]?”

(Fran): “Você não pode usar isto?”

Fran pegou a [Erva Fantasma], mas Jean balançou sua cabeça.

(Jean): “Elas estão inúteis. Se um ser vivo toca uma [Erva Fantasma], sua força vital irá contaminar a planta. Não é um problema para usos normais, mas é não é utilizável para os meus propósitos”

Não está bom, huh.

“Bem, não há o que fazer. Eu não sou dono da terra que o campo está e eu nem mesmo coloquei uma placa ou qualquer coisa”

(Argen): “Se você está disposto a ignorar isso, nós realmente seremos gratos”

(Jean): “Que tal vocês fazerem da [Erva Fantasma] que vocês pegaram um presente?”

(Fran): “De verdade?”

(Jean): “De verdade… MAS…”

(Fran): “Uh”

Jean subitamente gritou alto e começou a sorrir. Hey, você assustou até a Fran! O comportamento deste cara é realmente difícil de prever.

(Jean): “Para ter certeza, isso foi algo que eu cultivei, certo?”

(Fran): “Nn”

(Jean): “Não tem jeito de não haver alguma compensação, correto? Naturalmente, só baixar sua cabeça não seria o suficiente”

Aah, este é aquele tipo de desenvolvimento? Muito bem, o que ele vai querer? Dinheiro? Ou algum tipo de remédio ou material para um experimento? Talvez algo que nos envolva em uma luta para ser obtido.

Fran e Argen estavam olhando para Jean e esperando, e a tensão no laboratório era alta.

(Jean): “Eu devo fazer esta garota aceitar um pedido meu?”

(Fran): “Pedido?”

(Jean): “Sim. É claro que eu vou pagar a comissão. Que tal 200.000 Gorudo?”

(Fran): “Conteúdo?”

(Jean): “É claro que isso não é obrigatório. Mesmo que você seja obrigada a fazer isso, seria irritante te obrigar a fazer essa coisa”

(Argen): “Um, o que é que você quer que eu e Fran-jouchan[4] façamos?”

(Jean): “Quanto a você, nada”

(Argen): “Nada…”

(Jean): “Sim. Você não é necessário”

(Argen): “É-é isso mesmo?”

(Jean): “Dessa forma, vá embora. Mesmo que eu esteja sentado aqui, esse é um assunto preocupante”

Então, é conveniente que Argen apenas vá para casa? Se isso se tornar uma briga com Jean, provavelmente será melhor que ele não esteja aqui.

(Fran): “Argen, tchau, tchau”

(Argen): “Até a Jouchan!? Okay, eu entendi. Então deixe-me ser rude apenas por um momento, apenas uma vez”

(Jean): “O quê?”

(Argen): “Ela ainda é uma Aventureira, por favor, faça um pedido formal na Guilda

(Jean): “Fufufu. Entendido. Se eu não fizer, a Guilda vai me causar problemas?”

(Argen): “Bem, provavelmente”

Hou, Argen-kun, você fez uma boa jogada aqui. Com isto, Jean não pode pedir nada impossível para Fran.

(Jean): “Eu entendo. Já que eu sou um Aventureiro”

E? Sério? Eu realmente não imaginava isso. Eu não podia mesmo imaginar ele viajando por montanhas e |Calabouços|.

(Argen): “É mesmo?”

(Fran): “De verdade?”

(Jean): “Sim. Um Aventureiro Rank B!”

Ele pegou um cartão de prata de seu bolso enquanto dizia isso. Para ser honesto, ele parecia mesmo ser uma Aventureiro Rank B. Ele não seria nosso superior, huh?

(Argen): “Então eu vou deixar isso com você Ojouchan”

Argen disse isso e partiu. Mesmo assim, é bom que tenhamos conseguido a promessa de periodicamente comprar [Erva Fantasma].

(Jean): “Pois bem, antes de prosseguirmos para o assunto principal…”

(Fran): “Nn?”

(Jean): “Agora que não temos nenhuma empecilho no caminho”

Mu. Esse sorriso parecia mesmo maligno. Ele subitamente estava mostrando sua verdadeira natureza? A Detecção de Crise não estava com a menor reação!

(Jean): “Essa espada”

Ele apontou para mim. Quem sabe eu seja o alvo dele? Você vai dizer que você quer que eu seja oferecido ou algo do tipo?

(Jean): “Agora, você não se incomodaria de falar mais?”

(Fran): “!!!”

(Jean): “Kukuku, eu entendo! Aliás, a alma que vive dentro dessa espada! Você pode falar com Telepatia, não pode!? Agora, me mostre sua verdadeira natureza! Kahahahahaha!!”


[1] O termo que o autor usa para se referir ao Demônio que Fran enfrentou no Calabouço dos Goblins é 悪魔 (Akuma) e agora ele usou 魔族 (Mazoku) para se referir a raça de Jean. Os termos equivalentes em inglês seriam Demon e Demonkin, respectivamente. Para criar uma diferença entre os monstros (Demônios) eu vou passar a me referir a raça de Jean como “Diabo”.

[2] Na Índia contemporânea e na Indonésia, o termo “guru” é empregado para indicar um “professor”. No ocidente, o significado original de Guru tem sido usado para indicar alguém que tenha seguidores, embora não necessariamente em um estabelecimento de ensino de filosofia ou religião. De forma metafórica, Guru é empregado para descrever uma pessoa que tem autoridade por causa do seu conhecimento ou perícia em algum campo. A importância de achar um verdadeiro Guru é descrita nas escrituras e ensinamentos religiosos como algo vital para conseguir atingir o seu objetivo.

[3] O efeito desse bracelete é receber o dano no lugar do usuário.

[4] Ojou-chan significa “pequena senhorita” em japonês e é uma forma respeitosa e carinhosa de se referir a uma mulher jovem.